A-ver-a-ci-da-de (141)

Nesta semana volto a me apresentar em São Paulo, desta vez com o INSULAR. Mesmo que as noções do que seja centro e periferia estejam cada vez mais nebulosas desde que o mundo virtual colocou uma pulga atrás da orelha do mundo físico, para quem vem de longe demais das capitais chegar à Sampa ainda desperta vários significados. Sinatra canta como ninguém um desses significados: if I can make it there, I'll make it anywhere.

Uma prova de fogo. Não em relação ao público, que, para cada artista, resguardadas as nuances regionais, é muito parecido em todo lugar (uma família espiritual); mais pela dinâmica imposta pela grandiosa escala da cidade.

Quando comecei minha jornada por palcos, estúdios, hotéis e aeroportos, ainda era dominante a noção de "eixo Rio/São Paulo". Os clichês de tambor cultural e locomotiva do país acompanhavam frequentemente a citação dos dois centros. O Rio, com sua permanente inquietação, nos percebeu antes. Sampa, com solidez, trouxe firmeza.

Abaixo, direto dos meus arquivos implacáveis, infos da primeira chegada à Sampa, em março de 1986 (coincidência o 21mar, né?).



(Sai Sinatra e entra um samba na rádio da minha cabeça: eu vim de lá, eu vim de lá pequenininho / alguém me avisou pra pisar nesse chão devagarinho.)

O local dos shows era pequeno, mas era onde as bandas do incipiente BRock se apresentavam. E era incrível fazer parte da cena! Fazíamos 2 entradas de meia hora por noite. Ainda não tínhamos lançado o primeiro disco (LONGE DEMAIS DAS CAPITAIS foi gravado em maio e saiu em outubro daquele ano). Ao rever este setlist me chama atenção a ausência de Toda Forma de Poder. Isso testemunha a surpresa que foi o estouro da canção quando lançada.

À época, já havíamos construído um público bacana no sul. Tocávamos muito no interior, lotando muitos clubes e alguns ginásios. O momento era excitante, havia ouvidos generosos alimentando o nascimento do BRock. Geralmente eu agradecia ao final dos shows citando o nome das cidades: Valeu Caxias, Santa Cruz, Bagé... a sensação que tínhamos era de que a cidade estava mesmo ali. Havia uma efervescência geral, uma galera nova fazendo música e perspectivas de um país mais democrático no horizonte.

Mas, em São Paulo, não éramos ninguém. Nossa história ainda estava por ser escrita. Tive este insight em meio ao primeiro show na Paulicéia desvairada. Não dava pra chamar aquela dúzia de pessoas, por mais animada que estivesse, de São Paulo. Então me limitei a um genérico "valeu, rapaziada!". Pitz, grande baixista e figura dulcíssima, deve ter pensado que fora esquecimento meu, chegou ao microfone e tascou: "obrigado, São Paulo!". Achei engraçado. Hoje, penso que ambos estávamos certos. Era e não era a cidade.  Essa São Paulo são tantas cidades...


(*)

Porto Alegre e São Paulo são as duas praças onde pisei cada degrau da escada. Sem saltos nem atalhos. Dos primeiros shows em locais pequenos a shows nos maiores espaços (em POA, da Escola de Arquitetura ao Gigantinho. Em Sampa, do Rose BomBom a duas noites no Ibirapuera!).

Entre estes extremos, rolaram muitas passagens inesquecíveis, algumas tragicômicas: lembro de estar em meio a uma temporada no Anhembi quando Collor confiscou a poupança, em março de 1990. Adivinhem: casa lotada, mas só cheques na bilheteria.

A única tour que não passou por Sampa foi a do Gessinger Trio, em 96, por motivos que só aos poucos fui percebendo e que não tem nada a ver com a cidade. Guardo lembranças especiais dos shows do DANÇANDO NO CAMPO MINADO e do VÁRIAS VARIÁVEIS. Não é à toa que este álbum traz a bandeira do estado de São Paulo na contracapa, foi uma fase bem paulista (que fique entre nós, não espalhem: sexta vamos abrir o show com Sampa no Walkman).

É, foram muitos momentos marcantes e decisivos desde 86 até o show mais recente em Sampa - Pouca Vogal em 2011. A gravação dos três primeiros discos, os grandes festivais em estádios de futebol, o show de reveillon na paulista quando se temia o bug do milênio, a gravação de três DVDs... bah, quanta coisa bacana! Boas lembrança!

Mas vamos em frente: pra quem é da área, tá reforçado o convite: sexta, 21h no HSBC. E pra galera que tá longe, fica a minha esperança de chegar a todo lugar que quiser me ouvir. INSULAR taí pra isso! Bora!
18mar2014

111 comentários:

  1. Sempre pontual chegou o que eu estava esperand

    ResponderExcluir
  2. Belo texto. Ainda acho que vc deveria escrever um livro sobre as tours. Saudações RN.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livros, né? Essas tours devem ter muuuitas histórias, estórias, enfim ;-)

      Excluir
  3. show de bola se der vem tocar em franca sp tamo te aguardando desde o show com o pouca vogal

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Espero o INSULAR em Catalão/GO, Goiânia ou Uberlândia.

    ResponderExcluir
  6. Escorreu uma lágrima aqui... sensações ao ler essas lembranças...

    Abraços... bem apertados
    AMO!

    ResponderExcluir
  7. Humba! Que fofo vc em 86 ... e eu só tinha 2 aninhos ( nasci em tempo errado) . Vou perder esse show e tão pertinho de mim "q óooodeo"! Espero que alguém filme decentemente. BJUS boa semana.

    ResponderExcluir
  8. Bah! Fiquei meio melancólica agora... vi na lista que no dia 15 de março de 1986 vocês tocaram em Santa Cruz do Sul. Ainda morava lá nessa época, mas não fui a esse show!!! Porque???? Devia estar dura...rs Sabe onde foi? Corintians? Ginástica? Pavilhão da ocktober? A única banda de "renome" que apareceu por lá que me lembro de ter assistido foi o camisa. Mas queria mesmo era ter visto esse show aí. Lamento...muito.
    Maio tá chegando. Ueba!

    Boa semana!

    ResponderExcluir
  9. Esperando o insular e CIANORTE-PR

    ResponderExcluir
  10. Espero que não demore a vir tocar no Paraná ou no oeste de Santa Catarina!
    Estamos sempre juntos meu honorável Gessinger!
    Abraços e bom show!

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Ah, se eu pudesse falar tudo, Émerson! =P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala tudo, Gessinger!

      Excluir
    2. Tú tem muita história/estrada. 80% já tava bom. =)

      Excluir
  13. Belém quer Insulamento. Vem pra cá!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, esperamos desde 2008...

      Excluir
  14. Demais,bem Humberto esse texto :)

    ResponderExcluir
  15. Eu gostaria de ir neste Show, acho que que nunca iremos ouvir Sampa no Walkman sendo tocada ao vivo em BH rsrs. Adoro essa música apesar de não ser Paulista e e conhecer muito pouco SP. Imagino que vai ser muito bom o show! Abs, HG. Valeu!

    ResponderExcluir
  16. Bahh, eu tinha o cabelo igual ao da foto em 87, pré-mullets...

    ResponderExcluir
  17. Grande Mestre HG, esse comentário sobre Sampa me fez lembrar que o Tricolor Paulista sem querer colaborou com a desclassificação do "campeão estadual" neste fim de semana...rs
    Cara se fosse o Inter, vc tb não perderia essa!!! Saudações Tricolores!!!

    Abs.

    ResponderExcluir
  18. Me pergunto se Gessinger lê todos os comentários. Ou por quanto tempo ainda fica aqui depois de postar o texto. Ou se volta depois para ler. Humberto, você tá ai? Ou melhor... aqui???

    ResponderExcluir
  19. Karina: às vezes leio, às vezes não... é raro ficar aqui depois do post... hoje fiquei... mas me sinto um intruso aqui ;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc me trouxe Boas lembranças. Raro eu ler a meia noite, acordo cedo, escrevo toda semana. Toca mapas do acaso e o papa. ..na sexta. Abraço

      Excluir
    2. :-: Intruso???? Mas você é o motivo de todos nós darmos um pulinho aqui todas as terças!!!! No meu caso, estou atrasada eu sei. Mas não perco um só texto seu.
      Sua genialidade me alimenta a alma... por isso, sempre sua admiradora eu serei. :-:

      Excluir
    3. Humberto,

      Fique à vontade. Sinta-se em casa, e apareça quando que quiser. As portas sempre estarão abertas para você. (Rsrsrsrs)

      Excluir
  20. Fico feliz, por todos Paulistanos que terão essa Grande Honra! Contando os dias, esperarei...com ansiedade sua Chegada!

    ResponderExcluir
  21. "Longe demais das capitais"
    Que pena, ficamos fora.
    Pra quem é da área, ótimo show!
    Boas gravações!
    E a gente vai curtindo...
    Beijos.

    PS: Legal a foto do Loro menino.

    ResponderExcluir
  22. Espero que Curitiba esteja na rota teatro positivo cheio , seriam duas estreias pra mim a do insular e conhecer o teatro, vi o PV em 2010 na minha Mafra-sc pra lá sera difícil mas a capital do paraná esta sempre na rota abraço mestre ate a vista

    ResponderExcluir
  23. Sampa no Walkman pra SP & Pampa no Walkman pro RS! Pode ser?Por certo,estarei louco de satisfação! Bahhh! Que sonho!

    ResponderExcluir
  24. Quando tocarei contigo? Obrigado pelos ensinamentos musicais, até hj passei longe da carteira de trabalho, rss, vivo tranquilo da música no RJ, obrigado mesmo por tudo, inclusive por continuar se renovando pra gente. Abs.

    ResponderExcluir
  25. Humberto FLORIANÓPOLIS precisa escutar o INSULAR ao vivo por favor!

    ResponderExcluir
  26. Aguardando o mês de agosto com dose dupla Insular; em Brasília e Goiânia. Nada pode ser maior. Sempre em frente nessa infinita highway. ..

    ResponderExcluir
  27. Aguardando o mês de agosto com dose dupla Insular; em Brasília e Goiânia. Nada pode ser maior. Sempre em frente nessa infinita highway. ..

    ResponderExcluir
  28. Sexta-feira estarei lá. Espero que tenham muitas musicas do Insular. Ok, sei que tb é preciso tocar as classicas mas a energia do ultimo trabalho esta fantastica. Que venha INSULAR!

    ResponderExcluir
  29. Nossa Humberto, me emocionou o carinho que descreveu sobre SP, agradeço, tenho o mesmo carinho por Porto Alegre . Quanto as tours que marcaram pra mim, a do Várias 1991 pois o show era idêntico ao disco até a crítica dizia sobre a perfeição, assitiu ao show ouviu o disco, grande lembrança do GLM. Dançando no campo minado foi que consegui falar com você e dizer que batizaria meu filho com o nome Humberto, foi em 2003 lá no saudoso Palace.
    Sexta com sampa no walkman maravilha.
    Até logo. ...Abraços.

    ResponderExcluir
  30. Nossa q texto lindo ,,,kra vc me surprende sempre

    ResponderExcluir
  31. Nossa q texto lindo ,,,kra vc me surprende sempre

    ResponderExcluir
  32. "Bora!!Chegou a hora!(Belém?)Então,que tal??"
    Ansioso pelo seu show aqui em Belém.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  33. Caralho Gessinger.
    Você não sabe como esse show foi esperado por mim. Cada música sua vem trazendo uma outra noção, em cada momento da vida. Quando te ouvi a primeira vez foi através de um dos Cd's do meu pai, eu deveria ter entre 12/13 anos. Mais pra frente a única música que insistia em tocar na minha cabeça era "Toda forma de poder". Eu até acho que por conta da fase "rebelde" achava que a música era mais um grito de socorro da sociedade. Abandonei você por uns tempos, preocupada em outras coisas que hoje, já não causam tanta preocupação assim. Quando conheci meu esposo voltei a te reencontrar na música "Piano Bar" que definia exatamente o nosso primeiro encontro rs. Daí em diante eu caí de cabeça no nosso relacionamento ( meu e 1berto). A música que sempre mais me encantou foi "Vida Real" simplesmente porque eu demorei "décadas" até entender o seu sentido real ( eu ACHO que entendi hoje em dia, mas posso estar errada e mais pra frente com o passar de novas experiências entender a música de outro jeito rs). Daí depois disso eu conheci o Pouca Vogal e mais recentemente o Insular. Tenho escutado MUITO o Pouca Vogal porque reflete muito em meu interior uma nova fase da minha vida que se faz presente e as músicas tem esse poder né? De colocar você no fundo do poço ou de te fazer olhar pra cima. Uma em especial me toca muito no seu Dvd do Pouca Vogal ao Vivo em Porto Alegre. "O amanhã colorido". Difícil de ouvir sem fazer chorar, particularmente.
    Mas o mais legal de tudo isso é que durante todo esse triangulo amoro (rs) sempre comentávamos em ir a um show seu, sempre faltava oportunidade, ou grana. Eis que meu marido de repente me surpreende em um dia completamente normal com dois ingressos para o Insular.
    Resumo: estou radiante, ansiosa, feliz.
    Não vejo a hora de fazer parte de toda essa vibração do momento ali da canção que é único, da intenção na voz e de toda aquela energia que não se pode explicar.
    Antes que o show aconteça desejo que ele seja tão seu, tão natural quanto possa ser, com todos os outros músicos também. Porque eu sei que é gente de verdade que eu admiro e que vai ser maravilhoso, seja como for.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moça, só uma correção: "O Amanhã Colorido" é de autoria do parceiro do Humberto, Duca Leindecker. Está até presente em um dos discos da Cidadão Quem...

      Excluir
    2. Moço, quando me refiro as músicas, me refiro ao trabalhos não sobre de quem é, tanto que anteriormente me referi ao Dvd do Pouca Vogal ao qual o Duca está automaticamente enquadrado. Mas obrigada pela informação ;)

      Excluir
    3. Belas impressões, senhora... parabéns. .. e espero q curta(m) o show...

      Excluir
    4. Achei muito legal seu depoimento. O trabalho do Humberto realmente merece nosso respeito. Acompanho sua a trajetória muito tempo. Faz parte da minha vida. Minha filha tem 12 anos e desde cedo aprendeu curtir esse cara. Ela canta canta quase todas, lado A e lado B. Valeu muito.

      Excluir
  34. Muito legal.. lembranças, lembranças!! Também tenho muitas lembranças... Ibirapuera, Bem Brasil, Palace, Olímpia...alguns Programas Livres (Serginho Groismann no SBT) e depois Citibank Hall, Credicard Hall... Olímpia e palace não existem mais, mas as lembranças... serão eternas!! Engenheiros do Havaii e Humberto Gessinger fizeram parte da minha adolescência e ainda fazem parte da minha história!!! Até sexta!!!

    ResponderExcluir
  35. Humberto muito ansioso para o show. Assistir ao vivo a reprodução das músicas do Insular. Ótimas lembranças também da turne dancando no campo minado em Sampa. 03 horas de shows.......com varios BIS......e raridades. Um dos melhores show da minha vida. Muito generoso.

    Que sexta chegue logo.

    Vida longa a sua genialidade!

    ResponderExcluir
  36. Acho, só acho que deveriam tocar então no próximo show em POA, Pampa no Walkman!

    ResponderExcluir
  37. E sexta que não chega... desde 2001 esperando este show... Acústico MTV e Pouca Vogal, por motivos particulares, tive que deixar passar.... 34 anos, 2º Show.... passa semana, paaaasssaaaa.... rssss...

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anterior a este show, só assisti 10.000 destinos, no Vitoria Hall em São Caetano do Sul, lembro que fiquei 03 músicas estático, em frente ao palco e a menos de 03 metros do Humberto.... momento de extase que me fez até não ouvir o que se cantava... show perfeito, fechando com minha música preferida: Nunca se Sabe... rsss....

      Excluir
  38. Como paulistana agradeço a descrição e o carinho com nossa cidade. Hj moro no interior ,S. J. do Rio Preto, que também amo, mas Sampa no Walkman agora ficou mais querida ainda!!! Lembranças ótimas dos shows do Várias no Palace e no Bem Brasil. Voltei a adolescência!! Abçs, bom show!

    ResponderExcluir
  39. Feliz demais pelo carinho que tens com Sampa e retribuo esse amor amando sua Porto Alegre mesmo sem conhece-la.
    Pena que não te verei no show(estou tentando os concursos, rsrs) mas quinta estarei no Shopping pra pegar um outro autógrafo!!
    bj

    ResponderExcluir
  40. po, Humberto. Vc passou aqui pela minha região, mas só deu autógrafos em Sorocaba, dos quais não consegui senha para participar e fez um show (um que eu saiba) fechado em Campinas. Poderia vir fazer algo maior, que eu possa participar, por aqui, entre Sorocaba, Itu, Salto, Indaiatuba, Campinas, Cabreúva, Jundiaí.

    Fico no aguardo, abraço!

    ResponderExcluir
  41. Ah, por favor, não me faça lembrar da tour do DCM, é sofrido rs - Shows grandes como Pacaembu e Jacu Pêssego, arrastando multidões, meu Deus, eu sofro de saudade...
    Mas Sampa é isso aí mesmo, terra dos extremos e literalmente o caos em que me sinto a vontade. Vem, estamos te esperando!

    ResponderExcluir
  42. Sampa no Walkman

    é ótimo
    caótico
    simples e brutal
    muitas esquinas
    uma coluna se arrepia
    vontade de amar e dizer

    AMO VOCÊ

    ResponderExcluir
  43. Sampa no Walkman em Sampa ? Deus quisesse me dar a graça de assistir a isso,eu iria me emocionar em TODAS as canções !

    ResponderExcluir
  44. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  45. Cara, o que seria do homem sem suas lembranças ? Uma caixa vazia? Aproveita e vê na agenda quando passam com a turnê aqui na Paraíba. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  46. Estaremos lá!..... Piracicaba, interior SP

    ResponderExcluir
  47. Boas lembranças para nós também, Humberto... Para nós também... Fico feliz pelas coincidências da minha vida que me permitiram viver parte disso... Vontade de poder viver tudo de novo... Saudade de 1999/2000!!!

    ResponderExcluir
  48. Estive nos shows do Bem Brasil, tanto na Usp quanto no Sesc Interlagos (se não me engano era lá), fui em shows no Guarujá, Aramaçã, antigo Palace que hoje não exite mais e muitos outros locais por Sampa. Ler que você irá tocar Sampa no Walkman já me arrepia...mas ainda não sei se conseguirei estar presente por questões sócio-econômicas.
    Não posso dizer que sou mais fã ou menos fã do que qualquer outra pessoa que está aqui que te conheceu logo no início ou há pouco tempo.
    " Não importa se só tocam o primeiro verso da canção..."
    O meu primeiro disco seu foi Longe Demais das Capitais, em vinil. Ganhei de aniversário porque a minha prima tinha ganhado dois discos iguais..."nem me lembro quanto tempo faz" acho que foi em 88...sei que ainda era nova...rssss...mas ali começou a admiração.
    Depois de um tempo participei de uma pesquisa e ganhei um vale disco. Não tive dúvidas: comprei O papa é Pop e a partir dai era fã de carteirinha. Nunca fui uma tiete daquelas que ficam correndo atrás, gritando, berrando, mas tive duas oportunidades de vê-lo: num hotel em SP na volta de um Programa Livre na época que estava com o Simples de Coração e recentemente na Livraria Cultura para pegar autógrafo do Insular. Independente da época revê-lo é sempre bom. Ouvir suas músicas para mim é uma forma de viver...Agradeço até hoje por minha prima ter me dado aquele vinil...além de primas, amigas e parceiras, somos suas fãs.
    Espero muuuuuuito conseguir ganhar ingresso para este show de sexta. Estou tentando de todas formas, mas se não der...estarei presente em coração!
    Bom show pra todos que forem!

    ResponderExcluir
  49. Do caralhooooooooooo, queria eu ter Sampa no Walkman ou Quartos de hotel aqui na minha terrinha (Salvador) seria um orgulho ter um show do Insular, tendo alguma musica do Várias Variáveis ou do GLM seria excepcional (especialmente as Lado B, claro). Abraço Gessinger.

    ResponderExcluir
  50. Nossa e como pude me esquecer!
    Assisti Revolta dos Dândis na Tv Mix ano passado também! Consegui ingresso para este evento!
    Algo completamente raro e possivelmente não acontecerá novamente! :)

    ResponderExcluir
  51. Eu simplesmente aos 15 anos. Pirei quando comecei a ouvir Engenheiros, era 1989. E eu criança ingênua, não entendia aquela paulada toda de palavras, ficava ali ouvindo e hj percebo que gostava demais do som, entendia mais ou menos as coisas. E estava eu ali fazendo parte de vocês, num bairro bem distante do centro de São Paulo. O extremo sul, quase um bairro particular. E como vc disse, São Paulo, são cidades. É um mundo enorme de costumes, de diferentes gostos musicais.

    Eu sinto muito nunca ter ido a um show, bom, eu entendia muito bem, meus pais dariam risada se eu pedisse grana para ir a um show, de uma banda que vem de lá de longe. Pra eles só músicas nordestinas tinham valor. E como gastar grana com "isso" se a gente não tinha. Ainda assim, eu fui pela vida, gostando muito da banda. E hj como o Insular, não podereii ir ao shoe novamente. Não por não poder pagar um ingresso. Mas por estar morando em Itatiba. Longe mesmo do centro de São Paulo. De qualquer modo, fico feliz em ter o meu CD INSULAR, autografado aqui do meu ladinho. Humberto, obrigada pelo CD maravilhoso e delicioso de se escutar.
    Este foi o meu pequeno memorial musical. Desculpe se alonguei os desabafos. Bom show a todos.
    Leonilda.

    ResponderExcluir
  52. Ah, Humberto, que bonito o carinho que você tem por Sampa! Me sinto lisonjeada rs pena que não irei ao seu show sexta-feira :( comecei a ouvir enghaw em 2011 e desde então sempre esperei por um show teu aqui (não fui ao do pouca vogal). Bom, espero que a tour Insular volte pra Sampa e que na próxima eu consiga ir!
    Beijos

    ResponderExcluir
  53. Umas delícias esses momentos rememorados. Cada um de nós guarda lembranças afins das apresentações de que pudemos participar, seja dos Engenheiros, de Pouca Vogal, seja desse atual voo solo, que já passou por Recife em sua pré-temporada. E passarinho novamente (esperamos).

    Abraço.

    ResponderExcluir
  54. Valeu Humberto!
    Aguardo Insular em Fortaleza!!!

    Izabel Dias

    ResponderExcluir
  55. muito bom texto, lembro-te que no norte do Brasil tmbm existem fãs esperançosos por sua presença

    ResponderExcluir
  56. Ah,Humberto! Guardo boas lembranças do show em Sampa do Dançando... Conheci meu marido lá!! E da gravação do 10mil destinos?? Foi o melhor show da minha vida!! E até sexta...

    ResponderExcluir
  57. Humberto aqui na bahia hain Porto Segueo-Ba......

    ResponderExcluir
  58. Estive em três gravações do Bem BRasil seguidas. 99, 2000 e 2001. 2002 fiz um boicote solitário, deixei os amigos irem sem mim, não gostava da formação, depois me arrependi. A de 2007 eu já morava no Rio, assisti de casa. As anteriores só consegui ver depois do advento da internet banda larga com delay de alguns anos.

    ResponderExcluir
  59. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  60. Esperando com ansiedade nas redondezas, aqui na Paraíba ou nos estados próximos.

    E gostaria muito de ver a Banda do Engenheiros do Hawaii em um festival quem sabe no RIR 2015.

    ResponderExcluir
  61. Fiquei impressionado com algo que ninguém comentou: o Humberto tem um arquivo com o setlist de 1986!!! Olha, não é fácil ser organizado assim...

    ResponderExcluir
  62. Humberto conquistou SP! Conquistou a todos nós.

    ResponderExcluir
  63. Humberto conquistou SP! Conquistou a todos nós.

    ResponderExcluir
  64. LENDO O TEXTO! REVIVENDO O PASSADO

    Escrever pelo celular não é nada fácil. Me perdoem os erros, mas se a tecnologia me trouxe essa facilidade, vamos a ela. Hoje tenho 39 anos. Tinha 13 quando ouvi falar pela primeira vez nos Eng. Hawaii. Apaixonei! Carisma, música que fazia bem aos meus ouvidos. Sei lá, talvez à rebeldia da época, junto com Legião, Capital, Plebe. Sim, sou de Brasília. Hoje jornalista. Ontem, adolescente à procura de vozes que me representassem. Acompanhei a banda de longe. Quando vinham até a Capital, claro, ia aos shows! Ouvia as vivos pela Transamérica, Cidade. Lia revistas. MTV só quando estava no RJ. Brasília não tinha o canal. Ví a antiga formação de desfazer. Ví outras se formarem. Mas o trio, GLM marcou, quer queiram ou não. E não só a mim, mas minha geração. Ví a banda crescer no Rio. Se firmar em SP, como o texto afirma. E com propriedade. Acompanhei a TwitCam e junto revivi emoções. Afinal Gessinger, tocou músicas que marcou minha adolescência e porque não a fase adulta também. Dentre tantas apresentações, a tecnologia também se desenvolveu. E os shows incorporaram essa nova linguagem. Seja nos instrumentos, música, luzes, etc...a última apresentação, aqui na capital, me surpreendeu. Fui sem muita expectativa. Afinal, já vi muita coisa em shows que jurava não me chamar mais a atenção. Não contava com o despertar do meu lado fã, que há tempos estava adormecido. O Insular me trouxe isso de volta. Música, tecnologia, passado. Por isso, escrevo pelo celular, uma mistura de passado, presente e futuro! Arrisco não um "valeu rapaziada" mas um "VALEU GESSINGER!" Sampa não vai dar pra ir, Quem sabe uma outra opotunidade.

    Felipe Couto

    ResponderExcluir
  65. LENDO O TEXTO! REVIVENDO O PASSADO

    Escrever pelo celular não é nada fácil. Me perdoem os erros, mas se a tecnologia me trouxe essa facilidade, vamos a ela. Hoje tenho 39 anos. Tinha 13 quando ouvi falar pela primeira vez nos Eng. Hawaii. Apaixonei! Carisma, música que fazia bem aos meus ouvidos. Sei lá, talvez à rebeldia da época, junto com Legião, Capital, Plebe. Sim, sou de Brasília. Hoje jornalista. Ontem, adolescente à procura de vozes que me representassem. Acompanhei a banda de longe. Quando vinham até a Capital, claro, ia aos shows! Ouvia as vivos pela Transamérica, Cidade. Lia revistas. MTV só quando estava no RJ. Brasília não tinha o canal. Ví a antiga formação de desfazer. Ví outras se formarem. Mas o trio, GLM marcou, quer queiram ou não. E não só a mim, mas minha geração. Ví a banda crescer no Rio. Se firmar em SP, como o texto afirma. E com propriedade. Acompanhei a TwitCam e junto revivi emoções. Afinal Gessinger, tocou músicas que marcou minha adolescência e porque não a fase adulta também. Dentre tantas apresentações, a tecnologia também se desenvolveu. E os shows incorporaram essa nova linguagem. Seja nos instrumentos, música, luzes, etc...a última apresentação, aqui na capital, me surpreendeu. Fui sem muita expectativa. Afinal, já vi muita coisa em shows que jurava não me chamar mais a atenção. Não contava com o despertar do meu lado fã, que há tempos estava adormecido. O Insular me trouxe isso de volta. Música, tecnologia, passado. Por isso, escrevo pelo celular, uma mistura de passado, presente e futuro! Arrisco não um "valeu rapaziada" mas um "VALEU GESSINGER!" Sampa não vai dar pra ir, Quem sabe uma outra opotunidade.

    Felipe Couto

    ResponderExcluir
  66. Ja posso chorar? Aguardando ansiosamente!

    ResponderExcluir
  67. MG são os + fãs.
    RJ são os + Exigentes.
    SP são o q?

    Seus disco estão em RS e seus cds continuam no RJ...começando com "sampa no Wlakman" em SP , então no RJ vai te que ser com "De fè".

    Que tal no RJ só ser lado "B" ?

    Estamos aguardando....

    enghawjr

    ResponderExcluir
  68. Legal ter lembrado do Bem Brasil ...
    as primeiras apresentações 199... e tantos ... assisti em casa pulando no sofá ou sentado no chão colado na tv ... em 2001 ao vivo era o Surfando ... q show .... ... e q programa !

    ResponderExcluir
  69. Rio de Janeiro lhe aguarda ansiosamente, de braços abertos!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  70. Que os bons ventos possam levar essas canções aos 4 cantos do Brasil... vida longa ao velho Humba...

    ResponderExcluir
  71. Humberto não sei se vc ja leu o meu pedido, estou te enviando varios pedidos para que toque MAPAS DO ACASO no show de São Paulo no próximo dia 21, minha esposa é apaixonada pela sua obra não só ela como eu tbm, te acompanho desde SOPA DE LETRINHAS mas minha esposa tem o sonho de escutar vc cantar ao vivo a musica MAPAS DO ACASO, velho neste dia do fã me atende por favor, realize o sonho da minha esposa, me ajude a fazer a noite da minha esposa ser mais que especial, pois vamos te ver ao vivo que ja é demais e ainda realizando o sonho dela.
    Valeu Humberto tenho certeza que não vai deixar de me atender.

    ResponderExcluir
  72. Fala Dr. Humberto, tchê na segunda feira estive no laboratório da Nilo pra fazer meus exames...Tamanha foi minha surpresa quando ouvi uma voz tão familiar de alguém que nunca tinha visto pessoalmente...Olho para o lado está o senhor meu coração acelera, quantas horas da minha vida passei escutando tuas idéias cantadas, fiquei sem jeito de pedir pra tirar uma foto...Não quis lhe incomodar, mesmo sem esse contato mais próximo fizeste desse dia um dia muito especial para um grande fã seu...Oportunidades que deixamos passar e não voltam mais. É a vida :(

    ResponderExcluir
  73. Gostaria muito de ir na noite de autógrafos no shopping ABC, mas, estou grávida e passando muito mal, não posso dirigir sozinha. Seria uma grande oportunidade. Ligia Bernardo Valiceli Batistel - mais uma grande fã desde os anos 80. abs.

    ResponderExcluir
  74. Quando será em Poços de Caldas? A última vez em que esteve aqui foi com o Pouca Vogal (novembro de 2012), mas pra ser sincero, um show elétrico da banda eu não assisto ao vivo desde o ano 2000 quando ainda morava no meu querido Paraná.

    ResponderExcluir
  75. EU VOU ! :)
    muito feliz, muito ansiosa.

    ResponderExcluir
  76. perto demais das capitais e no coraçao e na mente de todos os de fé. rj ,sp mg ,ba ......... hg ame ou deixe-o.

    ResponderExcluir
  77. Tu é o cara!!
    Vem pra biguaçu SC!!!
    Abrç td de bom 1berto

    ResponderExcluir
  78. Não existe essa de mais ou menos fã e rótulos....
    Cada um carrega EngHaw de forma diferente e especial.
    A cidade cinza, Sampa, Loucomotiva do País estará esperando de braços e corações abertos como SEMPRE, esse GAÚCHO TRILEGAL.
    QUBRA TUDO, MEUUUUU, até a noite!!!

    ResponderExcluir
  79. Olá, Humberto hj irei realizar um grande sonho que é ir à um Show seu, estou muito ansioso, gostaria muito de ter uma foto e autografo seu como lembrança. Abraços

    ResponderExcluir
  80. Humberto, pega teu guarda-chuva e dá um pulo aqui em Curita!

    ResponderExcluir
  81. É hoje!!!!
    Se rolar murros e grades e freud flinstone eu morro!
    Dá-lhe 1bertão! Estaremos lá! Ansioso!!!!!
    Bom show a todos!

    ResponderExcluir
  82. Minha irmã, 14 anos veja só, comentou pouco após a virada do dia 21 pro 22: teve show do Gessinger em São Paulo. Corri pra cá pra confirmar a informação e descobri que a fedelha tinha razão. Havia prometido (a mim mesmo e a ela) que Show em Sampa seria presença garantida. Uma pena ter deixado uma dessas escapar. Espero realmente que volte a dar as caras por aqui.

    ResponderExcluir
  83. Show foda Humberto, 02 sonhos realizados: Te ver tocar em trio e te.ver no teclado cantando.Pra Ser Sincero. Para mim foi como encontrar um velho amigo depois.de alguns anos, existem muitas novidades, mas sempre temos assuntos."velhos"a conversar, os.anos passaram e ambos mudamos, mas em essencia somos os mesmos, foi isso que senti no seu show hj, OBRIGADO MEU VELHO.

    ResponderExcluir
  84. Show foda Humberto, 02 sonhos realizados: Te ver tocar em trio e te.ver no teclado cantando.Pra Ser Sincero. Para mim foi como encontrar um velho amigo depois.de alguns anos, existem muitas novidades, mas sempre temos assuntos."velhos"a conversar, os.anos passaram e ambos mudamos, mas em essencia somos os mesmos, foi isso que senti no seu show hj, OBRIGADO MEU VELHO.

    ResponderExcluir
  85. Pro rapaz anônimo que faz a questão de tocar no ponto mais chato que tem entre fãs EngHaw.. O maldito bairrismo.. Desde que me conheço por gente e acompanho esse cara, existe esse ponto extremamente chato que cerca as apresentações do HG, seja em SP, seja em MG ou no RJ.. Sempre existiu essa rixa desse maldito bairrismo.. Acho que já passou da hora disso acabar.. São todos FÃS e ponto final. Ninguém é igual a ninguém e nem melhor que ninguém. Mas se te consola posso tentar encaixar a resposta da sua pergunta: SP é o selo de qualidade, afinal 3 dvds gravados no mesmo lugar, já falam por si só. Agora eu te pergunto: Isso faz de SP melhor? Não..
    Agora aquela velha frase que se encaixa no contexto: "Os tempo são outros... Os erros, os mesmos"

    Puta show ontem.. Memorável ;)

    ResponderExcluir
  86. Lindo show, lindo lugar, linda cidade.
    E tbm já fui em shows dos Engenheiros/Insular em outras cidades e estados. E amei todos.
    A diferença? Apenas climática. Amor e afeto são iguais em qualquer lugar.
    =)

    ResponderExcluir
  87. Mas que porcaria, eu não acredito que perdi outro show ):
    é meu sonho ouvir Dom Quixote ao vivo, minha música preferida.. como não fiquei sabendo desse em sampa? ):
    VOLTE AQUI, BREVE, HUMBERTO <3

    ResponderExcluir
  88. Que show!!! Que energia...Inesquecível!!

    ResponderExcluir
  89. Recife tá quente, as águas de março vez ou outra bagunçam tudo aqui, mas já pode vir inlularisar por aqui, viu?

    ResponderExcluir
  90. Beto, quanto tempo não aparece pelo Rio de Janeiro, nós aqui do norte do estado estamos ilhados sem tu, não sei se por falta de contratantes ou sei lá, mas não aguentamos mais ter que se satisfazer por vídeos via cel postados no youtube...

    Aparece por Campos dos Goytacazes, já não aparece há uns 6 anos, fãs fervorosos não irão faltar.

    ResponderExcluir
  91. varias variaveis foi uma fase bem paulista néh!!!!
    Que INSULAR seja uma fase bem Mineira então hehehehe
    bjos 1berto

    ResponderExcluir
  92. bah, não me lembro o último dia em que não ouvi ao menos uma canção do Gessinger.

    pois é, vícios de personalidade.

    ResponderExcluir
  93. Então te espero em São Luis -Ma, quem sabe um dia, posso realizar meu sonho de assistir a um show seu ! Meu eterno ídolo♡

    ResponderExcluir