DR, não.

Aproveitei as duas semanas de folga entre o último show de 2014 e o primeiro de 2015 para reunir, aqui em casa, meus baixos. Tranquilizei-os ao fazer o convite: nada de retrospectivas, balanços, jantar da firma, promessas, planos. Discutir relacionamento? Nah!

Durante o ano, nós passamos muito tempo juntos na estrada, mas sabe como é, na correria da estrada pouco conversamos. E as coisas mais interessantes são ditas sem pressa nem pretensão, depois de intervalos de silêncio em que, simplesmente, estamos. Para isso é preciso tempo. Tempo suficiente para ficar quieto, sem pensar. Só estar.

Apesar da minha abissal falta de habilidade com ferramentas, aproveitei para dar uma geral na regulagem dos braços, pontes e captadores. Quanto a eventuais problemas eletrônicos, só posso oferecer uma prece, uma palavra de carinho. E prometer encaminhar a um especialista, pois disso nada entendo.


A melhor parte do check up é passar uma flanela, às vezes com cera, pela madeira dos instrumentos e sacar novas marcas do tempo que porventura tenham passado batido (com o perdão do trocadilho). Arranhões, manchas, ausência de algumas lascas de verniz que ficaram nalgum palco, nalgum estúdio...

... cicatrizes. Somos o que nos tornamos.

Meus baixos devem ver o mesmo em mim. Uma mecha de cabelo branco que não havia aqui, um óculos com mais grau ali, um calo mais denso acolá. Terão ciúmes dos calos gerados por raquetes e não pelas cordas? Talvez.

Foi numa dessas limpezas que meus olhos pararam no número de série do Rickenbacker, gravado na peça de metal onde se pluga o cabo.

Nos Warwicks, o número de série fica na mão (os dois últimos algarismos indicam o ano de fabricação e um letra indica o mês). Nos Steinberger, a posição varia e a informação é pouca. Ao contrário dos Rickenbacker, ainda não há, na www, uma base de dados confiável indicando, pelo número de série, a data de fabricação deles.

No site da Rickenbacker, descobri que meu baixo "nasceu" em dezembro de 74. Quarenta aninhos! Se o signo muda no dia 22, ele tem 70% de chance de ser sargitariano e 30% de ser um companheiro astral. Como todo baixo, me parece bem capricorniano.


Desde a virada 1999/2000, em que toquei no reveillon da Av Paulista, tenho optado pelo sossego nessa data. Some-se a uma natureza introspectiva um ofício que me coloca a viajar durante o ano inteiro e, como resultado, tudo que quero nesse feriado é ficar na minha. Distante de aeroportos, hotéis e da passagem frenética das faixas amarelas que dividem o asfalto.


Sigo o rumo contrário ao fluxo da gauchada que corre pro litoral e vou pra serra, ou fico mesmo em POA. Adoro andar por suas ruas desertas, tão silenciosas nesses dias que se pode ouvir o som das sinaleiras trocando de cor (sim, há um som; inaudível quando há carros por perto). Mesmo que me bata uma melancolia, quase tristeza, cada vez que dispara o alarme nalguma casa vazia.

E como são frequentes os disparos! Tantos que, por óbvio, a grande maioria não deve ser causada por assalto. Muitas vezes é o mesmo alarme que repete seu pedido de socorro por conta da passagem de algum pássaro, gato ou do vento movimentando algum galho de árvore... sei lá o que os dispara na falta de um ladrão. Sei que soam melancolicamente tristes na falta de alguém que os desligue.

Roubo é uma merda. Mas, de forma especial, é deprimente esse pedido de socorro artificial, mecânico, sem proprietários, ladrões ou polícia envolvidos. Sem resposta, só encontra ouvidos que nada têm a ver com seu caos particular. Testemunha um equívoco, vários equívocos, na precária maneira como vivemos: cada um por sí e fodam-se todos.

(*)

Voltando ao silêncio, aos silêncios, foi numa conversa com meus baixos que me dei conta do tanto que semeei nos últimos anos. A gente vai fazendo as coisas sem pensar, chega a esquecer que fez e, de repente, surpreende-se quando começam a aparecer os frutos. Um exemplo de colheita dos últimos dias: a chegada do DVD inSULar ao seu destino, a casa das pessoas. EMseuLAR.

Deve ter sido o Warwick que fez a matemática da semeadura (esse rigor é bem coisa de alemão): em 7 anos, Novos Horizontes, Pouca Vogal e inSULar. Além das 29 músicas inéditas que estes trabalhos trazem, são três propostas bem distintas (e ele nem falou nos cinco livros e nesse nosso encontro semanal no blog; será que não mencionou porque meus baixos têm ciúmes da literatura? Nah).

Por isso eu é que me surpreendo quando alguém se surpreende com a renovação da galera que se liga na minha arte e com a lealdade dos De Fé. Como assim, cara pálida? É óbvio que estamos andando em frente. E que maravilha é estar sempre renascendo! A cada tour, a cada show, canção, acorde...


Acho que foi o Steinberger que apareceu com a tabela acima quando falávamos sobre o repertório do DVD (esquematizar conhecimento é bem coisa de americano). 

O DVD passa a ser o vade-mécum da tour. Mas sempre há espaço para outras canções. Sampa no Walkman em Sampa? Talvez Anoiteceu em POA em Porto Alegre... Infinita Highway pra tirar o pessoal das cadeiras num gran finalle? Quem sabe uma primeira vez para Milonga do Xeque-Mate?

O DVD é a rampa de decolagem da qual espero partir para belos passeios a cada noite.

Como diziam os antigos professores de tênis para enfatizar a importância da base firme das pernas na geração de força e precisão nos golpes: não se pode disparar um canhão de uma canoa. Para improvisar louca e destemidamente é necessário muito ensaio. Ter os pés no chão para voar.

(*)

Ok, fim de feriado, hora de voltar à lida. E o show de retorno é em data significativa. Estarei no palco exatos 30 anos depois do meu primeiro show. Dá pra fazer ideia do quanto é especial para mim?

Recebi algumas solicitações de entrevista sobre a data. Tentei responder adequadamente e, adequadamente, deixar claro que meu coração não esta em 85. É claro que me orgulho muito da minha trajetória. É para fazer jus a ela que estou de corpo e alma em 2015!


A cada ano que passa é mais cansativo falar do passado pois, além da subjetividade inerente à criação artística, existe a necessidade e a dificuldade de contextualizar, explicar como era o ambiente para quem não o conheceu. E a cada ano, há mais gente que não o conheceu.

Não posso negar que, para quem viveu tudo intensamente, tentar explicar é chato como escrever bula de remédio. Imagino que traduzir um romance, por melhor que ele seja, seja menos divertido do que lê-lo. É tarefa cerebral demais, completamente diferente de tê-lo escrito.

A alternativa seria ficar disparando gracinhas e afirmações rasteiras, como se eu fosse um moleque anônimo clicando likes e dislike. Nah, nem pensar. Não posso me dar ao luxo da leviandade. Seria triste e melancólico como um alarme escandaloso de ninguém para ninguém, uá uá uá uá uá uá uá uá uá uá...

(*)

O resumo dessa ópera: tem sido uma jornada incrível! Sou muito grato por poder continuar semeando e colhendo. E batendo papos musicais com vocês e com meus baixos.

Amigos, 2015 chegou e promete! Fica o convite para o primeiro passo:


bah : noooossa, falei pra caramba, né? É que estou mesmo muito excitado com a tour. Agora que o DVD chegou, minhas intenções/invenções ficarão mais claras. Espero não ter enchido o saco de quem chegou até aqui com retrospectivas, balanços, jantar da firma, promessas, planos. Discutir relacionamento? Se for preciso, em silêncio, né?
abraços
06jan2015

60 comentários:

  1. Quanto ao DVD... já assisti dezenas de vezes.... Te acompanho desde meus 15 anos...ou seja, 1990.... e sem dúvida você está cada vez melhor... Tenho orgulho por te acompanhar sempre e ter aqui em casa o meu "fã-clube" com material que colecionei durante esse tempo e hoje minhas duas filhas de 4 e 3 anos pedem para colocar o Gessinger (já estão soletrando quase 100%) no carro e cantam Bora e Tudo está parado como ninguém... Valeu 1berto!

    ResponderExcluir
  2. Putz!!!!!

    Aviso aos que estão com ingressos em mãos (e que tem algumas dificuldades com o coração): ler este post causa aceleração dos batimentos cardíacos graves...
    Os meus estão como se eu tivesse corrido por horas, embora esteja sentada há horas...

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    VAI SER DEMAIS!!!
    Amo!

    Abraços, Gessinger!
    ps: meu presente de Natal a mim mesma chegou (DVD) e, de todos os lindos seus que já vi, esse já é meu preferido!!

    ResponderExcluir
  3. Estaremos lá sabadão!
    Ainda sem Amélie!

    Abração!

    Milongaaaaaaaaaaa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou passando 2 ingressos para o show de SP. Entre em contato pelo e-mail fernandonascimentojr@yahoo.com.br.

      Excluir
  4. Sempre rolo o scroll do mouse pra ver o tamanho do texto antes... Já leio sorrindo quando são grandes! =D
    Queria muito ir neste show de sampa... mas... vida! =/
    Que este seja o melhor dos anos (até agora)
    E manda um abraço pros baixos!
    E ó: se o Rickenbacker é legal como vc diz... sagitariano, certeza! rsrsrs
    Abraço!
    =)

    ResponderExcluir
  5. Muito bom! Excelente texto. Aprendo muito lendo vossos textos. Acomponhar sua carreira durante todos esses anos é uma das coisas gratificantes das quais tenho semeado. Abraços.

    ResponderExcluir
  6. É muito bom ler seus textos...Vc é pura inspiração!!! Em João Monlevade MG dia 23/01/2015 estarei novamente ouvindo INSULAR...

    ResponderExcluir
  7. Encantador...
    Como sempre fazendo bom uso das palavras!
    Bom show a você e a todos os sortudos que estarão lá. Sei que será inesquecível!
    Ainda estou aguardando ansiosamente o DVD chegar EMmeuLAR!!!
    P.s: na próxima conversa com seus baixos, não esqueça de agradecê-los em nome nosso nome (De Fé's) por te ajudar na sua arte/ofício a nos encantar por décadas!
    Abraços da fã da outra ponta do mapa!

    ResponderExcluir
  8. Ansiosa.. Faltam 4 dias e eu mal posso esperar <3
    Só consigo pensar em agradecer. Nós te ouvimos, tu nos lê, nos transcreve e assim recomeça o ciclo.
    Obrigada por tudo, mestre <3

    ResponderExcluir
  9. Milonga Orientao além da canção e um Cd completo lançado em 2014?? Esse passei batido.. ou não entendi a lista do post.. alguém q comenta aqui sabe de algo? Vlwss

    ResponderExcluir
  10. 1berto boa sorte !!! Novo ano nova turnê pelo Brasil , espero te encontrar por Ipatinga MG esse ano ...eu tava quase dormindo quando lembrei do texto de hj , minha terça só começa quando leio tua postagem. Vi vc parabenizando o baixo no instagram e uma glr desejando feliz aniversário a vc (confesso q ri um pouco )... Vi uma ft tao linda tua e da Clara , cheguei a comentar q talvez eu fosse tua filha ( devaneios ,mas com boas intenções) . No momento vou deixar meu comentário anônimo pq minha conta no google deu tiuti ,mas n vou me esconder usando a www , ainda mais havendo a possibilidade de vc ler .
    Ass: crislen BM
    Boa noite 1berto

    ResponderExcluir
  11. Quem sabe não rola Ritos de Passagem no show de Toledo, atendendo a um velho pedido...

    ResponderExcluir
  12. Que maravilha esses "textões" que fazem a mente e a alma divagar =)
    Valeu 1berto,boa semana!

    ResponderExcluir
  13. Amanhã é meu aniversário... só me dei conta por causa dessa postagem. rs

    ResponderExcluir
  14. Faltam 4 dias e imagino sim o quanto será importante pra ti. Estarei lá pois é muito importante pra mim também. Até sábado. Beijos

    ResponderExcluir
  15. Muito bom ter participado de muita coisa que disse no texto. E muito legal estar sabado no show de 30 anos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou passando 2 ingressos para o show de SP. Entre em contato pelo e-mail fernandonascimentojr@yahoo.com.br.

      Excluir
  16. Eiiiiita, mas que coração mais inquieto! Hehehe Lembrei desse Reveillon na Paulista, onde eu só queria te ver e não consegui: Sim, um dia eu fui pequena. Quantas lembranças! Idades a parte, obrigada por todos esses anos, por todas as pessoas que vc me trouxe. Vc é especial demais pra mim, mesmo quando está em dois: melancólico e feliz. Às vezes não aceito que vc é humano, me assusto quando falas do seu "eu". Tenho medo que vc pare, tenho medo de te perder. Droga, segunda vez essa semana que vc me faz chorar. Até sábado já desidratei rs
    Ahhhh, vem logo, que saudade! Te amo, luz dos meus olhos!

    Ps: Se um dia se encher de conversar com teus Warwick, manda lá pra casa! :P

    ResponderExcluir
  17. É bom se refletir, no sentido pleno da palavra. Nessa reflexão, nesse olhar (ainda que seja para os seus "baixos"), é possível um encontro consigo. Um "Para isso é preciso tempo. Tempo suficiente para ficar quieto, sem pensar. Só estar."
    Estou precisando disso, me reflito no seu: "só estar".

    ResponderExcluir
  18. 30 anos p vc 29 p mim...o tempo passou muito rápido! Que maravilha é acompanhar essa história! e de longe a gente comemora...insular emSeular! Sábado todos seremos uma mesma ilha! Feliz 2015!

    ResponderExcluir
  19. Só agora me dei conta , empatamos 30 anos de arte/ofício , e eu 30 anos que acompanho sua highway , eu era um garotinho de 7 anos quando ouvi o tema de abertura da novela hipertensão , aí pirei e pertubei meus pais até comprarem o LP longe demais das capitais,nossa ouvi e o ouço até hoje. Dali pra frente cada trabalho que saía meus pais já me presenteavam , e com isso passaram a gostar também de algumas músicas ,lembrando que meus pais eram da velha guarda....enfim dia 10 estarei lá HumBerto . Abraços .

    ResponderExcluir
  20. Mas você não é como eles, não é... Você sempre está tão acima do deprimente e melancólico... Afinal você não é mais um artista pavão que gosta de girar em torno do próprio umbigo... Você não é leviano nunca. Pq você não pode se dar o luxo de ser leviano. Você é o cara que renasce e não dá voltas no mesmo lugar.... Vocês não entra na estridência de likes e deslikes... na punhetaria das fotos de si compartilhadas por minuto. Você é sempre o arqueiro zen da base firme. Você sempre dialoga ao invés de dizer o assim e assado e os de fé respondem numa riqueza de conteúdo sem limites.
    E tudo se remata com um "a magia está nos olhos de que vê", com dicas da esposa sobre como aceitar ou não o Ministério da Educação seguida por risadas morféticas. E recalques, quem enxergar é louco. Porque aqui não os há.
    Aqui é terra do Don Quijote. O senhor das causas perdidas. O puro sangue puxando carroças. O não anônimo na multidão de anônimos. O cara que a ficha caiu. E que por isso não deixa recados nas entrelinhas.
    E já que falamos em Zen. O que melhor que um mondo para honrar o homem que não é doutor? Dizia o Mestre Wu Tsu: "Deixe-me apresentar um exemplo tirado de uma fábula. Uma vaca passa por uma janela. A cabeça, os chifres e as quatro patas passam com facilidade, somente a cauda não consegue passar. Por que não?"
    Ignore-me. Também sou um anônimo que olha pra você como menos pra alguém e mais para um síntoma. E desta vez você não precisou se declarar "sou todo ouvidos". O ouvido já passou.
    E além do mais sou pássaro mais intermitente do que podem julgar. Que tb não desdenha - como você - de pousos do imponderável.

    ResponderExcluir
  21. Continue falando e cantando MUIIIIIIIIIIITO: amo ouvir vc! Bjs

    ResponderExcluir
  22. “Há um tempo em que é preciso
    abandonar as roupas usadas
    Que já tem a forma do nosso corpo
    E esquecer os nossos caminhos que
    nos levam sempre aos mesmos lugares
    É o tempo da travessia
    E se não ousarmos fazê-la
    Teremos ficado para sempre
    À margem de nós mesmos”
    Fernando Pessoa

    ResponderExcluir
  23. Ah Humberto Gessinger, você é surpreendente... Às vezes me pego preocupada se seu repertório de trocadilhos e de jogo de palavras vai-se esgotar e aí você aparece com um INSULAR em SEU LAR. Fantástico. Deus o abençoe e conserve sua criatividade, Humberto, preciso dela para animar a minha vida. Gessinger - Engenheiros do Hawaii : A trilha sonora da minha vida. Obrigada. Bora rever o DVD, e rever, rever, rever,rever...reviver

    ResponderExcluir
  24. Hey Parabéns!
    Completamos 30 anos juntos em 2015, vc de carreira e eu de idade. Coincidência? eu diria até que isto pode explicar o fato de não viver sem ti (não conheço outra maneira), em cada cantinho de mim tem uma trilha sonora tua...
    Sua música foi atravessando o tempo lá em casa, encantou meus pais, a mim e agora minha filha (10 anos) me corrige quando erro um trechinho ou outro das letras tocadas no violão do meu irmão, sim vc é parte de nós.
    Desde o Pouca Vogal não te vejo ao vivo, mas espero conseguir estar em algum show deste ano. (venha mais pra SP, por favor rs).
    Um grande beijo, muito sucesso com a Tour.
    Felis Ano Novo!

    ResponderExcluir
  25. É muito legal ver um cara empolgado com o que faz mesmo depois de 30 anos. Isso é tão raro, tão raro.... Humberto, muita empolgação e mais shows eternos em 2015. Abraço.

    ResponderExcluir
  26. Sidnei Rodrigues - SP6 de janeiro de 2015 14:04

    Parabéns HG por essa brilhante carreira.
    Dia 10/01 estaremos todos juntos para comemorar esses 30 anos.
    Ninguém pode faltar.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou passando 2 ingressos para o show de SP. Entre em contato pelo e-mail fernandonascimentojr@yahoo.com.br.

      Excluir
  27. Sampa no Walkman em Sampa? Sério?

    Esse dia 10 que não chega...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou passando 2 ingressos para o show de SP. Entre em contato pelo e-mail fernandonascimentojr@yahoo.com.br.

      Excluir
  28. ficamos é muito felizes de lhe ver assim, curtindo, sentindo prazer no que faz; somos afortunados por ter alguém como ídolo e esse alguém continua depois de tanto tempo demonstrando alegria de moleque no palco!

    Um abraço hg

    Bom ano para todos nós.

    Thiago Panichi

    ResponderExcluir
  29. Creio que seus baixos são memórias materializadas, lembranças que os tornam mais valiosos do que o avalista profissional pode monetizar. Ao olhar para eles ali, quietinhos, silenciosos, lado a lado, seu coração provoca um suspiro bom, de quem viveu muitas histórias e que entende que essa estrada ainda tem muito caminho a percorrer. Solitário? Não, não acredito, somente quando a necessidade de conversar consigo mesmo impõe esse momento tão rico, tão especial e tão inspirador. Sim, porque o artista precisa da solidão para criar, recriar, "reinventar, reabastecer".

    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  30. Sem DR e vambora que 2015 promete pra InSUlar, Rick, Stan, Wary e 1bah!
    Que venham os shows e os encontros, aqui, ou nos palcos por aí.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  31. O DVD Insular é D+!!! Adorei a música Milonga Orientao...
    Mto legal dividir conosco como foram seus dias de folga!
    Bom 2015 pra vc HG!
    Abç.

    ResponderExcluir
  32. Marta Avila - Pelotas6 de janeiro de 2015 19:31

    Perfeito!!!!
    Orgulho de acompanhar tudo desde o início e ver o"renascer" EmMEUlar ...amor que passa de mãe pra filho... só preciso de InSULAr ao vivo em 2015 no THEATRO GUARANY!!!!!

    ResponderExcluir
  33. Demais!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Só isso hoje =)

    ResponderExcluir
  34. Vi uma frase solta na Internet esses dias para trás e na hora lembrei de vc, não sei explicar o porque. Mas me pareceu que eu poderia ouvir isso de vc algum dia. E estava esperando o momento certo para compartilhar com vc Beto!

    Não se preocupe com a perfeição você nunca irá consegui-la.
    (Salvador Dalí)

    Não se preocupe com a perfeição, vc vai continuar arrastando De fés por todo o Brasil, não importa se a crítica te taxar imperfeito hj. Se disserem que o seu jovem era melhor ou algo do tipo em 85. Não se preocupe com a perfeição, o perfeito é desumano, é irreal. Estamos vivos, estamos em 2015. Esse é o momento "perfeito".


    Halana S.

    ResponderExcluir
  35. Humberto Gessinger o que significa sardina no livro Seis Segundos de Atenção da p. 14?

    ResponderExcluir
  36. Meu livro do Humberto Gessinger veio com erros de ortografia que azar. :(

    ResponderExcluir
  37. Humberto venha a Goiânia
    precisamos respirar
    o que nos faz viver

    de qualquer forma
    o dilema morre com
    a anunciação do que é certo

    e o que é certo não é brando/leviano
    a não ser se doamos nossa sorte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os goianos anseiam sua visita em 2015!
      No aguardo. Abraços *:

      Excluir
  38. Estou repassando 2 ingressos do show de SP (10/01/15). Interessados entrem em contato pelo email fernandonascimentojr@yahoo.com.br. Abraços.

    ResponderExcluir
  39. Que texto maravilhoso...Meu presente de final de ano não poderia ter sido melhor: DVD Insular...simplesmente perfeito,como tudo que vc faz ...não canso de ver...Ansiosa por um show seu em Araçatuba/SP..Quando será??
    Espero que seja em breve....Bjs....que Deus continue te iluminando..

    ResponderExcluir
  40. Começar o ano ouvindo Humberto Gessinger ao vivo... é um presente e sinal de bons presságios para 2015!

    ResponderExcluir
  41. Amei o DVD, não canso de assisti-lo. Espero que em 2015 tenha um show seu em Belém! bjs. <3

    ResponderExcluir
  42. Quantos finais um começo pode ter?
    HG, você é o maior nome da música brasileira.

    ResponderExcluir
  43. até Sampa Alemão...
    e parabéns pelo teu trabalho durante estes anos.

    ResponderExcluir
  44. Boa sorte em Sampa mestre! Infelizmente nao estarei la ...mas meu coração sim ! Ah! o dvd ficou mara ! Bom pra caramba ! Feliz 2015 e mais sucesso !!!! Bj

    ResponderExcluir
  45. Seu lindo!!

    Que a noite de hoje seja emocionante e inesquecível!

    ResponderExcluir
  46. Ficou muito bom o DVD!!! já assisti ele varias vezes e com certeza vou assistir outras muitas vezes.

    Estamos te aguardando no Espirito Santo

    Abraços.

    ResponderExcluir
  47. O teu show foi perfeito Humberto! Tavares e Rafa estavam perfeitos também. Me tornei sua fã mais ainda, pena que nasci só em 97. Mesmo assim, obrigada por ter marcado minha vida.

    ResponderExcluir
  48. QUERO DEIXAR AQUI UMA MATÉRIA QUE FIZ NO MEU BLOG, INSPIRADO EM VOCÊ, GESSINGER MEU ÍDOLO. SE EU NÃO FOSSE TÃO APAIXONADO PELA MINHA PROFISSÃO, PROFESSOR E EDUCADOR FÍSICO COM CERTEZA SERIA MÚSICO E MAIS CERTEZA AINDA SERIA AS CANÇÕES TUAS QUE EU TOCARIA.

    ESPERO QUE GOSTE DA MATÉRIA.

    http://edfisicatopteam.blogspot.com.br/2014/12/chimarrao-na-dieta-de-praticantes-de.html

    EU ROUBAREI QUASE TUDO SO PRA CHAMAR TUA ATENÇÃO RSRSRS

    ResponderExcluir
  49. Humberto, além de todas as suas qualidades de artista você também se destaca na capacidade de se adequar ao tempo! Feliz 2015!

    ResponderExcluir
  50. Porra HG, já passou da hora de Milonga do Xeque-mate cair na estrada! Ta louco de deixar um baita som desse de fora? Acorda! ahahahhaa

    ResponderExcluir