pontos fora da curva


Por mais que soe estranho em meio a pandemia de Síndrome de Peter Pan (a negação do amadurecimento) que assola o mundo, algo deve ser dito a favor da passagem do tempo: é divertido observar a dança das cadeiras.

Talvez este divertimento não seja suficiente para equilibrar a balança que tem, no outro prato, a fragilização do corpo, o cansaço da mente. Mas, hey, o que há fora do tempo? Uma eterna juventude já não seria juventude, né?

Às vezes, do nada, pintam umas lembranças que me fazem rir. Lembro de quando alguns caras me criticavam por compor baladas. Eles se orgulhavam de uma alegada "pureza", mantendo a fama de máu dia e noite. Mas só até ali... logo começaram a compor, não só baladas, mas qualquer coisa que o mercado pedisse. Engraçado.

Engraçado também eram os tempos em que diziam que minhas canções eram "música pra dançar", Dá pra acreditar? Certamente não nesses dias pós-DJ. Engraçado.

(*)

Sigo tocando meu barco nesse oceano ora turbulento ora calmo, aprendendo a me divertir só de olhar a espuma gerada pelo atrito do casco com a água. Aprendendo a distinguir o oceano da espuma.

(*)

Alguns artistas parecem sofrer muito com a própria trajetória, renegando fases, selecionando público, tentando domesticar a realidade - inutilmente: ela será sempre imprevisível; na maior parte das vezes, surpreendente.

Não sei se escreveram canções fora da curva ou se suas ideias é que fizeram uma curva. Certo é que eles têm todo o direito de fazer o que quiserem. Mesmo que seja uma engraçada tentativa de mudar o rastro de espuma que o barco deixa n'água. Como se o rastro fosse independente da trajetória do barco; como se a consequência pudesse ignorar sua causa. 


bah: estranho postar em dia de show (a essa hora devo estar tocando em Divinópolis, se você lê à meia-noite de segunda pra terça). Efeito colateral de Tiradentes. Bom feriado para todos! 

Na foto acima, os shows já confirmados da agenda inSULar. Há negociações com outras cidades em andamento. Quando confirmarem, aviso por aqui e nas redes sociais. 

Estás convidado/convidada a "se chegar" quando o barco passar por teu porto! Para deixarmos, juntos, um bonito rastro; véu branco no mar azul.
21abr2015

48 comentários:

  1. Que as paralelas se cruzem em Belém do Pára
    Que o barco passe por esse porto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que a força das águas e a nossa força de vontade tragam o inSULar para Belém!!!
      \O/

      Excluir
    2. A linda Belém aguarda o barco insular pelas ondas da pororoca e suas espumas e rastros... vem p Belém1Berto!

      Excluir
  2. É meio parnasiano, né? Mas o parnasianismo é belo! Me vem logo na mente as suas canções...
    Ótimo show e sucesso sempre!!

    ResponderExcluir
  3. Poeta da vida real.... Grande Hummm...Berto.

    ResponderExcluir
  4. Volta pra São Luíssssssss! Hahahah, grande abraço! ;)

    ResponderExcluir
  5. Caracar!
    Pensamento-desabafo!
    Alemão, você é original: cabe nas grandes mídias, mas existe fora delas também!

    Bah: manda abraço para o Rafa Bisogno!

    Bah1: vê se não troca de baterista! Ele é o cara!

    ResponderExcluir
  6. 1berto, não sei se você vai ler isso, mas não custa tentar. Cara, por favor, toca A Violência aqui em Fortaleza dia 23.
    É difícil para fãs seus como eu apreciar TODAS as tuas músicas e não poder curtir todas elas ao vivo numa só noite. Por isso te peço pra tocar A Violência aqui no Dragão do Mar nesse ano, porque ano passado ela ficou de fora do set list. Acredito que essa vontade não é só minha, então, pense com carinho nesse pedido.
    Enfim, Fortaleza te espera, abraços.

    ResponderExcluir
  7. Fantástica reflexão, a consequência de como alguns artistas fazem sua arte, se é genuinamente dentro de ti algo que vem a vida real, ou, se criam como forma de apenas comercialização. Sendo a segunda escolha de alguns músicos ou artistas na classe de comercialização, só digo uma coisa:
    "Tudo vira mer-cadoria".

    ResponderExcluir
  8. Nem todos conseguem se manter na pista sem dançar no ritmo da música. Alguns preferem manter sua dança particular, ralentar na batida, rodopiar na suspensão, mesmo que por isso não consiga espaço nela. E alguns raros, não só fazem sua própria dança, mas criam danças no meio da pista, que outros seguem. Vocação? Destino? Não sei, mas admiro. ;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre achei interessante essa "onda" de pertinência do HG, Márcia. Percebe-se essa consistência no decorrer da carreira dele, mesmo que nesse tempo houve mudanças de ritmos, evolução de instrumentos e técnicas (o que é mais que natural). Mesmo assim, os valores que são pregados nas letras, nos livros e aqui são sempre os mesmos. Sabe o que eu acho que é o resultado disso? O que ele sempre diz de não se preocupar em escrever "para alguém", ou esperando que atinja alguém específico, segregando seu público. Ouso dizer: ele tem vocação para ser escolhido pelos seus "de fé"! É o povo que nunca muda, que nunca abandona, mas que sabe o que é bom - e não abandona. O cara "tem a manha"!

      Abraços!

      Excluir
    2. Com certeza isso faz muita diferença, mas tenho a sensação de que não é só por isso. Sei de alguém... rs... que não tem nenhum reconhecimento exatamente por não se preocupar em "agradar", mas em imprimir o que vai na... alma(?). Sei lá... às vezes me parece pré-destinado, missão... mas realmente não sei, só admiro e agradeço por ter alguém que faça um trabalho que me faz bem, pois é isso. É mágica a maneira como as músicas do Humberto me transformam sempre que as escuto.

      Excluir
  9. O hardstock do Warwick ficou qual rema no mar azul do céu e brancas "nuvens/espuma" de rastros alheatórios... Dissipação? Bela foto.

    ResponderExcluir
  10. Tu segues guiando o barco no mar onde muitos naufragaram . Troca de pensamentos . Talvez tenha havido , essa semana pensava nisso . Um ótimo show , uma ótima noite .... Forte abraço te vejo em Ipatinga MG , em breve ... Espero

    ResponderExcluir
  11. "Ao passado gratidão, ao presente paixão, ao futuro esperança.."

    Foi o Papa Pop quem disse isso.

    Enquanto lia seu texto de hoje, a música Terra de Gigantes soou o tempo todo na minha cabeça, senti a mesma reflexão da composição.

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  12. Que Janaína conduza-te por mares tranquilos!
    E se o mar for bravio, que Ela te dê tranquilidade para enfrentar a tormenta!

    ResponderExcluir
  13. Que em meio a estas negociações de novos shows esteja incluso o Pará... ou quem sabe em um futuro próximo.
    Estamos ansiosos por isso!
    Baita texto, aliás como sempre!
    Bom show e excelente semana 1berto!

    Abraço da outra ponta do mapa!

    ResponderExcluir
  14. Humberto, por falar em negociação de shows. . Vamos ter em julho 25a edição do Festival de Inverno de Garanhuns-PE. A FUNDARPE é quem organiza. Já abriu a convocatória. É um imenso festival de música, e arte. Vem logo pra cá, tem muita gente te esperando. Abraços!

    ResponderExcluir
  15. ...nosso Porto.

    (NPoA!)

    ResponderExcluir
  16. PUTA QUE PARIU, FINALMENTE VOLTA REDONDA !!!!!! HAHAHAHA
    LHE ESPERAMOS ANSIOSAMENTE, MESTRE !

    ResponderExcluir
  17. Sua trajetória de vida é divina. Se existe isso você é uma dessas pessoas que foi abençoado ...por Deus. Muito admiro tanto brilho e equilíbrio. Nos vemos em bh. Abraços. ..

    ResponderExcluir
  18. Junto com alguns animais podemos dizer que o homem adulto é uma espécie em extinção. Vemos hoje a existência do adultescente, o adulto com comportamento adolescente. Assumir consequências ......fica para outro dia. Mas você já disse isso bem lá atrás né ......na hora h, no dia d, na hora de pagar pra ver, ninguém diz o que disse, não era bem assim.
    Valeu. Wendel.

    ResponderExcluir
  19. Bah e, que o barco não demore em demasia no tempo/espaço para atracar em Francisco Beltrão, Herval D'Oeste e Chapecó... estamos prontos para "seguir viagem, tirar os pés da terra firme..." Abraço mestre!

    ResponderExcluir
  20. Hg vem pra cuiabá/MT o eng. Do hawaii nunca veio vai ser uma honra ter o insular aqui.
    Que essas ondas o tragam para cuiabá/MT :)

    ResponderExcluir
  21. No meu porto, no teu porto e nos portos dos outros. No teu show eu canto, danço, choro e curto as baladas. Não mudes nunca! Beijos

    ResponderExcluir
  22. Vem pro norte de SC!!! Pode ser Jaraguá, Joinville ou Blumenau...!!!

    ResponderExcluir
  23. Vamos deixar um lindo rastro em BH, novamente! Chega logo dia 30! O/

    ResponderExcluir
  24. 1berto, o show de Divinópolis Foi maravilhoso, Perfeito!
    Em breve nos encontraremos, novamente, em BH!
    Minas te ama! Venha sempre com seus rastros por aqui.
    Bah: Você É o cara! ☺����

    ResponderExcluir
  25. Humberto, tem Salvador nessa lista? :(

    ResponderExcluir
  26. Qual o desmérito em caminhar? Qual o problema em mudar? O aparente conforto de ser "sempre o mesmo" nos faz perder o rumo ou esquecê-lo - o que é quase igual. Coerência e inutilidade se misturam aí. Inconcebível um destino sem trajetória; impossível uma trajetória sempre reta e com a mesmíssima paisagem. A harmonia não se faz do igual. O transbordar, o atravessar então nem se fale.

    ResponderExcluir
  27. Estava em Divinopolis na segunda, excelente show, recomendo entrar a bordo deste barco. Parabens Humberto.

    ResponderExcluir
  28. Foto fera:
    estratos, fora da linha, declina baixo... em tom gremista!

    ResponderExcluir
  29. o resto é resto é falsificaçao . rj

    ResponderExcluir
  30. Com certeza esta embarcação está rumando na direção certa, os ventos tem sido favoráveis, continue navegando nestas águas.
    Desejo que esta embarcação passe pelo porto do RJ.
    Até um dia próximo e vida longa.

    ResponderExcluir
  31. Este cara fez uma bela crítica(positiva) da sua música:

    http://www.youtube.com/watch?v=vbDcAYxHh4Y

    ResponderExcluir
  32. É nisto consiste essas vidas da gente: tentativas, erros, acertos, aprimoramento. E como poderíamos nos aperfeiçoar de não fosse por meio desses pontos fora da curva? O tempo talvez seja o nosso grande aliado. Te admiro Humberto, tu és como um bom vinho!

    ResponderExcluir
  33. Ah, eu achava a síndrome de Peter Pan uma bobagem, até começar a sofrer um certo bullying da vida. Crescer é algo bem difícil, não é de se admirar que todos queiram ser jovens sempre..
    Devo dizer que estou um pouco chateada porque não poderei comparecer à Jundiaí </3 espero que seja incrível - sei que sempre é.
    Saudades, Berto s2

    ResponderExcluir
  34. 1berto, tenho um amor, um amor sem segredos ou mistérios, "simples de coração". E essa foi a primeira musica que eu pedi pra ela ouvir, quando o amor ainda era só uma palavra bonita pra gente. Agora que esse amor e saudade pra frente ,nada melhor que homenagear essa sua fã que nasceu naquele dia, e o meu amor que veio dias depois. Agora você vai estar a 60 km da gente, a notícia veio como um estalo, porque não tentar pedir a música? a música que significa tanto pra mim e pra ela! 09/05 Francisco Beltrão - Paraná, estaremos lá, ouviremos todas as músicas juntos, e se no biz vc tocar Simples de Coração será incrível! E mais que fazer meus futuros filhos ouvirem seus discos pra dormir, serei eternamente grato! Hehehe, forte a abraço desse fã, talvez só mais um tentando ser ouvido ou melhor, lido! Ass: João.

    ResponderExcluir
  35. 1berto ta falando do Ed. Mota!

    1berto vc e foda mais o tempo te deixou um cuzao!

    ResponderExcluir
  36. Embarcando dia 29/05/2015, saindo do RJ em direção a BH pra ver pela quinta vez esse cara q eh o melhor da música, DE TODOS OS TEMPOS!

    <3

    ResponderExcluir
  37. Te esperando para juntos deixarmos nossos rastros aqui nesse lindo e libertador mar de Fortaleza.

    ResponderExcluir