... e foi só o primeiro semestre - 105

O roqueiro padrão, que segue a cartilha sem questionar, tem preconceito contra contrabaixos de 5 e 6 cordas. Talvez porque nao existissem nos anos dourados do estilo.

A adicional corda mais grave, nos instrumentos de 5, se popularizou como resposta a tecladizaçao dos anos 80. Tentativa de não perder o terreno das frequências graves. Logo começaram a oferecer também uma corda mais aguda - imediatamente apropriada por jazzistas sequiosos por mais notas.


Nos últimos suspiros do rock pesado, as vozes foram ficando mais graves e guturais. Depois de décadas afinando a guitarra um tom abaixo, abriu-se  no metal (ok, num tipo de metal) espaço pra guitarra de 7 cordas. E aí o baixo de 5 recebeu um indulto dos meninos ferozes vestidos de preto com suas rebeldias de videoclipe.

Já o baixo de 6 cordas seguiu no limbo; deve rumar à extinção nesses dias em que, pra moçada, tanto faz tocar um instrumento ou disparar uma trilha.

(*)

Quando cheguei à rua do centro em que se concentram lojas de instrumentos musicais, muitas delas já haviam abaixado as portas de metal. E ainda era cedo, meio da tarde. Nas poucas abertas, raros clientes. Funcionários tensos cobriam as vitrines com tapumes.

Eu procurava encordoamento para meu baixo de 6 cordas. Não toco o instrumento da maneira usual. Mais insular do que gregário (não sigam meu exemplo!) e querendo liberdade, autonomia, inventei outra afinação. Um encordoamento misto: 3 cordas de baixo e 3 de guitarra. Sutileza que parecia deslocada naquela tarde em que, pelo centro de Porto Alegre, passaria uma multidão em protesto. 

Feita a compra, segui em direção à Praça da Matriz com andar tão deslocado quanto cordas de guitarra num contrabaixo. Cartaz imaginário: "Nenhum encordoamento me representa - mesmo assim, faço música". Tempos de revoltas digitais e corações multitask. Nem a surrada analogia dos músicos tocando enquanto o Titanic afundava dá conta de representar nada.

Aqui em POA, nesse dia, manifestantes protestaram pacificamente, vândalos vandalizaram e a midia mainstream ignorou que além destes dois grupos há um universo de atitudes interessantes, ainda que bem diferentes entre si. 

Nas midias alternativas (nossas timelines), a cobertura nao foi diferente. Torcedores de um lado e de outro ficaram falando (gritando) sozinhos, sem sensibilidade para sutilezas. É uma pena pois o novo sempre começa sutil. Quando vira slogan, manchete óbvia, padrão, cartilha... já não é novo. Por mais que queiram nos vender a novidade.

Mas... o que sei sobre movimentos socias? Nada. Escrevo este texto porque, na praça Dom Feliciano, um menino interrompeu minha caminhada pedindo uma foto e fazendo perguntas bastante precisas e profundas sobre... o equipamento que estou usando na tour HG2013. A ele, um (outro) abraço e as info abaixo.

Os baixos Warwick(4 cordas, afinação normal) e Yamaha (afinação: E B G D A E)
são amplificados por um SWR 350.
O baixo da doubleneck passa por um DI sansamp; a guitarra, por um Mesa Boogie V-Twin.
Ainda nesta posição do palco, uso um teclado microKORG XL.
Toco ele com os pés (via Roland PK5) ou com as mãos.
Alterno dois timbres: cordas e baixo.
Pra completar, nessa posição rolam as gaitas (de fole e de boca).

Na segunda posição de palco, em outro microfone,
eu faço as músicas de teclado.
Sons de piano elétrico e ógão Hammond no teclado Nord
e som de baixo no korgMicro X.

Tenho mudado o setlist  frequência.
Com a chegada do INSULAR tocarei um número maior
de músicas novas.
Abaixo uma lista das possibilidades que rolam: 

TODA FORMA DE PODER  gessinger
A REVOLTA DOS DÂNDIS 1 e 2   gessinger
INFINITA HIGHWAY  gessinger
REFRÃO DE BOLERO  gessinger
TERRA DE GIGANTES  gessinger
SOMOS QUEM PODEMOS SER  gessinger
ALÍVIO IMEDIATO  gessinger
A VIOLÊNCIA TRAVESTIDA FAZ SEU TROTTOIR  gessinger
O EXÉRCITO DE UM HOMEM SÓ 1 e 2   gessinger-licks
PRA SER SINCERO  gessinger-licks
ERA UM GAROTO...  os incríveis
HERDEIRO DA PAMPA POBRE  gessinger
O SONHO É POPULAR  gessinger
ANDO SÓ  gessinger
PIANO BAR  gessinger
NINGUÉM=NINGUÉM  gessinger
HORA DO MERGULHO  gessinger
ILEX PARAGUARIENSIS  gessinger
SIMPLES DE CORAÇÃO  gessinger
DE FÉ  gessinger
IRRADIAÇÃO FÓSSIL  gessinger
FREUD FLINTSTONE  gessinger
O PREÇO  gessinger
A MONTANHA  gessinger
BANCO  gessinger
EU QUE NÃO AMO VOCÊ  gessinger
3x4  gessinger
SEGUIR VIAGEM  gessinger
SURFANDO KARMAS & DNA  gessinger
ATÉ O FIM  gessinger
DOM QUIXOTE  gessinger-galvão
ARMAS QUÍMICAS E POEMAS  gessinger
VOO DO BESOURO gessinger
TCHAU RADAR, A CANÇÃO  gessinger-tavares

abraços
nos vemos na estrada
02jul2013

104 comentários:

  1. Hg e o que achou do Renatão voltar pro grêmio???

    ResponderExcluir
  2. Mais uma grande segunda virando terça!

    ResponderExcluir
  3. Primeira vez que vejo a segunda virar terça por aqui

    ResponderExcluir
  4. Adoro !! Humberto veem pra Sampa - Capital :3

    ResponderExcluir
  5. Sim, nos vemos na estrada! E muito em breve! Chega logo, 27 de julho!!!
    Aliás, será que até lá já teremos o Insular?
    Expectativa...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Equipamento de polvo e lista dicionário. Só pra quem pode ;-) E segue mais uma semana. Continuo de olho na agenda.

    Boa semana.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que tal RJ em 21 de agosto?...rs [Desculpas a Adriane]. Então tá, dia 23, 24? rs

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Siiiim!!! hauhauhauahuahuhaua

      Abraço, Cila!

      Excluir
  7. não consigo mais ficar sem seus textos,maravilhoso,te adoro,até a próxima,H.G.

    ResponderExcluir
  8. HG, traga sua genialidade para Jaraguá do Sul! Excelente texto! Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Olá Humberto!
    Eu sou sua fã e adoro suas canções porque todas elas TOCAM profundamente o meu coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. PRECISAMOS RESGATAR NOSSOS SENTIMENTOS QUE FORAM ROUBADOS PELA MECANICA DA FISICA CLASSICA.TUDO PODE MUDAR PELA ARTE MUSICAL ACHAREMOS ALGUM SENTIDO NA VIDA.RPM TOQUEM O MEU CORAÇAO E FAÇAM A REVOLUÇAO.RJ.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  10. Grande Humberto, seja com músicas ou textos, nos envolve. E o nosso Grêmio, o que achastes da contratação do novo técnico Portaluppi?

    ResponderExcluir
  11. Sempre tive curiosidade pra saber a respeito dos instrumentos, agora sei \o/
    Vlw 1berto até semana q vem, (q venha em paz) XD

    ResponderExcluir
  12. Irradiação Fóssil e Hora do Mergulho \o/ \o/

    ResponderExcluir
  13. HG, percebo que a possível intenção do show (ao menos antes do lançamento do "Insular") seja tocar músicas de todos os álbuns que você já gravou. No entanto, reparei que falta alguma música do "Novos Horizontes" (ainda que "Toda Forma de Poder" e "Alívio Imediato", por exemplo, estejam sendo tocadas na versão deste disco. Sugiro nos brindar com "Eu Não Consigo Odiar Ninguém" ou "Guantánamo". São pérolas da sua obra que merecem espaço cativo nos shows. Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, "eu não consigo odiar ninguém" é a cara do Novos horizontes, além da mensagem e da vibe super positiva!!!!

      Olha lá HG!

      Excluir
    2. Renato, suuuuuuuper curti sua sugestão!!! Curte aí tb, Humberto!!! =)

      Excluir
  14. Doce Sibyl

    Toda história inacabada
    será reescrita
    nas linhas turvas
    nas portas
    da alucinação

    E você que diz conhecer todo os segredos do mundo
    diga-me qual é a diferença
    entre
    a verdade e a realidade
    a mentira e a ilusão

    Todo amor é uma farsa
    uma mentira mal contada
    que de inicio
    enganda a si mesmo
    e por fim
    engana os outros.

    E isso é o que os poetas chamam de romance.

    Apesar dos apesares
    das mentiras invés das verdades
    da falsa vida criada em meio a ferida
    ela é entre todas
    o pecado
    que todos querem cometer

    O futuro será igual ao passado
    e todos pecados que cometemos com receio ontem
    cometeremos com amor amanhã

    Ela é numa só
    todas as heroinas
    do mundo
    você ri
    mas eu digo
    que ela é gênial

    Por trás das cortinas
    ela vive todas as vidas
    e nenhum das vidas
    que ela vive
    é de fato
    a nossa.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Visite meu Blog
      http://1ghpo.blogspot.com.br/

      Excluir
  15. hora do Mergulho please!!!!Amuuuuuuuuuuuuuu

    ResponderExcluir
  16. Acho que terei de ir em vários shows para
    ver as variações desse setlist ai... =)

    Abraços!!!!

    ResponderExcluir
  17. Podia ter rolado Hora do Mergulho, Seguir Viagem e Irradiação Fóssil em Fortaleza.

    ResponderExcluir
  18. Parabéns Humberto, desde sempre meu ídolo. Corre no meu sangue!

    ResponderExcluir
  19. o quão surreal seria encontrar HG passeando pelas ruas de PoA...

    sua influência em minha vida foi grande o bastante para me apaixonar pelo RS e mudar de SP para cá, mas ainda assim não consigo imaginar a possibilidade de um dia encontra-lo por aí, como uma pessoa qualquer fazendo compras, caminhando ou indo à farmácia.
    Melhor que isso só imaginar que um dia poderia passear pelas feiras de artesanato onde trabalho!

    ResponderExcluir
  20. Na veia, muros e grades & museu de cera cairiam bem na turnê. Obs.: herdeiro da pampa pobre é do Gaúcho da fronteira e Vainê Darde.

    ResponderExcluir
  21. Morador de Eldorado, do lado da apaixonante Porto Alegre. Ainda nos esbarramos por aqui pra uma casual foto.

    E o show em POA? E o Insular?

    Enfim, lido o texto, já posso dormir.

    ResponderExcluir
  22. Pouco entendo sobre instrumentos, mal consegui aprender tocar um violão simples... Mas, ao meu ver, os músicos dos anos 70/80/90 são tão melhores do que os de hoje. Claro, toda regra tem sua exceção, mas os meus favoritos começaram lá trás, antes mesmo de eu nascer.

    Coisa que não entendo, afinal, com o tempo os instrumentos evoluíram e ficaram mais acessíveis. Não era para os novos músicos evoluírem também? [Sempre tem aquele esquema de regras e exceções...]

    Acredito que a resposta para essa diferença esteja no cenário em que cada uma dessas gerações vieram. O tempo não volta, mas pra minha sorte alguns desses grandes nomes do rock nacional dos anos 80 ainda estão na ativa. Outros, infelizmente, jamais terei a oportunidade de presenciar.

    Claro, essa é a minha opinião.
    Gosto musical cada um sabe do seu.

    Grande abraço Humberto,
    Enquanto São Gonçalo não chega,
    Até o próximo texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dia desses ressuscitaram o Renato Russo lá em Brasília . Quem sabe não vira moda esse negócio de show holografico e veremos megashows de Cazuza , Raul Seixas , Nirvana com o Kurt Cobain e os Beatles com John Lennon ?

      Excluir
    2. Cara, eu vi isso e veio um misto de coisas estranhas. A ideia foi bacana e bizarra ao mesmo tempo! Não sei nem o que achar... Prefiro ficar ir nos shows com gente viva mesmo... rsrs!

      Agora, já imaginou se começam a comercializar a ideia? "Renato Russo tocando ao vivo na sua sala, adquira já seu holograma!". Que medo dissaê!

      Excluir
    3. Eles querm te vender... Eles querem te comprar....

      Excluir
    4. "Ressuscitaria" o GLM para tocar no meu aniversário , com direito a palhetas e autógrafos para todos os convidados ...

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Misto de muitas coisas. Pra mim é um tanto bizarro. E não, jamais será a mesma coisa.

      Também fico com os vivos. Me desculpem os zumbis capitalistas, digo, os hologramas saudosistas. Aff.

      Excluir
    7. Se for pra ver o holograma do artista e ouvir o playback da música, é melhor ver um vídeo antigo. Pelo menos você sabe que a pessoa esteve lá de corpo e alma...

      Excluir
  23. Vi em Bauru. Verei em Rio Preto. Formidável show, de ponta a ponta. Benjamin Gessinger Button fica mais jovial a cada dia.

    ResponderExcluir
  24. Tu és foda! (Permites-me usar o verbo foder dentro de meus comentários porém com o significado de seres bom pra caralho? --- pedidos infinitos de permissões...)

    ResponderExcluir
  25. Ótimo texto Mestre!!! O show em Tubarão foi ótimo mesmo ficando quase 200km de onde moro não poderia ficar fora.
    Abraço boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tubarão...
      Quem nasce em Tubarão é o quê?

      =)

      Excluir
    2. hahaha centenas de nomes impublicáveis a partir dessa pergunta....hahaha

      Excluir
    3. Márcia, quando eu penso e enumero esses nomes impublicáveis...dou risada assim:

      http://www.youtube.com/watch?v=SH9MAhDvNjo

      =)

      Excluir
    4. huahuahauhauhaua Que delícia! Contagiante...rs

      Excluir
    5. Márcia...e não é?!!
      Bão saber que tu tens senso de humor...

      =)

      Excluir
  26. "O novo começa sutil"
    Acho que além do novo, o que tem essência, verdade, razão e inteligência também começa sutil. Não precisa convencer ninguém e nem deseja adesão de quem só quer aparecer....
    Mais coisas sutís e obvias precisam acontecer... Principalmente dentro de nós.
    "Não há razão pra desespero, ouça o que o silencio diz"

    P.s. Faltou "o preço" no set list de CM - PR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Sutil, obvio... é só enxerga e ouve aqueles que tem ouvidos de ouvir e olhos de ver...

      Excluir
  27. Nem sei quantas cordas tem uma guitarra...
    Sei que inteligência musical aliada à dedicação,
    sem perder o foco, muitas vezes deixando você
    alheio a tudo o que acontece ao seu redor,
    só poderia dar no que deu... Uma obra belíssima!
    Agora é soltar a voz.
    Insular.

    ResponderExcluir
  28. Quem cuida da sua agenda? precisa vir mais pra SP...
    e a previsibilidade tbm é mto curta no blog dos próximos shows, nao da tempo de planejar a viagem...hehehe
    Show em Bauru foi mto bom, vc voltou 3 vezes...só gostaria de ter ouvido Ilex Paraguariensis...
    A propósito a versao "de fé" apavorou...grande abraço

    ResponderExcluir
  29. O show em curitiba foi demais HG, você é o cara.

    ResponderExcluir
  30. Aula esse post!
    Tecnicamente fica melhor de ver e ouvir numa apresentação sabendo o que tá soando o que e como.

    Demais a história das cordas, apóio o manifesto!
    Sucesso, abraço!

    ResponderExcluir
  31. O cara da praça não virá aqui?

    ResponderExcluir
  32. Grande Gessinger e seus experimentos....

    ResponderExcluir
  33. Por que eu nunca tenho a sorte de estar no centro numa hr dessas? Afff!! Eu quero um desses aqui em PoA por favorre

    ResponderExcluir
  34. Vou fazer um movimento: por mais musicas lado B nos shows...vc tem canções lindas que graças as twitcans eu o vi tocar....beijos

    ResponderExcluir
  35. Valeu HG...No aguardo do insular...

    ResponderExcluir
  36. Uma música que acho que ia cair bem nesse repertório seria:
    ATÉ QUANDO VOCÊ VAI FICAR. (Posso estar engando mas acho que sou o cara que mais já ouviu essa música)Faz mais de três/dois anos que só ouço no cdplayer MP3 do carro, um desses cds quem tem todos os discos dos engenheiros (Daí constantemente sempre volto nessa música quando ela termina. Claro que isso se repete com outras músicas da discografia também, mas ATÉ QUANDO...cada vez que eu a ouço, presto atenção em coisas que nunca tinha sentido e ouvido na canção em outras fases da vida pela a estrada a fora.

    Legal demais esse texto da semana, hein 1Berto. A proposito tive um sonho contigo que se passava aqui em Belo Horizonte, no sonho falava-se sobre tudo...Música, manifestações, até sobre uma camisa que representava a nova tour... Foi muito legal! E mesmo sabendo que tu nem me conhece, parecia que eramos velhos conhecidos...Bacana demais! Isso.

    Uma coisa, que tem me deixado preocupado ultimamente é: As vezes colo nessas redes sociais trechos ou dos teus textos ou de parte das músicas...É como se eu pegasse emprestado palavras para falar o que não conseguiria expressar com as minhas próprias. Mas, nunca faço isso com a intenção de que as pessoas pensem que seja um pensamento meu...Até mesmo poque não é mesmo. Quem entende de HG/Engenheiros vai saber que é uma citação, quem não entende...Também nunca teceu nenhum comentário se perguntar falo que é de alguém que admiro e pronto. Mas, daí em meio a tantos debates sobre ética, essa coisa de direitos autorais...Fiquei a pensar nisso...Será que estou cometendo um delito? Acho que vou ficar com essa dúvida por muito tempo...Mas geralmente uso " " aspas nas citações...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Ah! Cila muito obrigado pelos esclarecimentos...Já estava ficando meio constrangido com isso...risos

      Grato! valeu mesmo!

      Excluir
  37. Eu queria ser esse menino que interrompeu sua caminhada '-'

    ResponderExcluir
  38. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  39. Eu queria ser esse menino que interrompeu sua caminhada '-'

    ResponderExcluir
  40. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo ctg, querida Cila...

      E, além disso, digo que amo música pelas palavras que o autor, generosamente, divide conosco. É fascinante como tais palavras ganham significados em cada vivência e como nos constroem.

      Um abraço

      Excluir
  41. Sidnei Rodrigues - SP2 de julho de 2013 13:33

    Gostei muito das explicações dos instrumentos.
    São Paulo no aguardo....

    ResponderExcluir
  42. Só um comentario: queria ser o menino que te abordou e fez perguntass grandiosas sobre.. Os instrumentos o-o

    ResponderExcluir
  43. E por que não...

    ¿Quanto Vale a Vida?
    Ando Só
    Curtametragem
    Além Dos Outdoors
    Nunca se Sabe
    Concreto & Asfalto
    Problemas... Sempre Existiram
    Nunca é Sempre
    9051/Muros e Grades (?)

    ResponderExcluir
  44. Correção:

    HERDEIRO DA PAMPA POBRE : Gaúcho da Fronteira.

    ou já comprou os direitos?? rsrsrs

    ResponderExcluir
  45. E eu achei que o Master estava exagerando quando disse que dos 32 canais da mesa, 18 eram teus. rs rs

    O show está realmente muito bacana. A Hora do Mergulho, inserida recentemente está muito legal.

    Abraço,

    ResponderExcluir
  46. Melhor post de 2013.
    Saudações do baixista de sofá.

    ResponderExcluir
  47. Desde quando a canção Herdeiro da pampa pobre é de autoria de Gessinger??pois que eu saiba é de Gaúcho da fronteira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele não se apropriou da música e sim o contrário
      Assim como "Era um Garoto ..."

      Excluir
  48. Boa noite, !

    Metal de 7 cordas ! ...
    E no RJ ?? quando vai rolar show aqui??

    abração Seu 1berto

    ResponderExcluir
  49. Metal e nylon - dois mundos à parte

    ResponderExcluir
  50. Que bom que estará em Lorena! :) Espero poder ouvir Hora do mergulho!

    ResponderExcluir
  51. É nos vemos sim na estrada ... dia 13/07 novamente aqui na Cervejaria do Gordo ... que emoção ... ficamos de /05 á /12 sem show aqui no Vale do Paraíba ... ano passado no Gordo Pouca Vogal agora HG Solo ... somente 1 ano depois ... Parabéns a Cervejaria do Gordo tb por nos proporcionar mais um showzaço !

    ResponderExcluir
  52. quando essa estrada vai passar por rio preto sp???

    ResponderExcluir
  53. Vontade de fazer faculdade de música mas quando vejo esses instrumentos...












    A VONTADE SÓ AUMENTA KKKKK SÓ JESUS NA CAUSA!

    DEPOIS DE CRISTO SÓ A MÚSICA SALVA O MUNDO!

    ResponderExcluir
  54. Aguardando O show em Lorena!!!!
    Obs.:HERDEIRO DA PAMPA POBRE
    Compositor: Gaúcho Da Fronteira/vainê Darde

    ResponderExcluir
  55. Em Tubarão, o HG tocou o baixo com cordas de guitarra como se estivesse tocando um violão. Quase caí no chão quando vi. Toca muuuuuito, hehehehe. Foi a primeira vez que ouvi "Era um garoto..." na gaita. Outro quase tombo! Mas cá entre nós, HG, a galera no show de Tubarão mexeu com vocês no palco, né? Quando se volta no bis é o que? tris? tri-legal o show (meu 15º show - foi o melhor).

    ResponderExcluir
  56. 24 - Helioterapia! bjo. gde.

    ResponderExcluir
  57. "Toda história inacabada
    será reescrita
    nas linhas turvas
    nas portas
    da alucinação"

    Visitem meu Blog:
    http://1ghpo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  58. Humba, você não tem instagram? Seria legal nós fãs podermos acompanhar algumas fotos dos seus shows por lá também! Pensa com carinho!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  59. Odirlei Custódio.8 de julho de 2013 18:20

    Olá HG sou de Aparecida SP próximo a Lorena SP dia 13/07 estará lá queria lhe entregar um presente uma Imagem de Nossa Senhora Aparecida, como faço prá te entregar no show ou no Hotel ? O meu email é : ojcust@hotmail.com ... até o show
    ah ... estou na expectativa que vcs toquem SIMPLES DE CORAÇÃO e DE FÉ para curtir estas músicas pela primeira vez ao lado de minha esposa. Abç´s Odirlei.

    ResponderExcluir
  60. Christian Barros8 de julho de 2013 20:24

    Estamos esperando você, HG, e a Insular tour, aqui em Belém, onde as paralelas se cruzam!!!!!!

    ResponderExcluir
  61. Christian Barros8 de julho de 2013 20:27

    E por favor, se rolar A Violência Travestida Faz Seu Trottoir ficaremos muito gratos!

    ResponderExcluir
  62. Nos vemos em Lorena-SP!

    ResponderExcluir
  63. Tchê, pq tu "aparentemente" não gosta do vermelhinho? É muito utópico?

    ResponderExcluir
  64. Que setlist é esse cara!!! vem pra Natal-RN pelamordedeus! rs...

    ResponderExcluir
  65. Não vejo nada de espetacular em tua música em geral, mas tem coisas legais em alguns momentos, na minha opinião. Mas acho demais e te parabenizo pelo fato de saindo do tempo (época) em que saístes, (o mesmo meu) chegastes onde chegou, e espero na verdade que ainda não tenhas chegado e que vá mais longe, tu com certeza mereces. Eu acho que para garotos da nossa época é como se fizéssemos com que nosso quarto ficasse do tamanho do mundo. Isto é, alargássemos nosso pequeno mundo. Não sei se tu entendeu... abraço sincero.
    Luis Freitas - Guaiba/RS

    ResponderExcluir