Lapidar - 156


"Sabendo onde se quer chegar já é difícil, sem saber..."

A frase pairou na fronteira nebulosa entre dois mundos (pessoal e profissional) pois o ambiente favorecia a imprecisão: estávamos em uma reunião de negócios, mas no intervalo para um café.

Ouvida em meio a um silêncio que, longe de demonstrar atenção, revelava mentes concentradas mas ausentes, a frase passou batido. Parecia mais um enunciado morno saído de livros de auto-ajuda que, geralmente, só ajudam a quem os vende.

Sintomaticamente ela acabava sem fim, reticente, deixando o ouvinte livre para projetar um final infeliz a seu gosto.

"Sabendo onde se quer chegar já é difícil, sem saber..."

Frases desse tipo tendem a ser guardadas sem muita reflexão na gaveta das verdades absolutas. E voltam à mente vez por outra. Esta, que ouvi faz tempo, a cada visita me parece menos definitiva, mais pálida e desbotada.

Desde lá, a vida tem me ensinado que não se trata de traçar um plano com perspicácia e colocá-lo em prática com paixão. Esse papo de perseguir um sonho, agarrar-se a ele com unhas e dentes, tem mais a ver com propaganda de isotônico do que com a vida real.

Sim, há que sonhar e acreditar no sonho; mas há também que desconfiar dele, não deixar a convicção transformar-se em teimosia. Fé cega e pé atrás! Sentir com inteligência, pensar com emoção! Quem disse que seria fácil?

A questão não se resume a escolher entre enxergar a árvore ou a floresta, há que enxergar as duas. E fechar os olhos! Deixar de ver, ignorar onde se quer chegar, em alguns momentos pode ajudar, pois, na real, cada passo que se dá transforma a estrada. Cada passo cria um possível novo destino.

(*)

Estou na reta final da produção do DVD Insular Ao Vivo. Dias repletos de escolhas a fazer. Na mixagem do áudio, na edição das imagens, no projeto gráfico, na busca do melhor parceiro para o lançamento... Sinto um cansaço bom por estar fazendo o que acho certo, da forma que me parece correta, cercado de pessoas legais e talentosas.

(*)

"Sabendo onde se quer chegar já é difícil; sem saber, é impossível". Será? Tem certeza?

(*)

Se, nessa manhã chuvosa de POA, me perguntassem onde quero chegar, eu usaria a mão que está livre (a outra segura uma cuia de chimarrão) para fazer um gesto vago como quem joga sementes ao vento. Uma indicação imprecisa, pois só navegar é preciso. E seguiria mateando em silêncio.

01jul2014

56 comentários:

  1. Obrigado. Mais cedo eu discutia a ansiedade em terminar minha faculdade para logo iniciar outra... Às vezes é pé-ante-pé, né (sim, em bom e alto mineirês) Humberto?
    Obrigado pela calmaria!
    Abraços!
    PS: Te vejo em Pirapora (apesar de não ser minha terra natal, é onde vivo há uns sete anos)

    ResponderExcluir
  2. Tava lendo um texto que postaram no facebook hoje, sobre juntar ou gastar dinheiro. Cara, a vida é imprecisa (e é justamente essa a graça nela). Só nos resta arriscar (e torcer) para que dê certo.

    Saudações Rubro-Alemã-Negra. Emerson Gimenes/RJ.

    ResponderExcluir
  3. Nós não precisamos saber pra onde vamos, nós só precisamos ir!
    Valeu Mestre....

    ResponderExcluir
  4. "Sabendo onde se quer chegar já é difícil, sem saber..."
    Jornada longa... Belo texto, Mestre. Uma ótima semana!
    Faço hj 7 meses de namoro, e vc participou, participa e participará em todos os momentos!
    Obrigada

    ResponderExcluir
  5. Boa, ando meio nessa onda tb...profissao, advocacia x musica...mas vou navegando e aprimorando cada uma, quando da...abs e obrigado!

    ResponderExcluir
  6. Um daqueles textos pra se refletir por um bom tempo...

    "Quem disse que seria fácil?"
    "Cada passo cria um possível novo destino."

    Sensacional... Boa Gessinger!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Ótima semana Mestre, ansioso pelo show em Goiânia.

    ResponderExcluir
  8. Agora vou ficar um iô-iô aqui... mudo mais as rotas que GPS depois de cruzamentos. Sigo... a intuição? A vontade? E como já me perguntei se é nesse ponto que me perco... sei lá... acho que não tem receita, quando é a estrada certa funciona, quando não... será?
    Boa semana. Que chovam (com o perdão do trocadilho) boas ideias para o DVD.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Márcia,

      Trocadilho oportunamente metafórico. Rsrs

      Excluir
  9. Eae Gessinger quando você vem aqui em SP?

    ResponderExcluir
  10. O longe aonde queremos chegar está mais perto do que o perto aonde não.
    GK

    ResponderExcluir
  11. Ótimo texto. E que venha o DVD Insular!

    ResponderExcluir
  12. Mais uma vez fiquei uma semana sem passar por aqui...e hoje você vem falar sobre sonhos x realidade x realizações x cabeça nas nuvens x pés no chão.

    Estou tentando dar uma guinada na minha vida, logo, sinto um cansaço do bem, e as pessoas que querem que essa guinada aconteça, parecem ter aparecido com o propósito de fazer isso dar certo!

    Obrigada por aquele show em Varginha, em 28/06/2008!
    Talvez sem ele, eu não teria conhecido meu (irmão) amigo Sadallo, nem Bêagá, nem o resto da gangue mineira, e muito menos, sentiria esse cansaço do bem!

    Abraços, querido ídolo!

    ResponderExcluir
  13. Ja me vieram fazer uma pergunta bem semelhante a sua, que foi: "Qual são teus planos?" Minha resposta foi um longo viajante silencio... Lógico que foi uma longa resposta. A vida é uma estrada cheia de bifurcações, temos escolhas e opções entre: atalhos, caminho mais fácil ou o caminho mais árduo (difícil). Quando se submetemos a sonhar, logo temos a esperança de que um dia aquilo que se quer concretizar se dará por certo, as vezes correndo risco de se frustar... Heis que o destino está ai para fazer um trocadilho entre sonho e realidade, para nos mover "com a cabeça nas nuvens e os pés no chão". A jornada da vida é longa pois cada escolha tem uma consequência.
    Obrigado por escrever textos tão reflexivos...
    Saudações Tricolores, abraço, Fabio Henrique/RS

    ResponderExcluir
  14. Olá, Humberto!

    Já há muito observo que você usa nas letras das suas músicas e nas suas crônicas frases clichês, aquelas ditas de forma automática porque o cérebro se comunica por memória para ganhar velocidade na comunicação entre o emissor e o receptor. No entanto, você tem a habilidade de usá-las não como bengalas, mas como provocação ao cérebro que mais fala do que pensa. Daí, saem essas reflexões que tanto nos atraem, ao desconstruir o senso comum para entendê-lo, aceitá-lo ou duvidar dele como ferramenta eficaz de comunicação. Afinal, estamos falando das incertezas da vida.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  15. O coelho falando pra Alice...no pais das maravilhas....

    ResponderExcluir
  16. E depois dessa leitura minha semana começa de um jeito diferente... Incrível como parece que o HG leu meus pensamentos e veio conversar comigo sobre o futuro! <3

    ResponderExcluir
  17. Lembrou a crônica "O vôo do besouro" constante em seu livro 123 variações sobre o mesmo tema. Variações sobre o mesmo tema...será?

    ResponderExcluir
  18. Um bom texto para se olhar no espelho e refletir.

    ResponderExcluir
  19. Nos últimos anos tenho percebido que o fato de saber aonde se quer ir é na verdade um elemento mais limitador do que libertador. O vento pode nos levar a lugares nunca antes imaginado, mas antes devemos construir a canoa. O 'deustino' pode nos trazer grandes surpresas, desde que façamos nossa parte. Novos caminhos tem surgido na minha frente, e se eu estivesse focado em apenas um deles, com certeza não teria ido tão longe, e nem poderia, talvez, ir longe. Aprendi a seguir os ventos do 'deustino'. E tenho chegado a lugares incríveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deustino kkkk Gostei! ADRIANA

      Excluir
  20. "Nós não precisamos saber pra onde vamos
    Nós só precisamos ir
    (...)
    É sobretudo a lei
    Desta infinita highway"

    ResponderExcluir
  21. se irmos sem pressa e pra sempre um dia chegaremos e isso que importa.

    ResponderExcluir
  22. “Há um tempo em que é preciso
    abandonar as roupas usadas
    Que já tem a forma do nosso corpo
    E esquecer os nossos caminhos que
    nos levam sempre aos mesmos lugares
    É o tempo da travessia
    E se não ousarmos fazê-la
    Teremos ficado para sempre
    À margem de nós mesmos”
    Fernando Pessoa

    ResponderExcluir
  23. Bom diaaa!!! Que texto inspirador. Apesar de ter acordado tarde, meu dia depois dessa leitura com certeza será muito proveitoso e feliz. Peço permissão, e é claro não esquecendo da autoria, de publicar um trecho no meu face. Quero que assim como eu, outras pessoas também possam desfrutas das belas palavras e ter um dia inspirador. Amooo

    ResponderExcluir
  24. Vamo que vamo... só isso, pra onde importa pouco!
    exceto por jaguariuna.. lá estaremos juntos, ingresso na mão!!
    Caio

    ResponderExcluir
  25. Há que se escrever idéias metaforicamente literais!

    Mandou bem Humberto.

    Abraços

    ResponderExcluir
  26. Muito bom! Aliás, sensacional!!!

    ResponderExcluir
  27. Sabendo onde se que chegar é difícil, sem saber... Sem saber onde vai dar, sem saber o que te espera, seria mais fácil, fazer como todo mundo faz... Um tiro certeiro, modelo que vende mais...

    ResponderExcluir
  28. Nós só precisamos ir...com 15 anos agora, e nada de respostas...

    ResponderExcluir
  29. Texto bom, Humberto! Obrigado por ele, me deixou mais sereno.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  30. obrigada pelas palavras, canções e por sempre compartilhar conosco; esse texto me balançou hahah um dia eu ainda caio :)) [tô no aguardo do meu Insular e de um novo show no RJ, volta por favor!]

    ResponderExcluir
  31. Como sempre traduzindo em palavras tudo aquilo que a maioria das pessoas sente..obrigada..por fazer parte da minha vida..
    abraçoss

    ResponderExcluir
  32. Muito legal o texto ! O mais incrível, pra mim, foi que eu estava lendo o livro "Pra Ser Sincero" no último sábado e passei pela história do encontro com empresários, em que surgiu a frase que inicia o post.
    Mais uma coincidência Gessingeriana...

    Abraços HG e aos de fé, de alguém perto demais das capitais.

    ResponderExcluir
  33. HG aqui nas geraes, precisamente na capital do mais belo Horizonte do pais, escutei que assim como foi a gravação do DVD Insular, também será seu lançamento: em BH.
    Nos conte aí a veracidade desta informação que rola em bh. Por favor?!?!?!?

    ResponderExcluir
  34. Sidnei Rodrigues - SP1 de julho de 2014 13:28

    HG ótimo texto.
    O futuro dirá!
    Que venha o DVD.

    ResponderExcluir
  35. Como diz o provérbio: "Prepara-se o cavalo para o dia da batalha, mas é do senhor que depende a vitória."
    Sonhos todos temos. Mas... será que são sensatos?
    "'Quem sabe faz a hora não espera acontecer" Só para realizações sem ignorância, imprudência ou negligência.
    AMA

    ResponderExcluir
  36. Humba,

    estar convicto que é de fato o maior risco, risco de não viver, pois na verdade a convicção mata a liberdade com a autoridade de rei, só não se lembra que esse reizinho bobo no final, morre no fliperama, depois é vídeo-guerra - vídeo reino dos céus...

    bem vinda juventude: a verdadeira voz de DEUS

    "Vamos fazer nosso dever de casa
    E aí então vocês vão ver
    Suas crianças derrubando reis
    Fazer comédia no cinema com as suas leis"

    Humba,

    seja muito bem vindo em agosto (09/08) te amo... Goiânia tb...
    estaremos na Atlanta bem cedo. Peço a Deus estar bem perto do palco - Amém

    ResponderExcluir
  37. "Lapidar", mesmo as pessoas que não tem consciência disto, estão dia a dia em processo de lapidação em todos aspectos da vida.Cada um em seu ritmo de acordo com as suas escolhas que como você citou Humberto " cada passo que se dá transforma a estrada. Cada passo cria um possível novo destino. As escolhas são constantes, cada um tem que "sacar" quais os melhores caminhos a serem seguidos. Beijo, até breve.

    ResponderExcluir
  38. Vez em quando o caminho é melhor que chegar.

    ResponderExcluir
  39. Eu nunca soube o que fazer com a minha vida, e continuo sem saber. O que faço é vivê-la. No fim, uma coisa ou outra acaba dando certo.

    ResponderExcluir
  40. sonhe ,mas nao deixe que seus sonhos sejam seus senhores..rj. meu destino eu faço ao sabor do acaso . ao saabor do vento.....rj.....

    ResponderExcluir
  41. o voo do besouro e a nossa vida cheia de incertezas e desafios , mas a vida poderia ser um voo de borboleta,uma perfeita harmonia de suas batidas das asas simetrica . oh vida real ;seguimos com boa fé mesmo voando com defeitos e contra todos e tudo......rj

    ResponderExcluir
  42. Nada fácil cara, euforia e depressão!!! Valeu HG.

    ResponderExcluir
  43. Caramba meu caro, não bastava traduzir meus estados de espírito nas letras das canções e nas entrelinhas das páginas dos livros? (risos)
    Esse 1° de Julho remeteu a mim, também, tal reflexão! Obrigado por conseguir, em palavras, expressar as curvas da minha infinita highway!

    Grande abraço e até o show em João Pessoa - PB!!! o/

    ResponderExcluir
  44. Putz, fiquei de cara, nessa madrugada postei no meu face uma frase de Friedrich Nitzsche: "homens de convicção são prisioneiros... A limitação patológica de sua ótica faz do ser humano convicto um fanático.."

    Demais..

    ResponderExcluir
  45. É possível sim chegar ao impossível,chegar apenas chegar.

    ResponderExcluir
  46. O Humberto se refere a "livros de auto-ajuda que, geralmente, só ajudam a quem os escreve" e me parece que muitos leitores encaram seus textos exatamente assim. Seria uma espécie de auto-ironia ou será que, como muitos o chamam, ele se considera um "mestre"? O velho Nietzsche também me veio à cabeça: "Não se agrada a um mestre sendo somente seu discípulo". "O ser humano é uma corda atada entre o animal e o que está além do ser humano -- uma corda sobre um abismo". "Atravessar a travessia"...

    ResponderExcluir
  47. Transformemos os sonhos em planos.

    Abs

    ResponderExcluir
  48. é preciso chegar a paz dentro de si mesmo ; essa é a verdadeira busca....rj

    ResponderExcluir
  49. Mais um texto massa e imprevisível . sempre surpreendendo hg. Espero o DVD na boua sem pressa, pq quem tem pressa VC já sabe...

    ResponderExcluir
  50. "Sabendo onde se quer chegar já é difícil, sem saber aquele que vê se transforma no cenário"

    ResponderExcluir