Só pra desejar um bom carnaval.


Salve, salve, meus caros! Espero que estejam tendo um ótimo carnaval. No agito ou no sossego, como melhor lhes aprouver!

(*)

Há muito é dito que vivemos na Sociedade do Espetáculo. Com carnaval e Super Bowl, este foi, por excelência, O Fim de Semana do Espetáculo.

Em relação à festa dos gringos, confesso ter sentimentos contraditórios (mixed feelings - pra ficar na língua deles). Às vezes acho legal. Noutras me parece que o show do intervalo deixa o jogo pequeno e o jogo deixa a música pequena e os números hiperbólicos que cercam o evento deixam a vida real pequena. Mas... é um belo circo. Se não faltar pão, que mal tem, né?

Mas... sentar na arquibancada em silêncio, concentrado na expectativa do segundo tempo da final pode ser tão bom quanto... qualquer coisa.  Porque o mundo tá lá fora, mas... também tá aqui dentro.

Ok, eu sei, até avisei: mixed feelings nesse feriado.

(*)

Por aqui, na deserta POA, aproveito esses dias para colocar algumas coisas em ordem. E desordenar outras. O difícil é diferenciar umas das outras. Às vezes, desordem é só nossa incapacidade de reconhecer um padrão e ordem é apenas imobilidade.


Aproveitem na boa o que resta do feriado!
09fev2016

57 comentários:

  1. Grande mestre. Sou o primeiro a comentar hje?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre venho aqui ler suas palavras e seus devaneios. Sempre saber o que se passa nesta mente brilhante em tempos de espetáculos.

      Excluir
    2. Eu também!
      Embora nem sempre comente!

      Excluir
    3. pau no cu do first

      Excluir
    4. Na falta do que fazer, desenvolvi meu texto (quando a segunda vira terça )

      Excluir
    5. Na falta do que fazer, desenvolvi meu texto (quando a segunda vira terça )

      Excluir
    6. Não. Não comentou nada. Fez perguntinha besta bagarai

      Excluir
  2. Ótimo post, ótimo feriado Humberto!!!

    ResponderExcluir
  3. No sossego...com meu baixo...dedilhando tuas músicas... Solitário bem acompanhado... Existe isso??? hauhuah

    ResponderExcluir
  4. Enquanto a histeria lá fora enlouquece o mundo. Fico aqui dentro de mim com o meu mundo pacífico mergulhada em minha loucura de querer que tudo isso um dia termine e as pessoas se concentrem nos verdadeiros problemas que há em nosso país!
    Valeu Humberto Gessinger pela companhia!!! Bjs

    ResponderExcluir
  5. Mixed fellings total. Bom restante de feriado pra ti também, mestre.

    ResponderExcluir
  6. Já pensou no Neguinho da Beija-Flor gravando uma track para a abertura dos shows da nova tour? " Olha o Humberto Gessinger aêeeeeee... gente!" rsrsrsrs... Bom carnaval!

    ResponderExcluir
  7. Humberto, passei o feriado preparando meu retorno à sala de aula, o que não é fácil! E ouvindo sua obra! Abraços Marcelo Serrano

    ResponderExcluir
  8. Longe da histeria carnaval,pra ficar legal meu Mestre!!
    Bom feriado HG!

    ResponderExcluir
  9. Tava pensando exatamente nisso. Genial! Obrigada por existir! Bom feriado!

    ResponderExcluir
  10. So isso Te define: Genial!!!
    Eu adoro!!! Amo!!
    Obrigada por dividir isso

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Que bons ventos te tragam novamente à Sampa...
    E nem walkman mais eu tenho para ouvi-la..

    ResponderExcluir
  13. Mixed feelings em todos os feriados ...Arrumar ou desarrumar,ir ou ficar...Feriado....Quando espero ansiosamente pra não fazer nada,sempre acabo fazendo tanta coisa...Ou quando planejo alguma coisa bem legal,tudo acontece tão feriadamente rápido,impressão de que não fiz nada...Feriado...

    ResponderExcluir
  14. Grande mestre estive no Insular em São Luis, São Paulo e Belém. Agora me preparando para pegar a estrada Louco pra ficar legal, primeira parada POA, até o dia 19/03. Adoro os textos.

    ResponderExcluir
  15. Grande mestre estive no Insular em São Luis, São Paulo e Belém. Agora me preparando para pegar a estrada Louco pra ficar legal, primeira parada POA, até o dia 19/03. Adoro os textos.

    ResponderExcluir
  16. Mundo lá fora e mundo aqui dentro: pra mim, um limite tênue. Lembro que desde o início da adolescência tenho o hábito de reorganizar meu mundo externo (antes, meu lado do guarda-roupas; depois, o quarto; agora, minha casa) quando necessito entender ou promover uma mudança interna... E sempre tive consciência dos "lados" andando coordenados.

    No dia 30, estive pertinho do palco em Guarapari. Além da minha satisfação habitual, senti a sua. Além das minhas marcas, vi um pouco das suas. Outra coisa que percebi, foram olhares de ajuste, sorrisos de "isso dá certo"... Um ponto que te admiro é o processo de construção da tour não só no antes mas tb no durante. Como era o primeiro do ano e da tour (fora as pré-estreias.. Nunca entendi esse conceito...rs), diria que talvez vi ali tão perto o que te move a reinvenção! O show foi fantástico!!! Porém, desconfio que "dentro" desse capricorniano rolou um esboço de mudanças (e permanências) para os próximos, e os demais passos e rascunhos levaram mais alguns riscos. Produtivo MIXED FEELINGS aí!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto da maturidade dos seus comentários. Como não apreciá-los?

      Excluir
  17. Unidos dos loucos pra ficar legal, 10, nota 10!

    ResponderExcluir
  18. Ordem como apenas imobiLidade.... Afudehhhhhhhhhhh

    ResponderExcluir
  19. Nesse mixed feelings que nos arrebata em toda e qualquer festa promovida mundo afora, a única certeza que tive foi de passar o dia de ontem ao som de Engenheiros e me sentir compreendida de alguma forma:
    "Mas nós, dançamos no silêncio
    Choramos no carnaval
    Não vemos graça nas gracinhas da Tv
    Morremos de rir no horário eleitoral"

    Boa sorte com as ordens e desordens e bom restinho de feriado
    <3

    ResponderExcluir
  20. Felizmente estou aproveitando o sossego e a boa companhia de bons amigos, estaria tudo perfeito se não fosse esse calor anormal que está fazendo aqui no RJ.

    Boa colocação: Às vezes, desordem é só nossa incapacidade de reconhecer um padrão e ordem é apenas imobilidade.

    Tudo de bom!
    Até um dia próximo e vida longa.

    ResponderExcluir
  21. Belo texto, Humberto! A conclusão foi tudo de bom: "Às vezes, desordem é só nossa incapacidade de reconhecer um padrão e ordem é apenas imobilidade."

    Essa natureza humana é um dos aspectos que nos tornam tão especiais!

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  22. Nessa também, cada um na sua. Eu sou do sossego. Só não aguentei ouvir um bloco passando por aqui tocando "Era um garoto, que como eu,...." em ritmo de marchinha, puxando uma "metralhadora". Letra, música e estados contraditórios...rs

    ResponderExcluir
  23. Humberto vc me surpreendeu nesse DVD INSULAR ...me lembrou os anos 80, assim que tem que ser atitude rock and roll ... Odeio acústico aff não combina com vc velho...Esse Esteban é o que há, toca guitarra demais ate que enfim achou alguém pra substituir o AL....Sou hoteleiro qualquer dia a gente se cruza por ae***Boa Idéia misturar coisas novas com antigas no DVD eu sou da antiga e gostei ***no próximo faça a mesma coisa*****

    ResponderExcluir
  24. Só mais uma coisa ****Exército de 1 homem só já estava esquecida do meu setlist e com o DVD Insular passou a ser uma das minhas favoritas vcs arregaçaram aff até arrepia**

    ResponderExcluir
  25. Letra -Vai dai se for daqui (duplo sentido)

    A volta do Retrô,
    Super bowl fazendo a cena
    Politica em ruina
    Tem crise no sistema

    Disputa no senado
    Fuga no oriente
    Denúncias no esporte
    Agora a guerra é quente

    Os fortes desmoronam
    Os fracos não tem medo
    A china compra tudo
    E é zika o tempo inteiro

    7 a 1 no Brasil
    1 golasso no Poskas
    2 partidos brigados
    Já estou esgotado

    Refrão : Nem tudo ta perdido/Nós temos a guitarra e o rock nos ouvidos, no túnel uma estrada que corta dois abismos****

    Compositor: flaviomcdealmeida@gmail.com São Paulo SP









    pensando no futuro


    ResponderExcluir
  26. Valeu Humberto...
    Sempre nos mostrando mais uma faceta da imensa versatilidade que lhe é particular.

    ResponderExcluir
  27. Valeu Humberto...
    Sempre nos mostrando mais uma faceta da imensa versatilidade que lhe é particular.

    ResponderExcluir
  28. Ordem e desordem depende do ponto de vista... quanto ao superbowl quando foi o Paul,the Who e rolling stones aí eu curti bastante...

    ResponderExcluir
  29. Não gosto de Carnaval e acho que deveríamos gastar dinheiro com outras coisas muito mais relevantes!!!!

    ResponderExcluir
  30. Não gosto de Carnaval e acho que deveríamos gastar dinheiro com outras coisas muito mais relevantes!!!!

    ResponderExcluir
  31. Sem sombra de duvida louco pra ficar legal depois do carnaval vlw 1berto Guarapari es agradecer o seu primeiro show do ano vlw vitoria es agradecer

    ResponderExcluir
  32. Sem sombra de duvida louco pra ficar legal depois do carnaval vlw 1berto Guarapari es agradecer o seu primeiro show do ano vlw vitoria es agradecer

    ResponderExcluir
  33. Cada um na sua...rock'roll é o que interessa...Mas quem tem pressa não se interessa, anda rápido de demais.

    ResponderExcluir
  34. Cada um na sua...rock'roll é o que interessa...Mas quem tem pressa não se interessa, anda rápido de demais.

    ResponderExcluir
  35. Letra : O velho Rock n roll

    Vai um copo poeta?
    Me oferece um estranho
    Obrigado eu não bebo
    Já faz quase alguns anos

    Na vitrola do bar
    Bob Dylan rolando
    O chiado da agulha
    E um casal conversando

    Já são 3 da manhã
    Nesse pub vazio
    Com a guitarra no colo
    eu arrisco um solo

    Um café sem açúcar
    de repente um jazz
    Com a jaqueta de couro
    E balancando meus pés

    Entre um Rock e outro
    Duas décadas atrás
    Meus cabelos bem longos
    Contradizem meus pais

    Belchior sai de cena
    Mas o Plant voltou
    Pego a chave da moto
    Sem destino eu vou

    Refrao: Atravesso a br, o pneu nao derrapa, estou longe de todos eu tô fora do mapa. A paisagem as trevas e o céu noite a dentro volta a cena de rock não existe lamentos.


    Canção feita para o Humberto gessinger by Flávio flaviomcdealmeida@gmail.com












    ResponderExcluir
    Respostas
    1. legal a letra...
      parabéns...
      muito musical...

      Excluir
  36. Não há outra expressão que defina mais o momento pelo qual estou passando do que "mixed feelings". Obrigada Gessinger, sempre nos trazendo a nós mesmos.

    <3

    ResponderExcluir
  37. Humberto qdo vira p Ribeirão Preto, há anos não faz nossa regiao

    ResponderExcluir
  38. Aos 9 anos de idade conheci seu trabalho musical...
    Na casa de um tio, sozinho no final de semana, encontrei uns discos e uma vitrola daquelas que viravam uma "maletinha". Tinha um disco seu num monte de outros discos. Todos Gringos... Rolling Stones, Ramones e até Dead Kennedys. Mas tinha um em português, capa amarela, umas fotos de uns caras num gramado. O disco estava torto do Sol e não dava pra escutar as faixas temas. Daí que quando coloquei o disco pra ouvir (Ingênuo), cai direto na armadilha: Soou os primeiros acordes dedilhados da Highway. Nunca tinha me ligado muito em música, hoje... Sou músico e pai de um menino de 9 anos (Ingênuo). Por isso escrevi isso aqui, talvez você nem leia (não tão Ingênuo)... Pra te agradecer por ter aberto o mundo da música para aquele garotinho... E na torcida que algo assim aconteça ao meu... Valeu Gessinger!!!! Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ter certeza que ele vai ler-ou já leu (ingenuo ou não). e que ficará muito feliz por vcs... pai e filho, chuva e sol...
      minha filha de quase 12 anos curte Terra de Gigantes, que ela conheceu na novela Cúmplices de um Resgaste.

      Excluir
  39. "Às vezes, desordem é só nossa incapacidade de reconhecer um padrão e ordem é apenas imobilidade." HG

    certos movimentos nos levantam do chão, pois:

    "O que nos dá coragem. Não é o mar nem o abismo. É a margem, o limite e sua negação" HG.

    por isso me parece que vou tecendo o impossível com as linhas tortas da minha mão.

    ResponderExcluir
  40. Ei, Humberto, nesse último fiquei pensando..... até ficar com febre, rsrs! Sobre a (in)existência de um caderno teu, de rascunhos, rabiscos, letras (in)acabadas, versos soltos, palavras largadas, pois sim, haverá esse tal caderno, aquele que ficou esquecido no canto de qualquer canto, em qualquer lugar esperando uma segunda visita?

    ResponderExcluir
  41. Todos nós precisamos de um refúgio pra mente e um ponto de fuga para o tempo. Seja o superbowl ou carnaval, o problema é sempre o exagero, o desejo de inverter os cenários.

    ResponderExcluir