a que ponto chegamos? de interrogação? (139)


A gota escorrega pela lateral da caixa de suco de uva. Poderia ser uma gota de vinho descendo pelo vidro de uma garrafa. Regidas pelas mesmas leis - gravidade, mecânica dos fluidos - ambas fariam o mesmo escarcéu visual ao chegar à toalha até então imaculadamente branca.

Ao tocar o tecido, como se fosse uma flor, a gota abre-se numa mancha rubra sobre a qual mais uma força parece atuar: a sede da toalha que parece puxar a gota. Como um terreno fértil chama a semente. 

Uma vez espalhada no tecido, não há mais volta... já não é líquido, tornou-se estampa. O point of no return ficou alguns segundos atrás, alguns milímetros distante. 

daqui não tem mais volta
pra frente é sem saber

E não adianta chorar o proverbial leite derramado. Apesar de menos dramático - ah, a cor branca! -, ele obedece as mesmas leis: gravidade, mecânica dos fluidos. A vida também tem seus pontos a partir dos quais é impossível voltar. Mas, quais leis ela obedece? Difícil saber.

Pilotos de avião sabem que, alcançada certa velocidade e certo ponto da pista, abortar a decolagem já não é uma opção. Olho pela janela da aeronave e não vejo nada sinalizando este ponto. Sou só um passageiro. Da vida?

(*)

Lá nos anos 80, Fritjof Capra lançou O Ponto de Mutação, livro que falava em "mudança de paradigmas". A expressão, que hoje soa gasta, à época ventilava esperanças. Capra era um físico renomado e, no livro, buscava abrir o pensamento cartesiano, reducionista, da ciência para uma compreensão mais abrangente (holista: outra expressão que hoje soa desgastada) do universo.

Conexões entre a ciência moderna e as tradicionais religiões/filosofias orientais eram ressaltadas nos seus escritos. Outro livro dele se chamava O Tao da Física. Por algum tempo, todo mundo parecia estar lendo ou falando desses livros. E esperando dias melhores. Eles chegaram? Olho pela janela... nenhuma placa sinaliza. É daquelas respostas que a gente só enxerga de olhos fechados, né?


bah mudando de saco pra mala: na sexta passada, lançamos um video para Essas Vidas Da Gente ( aqui ). Não "o" video, mas "um" video. Acho que oficializar uma leitura visual restringe e aprisiona a música. É um lance literalmente caseiro que, ao lado do clipe de Sua Graça (aqui), do lyric video de Milonga do Xeque-Mate (aqui) e de algo que estamos preparando para Terei Vivido, vai compondo o universo INSULAR. Até chegarmos ao DVD, que vai trazer um show do trio (assim que estiver assinado o contrato, aviso data e local) e músicas gravadas na serra gaúcha com convidados. 

No centro destes registros (e acima de tudo), fica a música (esse é o ponto).
e aqui fica
um abraço
04mar2014


81 comentários:

  1. Vou dormir tranquila agr. Tava só esperando. Aliás, vc nunca falou cmg aqui <|3 abraços

    ResponderExcluir
  2. Muito bom......... Adorei! era o que me faltava.

    ResponderExcluir
  3. Será que BH tem alguma chance de receber a gravação do DVD?
    Tomara que sim!!

    !!Toda luz, nobre Gessinger

    ResponderExcluir
  4. Esse é o nosso carnaval! E quem disse que choramos???

    ResponderExcluir
  5. Mais um registro visual (dvd) mas uma mancha na toalha branca da música...

    ResponderExcluir
  6. Já vejo gente num site de livraria procurando qlqr coisa de Capra...

    ResponderExcluir
  7. Excelente texto, Humberto. As leis da vida, as divinas (será?) nunca serão compreendidas. Kafka, metaforicamente, diz isso em "O Processo". Somos jogados ao destino sem saber o que nos espera e por que.

    ResponderExcluir
  8. Eu prefiro suco de uva. Não curto álcool, mas suco de uva é muito bom. Eu sempre me irrito quando alguém desclassifica o suco de uva quando faz referência ao vinho(não falo de ti) e me dá vontade de gritar que suco de uva é muito melhor. Álcool no meu organismo só o que o próprio organismo extrai na digestão dos alimentos. Consumo deste é proibido e faz mal.

    ResponderExcluir
  9. Humberto,

    Ainda prefiro reticências...
    Gosto da imagem da semente ao chão, do broto a surgir, da vida florir.
    Saboreio a dança do néctar que vira flor também.
    Admiro a transformação, o ponto que não tem mais retorno... afinal, há retorno? Considero ilusão pensarmos no movimento inverso da vida: "ninguém se banha no mesmo rio duas vezes", né?

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dormi na vibe do texto. O sonho me fez entender que não há retorno, só reencontro. Como voltar ao primeiro parágrafo? Traria incoerência... Acabaria com a beleza e o poder inventivo do devir. Posso até ser menina, mas ser a mesma de 20 atrás não seria possível... E tentar o retorno ou, então, continuar nesse ponto da estrada traria o "adoecimento". Por isso, digo... Defendo o quão foi bonito vc negar o desejo de tantos fãs e entender que não havia retorno aos EngHaw (talvez reinvenção). E que como foi corajoso "dar nome aos bois". Obrigada pelo texto... E por sua coragem. Bons caminhos inventivos para vc, bons encontros e reencontros, se necessário, Humberto!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Kelly,

      Creio que o texto provocou em você inspirações, grandes inspirações...

      Um abração!

      Excluir
  10. Sensacional o vídeo! parabéns aos envolvidos!

    ResponderExcluir
  11. Só para constar, eu ri. Acabei (mesmo, a 5 min) de assistir Gravidade (filme no espaço). Ah, a gravidade... seus benefícios e suas crueldades...rs
    Olho pela janela e um gigantesco ponto de interrogação flutua. Desabam as certezas, as mudanças de paradigma...

    E vamos seguindo, tentando fazer alguma diferença, mas acima de tudo fazendo (ou tentando fazer) o que queremos,o que nos dá alguma satisfação, alguma sensação de estar em movimento...
    Aff... me empolguei.

    Boa semana, bons trabalhos. Menos de 60 dias agora ;-)

    ResponderExcluir
  12. caraca vlh
    meu sonho ir nessa gravação

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Vamos ler o cara! Se vc falou tá falado! Hehehehe

    ResponderExcluir
  15. Se bem que um pouco de vinho? uma serie de acontecimentos gerados pela embriagues, pensamentos naquele instante...
    adoro papear quando estou bebendo...e quem nao gosta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BELO TEXTO HUMBERTO !
      ALIÁS, SÓ QUEM VIVEU O ROCK/NACIONAL E SABE: QUE MÚSICA É CULTURA ! HOJE, TENHO DÓ DESSA GERAÇÃO QUE NÃO TEM OS HUMBERTOS, OS CAZUZAS, OS RUSSOS E TANTOS ICONES DO ROCK BRASIL/80 , QUE ESCREVIA LETRAS LINDAS E FAZIAMOS PENSAR, PENSAR...CONCORDO COM O VICTOR : O VINHO SEMPRE ABRE A MINHA CABEÇA PARA PENSAR, CONVERSAR E PANSAR LONGAS NOITES SO SOM DE BOA MÚSICA E FILOSOFANDO...

      Excluir
  16. Não sou fã de rotinas, mas esta aqui uma das poucas que não abriria mão: ler teus textos sempre que a segunda-feira vira terça.
    Aproveito pra deixar aqui que tenho uma enorme admiração por você, pelo teu trabalho, sou uma grande pequena fã sua (só 15 anos de idade rs) e não vejo a hora de poder finalmente realizar meu sonho de te ver no palco! 21 de março, tô contando os minutos!
    Abraços ♥

    ResponderExcluir
  17. Mais um registro visual (dvd) mas uma mancha na toalha branca da música...

    ResponderExcluir
  18. Humberto traga o Insular para Ribeirão Preto !
    Grande texto , perfeito.

    ResponderExcluir
  19. Assisti o Ponto de Mutação há dois anos e documentário Quem somos nós. As cicatrizes ainda estão expostas... depois desse texto, mais do que nunca.

    ResponderExcluir
  20. Não só um texto. As palavras certas, na hora certa. Grande HG.

    ResponderExcluir
  21. Só por isso eu estava esperando o carnaval chegar. Genial!

    ResponderExcluir
  22. Este texto me fez lembrar um poema latim, de Horácio, traduzindo:
    "Colhe o dia, confia o mínimo no amanhã
    Não perguntes, saber é proibido, o fim que os deuses
    darão a mim ou a você, Leuconoe, com os adivinhos da Babilônia
    não brinque. É melhor apenas lidar com o que se cruza no seu caminho
    Se muitos invernos Júpiter te dará ou se este é o último,
    que agora bate nas rochas da praia com as ondas do mar
    Tirreno: seja sábio, beba o seu vinho e para o curto prazo
    reescale as suas esperanças. Mesmo enquanto falamos, o tempo ciumento
    está fugindo de nós. Colhe o dia, confia o mínimo no amanhã."

    ResponderExcluir
  23. Gostei do efeito da foto...meio Shiva meio Homem Vitruviano (desenho de Leonardo da Vinci)....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ENTRE LOGICA E FILOSOFIA , TEMOS O EQUILIBRIO ESPIRITUAL......PAZ E AMOR .........RJ.

      Excluir
  24. Muito interessante o paralelo do vinho, que quando toca o tecido é totalmente absorvido e vira estampa. Espero que escolha SP, para gravar o DVD, mas sendo um pouco mais lógico, talvez este DVD seja gravado no RS, até pelo título Insular, e todo um contexto mais regional, coisa que eu adoro e curto músicas tradicionais gaúchas, milongas etc, se for gravado na região Sul, farei de tudo para aí estar.
    Abs.

    ResponderExcluir
  25. Vinho - Sangue - Forças - VIOLÊNCIA!

    Direto tenho a sensação de que estamos todos em um avião sendo guiados por loucos e muitas vezes entrando na loucura do dia a dia violento. No.convivio com as pessoas, no transito das cidades, na fila da padaria.

    ResponderExcluir
  26. Só você pra substânciar, e nos tirar do vazio de ideias que nos rodeia nos dias de "histeria carnaval".Mas seu pensamento me levou a dar graças por nunca sabermos de que forma será a flor que a gota de nossas vidas irá se transformar ao cair no branco de nossos caminhos...aí tá a surpresa da vida! Te adoro cara, tu és uma das melhores estampas que estas gotas já formaram! Até! Bjss, Isa.

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  28. Gosto muito da forma que "amarra"o que diz..

    ResponderExcluir
  29. antes de fechar os olhos,
    eu vi o que ninguém mais via.
    horas antes de quebrar o espelho de uma fantasia. (Jheff).

    obs: Antes de morrer, a gente vê e acredita, acredita e não vê, ou vice-versa... não passa de uma simples e atraente ilusão, fantasia, sentidos poderosos da mente que enfeitiça, motiva e nos faz ir além...

    sou cego, não nego
    enxergo quando puder (gessinger).

    ResponderExcluir
  30. Um texto como esse só poderia vir de um cara antenado com o momento vivido. boa Humberto, se tivéssemos mais artistas como vc, não teríamos uma geração sendo formada com letras superficiais onde a sexualização toma conta das mentes da sociedade. Vida longa a você.

    ResponderExcluir
  31. Difícil conviver com as sentenças paradoxais das religiões orientais. Mas necessário. Afinal, amar aos outros como a si mesmo parece paradoxal em nosso mundo falsamente cartesiano. E precisamos resolver essa equação do amor.

    O melhor dos teus textos, sejam eles expressões de/da verdade ou não, é que eles nos fazem pensar junto contigo, não nos deixam confortáveis com a nossa alienação.

    Valeu e abraços recifenses.

    ResponderExcluir
  32. Obrigada, Humberto!
    Sou da geração que cresceu ouvindo, e mais que isso, aprendendo com suas letras. Portanto, posso afirmar que você tem papel, extra, fundamental na sociedade: o de criar e incentivar novas mentalidades. Avante!

    ResponderExcluir
  33. MEU DESTINO EU TRAÇO , PASSO A PASSO. AINDA TEMOS ESPAÇO PRA LIBERDADE DE ESCOLHA , MESMO DENTRO DE UM DETERMINISMO RADICAL ,MAS PELA VIRTUDE MORAL CADA SER PODE BUSCAR SUA PAZ. ESTOICOS EM BUSCA DA TRANQUILIDADE........RJ.

    ResponderExcluir
  34. O sonho e popular eu vi isso em algum lugar essa musicañ sai da minha cabeça.

    ResponderExcluir
  35. A LEI DA AÇAO E REAÇAO ,PLANTAR E COLHER , DOR OU AMOR .É SIMPLES ,MAS INFELIZMENTE MUITOS ESTAO ESCOLHENDO A DOR EM SEU CAMINHO ,MAS A CHANCE DE CORRIGIR OS ERROS ,PURIFICAR O CORAÇAO.PEÇA PERDAO A DEUS........

    ResponderExcluir
  36. Gostei de Insular. Tem a essencia dos Engenheiros, daquela ideia dos anos 80...

    ResponderExcluir
  37. Pô, legal... quer dizer que o DVD não será apenas o show, mas pode ter esses clipes e mais esse set na Serra.... Um produto e tanto! Faço questão de ter.

    ResponderExcluir
  38. Ótima filosofia. Assisti ao vídeo. Muito bem feito. A música é ótima! Um artista completo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Essas Vidas Da Gente" - http://www.youtube.com/watch?v=xlIF_7UEKaw&hd=1

      Excluir
  39. Humberto,

    Gosto dos textos metafórico. Gosto da sutileza para dizer o que não foi dito de forma subentendida. Que texto, o de hoje!

    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  40. Amei o texto, é incrível como algo simples e usual pode se transformar em poesia quando explanado por tu. Amei o novo clipe lindo espaço e bela participação especial rsrsrs bjs

    ResponderExcluir
  41. No way back....for sure! See you... Rebeka

    ResponderExcluir
  42. Cheio de braços assim seria possível tocar baixo, guitarra, bandolim, piano, acordeom etc. e tal...

    ResponderExcluir
  43. Cheio de braços assim seria possível tocar baixo, guitarra, bandolim, piano, acordeom etc. e tal...

    ResponderExcluir
  44. Cheio de braços assim seria possível tocar baixo, guitarra, bandolim, piano, acordeom etc. e tal...

    ResponderExcluir
  45. Flavia Schmitt Botega5 de março de 2014 03:22

    Lindas músicas! Lindos vídeos!... Saudades de vcs em Londrina! Abraços!

    ResponderExcluir
  46. Humberto Gessinger .. caro , antes de mais nada, gostaria de agradecer, pelo seu talento que nos encanta a algum tempo e vem agora encantando nossa pequena Maria de 6 anos .... sua mensagem sobre o novo tempo, nova era , Transformação Planetária é muito clara para nós .. em todo seu trabalho , mas no Álbum "Novos Horizontes" fica explicito, pelo menos é isso que percebemos .... abraços fraternos ...grato ... Júlio, Fabíola e Maria Ilhabela--SP

    ResponderExcluir
  47. Grande 1berto te admiro muito cara!!! Seu trabalho história e tudo mais, to ansioso pra ve o DVD!!!
    Forte abraço e boa semana

    ResponderExcluir
  48. Humberto, não sei se é o caso, mais seria muito legal fazer uma Homenagem ao Nico com um "vídeo Clipe" de Segure a onda DG, Afinal de contas, Caralho, estamos ficando velhos... forte abraço do teu fã e amigo @nandogessinger

    ResponderExcluir
  49. rapaz, q foto mais massa essa dos braços... como q vc fez?

    ResponderExcluir
  50. "A vida é uma viagem... passagem só de ida." (hg)

    ResponderExcluir
  51. Grande Humberto somos seu fã. Incondicional digo nós eu e minha esposa, o sonho dela é que vc cante MAPAS DO ACASO no show do HSBC em São Paulo, por favor me ajude a realizar esse grande sonho dela

    ResponderExcluir
  52. Grande Humberto somos seu fã. Incondicional digo nós eu e minha esposa, o sonho dela é que vc cante MAPAS DO ACASO no show do HSBC em São Paulo, por favor me ajude a realizar esse grande sonho dela

    ResponderExcluir
  53. http://sobreposeando.blogspot.com.br/2014/03/capitulos.html

    ResponderExcluir
  54. É como aquele instante que antecede a traição.. sempre tem um momento, um ponto de decisão: algumas vezes uma virgula, outras um ponto final..

    ResponderExcluir
  55. Sidnei Rodrigues - SP6 de março de 2014 13:24

    Humberto!
    Ótimo texto.
    DVD em São Paulo.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  56. "Acontece que eu não tenho escolha, por isso mesmo é que eu sou livre" ????

    Abraços!!!
    AMO

    ResponderExcluir
  57. não vou la muita coisa mas assim vc é o cara kkk "fan das letras e dos sntidos" e agora do blog

    ResponderExcluir
  58. Já to achando que tenho que sair ponto do ponto de interrogação. Porque só pergunta quem ainda tem esperança de prever, quem tem a curiosidade. Não ter essa curiosidade talvez seja impossível, mas estou em busca desse ponto. O ponto do ponto de exclamação que diz: Não quero mais saber de pontos de interrogação!


    Dia 1 de maio estarei no show do Rio. Que a gravação seja lá! (Sem ponto de interrogação)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Corrigindo: "...sair do ponto do Ponto de Interrogação."

      Excluir
  59. Belo texto! E valeu o presente de aniversário neste dia 4, com a notícia de que será na serra! :D Abrass!

    ResponderExcluir
  60. Gravidade, mecânica dos fluidos...
    Diferente da "gota de vinho na toalha branca",
    caipira aqui de Minas gosta de "pingo d'agua
    na folha de inhame".

    ResponderExcluir
  61. Humberto Gessinger tu é que nem essa gota de suco na toalha, sempre se transformando em outra coisa, se regenerando como artista...Não é o mesmo de antes, mas se torna a cada dia melhor...Ès um camaleão...Vem para Feira de Santana Bahia, terra do bestial carnaval, tem muitos fãs teus aqui...Acho que se visse um show teu ao vivo choraria do começo ao fim...Admiro teu trabalho, abraço !

    ResponderExcluir