Hora H, Dia D (152)

Três batidas na porta do camarim anunciam: bora, chegou a hora! Automaticamente os olhos se voltam para o espelho para uma última conferida na posição dos fones e do suporte da harmônica.

Um corredor escuro leva ao palco, onde o trio se posiciona ainda com as cortinas fechadas. Contagem regressiva para o início da locução que levará à abertura das cortinas que levará ao primeiro acorde que nos levará - queira Deus - a interessantes paisagens sonoras.

Ops, começa uma movimentação estranha no backstage! Mãos se erguem sinalizando que houve problema com algumas câmeras. Por um instante, tudo fica suspenso no ar. Quanto tempo dura este instante? Não se sabe.

Putz, que droga! A gente se programa para estar no pico da energia nessa hora e rola um anti-clímax desses! Eu sei, eu sei, profissionais não são os caras que fazem a coisa certa: são os caras que fazem a coisa certa na hora certa. "Domínio da situação" é o nome do jogo.

Mas, pô!, eu não queria ser profissional agora; não nessa noite! Não queria dominar coisa nenhuma. Pelo contrário: queria ser dominado pela emoção do momento (às vezes ser amador é a maior prova de profissionalismo). Nessa noite, só queria continuar a ser o menino que tinha posters de bandas colados na parede do quarto . Ele estava aqui, pronto pra atacar... agora sumiu.

(*)

Gravar um DVD num único show é arriscado e tenso. No primeiro dia de gravação do DVD Novos Horizontes (2007) tocamos sem erros, mas também sem o brilho de que éramos capazes e que só veio na noite seguinte. 

Um dos shows da gravação do Alívio Imediato (1989) não pôde ser utilizado pois descobrimos, na mixagem, que um fã com uma buzina de ar comprimido ficara justo sob um dos microfones posicionados para captar o som da plateia. Cada vez que se emocionava, o cara fazia um esporro enorme. E o cara se emocionava muito!

O mesmo aconteceu numa das sessões do Filmes de Guerra, Canções de Amor (1993): muita sensibilidade na captação do som de uma guitarra - culpa de um novo sistema que estávamos testando - fez com que muito mais do que o desejado fosse gravado.

Tentei não pensar nisso enquanto estava ali, no palco, ainda esperando que se resolvesse o problema com a câmera. Mas a escalada da tensão era inegável. 

Melhor não fazer contato visual com ninguém nesses momentos pois a tensão se espalha de forma contagiosa como o soluço. A não ser que alguém com um olhar tranquilo e um sorriso relaxado corte a corrente. Mas é algo arriscado pois, se forem fingidos o olhar e o sorriso, a situação degringola irreversivelmente.

Resolvi olhar para cima, uma maneira sutil de ficar sozinho. Meu olhos se fixaram na cobertura da sala, acima dos refletores e das estruturas que sustentam o cenário. Ali, no teto, alguns milímetros da telha de metal me separavam do céu de BH. Assim como alguns milímetros do tecido da cortina me separavam dos cinco mil malucos-beleza que gritavam pelo show.

Aí então (talvez agora eu esteja imaginando, falando em metáforas, não sei... é possível) o teto se abriu e eu sobrevoei BH. Depois, Moscou, Bagé, Nagoya e centenas de cidades aonde minha música já me levou, aonde já levei minha música. Os tempos se embaralharam (ou melhor: se desembaralharam) e começaram a andar paralelos. 

Encontrei, de novo, lá em cima, num passado ainda por acontecer, o alemãozinho que colava capas de disco na parede do quarto. Que ele não morra nunca! Que sobreviva ao meu último acorde! Acordei (sonhei?) com o toque de alguém da produção avisando que estava tudo ok com as câmeras; enfim o espetáculo poderia começar.

Agora sim: contagem regressiva, locução... a cortina se abriu e todos os presentes deram um show! Por sorte, eu estava no melhor lugar da casa para assistí-lo. 

Belo Horizonte, 30 de maio de 2014.





142 comentários:

  1. Respostas
    1. é nós :D
      Foi foda! O Humberto e todo pessoal que trabalha com ele são foda!

      Excluir
  2. Tão legal quanto participar da gravação do dvd, foi rever fãs amigos de todo o Brasil. Em especial, a galera de BH, que recebeu a todos tão bem!
    Agora, ficamos na expectativa do show de lançamento do dvd.
    Nos esbarramos dia 28/08 em Poa.
    Saudações, Emerson "Rickenbacker" Gimenes.

    ResponderExcluir
  3. Estava aguardando aqui o primeiro post apos a gravação do DvD Insular, esperar para ter o meu. Parabens mestre HumbertoG.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esperar para ter o DVD como se espera para chegar ao show da gravação! "BORA" esperar, leve o tempo que levar!

      Excluir
  4. Houve o brilho de não ser capaz, mas houve o brilho de ser capaz - principalmente na segunda gravação, quando se vê seu (...) (inominável e inenarrável) - quando se vê o Humberto gritar e colocar as mãos na testa, puxando os cabelos para trás... A gente toca de novo, "uai" (sim, eu sou mineiro")!; a gente grita de novo! E, não sendo possível tocar, a gente fica rouco até hoje!!! A propósito, os elásticos nos pulsos com as cores laterais da bandeira do RS não passaram despercebidos! HG, tenha certeza: foi foda!

    ResponderExcluir
  5. puta!!! que foda!!! origem !!! origem !!! que não se perca nunca !!!

    ResponderExcluir
  6. tenho certeva q o dvd vai ser um sucesso. Mas fico triste por algumas musicas lado b que participaram da turne ficarem de fora do dvd

    ResponderExcluir
  7. Que show viu Humberto?!
    Valeu cada segundo! Foi pura emoção!!
    Que esse seja apenas o começo de seus vôos!

    ResponderExcluir
  8. Honrado de participar desse show! Obrigado mais uma vez Gessinger! Mesmo não sabendo, você anda construindo pontes... Várias e várias amizades EngHaw criadas nesse show!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele sabe. Nem sempre sabe o local exato - deduz, de certo -, mas sabe dessas pontes.
      Then, I love it!
      (NPoA)

      Excluir
  9. eu estava -lá ,mas o melhor é ler essa historia e imaginar a cena ,o hunberto e foda ,mas idolo e idolo ,cara se hoje sou musico devo a voçe a primeira musica tocada infinta highway a primeira banda passAgeiros pq ?por causa da revolta dos dandis e agora por ultimo a gaita de G ,vc e meu idolo cara ,abraço e valeu obrigado por tudo grande mestre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi a mesma historia minha...20 anos de musica, toco na noite por conta dele, e pude dizer isso pessoalmente pra ele aqui no Rj...abs.

      Excluir
    2. eu queria que ele soubesse disso um dia ,quem sabe um dia eu o encontro num desse encontros casuais rsrsrsrsr

      Excluir
  10. Não há palavras para descrever o quão emocionante foi vê-lo pela primeira vez, que energia maravihosa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Torço para que o veja muito mais; torço para que ouça-o eternamente!

      Excluir
  11. Que texto lindo, Humberto! Especial! Você um artista de som e sentimentos! To na contagem regressiva por Curitiba!

    ResponderExcluir
  12. https://scontent-a-gru.xx.fbcdn.net/hphotos-xaf1/v/t1.0-9/1798666_604497419657190_2765402301305512059_n.jpg?oh=9d849314dca2c0c889eceb0c874787f4&oe=54033ED3

    Não entendo de fotos e direitos autorais, mas taí, HG, pra você! Do segundo ou terceiro, ou quarto, ou quinto, ou.... lugar da casa para (não assistí-lo, mas...) vivê-lo!
    Como de costume SEU: Abraços!

    ResponderExcluir
  13. Cara, pra mim o show ainda não acabou, tamanha foi a emoção de estar presente neste evento épico. Contarei, com prazer, aos meus filhos (que ainda nem tenho) e netos que estive lá. Obrigado pela oportunidade #1Gessinger

    ResponderExcluir
  14. Não pude ir cara, mas emanei energias positivas para que tudo desse certo! Forte abraço aqui de Sampa! Valeu!

    ResponderExcluir
  15. tenho certeva q o dvd vai ser um sucesso. Mas fico triste por algumas musicas lado b que participaram da turne ficarem de fora do dvd

    ResponderExcluir
  16. Eu estava lá!

    E nada poderia ter sido melhor.

    Uma noite pra nunca esquecermos!

    Obrigado mestre !

    ResponderExcluir
  17. Chorando realmente, musicos entendem bem isto...

    ResponderExcluir
  18. Foi demais! Aguardando a dobradinha Brasília e Goiânia em agosto. Sempre DeFé nessa infinita highway. Valeu!

    ResponderExcluir
  19. Problemas?? Erros?? Onde? Estava tudo impecavel, Perfeito! E quando tocou Violencia travestida foi o máximo!! Bem que poderia entrar como bonus no DVD!! Simplesmente HUMBERTO GESSINGER!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tocou" a violencia"? tava preocupado com a ausencia dessa musica.

      Excluir
    2. Que notícia master!
      Eu não pude ir à gravação em BH, mas estive no show de lançamento no A. Vianna em Poa... E uma das minhas realizações de vida Gessingeriana, foi ouvir ao vivo "a violência...". Bom saber que foi registrada nessa formação que é uma bela sacada dos deuses. Amo. Sem medidas...
      (NPoA)

      Excluir
  20. Bah! Que texto! Me senti lá sem ter estado. Que venha sempre mais.

    ResponderExcluir
  21. Humberto!! O show foi um sucesso, aliás,não poderia ser diferente!!! Parabéns!!!! Queria muito ter ido, mas infelizmente não deu... :( De qualquer forma, texto massa, como sempre (sempre vale a pena esperar a segunda virar terça!!!)

    ResponderExcluir
  22. HG nós que agradecemos por cada acorde dessa noite memorável. Esse texto veio mostrar o momentos de uma noite incrível. Vida longa ao Insular e os frutos dessa árvore: "Que seja eterno esse fogo de palha".

    ResponderExcluir
  23. Foi uma noite perfeita!! E essa tua proximidade do publico é tão bom. Pô, pedir pro público qual música queria ouvir, foi demaaais. Dia inesquecível!! Nunca imaginei que tocaria Nuvem, simplesmente ameeeei!! PS: foi meu presente de formatura o/

    ResponderExcluir
  24. O show foi sensacional. Engraçado que, quando o vi o Humberto errar e falar que iria tentar de novo, fiquei feliz, não por ele ter errado claro, mas por ver que um dos meus ídolos também erra e é humilde o bastante pra tentar de novo. O que é um erro afinal né?

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Presenciei esse momento ímpar, valeu HG.

    ResponderExcluir
  27. Nem sempre podemos estar em todos os lugares. Mas acompanho sempre e adoro minha filha de 11 anos solicitando aqui do lado; "Pai, o próximo show aqui no RS tu vai me levar!!!!!" The Next Generation in the same......Abs

    ResponderExcluir
  28. Parabens meu ídolo, daqui do RJ torci por ti. Leo Santos.

    ResponderExcluir
  29. Meu coração estava em BH cantando junto com as 5 mil vozes.abraço.

    ResponderExcluir
  30. Nossa... Havia me esquecido que a segunda ja havia virado terça, envolvido com as tuas musicas HG, mas ainda assim tu nao deixastes de me fazer vir aqui ler as tuas ideias expostas nos textos, por um acaso acabei chegando ao blog, e feliz demais depois de ter lido todas aquelas palavras acima.
    Usar um termo do mestre, Bahhhh
    Abraços e boa sorte na sua caminhada

    ResponderExcluir
  31. Humberto,
    O show foi tudo o que eu esperava, foi maravilhoso!
    Amo suas letras, suas poesias, sua musicalidade, o timbre da sua voz, a forma que toca cada instrumento...Vc merece todo esse sucesso que és!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  32. No taxi que me trouxe até aqui Milton nascimeno, lô borges, Beto Guedes me davam razão.Foi demais, na mesma hora eu imaginei que eles tbm me dariam razão por viajar 6 horas só pra sentir essa energia, to na mesma vibe até agora, a minha alegria é de uma criança, pois eu terei história pra contar para as próximas gerações.

    ResponderExcluir
  33. Perfeito! Um relato melhor não há.

    Maravilhoso ver a reação da platéia durante o show em BH.
    Eu e meus filhos, sempre ficamos nas grades e, desta vez, lá do alto, tivemos uma visão diferente. Foi mesmo de arrepiar aquele movimento
    todo durante as apresentações.
    Certos de que o DVD vai registrar emoções de nossas vidas...

    PS: Agradecemos os autógrafos "Insulares" na viola caipira.

    ResponderExcluir
  34. Cara, que doido! Acompanho desde 2005 (12 anos de idade) os shows do com minha mãe e minha irmã, sempre juntos nos shows em Minas. Quando os Engenheiros pausaram, ingressamos na faculdade de Medicina (seguindo os passos da mãe) e estamos presentes nos shows sempre que dá. Nesta sexta, com 20 anos, mais da metade do curso e 35 shows tive a chance de voltar a ser o menino que pregava adesivos no violão para parecer com o Guild do HG. No estacionamento do Chevrolet Hall, aguardando a chegada do pessoal da Stereophonica para retirada de nossas camisas, vejo saindo da Mercedes-Benz o Humberto. O mesmo HG que assinou minha viola adesivada quando bati à porta do quarto de hotel quando guri. Naquela hora, saquei a viola do banco traseiro e corri em direção à Mercedes, por impulso! Me esqueci que não era mais garotinho, fã histérico, eufórico e que precisava de autorização judicial pra ir aos shows. Pedi um novo autógrafo para registrar aquela sensação. Acho que incomodei, admito. Mas não estava sob meu controle! Viajei no tempo... senti naquele minuto aquela mesma taquicardia, palpitação e leve dor epigástrica de 8 anos atrás... a diferença é que hoje sei o que significa isso... E continuo não sabendo afinar a Viola. Aguardo uma assinatura do Master (que sempre se lembra da viola quando me encontra) para ser envernizada e voltar para a coleção ENGHAW. Obrigado por permitir isso e desculpe-me a tietagem! Não é voluntário!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo total, brother. É assim. É involuntário... E o gurizinho pula de volta a vida. E dá-lhe tietagem... Sem querer chatear e com todo amor.
      Uma vez, ainda no século passado, em Itaboraí/RJ, andei a cidade toda depois do show atrás da banda: meu violão mais velho (hj de parede) honra a assinatura do muso.
      Hasta. Satisfação em lê-lo tb..
      Lautildes da S. Neto (NPoA).

      Excluir
    2. Involuntária também a tremedeira da mãe tentando fotografar... Não esperávamos esbarrar com os ídolos do Insular naquele momento. Acreditem, só estávamos ali para buscar as 4 camisetas que compramos na pré venda pela internet. Valeu Tavares, por fazer 3 poses (perdão, foto ainda saiu tremida).
      Valeu Srta. acompanhante do baterista Bisogno, que gentilmente clicou pra mim... Melissa da Stereofônica chegou depois e, como sempre, muito gentil.
      Felizes, guardamos a viola no banco do carro e... eis que passa um cometa. HG dá uma paradinha, somente quando vê a viola caipira do André. Não sei o que aconteceu, mas o menino chegou com "hemácias à for da pele", "vermelho rubi", taquicárdico, com a viola autografada novamente pelo Humberto e acompanhado pelo segurança até o carro. Constrangidos e/ou felizes (?!), saímos.
      Pensar que ele ainda quer a assinatura do Master nessa viola, antes de arquivar o caso...

      Excluir
  35. Registrando: Passei por aqui e adorei a sensibilidade de sua descrição da gravação do DVD.

    ResponderExcluir
  36. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  37. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  38. Cara se não vai nem acreditar... Fantástico!!! Muito bom! O único problema é quando acaba o Show! !!!! Espero ter gostado também
    ! As vezes nem tudo sai como esperávamos, mas pra quem esteve lá acredite: td estava perfeito, como sempre é! Valeu!!! Abraços!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até pra quem não estava, mas acompanhou de longe cada detalhe de mais um show incrível! ;)

      Excluir
  39. Humberto, as histórias de bastidor que humanizam o artista ficam ainda mais atraentes quando contadas pelo que veio por dentro, os sentimentos que ninguém pode ler se não forem externados. Parabéns!

    ResponderExcluir
  40. Lindo texto Humberto!
    Lindo Show!

    Linda Historia!

    Vocês, Nós e toda a Historia em perfeita simetria em uma noite mais do que especial em 30/05/14 no abençoado céu de BH.

    Neyriberto de Souza Dias.

    ResponderExcluir
  41. Faz tempo que não dou uma passada aqui nos comentários...

    Mas, não posso deixar de falar que esse texto conseguiu atingir realmente o que você sentiu... até arrisco que senti um pouco da emoção mesmo não estando presente no show! :/

    Sucesso!!!

    ResponderExcluir
  42. Humberto, show maravilhoso!!! se der para aproveitar a faixa " o exercito de um homem só" vai ficar melhor ainda, pois , tava muito massa!!!!!

    ResponderExcluir
  43. E eu tive a "sorte" (ou destino, ou acaso, ou presente de Deus, ou sei lá como chamar o momento) de encontrá-lo no dia seguinte no aeroporto, na sala de embarque. Estava sentado aguardando o avião e o vi andando. Na hora só pensei: é o Humberto! E não consegui pensar mais em nada. Só percebi que parecia estar com um semblante incomodado, olhando para o papel que traz as informações do voo (talvez estivesse atrasado). Todos os fãs de fé sabem que esse não é o melhor momento para incomodá-lo (pedir autógrafo, fotos ou algo assim). Mas por sorte (ou destino ou...) sentaram-se a minha frente. Se ele tivesse somente passado, eu não iria atrás (acho, talvez o meu fanatismo {de fã} me fizesse mudar de ideia). Tentei pensar em várias coisas para dizer, para justificar um pedido a uma foto, para quebrar aquele silêncio do ídolo. O único pensamento que ficava nítido era que eu não conseguia pensar em nada (poutz). Optei por ser sincero: Humberto, em vim de Foz do Iguaçu até aqui só para o teu show, podemos bater uma foto? Prontamente recebi um "claro", um sorrio para a foto e um "bom retorno". Não pude deixar de dizer-lhe que foi um showzaço. Foram poucas palavras, mas o momento é eterno. Alias, serei eternamente grato a Deus (ao destino, ao acaso...). Alguns minutos depois um cara pediu foto também com o seguinte comentário: "o que veio fazer aqui em BH"? "Pra ser sincero, como não se pode ser" acho que a sinceridade de um fã-de-fé será sempre melhor que qualquer palavra de um fã-do-acaso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "A diferença, é o que temos em comum"... Quem é De Fé sabe quem não é!

      Excluir
    2. Que sorte a sua!!!
      Eu no seu lugar tinha pulado no pescoço dele e lascado um bjao nele rsrs

      Excluir
    3. Sidnei Rodrigues - SP3 de junho de 2014 13:48

      Imagina sua reação nessa hora rs.
      Um fã de fé vendo o fã por acaso....bem por acaso.

      Excluir
    4. Polegar aos céus p essa história... (risos altos c o desfecho e a passagem do "sem fé"). Curti.
      NPoA.

      Excluir
    5. o pior é que a gente planeja abraçar, beijar, chamar de mestre, rabi, mas na hora não sai nada!!! você com cara de boboca apaixonada só olhando kkkk

      Excluir
  44. O show foi inesquecível! A sua energia ainda é do alemãozinho que colava capas de discos na parede, pode crer! E é incrível como ela é contagiante e capaz de resgatar em nós o melhor da nossa juventude, dos nossos sonhos.E o brilho dos seus olhos ainda são de criança feliz quando ganha pirulito, hehehehe! Continue sempre assim, com esses ares juvenis!

    ResponderExcluir
  45. Foi indescritível a sensação de acompanhar mesmo que de longe o show, não pude sair fisicamente do Maranhão, mas minha alma estava lá cantando e chorando de emoção na gravação do dvd. Nem imaginava que poderia me tornar ainda mais fã. Foi maravilhoso e nós não tínhamos dúvidas que seria. Você é o mestre e nós apenas milhares de corações que encontram na sua música acolhimento para seguir a vida. Abraços 1berto!

    ResponderExcluir
  46. Emoção incrível essa do Gessinger. Privilegio dos fãs esse texto capaz de nos colocar naquele momento, no seu momento único!! Que essa turnê seja fantástica como todas as outras, e ansiosa para seu novo show em Jampa, como sempre inesquecível!! Boa sorte na estrada Mestre.

    ResponderExcluir
  47. Aaah, Humberto! Foi, sem dúvidas, o melhor show da minha vida! O que me encanta nas suas canções é o alvo. Sim, o alvo. Outras canções tem como alvo uma faixa etária específica, ou uma classe de pessoas.O alvo das suas canções é o coração, por isso não tem idade ou classe, só Humberto Gessinger!

    ResponderExcluir
  48. Quando as cortinas se abriram eu também estava lá. Quando os câmeras começaram um corre corre eu também estava lá. E quando o som inundou o CH ... Só meu corpo estava lá... Minha alma não sei onde estava.... Transcendente parabéns pelo show.....

    ResponderExcluir
  49. Longe Demais das Capitais só esperando o DVD Chegar. Abraço Grande e Ultimo Poeta Vivo do Rock Nacional e que você volte a NATAL-RN o mais rápido possível

    ResponderExcluir
  50. Participar deste momento foi fantástico! HG , Tavares e Rafa deram show na gravação. A produção Também,bom rever Gláucio Ayala, Master ...,,Realmente acredito que O HG reuniu uma família espalhada por todo Brasil. Resta Parabéns e que venha o DVD com " exército" porque ficou demais!!!

    ResponderExcluir
  51. Foi muito corrido poder participar deste dia, tão marcante quanto todos os eventos que se seguiram para estar tão intensamente presente. Porém, o prazer de ter feito parte de algo tão importante para quem tem como paixão um artista, uma banda, é sem dúvida impossível de quantificar. Tudo se passou muito bem, erros ou acertos, tudo me soou como uma noite de diversão na casa de um amigo. Em BH me senti como nunca, de certa forma próxima e íntima do meu ídolo, participando com todo o meu coração de Fã de Fé de algo que deixará a sua marca na trilha de HG (Engenheiros do Hawaii ou não...). E como o universo conspira em sua grande maioria para a felicidade dos que amam de forma livre e pura. Recebi o prêmio de encontrar com o meu ídolo no aeroporto já em São Paulo, com tempo suficiente e receptividade sem igual, para dizer lhe sobre a felicidade que me consumiu em ter compartilhado do momento Insular em BH. No fim das contas, toda a preparação e esforços de todos os profissionais e de todos os fãs que fizeram a gravação do DVD Insular em BH acontecer, me pareceram como um grande presente especialmente para mim.

    ResponderExcluir
  52. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  53. Não tem palavras que possam descrever aquele momento .. foi simplesmente magnifico ! E não teve como disfarçar, a emoção transbordou ... Foi perfeito !

    ResponderExcluir
  54. Eu aqui perto de Nagoya( 20 minutos) parecia estar em BH lendo esse texto, tão distante e tão perto!.. Talvez eu ache a camisa com a bandeira do ES em uma das mangas.
    Como sempre um sucesso!! E que venha mais e mais DVDS, quem sabe um com o power trio! O que separa impossível do possível? Uma vogal e uma consoante, não importa!
    Abraço Humberto, sucesso sempre pra você

    ResponderExcluir
  55. Que show foi esse! Que texto! É muita emoção que permanece até hoje, com certeza não foi o profissional naquela noite histórica 30/05/2014, mas sim o alemãozinho que colava capas de disco na parede do quarto e que agora toca nossos corações e nos leva a sentir a música com uma emoção inexplicável! Sempre haverá alguém com um olhar tranquilo e um sorriso relaxado que estará contagiada por esta emoção! Que seja eterna esta sua energia boa que nos contagia!
    Rafa e Tavares parabéns foram demais!
    Obs.: Tavares, Tchau Radar é demais!

    Abs,

    ResponderExcluir
  56. Me arrepiei com essas palavras. Até parece que eu estava lá...
    O Humberto tem esse poder: de nos fazer presente, mesmo ausente, só com essas frases sem fim...
    Estou aguardando-o ansiosa em Vitória-ES, esperei tanto por esse momento, que só de imaginar minhas mãos gelam. Poder estar ao lado do seu ídolo de adolescência até hoje é um sentimento indescritível!
    Então, só resta-me esperar e que esse menino nunca deixe de brilhar pelo céu (e corações) por onde for passar ;)

    ResponderExcluir
  57. FANTÁSTICO!!!
    Obrigado Humberto por compartilhar estes momentos conosco, pude fechar os olhos, e me imaginar lá, no cantinho, observando tudo o que acontecia no show, e num lampejo de memória lembrar das engrenagens que desenhava nas capas dos cadernos na escola, e de uma bermuda que eu usava onde havia desenhado a caneta o símbolo ENGHAW. Valeu 1Berto

    ResponderExcluir
  58. olha Humberto eu infelizmente não pude ir para gravação do dvd, mas tive a oportunidade de estar no seu show aqui em fortaleza no dia 17/05 no dragão pop music. foi um show mais que perfeito muito emocionante verdadeiramente épico,(tive até o prazer de tirar fotos com vc juntamente com meu filho)
    então tive uma prova do que seria a gravação do dvd um evento incomensurável que vai ficar pra história. parabéns mestre sou feliz por ter te escolhido para ser fã.

    ResponderExcluir
  59. E o vínculo se torna amor. E o amor invicto; SOM

    parabéns aos que foram
    parabéns a banda/equipe téc.

    e a noite de tão bela fez da leve alma do Mestre, levitar

    ResponderExcluir
  60. Só de ler o post fiquei anciosa!!!

    Eu na pista e vendo os minutos passarem e sem saber o pq do show não começar...e agora vc faz esse relato...Putz

    Sou mineira e .... Dei o meu melhor, pq eu estava no melhor show... Cantei muito, pulei muito, aplaudi muito e gritei muito.

    Por favor diz que me ouviu gritando Lindooooooooooo rsrsrs

    Espero que vc tenha gostado do resultado do show, e que o DVD fique perfeito. Sugiro que tenha uma opção no menu dos melhores momentos, tipo a hora que vc esqueceu a letra..... O momento em que disse que não queria cantar uma musica mais!!! Rsrs

    Faz outra sessão de autografo aki em BH, mas dessa vez pro DVD rsrsrs

    Um forte abraço e um grande e especial Beijooooo

    ResponderExcluir
  61. uau,,, arrepiei!!!!! daria tudo pra ter ido!!!!

    ResponderExcluir
  62. Gessinger,

    Sei que em todos estes anos como artista você já deve ter visto de tudo.. ou quase tudo.. sei que já tocou em muitos lugares, viu muitos fãs, sentiu muitas emoções..... Eu já te acompanhei muitas vezes.. e o mais impressionante é que a cada show a sensação era diferente: engenheiros, pouca vogal e agora insular.
    Programamos tudo para sair de Ubá e chegar a tempo em Bh.... os 295km que me separava de vocês eram tão longos.. pareceu demorar umas 15horas nosso trajeto... e quando finalmente cheguei no chevrolet parecia não ser verdade.. meu artista preferido tinha escolhido a capital do meu estado para gravar um DVD que faria parte de sua história.
    Quando a cortina abriu minha mão estava trêmula,minha perna não queria ficar em pé... senti um frio na barriga.. foi algo indescritível.. quase não consegui segurar meu celular que registrava os primeiros instantes..
    Vocês estavam lá... e uma energia incrível tomou conta de tudo e de todos.
    Sei que parece clichê mas quero agradecê-lo... agradecê-lo por fazer me sentir como criança, por ter tornado meu 30 de maio único,por ter feito um show inesquecível,por me deixar fazer parte da sua história e principalmente POR FAZER PARTE DA MINHA. Simplesmente OBRIGADA.

    Grande Abraço,

    Sara.

    ResponderExcluir
  63. no meio da escuridao a estrela brilha em BH , NO HAWAI , NESTA INFINITA ESTRADA .RJ.... VALEU HG.....

    ResponderExcluir
  64. O meu esgotamento físico, ao final do show, representou uma purificação da alma!!! Como foi bom, indescritível! Obrigado pelo som!!!

    ResponderExcluir
  65. PERFEITO... DIA MAIS FELIZ DA MINHA VIDA...

    ResponderExcluir
  66. saudades do insular em campo grande ms, foi demais, nunca mais vou esquecer

    ResponderExcluir
  67. Ahh, que texto lindo. Esperando ansiosa por esse DVD!

    ResponderExcluir
  68. "Um dos shows da gravação do Alívio Imediato (1989) não pôde ser utilizado pois descobrimos, na mixagem, que um fã com uma buzina de ar comprimido ficara justo sob um dos microfones posicionados para captar o som da plateia. Cada vez que se emocionava, o cara fazia um esporro enorme. E o cara se emocionava muito!"

    HAHAHAHAHAHAHAHA Não vou parar de rir nunca mais!

    ResponderExcluir
  69. Foi o melhor show da minha vida, sem pensar duas vezes!! Obrigada por me proporcionar isso Humberto!

    ResponderExcluir
  70. é incrivel como os fãs dos Engenheiros são diferenciados,inteligentes, críticos e interessantes!! nos shows dos engenheiros sempre encontramos pessoas com muitas coisas em comum!! com se já não bastasse a boa música, temos também boa compahia!! abraços a todos engenheiros Hawaianos!!

    ResponderExcluir
  71. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  72. Gessinger, não Morra antes de tomar um Ilex paraguarienses com seu fã aqui!!! não quero seu autógrafo, não quero nada físico! só uma conversa sobre as várias variáveis da vida!! já passa de bom!! Volta aqui em Anápolis-GO, não precisa entrar de sola, pois a sala vip já é sua!! Abrass!

    ResponderExcluir
  73. É incrível a capacidade de HG de nos colocar na cena, é impossível não conseguir visualizar as imagens quando ele descreve qualquer situação. Perfeito !
    Acredito que no dia 30/05/14 o Chevrolet Hall era uma ilha paradisíaca para os fãs da Engenharia Hawaiana, INSULARmente preparada para os "de fé" que conseguiram chegar lá.
    Abraços HG e aos de fé, de alguém perto demais das capitais.

    ResponderExcluir
  74. Humberto,

    Cada um dos fãs que escreveram aqui, tem uma história única pra contar, sobre por que são fãs de vc e da banda, loucuras que já fizeram pra ver um show, a música favorita, o disco favorito, a formação da banda favorita...enfim, eu tb tenho os meus motivos, minhas músicas favoritas meu disco favorito (GL&M), mas não quero entrar nesses detalhes....

    naqueles instantes antes da tal cortina se abrir, o que eu pensei foi:....cara, depois de tantas vezes ter morrido de inveja (inveja boa...rsrsrs) do pessoal que tava na gravação do Filmes de Guerra, Canções de amor....hoje vou ter o prazer de participar da gravação de um dvd do HG que eu admiro tanto....não sou gaucho..sou de BH, não sou gremista, sou atleticano...não toco baixo, toco violão...mas amo a música tanto quanto vc....e por esse amor a música, queria te agradecer pelas lindas músicas que vc criou e que fazem parte da minha vida e de todos os 5 mil malucos que estavam nesse dia inesquecivel!!!!!!!!....

    O show foi demais!!!

    Apenas um pitaco de fã bicão...rsrsrs...faça o possível (e o impossível) pra usar a primeira versão de todas as músicas que vcs tiveram que repetir, pq a vibração da banda e da galera na primeira versão das canções não se comparou com a segunda, por mais que a segunda tenha saido melhor tecnicamente....abraço

    Gelbes Oliveira

    ResponderExcluir
  75. Sem palavras... fiquei sem chão, foi (tá sendo e será) uma enorme emoção fazer parte desta noite... não só registrada pelas câmeras, mas tb por nossa memória que há de nunca apagar!

    ResponderExcluir
  76. ...não estava lá. Mas estava! Sempre.

    Lautildes da S. Neto
    (NPoA)

    ResponderExcluir
  77. Eu estava lá! E estarei eternizada neste dvd! Incrível, épico, inesquecível! O melhor show da minha vida!

    ResponderExcluir
  78. Humberto, apesar de não ter tido como estar presente, por conta do trabalho, torci muito pra tudo dar certo, como sei que deu, estava presente em pensamento...Sua equipe é maravilhosa e és um artista, inigualável, de uma qualidade imensa, PARABÉNS!!! Agora aguardar DVD!!!UHUUUU

    ResponderExcluir
  79. Putz, 1berto, como cronista você se supera, é tão bom quanto cantor, eu quase me senti lá, no seu lugar, naquele momento através de suas palavras. Tem um quê de Rubem Braga, Paulo Mendes Campos e Fernando Sabino no seu modo de divagar sobre o cotidiano.
    Quero ver a emoção que você descreveu, nem que seja um pouquinho, quando o DVD sair. Bj.

    ResponderExcluir
  80. Nossa! Estou emocionada com o texto! Arrepiada, à flor da pele! Realmente, como algumas pessoas já comentaram, me senti lá! Que bom, era a sensação que eu mais desejava!!! As fotos mostram um pouco do sucesso que foi, estou ansiosaaaaa pro lançamento!!!!!
    Parabénssss, e vem logo pra Floripa com o Insular!

    Thaiany Sousa

    ResponderExcluir
  81. Foi o segundo Show seu que tive a oportunidade de ir aqui em BH, no primeiro foi uma turnê do Novos Horizontes em 2007 e agora 7 anos depois tenho a oportunidade de vibrar junto com a galera que curte um dos artistas no sentido pleno, porque ser músico com todos os atributos de um músico (instrumentista, compositor e cantor) é um dom muito raro uma virtude que poucos podem desenvolver, por isso é difícil não dizer que sua música e a oportunidade de fazer parte de um projeto, de um sonho seu não seja uma honra, uma alegria, uma dádiva.
    Humberto, enquanto belo horizontino só tenho a agradecer pela oportunidade de ter feito parte junto com 5 mil vozes 5 mil pessoas desse projeto. E claro, aguardar ansiosamente pelo lançamento do DVD para reviver até que a contigência permita as emoções que vivi naquela sexta-feira dia 30/05/2014, está eternizado na minha memória como tenho certeza que ficou eternizado na sua.

    grande abraço e Força Companheiro!

    ResponderExcluir
  82. Vou ser sincero, e compartilhar minha percepção sobre este ultimo show (um super fã, não fanático)

    Não sei como vai ficar o dvd, mas o show, na minha opinião, deixou a desejar.

    Você até poderia querer não ser tão "profissional" naquela noite, tocar mais com a emoção e tal... mas acho que errou consideravelmente.

    Não só pelos acordes que mascaram algumas vezes, bem nitidamente, os quais inclusive eu aplaudi prontamente devido a minha admiração por ti (acho que você não precisa acertar mais nada), ou por algumas partes da letra que você esqueceu - as vezes o erro dá um sentido adicional, como você ter esquecido a música "Bora", na parte "de repente eu esqueci" kkk - mas pelo “meia escolha” entre a ousadia e o conservadorismo, optando pela parte menos valiosa de ambas (o "lado c").

    Tu sempre deixou claro que não coloca como meta agradar ninguém, mas meu descontentamento é um fato que se segue das suas escolhas, e esse é o meu retorno.

    Setlist fraco(ponto subjetivo? completamente), sem nenhum convidado, enfim, sem surpresas... dos três show que fui nesse ano, este foi o menos grandioso.

    E pra não falarem que eu só critico, a “nuvem” me emocionou...

    Abraço

    ResponderExcluir
  83. Um fato, uma brisa, um instante... dois passos e estamos distantes!
    Divergir para selecionar e encontrar-se... convergir novamente para saborear o momento de redenção.
    Parabéns Humberto, lindo trabalho!!

    ResponderExcluir
  84. Qual foi o set list ?

    ResponderExcluir
  85. também tenho uma moleca de camisa xadrez que sempre me salva em vários momentos e que por muitas vezes deixo dominar as situações pra que possamos seguir juntas o que a vida ainda nos reserva

    ResponderExcluir
  86. O show no Rio foi um show digno de um DVD, não estava em BH, mas espero que tudo tenha saído o mais próximo possível da perfeição. Ansiosidade pelo DVD que tudo saia bem.

    ResponderExcluir
  87. Agradeço a Deus por ter participado deste momento.
    O que vi sempre estará guardado em minha memória.
    Parabéns Humberto, mais uma vez você brilhou no palco.
    Sorte nossa.

    ResponderExcluir
  88. Esqueci de assinar. rsss
    Denis Dias BH - MG

    ResponderExcluir
  89. O espetáculo estava lindo. A energia contagiante de coisas positivas! Acho que o alemãozinho sempre está contigo, dentro deste teu enorme coração!!
    Cada vez mais——> hum(ano) D+

    ResponderExcluir
  90. O show foi maravilhoso!Perfeito em todos os sentidos!
    "Humberto!Humberto!"

    ResponderExcluir
  91. Valorize esta plateia, ela fez um espetáculo a parte! ;)
    Gostaria muito de ter visto algo que não vi nos ultimos DVDs, sou fã, sou companheira, tou sempre na primeira fila, mas vamos combinar que o repertório foi FRACO... Tu tens o direito de fazer o que quer, e eu como fã há 24 anos tb tenho direito de não gostar... e não digo por erros citados no texto, isso achei super normal, o nervosismo é comum, pra mim tava lindo, mas poderia ter sido melhor na questão do repertório... ainda rezando pro resultado final me surpreender :(

    ResponderExcluir
  92. Show simplesmente espetacular!!!!!!! Parabéns Humberto!!!!!!!!!!!!!!! Tive a imensa alegria de poder estar lá!!!!!!!

    ResponderExcluir
  93. Quais foram as músicas que foram repetidas? Vi num vídeo do youtube que Ando Só teve um errinho, devem ter repetido. Mas deu pra ver que o astral tava no máximo. Show!!

    ResponderExcluir
  94. Queria tanto ter estado presente nesta gravação, mas, verei teu show em Caxias. Até a hora, quando chegar a hora! Bora!

    ResponderExcluir
  95. Humberto, tu é o cara! Um dos caras!
    Só desejo que dê tudo certo nas mixagens e o DVD saia com tanta beleza quanto os outros, mas com sua particularidade :p

    ResponderExcluir
  96. quais as musicas que ele tocou no show da gravação do dvd, alguém pode citar algumas ?

    ResponderExcluir
  97. Texto fodástico! Como tu escreve! Como queria ter estado nesse show, cara! Que bom que tu existe e me faz suspirar e absorver música de qualidade nesse País!

    ResponderExcluir
  98. Noite indescritível..lendo as palavras do texto não pude deixar de relembrar cada segundo de emoção que vivi naquela noite..foi incrível, indescritível, emocionante! Vida longa ao seu propósito com a música, Humberto!

    ResponderExcluir
  99. Gente como eu amo ler esses textos e os comentários, acho o máximo, o comprometimento do HG e sua pontualidade mesmo com a correria que está sendo essa nova fase de sua vida.... Momento certo, hora certa....Amo ser fã de um ser humano com este talento e simpatia.....Não vejo a hora de te ver mais uma vez em Curitiba...19/07 estaremos juntos..... Quem sabe dessa vez consiga minha tão sonhada foto.....com você claro.....

    ResponderExcluir
  100. E eu? Estava num trânsito terrível em S.P, só pensando na energia do povo todo naquele dia. Não pude ir ); E vem você e posta essa maravilhosa imagem. Gente! Demais!

    ResponderExcluir
  101. Eu não consigo parar de lembrar desse dia 30/05/2014 eu estava lá e me encontro dias depois anestesiada com toda aquela energia, e me emociono cada vez que lembro do show... Ansiosa pelo próximo e próximos estarei em todos!!

    ResponderExcluir
  102. Eu não estava lá... desta vez não... Mas os shows do Engenheiros do Hawaii foram, durante os anos de minha adolescência, uma de minhas prioridades. Esperava ansiosamente por aqueles momentos que foram tão especiais e marcantes pra mim... é engraçado hoje "ver" o Humberto falar da expectativa que ele tem antes do show, rs, eu também criava inúmeras... como eu ia em todos os shows do fim de semana (temporadas de sexta, sábado e domingo no Palace, Olimpia, Ibirapuera...), sabia, já no segundo show, qual seria a primeira música, a última música, sabia tudo, e amava tudo!!! Fã é fã, e eu era uma incondicional... Bons tempos que guardo com muito carinho na lembrança e no coração... Ótimas recordações... Difícil mesmo era chegar "perto de vc Sr Gessinger", rs. O máximo que cheguei, sem contar as grades de proteção abaixo do palco, foi em frente ao piano uma vez que ocaram no Programa Livre!!! Mas ainda ei de lhe dar um forte abraço e agradecer por ter sido tão importante pra mim durante minha adolescência... você, de alguma forma, faz parteda minha história, e nem sabia disso!!! kkkk. Obrigada e sucesso eterno...

    ResponderExcluir
  103. Que interessante... Já assisti centenas de entrevistas em que a pergunta era: "Mas e ae, como é tocar em gravação de dvd?"

    ou

    "Qual foi a emoção que vc sentiu quando caminhou pro palco?"

    E nunca ouvi nem li nada parecido com esse texto.


    Deu pra imaginar a cena toda!


    Um abraço!



    Thiago Panichi

    ResponderExcluir
  104. Melhor post de todos... eu aqui me arrepiei, as tuas palavras me fizeram estar ao teu lado no show no dia D na hora H.

    Parabéns!

    Patricia
    Içara/SC

    ResponderExcluir
  105. Pessoal, vi que alguns estão curiosos sobre o setlist do DVD, não anotei....mas me lembro das seguintes:

    A ponte para o dia
    Insular
    Bora
    Eu que não amo vc
    Pose
    A violência travestida faz seu trottoir
    Pra ser sincero
    Ando só
    Nuvem
    O exercito de um homem só
    Ilex paraguariensis
    sua graça
    tchau radar, a canção
    tudo esta parado
    surfando karmas e DNA
    a revolta dos dandis I...com trechos da revolta II
    Alucinação (apenas um trecho)
    Somos quem podemos ser
    Armas quimicas e poemas
    Até o fim
    Dançando no campo minado
    De fé
    Dom quixote
    sopa de letrinhas


    Me lembro dessas...caso alguém se lembre de mais alguma, completar a informação.

    Gelbes Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Terra de gigantes
      Infinita highway
      Refrão de bolero...

      Excluir
  106. Foi simplesmente maravilhoso. Indescritível.
    Parabéns Humberto!! BH agradece a escolha e se alegra todas as vezes que brilha por aqui.

    ResponderExcluir
  107. Humberto, vem fazer um show aqui em Petrolina-Pe. Há fãs esprando anciosamente por isso.

    ResponderExcluir
  108. Me emociono lendo esse texto e viajo imaginando como deve ter sido o show, fantastico e inesquecivel pra todos...
    Cara parabens pelo trabalho e fico feliz por essa conquista.
    Espero ansioso pelo DVD :D

    ResponderExcluir
  109. Demorei mas vou falar do Insular, sabe o legal desse trabalho ...
    ele é muito despretensioso e em alguns momentos soa meio, Raul Seixas. Muito foda obrigado Seu 1berto...

    ResponderExcluir
  110. Quanta humildade Gessinger!!!! Vc é o show!!!! Vc é o cara!!!

    ResponderExcluir
  111. "o teto se abriu e eu sobrevoei BH", neste momento lembrei Humberto da cena de um filme muito bacana ( as telhas da humilde casa se abriram e a noite estrelada surgiu).Os contratempos surgem onde menos se espera, parece que é para testar a nossa paciência, mas estava na "cara" que uma força superior faria que aquele " alemãozinho "surgisse de novo dentro de ti e você enlouqueceria os fãs de FÉ. Beijo, até breve.

    ResponderExcluir
  112. Há meros devaneios tolos a me torturar... quando me deito, às vezes as imagens e sons que toquei chegam a me atormentar, assim como nesse giro meio sobrenatural que tiveras! Berlim me chega como um sopro frio ao ouvido, Roma traz o calor da raiva de ter sido assaltado, assim como o interior do meu Ceará traz um sopro da brisa que chega em agosto para aliviar a tensão... e assim vai mais uma noite de sono perdida... e algumas ao som de HG... boa sorte gaúcho... de alguma forma estamos conectados!

    ResponderExcluir
  113. O Gessinger é o melhor produtor de si mesmo. Ele pensa nos detalhes. Até mesmo em cada gesto. A produção auxiliar simplesmente "passa ao largo como se não existisse..." ;)

    ResponderExcluir