Gente Grande


Passei o dia das crianças na estrada, retornando dos shows do fim de semana. Pneu no asfalto, chuva no para-brisa. 3 shows nos 3 estados do sul, uns 1700km rodados.

Não estou reclamando, adoro essa vida. Mesmo sem tê-la sequer imaginado quando era pequeno. Talvez, por isso.

O piá que eu fui queria ser arqueólogo. Já não consigo lembrar que diabos eu pensava que um arqueólogo fazia. Devo ter lido em um gibi alguma fantasia a respeito dos detetives do passado, só pode.... Sempre fui chegado em fantasias.

A criança que hoje sou se diverte com pouco. 3 acordes, versos e solos. Estrada, fones no ouvido e uma parada pra café.

(*)


Gosto da movimentação nos avatares das redes sociais em datas especiais. Parece contagioso. Nessa semana, a cada momento mais um adulto virava criança em fotos que só pela coloração já entregavam a idade. Do primevo P&B aos avermelhados anos 70.

Acho bacana, humaniza a impessoalidade gráfica das telas.

Também acho bacana não gostar, achar isso piegas. Um amigo largou essa: “e no dia de finados, que fotos usarão?”. Eu ri.

Gosto do lance de dar/ganhar presente. Também não gosto, afinal: capitalismo, xópim, exploração das emoções, etc e tal...

Não me exijam coerência, tá? Sou uma criança, hoje.


bah: de tanto repetir que “toda unanimidade é burra”, gente grande acaba acreditando que toda polêmica é inteligente.
abraços
13out2015

32 comentários:

  1. De quando deixei de ser criança, hoje retornei um pouco.

    Paz e bem.

    ResponderExcluir
  2. "...gente grande acaba acreditando que toda polêmica é inteligente."
    Fato!!

    ResponderExcluir
  3. Seja sempre essa criança que toca com a alma de um adulto feliz. Forte abraço!

    ResponderExcluir
  4. Ah e qdo pintar uma vaga de guitarra to na área hein...desde criança nessa "fila" rsss

    ResponderExcluir
  5. Sempre criança essa deve ser a receits, para ter sempre o mesmo padrão, mesmo som, viagens cansativas, ensaios, muito bom

    ResponderExcluir
  6. Boa semana, HG!
    Aos De Fé: Bons sonhos! A segunda virou terça.

    ResponderExcluir
  7. Boa crítica ao capitalismo. Imagino vc como um velho comunista que tocou em Moscou... E usava a foice e o baixo...
    Operário da canção... Orgulho define...

    ResponderExcluir
  8. Sempre admirando seu olhar sobre as coisas ❤️

    ResponderExcluir
  9. A nostalgia de uma época de negativos que humaniza uma época de poses e likes. Normal gostar e desgostar, nada precisa ser finito, nem a opinião nem uma foto descolorida no dia que se termina.

    ResponderExcluir
  10. discordo de que tocas 3 acordes. Alguma que outra, talvez. Mas pelas cifras que vejo, fazes tríades e tétrades, e passam ali por uns 7 acordes. Umas vão em 3, outras em 4, 5, mas tríades e tétrades já cobrem 7 acordes =P É que o punk chegou simplificando tudo em 3 acordes pra ser mais simples ainda que o rock, mas dás umas sofisticadas além dos 3 acordes.

    ResponderExcluir
  11. Se toda a unanimidade fosse de fato burra, então devemos ter grupos sérios discordando de que 2+2=4(na base 10) é correto. Falsear pra verificar se é certo mesmo é uma coisa. Mas, bom, outra unanimidade: a de que é bom viver sobre a superfície terrestre. Bom, se toda a unanimidade é burra, logo é burrice viver sobre a superfície terrestre. "Toda unanimidade é burra" é uma falácia pra convencer as pessoas sobre coisas políticas. Ou seja, é uma falácia de interesse político. Falsear é uma coisa. Agora porque é possível falsear, isto não implica que toda a unanimidade é burra. Pode haver unanimidades burras, como acreditar que o Planeta Terra é plano. Bom, como vemos nem toda a unanimidade é burra e nem toda a unanimidade é inteligente. Bom, porque existem vários tipos de assuntos onde podemos opinar, onde podemos escolher, logo pode existir unanimidades pra determinados assuntos que sejam burras, a dizer crer na Terra Plana e unanimidades inteligentes, a dizer viver sobre continentes e ilhas, ao invés de viver embaixo d'água, por exemplo. Ou seja, "toda a unanimidade é inteligente" apesar de negar "toda a unanimidade é burra" não necessariamente seja a única forma de negá-las, basta UMA única unanimidade de algum assunto inteligente pra negar a frase "toda a unanimidade é burra", pois o quantificador existencial nega o quantificador universal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lógica proposicional da matemática discreta ta na veia em...
      se eu tivesse com mais tempo eu escreveria suas premissas em linguagem lógica... mas ah, exatas não fazem parte das músicas do HG, e mesmo eu sendo de exatas, tenho que admitir que é isso que faz as músicas e os textos dele serem incríveis

      Excluir
  12. "Toda a unanimidade é burra" é uma falácia pra convencer a pessoa a mudar de opinião sobre determinado assunto. O correto é pedir pra falsear pra verificar a validade de determinado assunto, pra verificar se algo é verdadeiro ou falso. Mas "toda a unanimidade é burra" é uma falácia. Basta usar o quantificador existencial pra negar este quantificador universal. Note que o quantificador existencial nega os dois quantificadores universais, tanto "toda a unanimidade é burra" quanto "toda a unanimidade é inteligente" . Basta um existencial pra negar OS DOIS quantificadores existenciais.

    ResponderExcluir
  13. 1berto simplesmente um gênio!!! Que um dia se Deus quiser irei conhecer

    ResponderExcluir
  14. Que bela postagem. Nada a acrescentar, salvo: PARABÉNS HG. Tu sempre encantando (coisa de criança)

    ResponderExcluir
  15. rsrs... eu leio e rio... como se estivéssemos vivendo o texto... muito legal ler e viver essas controvérsias das redes... Valeu, Humba!!

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Olá Humberto, cheguei no blog procurando por algo que reparei somente neste feriado, o qual ouvi suas músicas com esse olhar diferente. Eu tenho despersonalização, este link explica bem o que é: (https://pt.wikipedia.org/wiki/Despersonaliza%C3%A7%C3%A3o) e identifiquei algumas frases em suas músicas que me fizeram pensar que talvez você também passasse por isso. Seguem alguns dos muitos trechos:
    E tudo ficou tão claro
    Um intervalo na escuridão
    A vida imita o vídeo
    Somos quem podemos ser

    Estamos sós e nenhum de nós
    Sabe exatamente onde vai parar
    Mas não precisamos saber pra onde vamos
    Nós só precisamos ir
    Sem motivos, nem objetivos
    Estamos vivos sem motivos
    Que motivos temos pra estar?

    Gostaria de saber se minha impressão é real.
    Obrigada, Abraço,
    Carla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carla, lute!

      o sentido escondido em algum lugar pode às vezes fazer com que não percebamos a maravilha de simplesmente estar lá...

      Excluir
  18. Gosto do lance de dar/ganhar presente. Também não gosto, afinal: 200 reais em um carrinho, 300 em uma boneca que nada faz, etc e tal.
    Eu devo ta ficando louca... A vida no maior sufoco... Será que eu vivo em outro mundo?!

    ResponderExcluir
  19. ..."e uma parada pra café". Ah! Se nestas tuas paradas para o café tivesse a sorte de te encontrar e pelo menos tirar uma foto ao seu lado... sempre sua fã!

    ResponderExcluir
  20. Poxa.. nessa correria da vida de gente grande, só hoje consegui 2 min. para entrar no blog, na hora em que a segunda virou terça essa semana, não me lembro bem onde estava ... Fico encantada com a sua visão sobre as coisas/mundo, você consegue com palavras simples descrever com maestria simples situações.. e nós faz refletir, sempre!
    O bah deste post, sensacional. .. Bom meu Mestre, só tenho a desejar que continue a gostar dessa sua vida por muito e muito tempo ainda (dando meus pulos aqui pra conseguir ir no encerramento da inSULar em SP. Ainda não sei como, mas irei)
    Bom restinho de semana, bjos pra você e sua família linda s2

    ResponderExcluir
  21. Se eu botar uma minha quando criança já é digital mesmo.

    Toda a luz,
    Levino

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc JP. Adultos sao muito complexos e estao quase sempre colocando obstáculos em tudo. Nao conseguem seguir ou virar a pagina porq têm medo do novo ou de recomeçar. Desta forma, ficam patinando sem sair do lugar. Nao sao felizes quando tem medo de mostrar o seu lado criança. Pior ainda é quando fingem ser felizes porq nao conseguem virar a página para uma nova aventura ou história. Bom mesmo é ser criança

      Excluir
  23. Legal de ler os comentários da galera é que cada um transforma o HG no que quer... ele virou comunista, odeia comprar brinquedos, e até iniciou uma treta que envolve teorias de exatas... Eu transformo ele num cara q só deixa fluir... por isso que ele tem tempo pra criar/viver mais e tretar menos! :) um feliz dia das crianças, seja em NY ou Pyongyang, com ou sem presentes, na emoção ou pela razão... ou só de praxe mesmo! Tá... to atrasado. Mas pq não hj tb né? Abçs!

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  25. Poxa Humberto, te mandei uma carta, mas os Correios me devolveram com um aviso: Caixa Postal 6.036 cancelada.

    ResponderExcluir
  26. Pessoas inteligentes complicam porque a vida é simples e o simples é chato. Vinicius R. Bueno

    Smart people complicate because life is simple and simple is boring. Vinicius R. Bueno

    Las personas inteligentes complican porque la vida es simple y sencilla es aburrido. Vinicius R. Bueno

    ResponderExcluir