Vozes - 104

Algo me diz que eu deveria me manifestar racionalmente, sem emoção, sobre os acontecimentos palpitantes de nossos dias. Ser razoável, equilibrado, profundo, elogiar esperanças, condenar excessos.

Algo me diz que eu deveria me manifestar só com emoção, palpitar (no sentido de um coração que palpita) e palpitar (no sentido de dar palpites superficiais sem compromisso) pois não há neutralidade, sempre se está de um lado ou de outro e equilíbrio não há. 

Algo me diz que não faltam opiniões por aí e que eu deveria ficar quieto... ou voltar ao início do texto.

Se não fiquei (se não ficamos) preso(s) eternamente no loop dos três primeiros parágrafos e chegamos  a este quarto, algo me diz "melhor assim". Há que andar mesmo que a cerração nuble a manhã deste dia de inverno e nos impeça de saber exatamente aonde nos levam passos claudicantes ou firmes.

Algo me diz que já escrevi muito a respeito e o fato de não serem novas as canções até empresta-lhes significados.  O tempo, é certo, acrescentou uma melancolia que prefiro não expressar. Não sem ter nas mãos ao menos... ahn... um baixo... mesmo que desafinado.

Algo me diz que faltou um cartaz dizendo "o caos me representa".

Algo me diz que o cantor do jingle pisou no freio numa sílaba para que "sai de caRRO, vem pra rua" soasse "sai de caSA, vem pra rua" tentando evitar o escárnio. Afinal, tudo começou pela oportuna reinvindicação de mais dignidade no transporte público.

Algo me diz que o país rejuvenesceu e amadureceu dez anos ou mais na última semana.

Algo me diz que continuamos os mesmos, nada mudou, a chance passou com a semana (Ops, loop de novo? Voltar dois parágrafos e ficar preso nestes três? Nah... avançar!).

Algo me diz que partes deste texto serão tiradas de contexto e usadas por quem pensa assim ou por quem pensa assado. Pior: descontextualizados, trechos serão usados por quem pensa assim E por quem pensa assado - algo me diz.

Algo me diz que ninguém lerá ou levará em conta.

Algo me diz que alguns comentários começarão com "algo me diz".

Pronto. As vozes se foram. Ninguém nada me diz. Silêncio bom para descobrir que vozes ouvir.
25jun2013


216 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Ainda nao foi dessa vez :/

      Excluir
    2. Brigado linda \o/

      Excluir
    3. Ué, sobre o que era teu comentário?

      Excluir
    4. Que resposta engraçada essa.... sóquenão

      Excluir
    5. SE HG NOS ANOS 80 TIVESSE A INTERNET COMO HOJE EM DIA ,JA TERIA DADO ESSE SALTO QUANTICO ,MAS NUNCA É TARDE .HA UM TEMPO PARA TUDO. RJ.

      Excluir
  3. Algo me diz que eu amo teus textos. Parabéns Humberto!

    ResponderExcluir
  4. Fazer silêncio, pensar, refletir, me ouvir!

    ResponderExcluir
  5. Algo me diz q preciso urgennte do Insular. Rsrs
    Cheiros mestre....

    ResponderExcluir
  6. Genial! Uma perfeita forma de expor a opinião, tomara que não crucifiquem o nosso alemão do contrabaixo.

    ResponderExcluir
  7. Algo me diz q preciso urgennte do Insular. Rsrs
    Cheiros mestre....

    ResponderExcluir
  8. Algo me diz que, Se você ouvisse as vozes que ouço a noite, acharia tudo que eu faço natural.

    Rejuvenescemos 10 anos ou mais nessas duas últimas semanas. Brasil acordou? Será? Aguardemos os próximos capítulos.

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. algo me diz que tô satisfeito, li e vou dormir

    ResponderExcluir
  10. Nem precisa ser tão foda ao se manifestar sobre o que suas musicas descrevem tão bem. ''fascistas de direita fascistas de esquerda... isso me sugere muita sujeira, isso não me cheira nada bem...''
    AG

    ResponderExcluir
  11. hoje estamos a perigo,hoje estamos separados,divididos,mas um dia,um dia,nos seremos a maioriaaaaaaa........H.G. boa semana,até a proxima,te adoroooooo.

    ResponderExcluir
  12. Saudades, HG! Não suma, nem por uma semana. =)

    ResponderExcluir
  13. Excelente. Vamos dar a vez para a molecada da rua falar. Mas sem fingir que não estamos ouvindo.

    ResponderExcluir
  14. Sem palavras HG! Obrigado por isso tudo, eu estava com essa mesma " sensação" ou " sensações" todas....

    ResponderExcluir
  15. Aprendi a amar cada vez mais o que me diz o silêncio!!!!

    ResponderExcluir
  16. lembrei dessa: http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=zcU0tuREZRM

    Voices - jon brion

    ResponderExcluir
  17. Algo me diz que vc tem fé na força do silêncio...

    ResponderExcluir
  18. Sim... "[...] partes deste texto serão tiradas de contexto", porque eu só vim saber se ainda há olhos de abismo que vêm aqui, porque me tem me dado uma saudade danada "Do brilho que habitava nossos olhos"... Afinal, foi aqui que os caminhos tortos e tortuosos se cruzaram - e foi aqui que quase se descruzaram... Mas, no meu entendimento, isso nunca mais se descruzará - é o loop, para o primeiro parágrafo, escrito numa ligação às duas e pouco da manhã... "Perdoa..."

    Um abraço velho, tão velho quanto pintar os cabelos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "me tem me dado" é difícil de se corrigir... Apagar e reescrever seria deveras dificultoso, e tiraria do início o meu comentário, e o loop o jogaria para mais baixo ainda, dificultando a visão dos olhos de abismo...
      Dane-se a distância abismal!

      Excluir
  19. "Algo me diz que continuamos os mesmos, nada mudou, a chance passou com a semana"

    Infelizmente algo me diz isso também, Humberto... mas tomara que estejamos errados!

    Porque algo insiste em me dizer que ainda há chances, ainda há mudanças!

    ResponderExcluir
  20. Um dos melhores textos... Algo me diz...

    ResponderExcluir
  21. Aprendi a amar cada vez mais o que me diz o silêncio!!!!

    ResponderExcluir
  22. "As vozes oficiais dizem 'quem sabe', as oficiais dizem 'talvez'...."

    ResponderExcluir
  23. "A pátria à flor da pele pede passagem... PQP"

    ResponderExcluir
  24. Bacana o texto humberto até o próximo novo ciclo (segunda que vira terça XD)
    Té+

    ResponderExcluir
  25. Algo me diz que o disco "dançando no campo minado", especialmente as canções dncm, segunda feira blues, até o fim, e dom quixote, eram um chamado para irmos para a rua, arrancar o mal pela raiz...ou seja, naquela época (2003- e há milanos) as coisas já não estavam boas, e os caras de papo furado...os sinais estão no ar, mensagem pelo celular...vlw.

    ResponderExcluir
  26. É... nem sempre a gente diz o que pretendia dizer...riscos da palavra, em textos, ou canções.
    Uma vez li, me identifiquei e transformei para meu jeito mais prolixo uma frase que agora é assinatura do meu e-mail, que segue assim:

    "Sou responsável por tudo aquilo que falo/escrevo, não pelo que você entende" - Adaptação - Autor desconhecido

    Boa semana.
    Até.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos responsáveis, às vezes, até pelo que não somos mais responsáveis... Por que diabos tudo se agarra em nós, tudo a gente agarra em nós e temos sempre a vontade de nunca quebrar os loopings?

      Excluir
    2. Desculpe-me, mas não te entendo. Nunca. Leio, tento e desisto...rs
      Me desculpe mais uma vez a franqueza.

      Excluir
    3. Só para deixar menos duvidoso. É com você "O mesmo nome, é só um nome". ;-)

      Excluir
    4. Márcia - 'Eu presto atenção no ele diz, mas nunca entendo nada nada nadanada nada nadanão!"

      kkkkkk

      Excluir
    5. 1. Discutamos, pois! 2. Não desculpo a franqueza, porque a franqueza é necessária - sempre será! 3. E, só para começar a esclarecer, eu me acho tão superficial, tão fácil de ser interpretado... :)

      Excluir
    6. Ache de novo...rs, pois a mim parece que as "flores" em seu texto escondem o verdadeiro sentido. Mas é só uma impressão.

      É como se escrevesse sempre tentando uma poesia e... poesia entra num campo muito subjetivo, abrindo para muitas interpretações.

      Tá vendo? Não uso de poesia mas sou deveras prolixa, dificultando a expressão da mesma forma. ;-)

      Boa semana.

      Excluir
    7. Márcia, por favor, cheque seu e-mail da conta do "Entre Texto Meias Palavras". Obs: EU SIMPLESMENTE ADORO ESSA INTERAÇÃO!

      ABRAÇOS!

      Excluir
    8. E quanta falta de educação! Sequer deixei um abraço ao final das explicações no corpo do e-mail!

      Excluir
    9. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    10. Mas Márcia, ser responsável pelo que o outro vai entender seria uma ótima forma de conscientização de ambas as partes, não é mesmo?
      O xadrez nos ensina a prever todas as jogadas que o adversário entenderá, em base do nosso particular movimento e entendimento do jogo... quanto mais eu for capaz de entendê-lo pelo que vai entender de mim, e vice versa, mas é um jogo sem vencedores...
      Sim, porque nos igualamos.
      Equilibramos...
      Contrabalanceamos.
      Não há mais reinos destruídos, e reis mortos e depostos...

      Para uma sociedade cada vez mais competitiva, que preza o sucesso e o status de vencedor a todo custo, se preocupar em entender, e ser entendido, seria a verdadeira revolução.

      But...I'm dreamer.

      Excluir
    11. "O mesmo nome": já respondi ;-) Ótima interação.

      Cila: Há controvérsias, Cila...rs. Se o xadrez ensina a prever o passo do "adversário", a arte ensina que um texto só é seu até que um leitor se aproprie dele. O conceito do devir diz que prever é ignorar o acaso e portanto, sofrer de "araque de futuro".

      É claro que a comunicação passa pelo entendimento. Porém num nível mais raso de entendimento, tipo "Quer água?" ( A pessoa está me fazendo uma pergunta objetiva, se desejo, ou não alguma coisa palpável). Mas há uma subjetividade, calcada na história de vida de cada indivíduo, que permite infinitas interpretações para uma mesma coisa em outras camadas de comunicação. Um texto reflexivo, por exemplo. E é desse lugar que imprimo essa impressão, minha frase de assinatura.

      Foi?

      Continue sonhando. A vida é feita de sonhos e paixões, menos que isso é mera sobrevivência ;-)

      Abraço!
      Não vou revisar, então... sorry se escapou algum erro crasso aí.


      Excluir
    12. Aff, eu sabia.

      araque, leia aTaque.
      imprimo essa impressão. desculpa a redundância. pode trocar por coloco essa impressão ;-)

      hahaha não consigo. Se ia reler procurando erros, porque não revisei antes, né? aaafff. Negócio de ansiedade, abstrai.

      Excluir
    13. Esquenta não Márcia
      =)

      Concordo em gênero e número e grau:" A vida é feita de sonhos e paixões, menos que isso é mera sobrevivência".

      E sim, compreendi perfeitamente tua assinatura...
      Só quis levantar algo que sempre ocorre-me em pensamentos não só aqui na virtualidade escrita, mas no dia a dia, com todo mundo apinhado num mesmo espaço, ruas, shoppings, restaurantes, mas cada um na sua, navegando na própria visão de mundo. Apesar da comunicação ser o avanço que nos distingui modernos atualmente, não vejo avanço nenhum. Nunca a comunicação nos afastou e isolou tanto, sob a falsa máscara da ligação, da globalização, da união de povos, culturas, mundos...

      A arte de bem se comunicar (oratória ou escrita) é entender e ser entendido.
      By the way... os textos reflexivos em particular, são de outro patamar na comunicação humana. É o tipo de comunicação que não nos dá objetividades do tipo sim ou não, já que preza o mergulho no subjetivo para um abrir de interpretações no talvez sim ou talvez não, por exemplo... com intuito de novas portas, novas idéias, novas visões, novas formas...
      O que eu me permiti com tua frase de assinatura.

      Sim, quando a li, vi-me á pensar (um livro de 5 mil páginas) no que tu conscientizou sobre o entender do outro em relação ao que escrevo, falo. Na minha responsabilidade ou não, no que as pessoas entendem sobre o que escrevo/falo... Na verdade Márcia, tua frase levou-me a um universo escuro e profundo cá dentro de questionamentos, que não saberia como te traduzir agora...

      Agradeço.
      =)

      Excluir
    14. Pois é Cila, a frase nem é minha, mas fez exatamente isso comigo, "um mergulho num universo escuro e profundo", mas com uma lâmpada lááááá no final. Por isso adotei ;-)

      Excluir
  27. Algo te diz que algum comentário te diz algo?

    ResponderExcluir
  28. HGênio magnífico mais uma vez. Confesso que estava aguardando o senhor abordar esse assunto -as manifestações-, afinal várias de suas canções (se não estou interpretando errado) incentivam revolução, não conformação, retratam a realidade do passado que é a presente. E a ideia do cartaz foi ótima. Parabéns cara, o senhor é demais. Eu queria protestar ao teu lado! "Colher as flores que brotarem no asfalto". Muita paz ^^

    ResponderExcluir
  29. Algo me diz que eu acertei em escrever no meu cartaz que foi comigo para as ruas de Porto Alegre "Nessa terra de gigantes, que trocam vidas por diamantes..."

    ResponderExcluir
  30. hg curta nosso moto clube no face.
    https://www.facebook.com/MotoClubeInfinitaHighway

    ResponderExcluir
  31. Do silencio vem o maior barulho que se pode escutar sem ninguém por perto conseguir ouvir.
    Não sei porque mas isso e lembra escutando Dark Side of the Moon nos fones em plena madrugada.

    ResponderExcluir
  32. Tudo muito bem elaborado. Sempre uma inspiração!

    ResponderExcluir
  33. Poxa... senti minha orelha sendo puxada...
    hahsuahsuhasuhaus

    Estava esperando muito que falasse algo sobre as manifestações... Essa semana inteira ouvi as mais
    diversas opiniões... posições, mas faltou a sua.
    Ai quando fala, não fala, fica tudo nas entrelinhas
    do horizonte...

    Estranho desabafar aqui, mas já desabafando...
    semana passada, nessa mesma passagem de tempo,
    estava tão empolgada, emocionada, com uma
    sede de algo que nem eu ao certo sabia que queria
    beber...
    Passada uma semana e passadas também a empolgação
    e a emoção, ficou a sede e um gosto um pouco
    amargo na boca de algo que ainda não sei explicar
    o que é... Talvez eu tenha esquecido por momentos
    que a democracia é exercida no cotidiano, construída coletivamente num movimento processual...
    Talvez por isso o gosto amargo... por isso a sede
    não passa, mas isso me mobiliza mais do que me para!
    Os últimos acontecimentos têm me ajudado a me formar
    cidadã, mais pela reflexão com que tenho me colocado,
    do que pela ação das minhas pernas em marcha...
    Exercitar a democracia! Exercitar a democracia! Sempre!
    Mesmo que como um exército de um homem só...

    Abraços Gessinger
    Obrigada!
    Te amo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei. ;-)

      Me identifiquei com o trecho "(...) mais pela reflexão com que tenho me colocado, do que pela ação das minhas pernas em marcha..." (nenhuma no meu caso, quanto mais reflito, menos quero marchar).

      E o primeiro passo no exercício da democracia é aprender a pensar sozinho, para não ser manipulado... ops... falando demais.

      Boa semana.

      Excluir
    2. Concordo Márcia, com o pensar sozinho. Acredito também que a mudança tem que começar em nós mesmos primeiro... Por isso o exemplo é importante, e a união dos esforços não menos. Pra quem concorda que vale a pena tentar e não tem medo de errar e começar de novo.

      Excluir
  34. "Algo me diz que eu deveria me manifestar racionalmente"é o máximo!

    ResponderExcluir
  35. Cara, que texto!!! Tão... tão... maduro!
    Adoro o que você escreve, viciei no blog... mas confesso que pela primeira vez enquanto li o texto imaginei você diante dessas palavras. Pude ver-lhe bem à minha frente, numa conversa, me dando (bons) conselhos. Ouso dizer que ouvi sua voz em cada palavra lida! Boa sensação estranha, te sentir tão próximo...
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  36. O caos tem me representado e me amadurecido, há 10 anos ou mais...rsrsrs

    Abraços, querido ídolo!

    Boas coisas pra ti1

    ResponderExcluir
  37. Algo me diz que o caos representa todos nós...
    ou não...
    [há um tempo certo para tudo, #ParaTudo, uma razão?]

    ResponderExcluir
  38. De tudo que tem acontecido, por mais que eu tenha sentido orgulho por ver tanta gente lutando por um país melhor, vejo que as pessoas estão muito confusas. Querem tudo e ao mesmo tempo não sabem o que querem. A quantidade de analfabetos políticos é impressionante, gente que mete o pau na TV por ser um meio de comunicação capaz de alienar, mas compartilham e falam cada bobagem na internet... Política deveria ser algo tão importante quanto matemática e português, algo básico.


    O movimento é lindo. O gigante acordou, mas ainda está lerdo depois de ficar tanto tempo dormindo. Mais importante do que ir pras ruas é saber pelo que está indo e principalmente a quem sua mensagem deve de fato chegar.


    "Esquerda e direita, direitos e deveres,
    Os 3 patetas, os 3 poderes
    Ascensão e queda, são dois lados da mesma moeda
    Tudo é igual quando se pensa
    Em como tudo poderia ser
    Há tão pouca diferença e há tanta coisa a fazer"

    Abraço Humberto,
    Até semana que vem. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jéssica...

      Eu ainda me pergunto... o gigante acordou, ou sofre de sonambulismo?
      Ou...e a hipnose em que vivemos, parou de fato?

      Tenho minhas dúvidas, tenho muitas dúvidas...

      =)

      Excluir
    2. OS NOSSOS SONHOS EM ALGUM LUGAR QUALQUER E NA HORA EXATA VAO SE MATERIALIZAR . OS NOSSOS DESEJOS DAO AS ORDENS.SÓ SEI A ORDEM DA GRANDEZA DE DEUS MESMO DIANTE DO CAOS EXISTEM UMA FORÇA MAIOR QUE NOS UNI E COM ISSO TEMOS UM PONTO EM COMUM . O AMOR FRATERNAL NOS DA ESTA POSSIBILIDADE.RJ.

      Excluir
    3. Cila...

      Veja esse site:
      http://voltaadormirbrasil.tumblr.com/
      As pérolas dos nossos queridos manifestantes...


      Quem sabe o gigante não esteja sofrendo de sonambulismo no meio de uma micareta... Muitas dúvidas...


      :)

      Excluir
    4. Não sou a única com muitas dúvidas, ao que parece ;-) Nem sei se as tenho de verdade...

      Excluir
    5. Jéssica...

      Bota pérola nisso.
      Cada cartaz... aff.

      Confesso que os Leões rugindo e botando presença agora, serão os Jumentos nas urnas da próxima eleição.
      Fico contigo na observação: sonâmbulos numa micareta.

      Sejamos realistas.
      =)

      Excluir
    6. EXISTEM PESSOAS E PESSOAS,AS PEROLAS E PORCOS .NEM TUDO ESTA PERDIDO .COMO EU VEJO AS PEROLAS NESTE SITE COM ENFOQUE PARA- COMUNICACIONAIS MUITO CONSCIENTES E LIVRES . VOCE É UM EXEMPLO DISSO QUE NAO SE ILUDE COM POLITICOS . DE TUDO QUE É HUMANO NADA ME PARECE ESTRANHO, HG CANTA EM HUMANO DEMAIS . RJ.

      Excluir
    7. Sim meu caro, existem pérolas e porcos...

      Mas até os porcos tem sua utilidade pública né... como Jesus ia salvar o jovem endemoniado por uma legião ensandecida, se não tivesse 1000 porcos perto pra carregarem o fardo pesado daqueles demônios que o punham louco a babar, e gritar por salvação?
      Vejo importância até nos porcos...

      By the way...
      Pelo jeito tu também não mais se ilude com políticos...
      Certo?!

      =)

      Excluir
  39. Penso que nada parece mais coetâneo a esses eventos que ouvir: "vivendo num país sedento um momento de embriaguez". Felizmente a embriaguez nunca é eterna. Trabalhemos para que a ressaca venha com gosto de que a festa valeu a pena e, que ela também passageira dos tempos, não tenha um fim em si mesma... É preciso mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Trabalhemos para que a ressaca venha com gosto de que a festa valeu a pena"...

      Fernando, Fausto não foi o único que vendeu a alma por conhecimento né...
      =)

      Excluir
  40. Algo me diz que alguém peidou aqui.

    ResponderExcluir
  41. Algo me diz, que no fim de tudo essas manifestações vão dar em nada...
    ¿Lembram do Collor? ¿Dos caras pintadas?
    Pois é... Pelo que sei o cara, ainda está na política, ainda é Senador... ¡Nada mudou!
    Algo me diz que deveria haver sim uma reforma nessa política desacreditada.
    Começando pelos altos salários e benefícios que esses políticos recebem.
    ¿ Me digam qual desses que estão por aí (se um deputado, senador, prefeito ou governador) Ainda estariam se recebessem apenas um salário mínimo, para representar o seu povo a sua comunidade?
    ¿ Quem iria concorrer a algum cargo público, para ganhar pouco, apenas pelo bem de sua população?
    Mudança já!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente.

      Se continuarmos uma chula capitania hereditária, sujando o executivo e o legislativo de idiotas, de que adiantará depois, aflitos e desprovidos da Constituição no nosso dna, pintar a cara e chutar patrimônio público?

      Meu protesto está na urna.
      Na hora do voto.

      Pior que o eleitoral aceitar que um Tiririca concorra, é o povo votar dizendo que é protesto.
      Eu não sei quem é pior... o sujo ou o mal lavado.

      =)

      Excluir
  42. VONTADE DE GRITAR... MAS NADA PRA DIZER.
    Eu tenho fé na força do silencio.

    ResponderExcluir
  43. Vozes

    Engenheiros do Hawaii

    Se você ouvisse
    As vozes que ouço à noite
    Acharia tudo que eu faço natural (normal)

    Se você sentisse
    O medo que eu sinto do escuro
    Se você soubesse
    O mal que o sol me faz

    Não me pediria pra repetir
    Revoltas banais das quais eu já me esqueci

    Se você ouvisse
    Às vozes que ouço à noite
    Às vezes me assustam
    Outras vezes me atraem

    Se você sofresse
    Tanto quanto eu sofro com a solidão
    Se você soubesse
    O quanto eu preciso da solidão

    Não me pediria pra repetir
    Frases banais das quais já me arrependi

    Duas pessoas são duas verdades
    E, na verdade, são dois mundos
    A cada segundo, o pânico aumenta
    E uma sombra arrebenta a porta dos fundos

    Se você sofresse tanto quanto eu sofro com a solidão
    E precisasse tanto quanto eu preciso da solidão
    Não me pediria pra repetir
    Gestos banais dos iguais aos que eu não fiz

    ResponderExcluir
  44. As vezes te assustam outras vezes te atraem? rs...

    ResponderExcluir
  45. Adorei o texto, sempre muito inteligente. Foi meu presente de aniversário, um texto publicado no meu dia!!!Parabéns texto!!

    ResponderExcluir
  46. Putz, que texto haha, acho que ouvi algumas vozes com você!

    ResponderExcluir
  47. Algo me diz... Que no meio de tantas explicações e opniões essa coisa abstrata que tu HUMBERTO escreveu foi a mais sensata!
    TE ACHO TRI LEGAL!

    ResponderExcluir
  48. Sou Teu Fã mas andava sem entender porque meu ídolo
    maior que já fez tantas musicas e letras maravilhosas fazia de conta que nada acontecia no Pais nem uma palavra sobre o momento que o pais atravessa com o CAOS Do Governo do PT e o Povo nas ruas lutando contra a Corrupção..
    Nada de Musicas novas de protesto nada de criticas nada de nada..
    Até que enfim uma PALAVRA era isso que eu esperava de Você HG..
    Votei em Leonel de Moura Brizola em FHC e depois em Lula e no PT Hoje só sinto Vergonha de ter Votado no PT e no Lula..
    Sou Nordestino e nunca senti tanto ORGULHO DO MEU Brasil..
    Andei Chorando até com reportagens na TV sobre as Manifestações achei que ia Morrer sem ver o povo nas RUAS de novo contra as mentiras a corrupção a roubalheira do BRASIL PERFEITO E DE PRIMEIRO MUNDO DO PT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está vendo Marcos...

      A resposta já está no seu comentário...
      A verdadeira Revolução, a verdadeira e real Manifestação, o real Protestar, é na urna, na hora do voto... Se todos fossem conscientes e ousados na hora exata e primordial da eleição, ninguém precisaria ir para as ruas depois gritar contra corrupção.

      O verdadeiro protesto está em honrar a cidadania na hora do voto.
      Depois meu caro, com a corja corrupta eleita e instalada gozando dos cofres públicos (e da nossa cara), é modus vivendi capitalista.

      Até protesto rende graninha para o poder público.
      =)

      Excluir
    2. "A verdadeira Revolução, a verdadeira e real Manifestação, o real Protestar, é na urna, na hora do voto..."

      Isto é tão verdade quanto Papai Noel e Saci Pererê.

      Excluir
    3. Marcos, que bom que viu o povo nas ruas antes de morrer. Agora vem a parte mais difícil, o planejamento das próximas ações.

      Excluir
    4. "A verdadeira Revolução, a verdadeira e real Manifestação, o real Protestar, é na urna, na hora do voto..."
      Isto é tão verdade quanto Papai Noel e Saci Pererê.

      Mas é isso que querem que a gente pense, mais ou menos trocentos segundos por dia, numa hipnose sem vergonha, Carlos... Constituição é coisa séria. Tuas palavras foram apenas a do "bom aluno levando a maça para o professor".

      Esse professor está orgulhoso viu...
      Vai até por estrelinha no seu obediente caderno.
      ;)

      Excluir
  49. "é impossível repetir o que só acontece uma vez / é impossível reprimir, o que acontece toda vez que alguém acorda... porque já não aguenta mais / e a corda arrebenta do lado mais forte..."

    Às vezes dá vontade de mudar o mundo... Mas aí me lembro de arrumar minha casa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahaha
      Creia, arrumando a tua casa, um pequeno microcosmo do Macro, já está organizando uma parte do mundo...

      =)

      Excluir
  50. estava à espera do seu pronunciamento. Suas palavras...

    ResponderExcluir
  51. A única certeza é que depois dessa semana, aproveitando a deixa do Lô e do Milton, nada será como antes... :)

    ResponderExcluir
  52. Algo me diz que eu não verei o humberto se manifestar aos seus fãs sobre isso, certo?
    deixa cada um por sí, cada um segue a sua consiencia, certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quer coisa melhor que pensar por si?
      =)

      Excluir
    2. Raridade atualmente, a julgar por redes sociais e cartazes por aí...

      Vendo pensamento próprio por 30 curtidas e 1000 compartilhamentos...:-(

      Excluir
    3. Hahahahahahaha
      Descrição exata da brasilidade exposta para lá das redes sociais...

      E depois Márcia, ainda levo xingo e cobram-me, enchem o saco mesmo, de por que não tenho facebook, twitter, essas ferramentas desprovidas de paralaxe.


      Excluir
    4. hahahaha depois que coloquei aqui postei no meu face (sim, eu tenho, muito mais por contatos profissionais, digamos assim). Teve gente que se ofendeu...hahahaha

      Tem chapéu que, quando serve, incomoda. ;-)

      Excluir
    5. Hahahahaha

      Até imagino Márcia...
      Eles colocam o chapéu, e se tornam a versão mais fidedigna do Freddy Krueger, fazendo de tudo para que a gente durma, e o pesadelo comece...
      A maioria vive numa dimensão paralela, feita das famosas palavras da Hora do Pesadelo: "Tina, quero comer teu cérebro"...

      Antropofagia mental...

      Meus pêsames por lucidamente enfrentares a claustrofobia cultural brasileira.
      =)

      Excluir
  53. Sr HG,


    Acho que o fato de V.Sª, ter escrito muito a respeito serviu, de uma certa forma, como base para consciência que a moçada de hoje expressa. Com certeza, a motivação para estarem ou estarmos (participei da passeata aqui na minha cidade, mesmo tendo terminado a facul a quase 10 anos) tentando mudar, não partiu do forró e sertanejo universitário (nada contra) ou do funk (totalmente contra). Até entendo o gosto melancólico, do meu jeito, sabe tipo: opa, parece que a ficha ta caindo (em alguns mais que em outros).

    Se fosse eu o autor de "Terra de Gigantes"(lá na década de 80) ficaria emocionado em, de uma certa forma, ver os frutos que brotaram.

    Obrigado pelo Show aqui em Campo Mourão (PR) na ultima sexta. Há tempos não via tanta disposição e energia.

    P.S. Pena que eu não tava na beira do palco dessa vez, na hora que tu jogou a palheta. Mas um dia...

    http://www.youtube.com/watch?v=fUBKvLTH4Xc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leandro...

      Teu dia vai chegar... teu dia vai chegar...
      Quem sabe essa ansiada palheta já não esteja ansiosa por ti também...

      =)

      Excluir
  54. Algo me diz que a Segunda-feira (Blues), já passou. Agora é terça!

    ResponderExcluir
  55. Algo me diz ..que devia me manifestar hoje.. [já que raramente o faço]
    Impressionante como sempre sai poesia de tudo.. [obrigada por isso!!]
    e nesses tempos em que estão todos[ou, pelos menos,os minimamente informados] confusamente confundidos com tanta informação bombardeando-nos, não está fácil selecionar qual vozes ouvir e tampouco saber o que será??
    fiquei com a impressão de que até mesmo V. Exc. está assim, mas..
    também fiquei com a impressão de que o silêncio de hoje eh pra relembrar todas as vozes de antes, das nossas tão conhecidas canções e procurar nelas, talvez as respostas..
    sempre maestral!!
    tomara que um dia seremos maioria... só que conscientes!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Consciência não é algo simples...
      Chega a ser insuportável ter consciência...
      [E como naquela história da água do poço envenenada pela loucura... Os únicos lúcidos e conscientes do reino que não beberam daquela água, foram considerados loucos pela loucura dos inconscientes da própria insanidade...

      =)

      Excluir
    2. Boa Fernanda. Talvez o que chama de conscientes seja "apropriados de um assunto para além das ideias alheias", como compartilhar posts que dizem uma coisa, mas trazem junto uma imagem que contradiz a palavra, ou vice versa. ;-)

      Boa Cila. Ter consciência integral é utopia e, sim, seria uma loucura! Um pouco mais de consciência que a média geral já é insuportável, já proporciona rótulos de fascista, ou comunista. Extremos opostos as vezes se tocam...enfim...

      Excluir
    3. Sim, consciência integral é utopia... e pior, suicídio...

      Muitas vezes, e todas as vezes, fico com o pensamento budista: o caminho do meio. Em cima do muro dirá alguns, mas eu prefiro o lugar onde tenho a visão dos dois lados... pra não cair nos extremos opostos como tu tão bem lembrastes...

      =)

      Excluir
  56. "Sai de casa vem pra rua" genial mestre, ótimo texto como de costume.Asioso pra curtir teu som em Tubarão SC.Um forte abraço e boa semana

    ResponderExcluir
  57. Algo me diz q vc não se importa q usem seus parágrafos ao simples prazer de se tentar interpretá-los.......e isso gera diferenças........isso é bom, só q é ruim mas é bom,só q é ruim mas é bom, só q é ruim mas é bom.........

    Hehe......forte abraço, cidadão q constrói pontes!!!!!!!!Mesmo gerando diferenças..........o q é ruim, só q é bom!!!!!rs

    ResponderExcluir
  58. Não adianta ir para as ruas e não saber o que se quer realmente. Às vezes o silêncio parece omissão. Mas neste momento o silêncio é reflexão. Beijos. Obrigada pelo show de Curitiba e pelo lindo texto. Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ficar protestando por protestar não adianta, é banalizar uma prática.
      Não há nada pior que um clamor secundário almejando algo que não se sabe o que é, do que se trata, para quê...

      =)

      Excluir
  59. Ri pra caral** de imaginar alguem com o cartaz "o caos me representa". Obrigado pelo texto.
    —Heitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também imaginei a cena...
      Apesar de que com o Caos, ter sempre a nítida visão de um monte de Legos a frente, reclamando inspiração, criação, para tantos pedaços espalhados reclamando forma e função...

      Seria o melhor cartaz...
      O que denota sinceridade com o que não se sabe fazer/pensar/sentir.

      Excluir
  60. Algo me diz que a voz pra se ouvir antes e depois do silencio e da reflexão é a de Humberto Gessinger revertida em filmes de guerra e canções de amor,......vlw pelo texto!

    Abraço e até segunda-terça feira.

    ResponderExcluir
  61. "As coisas mudam de nome
    Mas continuam sendo o que sempre serão"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Forte isso.

      Lembrei-me daquele jogo divertido: Lego.
      As peças são sempre as mesmas, apesar de eu poder fazer castelos, ranchos, carros, carroças, com o mesmíssimo material... muda-se a forma, mas os elementos de construção são sempre os mesmos.

      Pra repensar.
      =)

      Excluir
  62. Algo me diz e sempre me disse e sempre me dirá que o HG é o cara.Volta logo em Ipatinga.Boa semana .

    ResponderExcluir
  63. eu joguei claudicante no google =) rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Santa franqueza.
      Honrada honestidade.

      =)

      Excluir
  64. 1berto,

    Essa voz interior que tem mais dúvidas do que respostas e que tem os seus próprios pré conceitos é que nos leva a dizer e, muitas vezes, não explicitar o que foi dito. Texto interessante este seu em que o jogo de palavras induz a muitas leituras e interpretações. Gostei. Está no rol dos meus preferidos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O INTERIOR E O EXTERIOR GERA UMA SINCRONICIDADE QUANDO ESTAMOS PENSANDO POSITIVO E COM ISSO PODEMOS CRIAR ALGO PRA NOS FAZER BEM E AO PROXIMO. TEMOS QUE VIGIAR E ORAR SEMPRE. RJ.

      Excluir
    2. Certamente, não somos uno, mas quando buscamos o equilíbrio entre o que somos por fora e como reagimos internamente ao mundo exterior (o que somos por dentro), evoluímos. No entanto, sem a ajuda do nosso Criador, esse equilíbrio não acontece. A Bíblia declara que "não é do homem que anda o dirigir o seu passo", pois não foi criado para viver à parte do seu Criador. Habita em nós a sua essência à imagem e semelhança.

      Excluir
    3. Carlos Bianchi...

      Tocastes na essência máxima do ponto do equilíbrio, que o homem moderno aprendeu brutalmente e levianamente a desdenhar..."não é do homem que anda o dirigir o seu passo"

      Calo-me em reverência e respeito ao ótimo pensamento exposto.

      Excluir
  65. Senti sintonia quando estava vendo seu show no sábado, e depois pensei como eu gostaria que os jovens com os quais convivo tivessem senso crítico,ouvissem um pouco do que você já fez, e pusessem a cabeça pra pensar...

    ResponderExcluir
  66. "Seja igual a todo mundo e não seja ninguém" vc é o máximo. Amo-te.

    ResponderExcluir
  67. Algo me diz que faltou o ABRAÇO!!!!

    ResponderExcluir
  68. Ao mesmo tempo que manifestações são em grupo , as reivindicações são subjetivistas , pois no final ele(ou nós)quer saúde,educação,segurança pra ele.Na vida real cada um luta por si pra conseguir uma vida dos sonhos.

    O povo que realmente que precisa de saúde, educação,segurança,transporte público decente estavam em casa em esperando enfadado o jornal nacional acabar pra assistir a novela.Essas manifestações iniciaram com jovens que não passam tantas dificuldades na vida,mais assim mesmo foram as ruas pelo povo que realmente precisa,é uma pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Essas manifestações iniciaram com jovens que não passam tantas dificuldades na vida,mais assim mesmo foram as ruas pelo povo que realmente precisa,é uma pena".

      É...
      Tua observação lembrou-me uma frase do Joãozinho 30: "quem gosta de miséria é intelectual, pobre gosta mesmo é de luxo".
      Nada mais verdadeiro.
      E condizente com a tua observação.

      =)

      Excluir
    2. OS MAIS FORTES ,AJUDAM OS MAIS FRACOS ,É ESSA MEDIOCRACIA SOCIAL QUE ACABA GERANDO MAIS VIOLENCIA. MENINOS DE RUA ASSALTAM JUIZES DE DIREITOS HUMANOS.OS FRACOS E OPRIMIDOS PELO SISTEMA SELVAGEM SÓ A UNIAO DOS MAIS FORTES CULTURALMENTE FALANDO E PENSANDO PODE FAZER A DIFERENÇA.

      Excluir
    3. Sim, os mais fortes estão aí para servir, e não para servirem-se de tudo e todos...
      But...
      A quem mais é dado, mais lhe será cobrado, diz também certo livro...

      =)

      Excluir
  69. "Em livros de histórias seremos a memória dos dias que virão, se é que eles virão. " []

    ResponderExcluir
  70. Algo me diz que..... Nah '-'
    Gostaria de ter lido assim que o texto saiu... Fiquei esperando, e quando deu 0hrs a tim caiu e não conectou.... Mas hoje eu li :D (viva) e não foi tempo perdido.. Como sempre o texto da semana me inspirou bastante.. E me deu uma nova visão, não sei se aconteceu com todos que leram, mas, enfim, todos temos vozes, que, as vezes nos assustam e outras vezes nos atraem (:

    ResponderExcluir
  71. Sai de cima do muro, Humberto...

    ResponderExcluir
  72. Será que a idade dá uma distancia do que está acontecendo ?

    Será que já nao vale a pena subir em um palanque e asumir lados e agitar bandeiras (?)

    "Algo me diz que faltou um cartaz dizendo "o caos me representa"."

    Algo me diz que a Anarquia é uma boa posiçao (?)

    Parece que você tá mais pra "fé cega e pé atrás".

    Fabio

    ResponderExcluir
  73. Respostas
    1. Davi Enghaw dono do melhor site sobre os Engenheiros.Quem acessar vai ler mais critica do que elogio.

      Site:ENGHAW TURBO

      Excluir
    2. Davi Enghaw Dono do melhor site sobre os Engenheiros do hawaii.

      Quem acessar vai ler mais criticas do que elogios

      Site:ENGHAW TURBO!

      Excluir
  74. Ao mesmo tempo que alguns pensam ''O que está acontecendo'', outros pensam ''Como vou tirar proveito disso'', e é ai que pode morar o perigo..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente...
      Não há nada pior do que aquele que tira proveito de situações conflitantes...

      Põe perigo nisso.
      =)

      Excluir
    2. ESCALA INDUSTRIAL ,CARTAZES ,TINTAS ,MIDIA TUDO GERA LUCRO NO CAPITALISMO DE CONSUMO ,TUDO É EXPLORADO E CRIA A MAGIA DA MODA .COMPRE MAIS E VENHA PRA RUA...

      Excluir
    3. Bem lembrado...
      Por isso repito:
      "Até protesto, manifesto, rende graninha para o poder público"
      Modus vivendi capitalista chegou até na arte de se posicionar. Por isso não acho ruim alguém subir no muro, a visão dali é boa, e dos dois lados ainda... Dá pra ver solitário e enojado um lado pondo preço numa idéia, e outro traindo essa idéia, ao ir vender ao lado oposto...

      Fa fo fu, sinto cheiro de humano
      hihihihi.

      Excluir
  75. Já estava com saudades dos textos.
    Parece que não tenho um opinião para esse texto, algo me diz que é apenas mais um daqueles textos que eu leio, gosto de cada palavra, mas não fico com uma opinião formada. E talvez isso seja bom, ter uma opinião formada pode ser ruim em vários momento e acho que um texto não precisa de uma opinião e sim de eu me perguntar se eu gosto ou não, mas se eu gostar, não seria uma opinião?... Algo me diz que estou saindo do foco desse comentário.
    Senti saudades dos textos, senti saudade do abraço no final, senti saudades também de um show aqui em Ribeirão Preto ( não que voce tenha vindo aqui muitas vezes).
    Senti uma dor agora ao me lembrar que só na próxima terça terei um texto novo! Mas enfim, espero pelo próximo texto!

    ResponderExcluir
  76. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  77. Estou em antítese.

    Estar tão só no meio de uma multidão na quinta-feira passada fez com que a beleza do movimento estremecesse em mim.
    Era tudo tão superficial... com ares de micareta. Foi tão sem foco... cartazes sugerindo "Goku" pra presidência. Fatos e atos que nos podam sem serem citados... vistos como muito polêmicos para estarem em pauta!

    Não que não possamos ser multifacetados... não que não possamos ser irreverentes.
    Pelo contrário, a diversidade e leveza deveriam ter sua função na discussão e construção de caminhos. Mas não parecem terem assumido esse papel.

    Acordamos ou continuamos adormecidos em nossos próprios quereres?
    Será que a rua continuará arquibancada ou se tornará arena?

    Questões que no silêncio e no caos convivem hj em mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo no universo contêm em si a dualidade que o nutre e o tempera, conferindo sabedoria e equilíbrio...
      Não existe o 100% desperto, nem o 100% dormindo.
      Não existe o 100% consciente, nem o 100% inconsciente...

      Os que fazem da rua uma arena hoje, são os mesmos que farão da rua uma arquibancada amanhã, e vice-versa...
      O tempo e esse mistério chamado vida, está para além de nossa limitada visão... nem mesmo o mais sábio e vivido dos homens, conseguiria ver o quadro todo...

      Melhor ficar assim mesmo Kelly, em questões que no silêncio e no caos convivem para a necessária formação do que nos fará mais inteiros.
      Mesmo que nessa bagunça organizada...

      =)

      Excluir
    2. No sábado participei de uma "entitulada manifestação", convocada e "armanda" durante uma semana via rede social em minha cidade, e senti a mesma superficialidade ... Adolescentes com camisetas pixadas "Legalize já" e gritando coisas sem sentido algum. Cartazes escritos "Mãe, tô bem" ... E pensei " O que eu tô fazendo aqui nesse barulho sem sentido, sem sentimento, sem ordem (desordenado) e talvez ... sem progresso". Espero estar errada, mas tá tudo um pouco estranho...

      Excluir
    3. Põe estranho nisso...
      Põe estranheza nisso...

      Excluir
  78. Como sempre,
    Muito bom poder conversar contigo só pra desestressar a terça-feira.

    Até o próximo papo

    ResponderExcluir
  79. Nossa! Super texto... Dava para fazer uma super letra de música.

    A proposito...Sou contra a onda gigante que perdeu o controle...Mas, sou a favor das pessoas serem cada vez mais politizadas, e sou a favor de muitas coisas boas que rolam nesse governo federal que aí está.

    ResponderExcluir
  80. ontem meu esposo me perguntou o que você achava do que está acontecendo, se você tinha dito algo a respeito. eu disse a ele que tu vens falando sobre tudo isso, e muito mais, há mais de vinte anos. ele achou graça, mas "algo me diz" que eu tinha um pouco de razão.

    obrigada pelo show maravilhoso em Curitiba, valeu as centenas de quilômetros e o frio. obrigada por cantar " violência travestida...", "o sonho é popular", e " de fé". Cantá-las com você ali pertinho foi mágico.
    Ah!! meu esposo pediu pra agradecer por "hora do mergulho", a preferida dele.

    com carinho, Diná

    ResponderExcluir
  81. É

    Sir Gessinger
    Sir Gessinger

    Sem contragosto e sem manifesto.

    Em muitas ou poucas ou nenhuma palavra, o ponto é: sobriedade no que nos é essencial...
    Se, (e repito SE) fôssemos mais perceptivos das pontes exatas a darem voz a esses diálogos intangíveis de essencialidade, jamais precisaríamos do primogênito dos deuses, O Caos, ditando o pouco ou o nada do que ele sabe em silêncio... sabedoria dos mais velhos...
    Mas também, perderíamos a chance única de desorganizar as ruas da cidade, lançar ao vento o manto de uma rota brilhante de estrelas a apontar o sul de algum canto redentor, voz livre de uma supra consciência, refúgio dessa persistente melancolia...

    But...
    Algo me diz, que talvez a voz do que hoje precisa ser brutalmente ouvida, seja tão simples como esta:
    http://www.youtube.com/watch?v=4xHBko1M3pQ

    Meu Olá
    =)

    ResponderExcluir
  82. Boa maneira de dizer tudo, mas só o essencial.

    ResponderExcluir
  83. E a premonição se cumpriu... "Algo me diz que alguns comentários começarão com "algo me diz"."
    hahaha

    Fala-se tanto, de tanta coisa nessa semana que eu já nem sei mais o que falar. "/

    Abraçãozão!

    ResponderExcluir
  84. "...apesar de termos feito tudo o que fizemos,ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais..."


    Aline

    ResponderExcluir
  85. OLÁ HUMBERTO!!!!!!!
    DEMAIS HUMBERTO!!!!!
    Levei emu filho em uma passeata na semana passada e depois de alguns questionamentos, depois de abandonarmos a passeata (era uma criança e uma mulher madura carregada de dores, ele me disse no silêncio da noite: "Mãe, não vi nada como "nessa terra de gigantes que trocam vidas por diamantes", nada do que vc me ensina".
    Ele tem 9 anos e essa foi a primeira músicas sua que pedi pra que ouvisse, não entendeu nada, conversamos muito sobre ela e então ele resolveu que preferia ouvir Paulo Ricardo, não quis ir comigo ao seu show em Bauru,mas essa semana pediu pra que nas férias eu o levasse à um show do Humberto e as vezes pede pra ouvir uma música inteligente, numa linguagem figurativa (o que pra ele, com 9 anos, é um grande desafio).
    Admiramos vc!

    ResponderExcluir
  86. Algo Me diz que você poderia vim para Teresina-PI

    ResponderExcluir
  87. Algo me questiona, desde o início das manifestações, se isso surtirá efeitos residuais. Por que efeitos instantâneos já surgiram (já tem políticos indo pra TV pronunciar melhorias requisitadas). Mas e se os protestos param? E se o povo se acomoda novamente? E se as crianças de hoje não cresçam com essa maturidade adquirida? E se, né?

    Tem até artista gravando música de apoio aos protestos e se mostrando atento as oportunidades do mercado para (re)fazer seu nome com o povo. Querem me comprar ou me matar de rir?

    Tem jornalistas, renomados, apoiando até mesmo vandalismo e outros sendo expulsos dos movimentos.
    Uns gritam por melhorias na saúde, outros pela legalização da maconha. Um pouco de contradição no mesmo lugar.

    Acho que tudo é o reflexo do que nosso país representa. O cartaz do caos seria o mais perfeito. Num país que sempre foi mal organizado, parece natural uma manifestação política também ser.

    É como dizem, ou o Brasil muda ou a gente o devolve para os índios e pedimos desculpas pelo transtorno.

    Abraços.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É NECESSARIO ESTA OBSERVAÇAO , POIS NO MUNDO CAPITALISTA TUDO GERA OPORTUNIDADE DE CONSUMO E INDUSTRIA DA INFORMAÇAO PRINCIPALMENTE COM ENFOQUE POLITICO. TEMOS QUE VIGIAR E ORAR PRA NAO SERMOS ILUDIDO . MAS NÓIS VIBRAMOS EM OUTRAS FREQUENCIAS. RJ.

      Excluir

  88. Como se eu me permitisse estar preso
    em um labirinto
    onde a saída é a porta de entrada
    e todas os muros fossem somente
    percepções imaginárias, insustentáveis.

    Um espelho estilhaçado, um falso torpor,
    ou qualquer outro nome
    de que chamam o acordar perturbado
    pela sombra de uma noite interminável
    dormida com a morta-cor.

    Despeça-se mas não vá embora,
    ausente a conversa melindrosa e não tema
    minha loucura,
    ignore minha clausura e apenas repare
    como velho e pragmático, espero o amor.

    Há algo de sincero no ator: minhas lágrimas.
    Ainda que a história seja absurda,
    ele chora, choramos também nós.
    Labirinto, laboratório, purgatório:
    monólogo na noite das criaturas.

    ResponderExcluir
  89. Eh Hg nunca pensei em dizer isso mais vc disse muito cara mais não pois o pé fora do muro nem um instante! até que é bom porque agora as pessoas estão muito fervorosas e agindo muito pela emoção vamos deixa PASSA A TEMPESTADE m pouco e vemos o que nisso vai dar pois não foi do dia para noite que chegamos nessa posição e não vai ser assim que também vamos acabar com isso!!
    Encerrando com a frase de Rodrigo Scheuer Brum "HG O ETERNO MURISTA"!! hahaha

    ResponderExcluir
  90. Algo me diz que vocé é o cara da música brasileira, algo me diz que seu novo disco/livro que estao no forno vão bombar e algo me diz que você vem tocar em chapecó ainda esse ano... Haha.. Valeu mestre até a proxima ;)

    ResponderExcluir
  91. http://gianprof.blogspot.com.es/

    ResponderExcluir
  92. Sou teu fã, mas esperava algo mais substancial; tenho a impressão de que esse texto foi escrito porque se achou que se deveria escrevê-lo... Mas, claro, é só uma impressão e, talvez, seja só minha.

    ResponderExcluir
  93. se as letras de tuas músicas são partes de ti, estes comentários te ajudam a lembrar de que tu és! Se é que precise disso! AS vezes isso faz bem. Obrigado pelos teus textos, eles nos fazem pensar além de tudo o que vemos e além de tudo que pronto recebemos. Abraço.

    ResponderExcluir
  94. Se pudessemos ensacar os parágrafos do texto e pesa-los em uma balança de contra-peso: Equilibrio total.

    Minha postura, de um tempo pra cá tambem tem sido por aí, lapidando pra não fazer um discurso penso (no sentido de desiquilibrado, não do verbo pensar).

    Penso (do verbo pensar) comigo: Esse equilibrio todo pode mandar pra longe meu lado emocional. Será que o equilibrio é o fim de tudo? Será que sou um robô? Será que nao posso tomar algum PARTIDO nunca? Caos. Revolução. Ordem. Golpe de estado. Esquerda? Direita?
    "Direitos e deveres
    os 3 porquinhos
    os 3 poderes"...

    ResponderExcluir
  95. Ainda não dei minha opinião sobre as manifestações, oque tenho a dizer já foi dito antes: "Se queres paz, te prepara para a guerra" !!!

    ResponderExcluir
  96. Virou murista... propositalmente... anos atrás não era assim... pena!

    ResponderExcluir
  97. Ler o que foi dito, entender o que estava escrito, mas ao mesmo tempo, tudo se encontrava nas entrelinhas, bem o seu típico? Pelo sim ou pelo o não, saiu um incrível texto como o de costume.
    Sábios pensamentos saem daquilo que ficou no silêncio.
    O país rejuvenesceu e reaprendeu a lutar pelos seus direitos.

    ResponderExcluir
  98. "Tudo bem , eu acredito
    Tudo já foi dito
    Olhos atentos à todomovimento
    É preciso duvidar "

    ResponderExcluir
  99. Sidnei Rodrigues - SP26 de junho de 2013 20:07

    Belo texto!!!
    Algo me diz que vai rolar show em São Paulo!!!

    ResponderExcluir
  100. Olá,Humberto!
    Nada melhor do que ouvir a voz do coração!!!!
    "Eu não preciso que ninguém me diga
    Se é pra brigar ou pra fugir da briga
    Eu não preciso que ninguém me siga
    Eu tô na minha, eu vou na manha (da aranha)
    Eu não preciso que ninguém me diga
    Se é pra brigar ou pra fugir da briga
    Eu não preciso que ninguém me siga
    (até duvido que alguém consiga)
    A ferro e fogo...eu nasci
    A ferro é fogo...eu morri
    Mais de mil vezes..."

    ResponderExcluir
  101. Gessinger em Salvador,
    por favor promotores de eventos.

    ResponderExcluir
  102. Aqui é um blog pessoal, e os posts são aleatórios! Não é porque o HG quis comentar sobre os assuntos da semana, que ele tem que necessariamente se posicionar e colocar sua opinião. Ora, vamos né?!

    As notícias estão escancaradas em qualquer lugar da mídia, revistas e jornais e nestes sim, estão embutidas as opiniões conforme convém a cada um.

    "Direita", "esquerda", volver!

    Pensem um pouco antes de sair julgando e falando que a pessoa está encima do muro. Acho que ele já deixou explícito há anos qual a opinião dele sobre esses problemas que nunca mudam (NUNCA MUDAM MESMO).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é julgamento... é constatação...

      Excluir
  103. Algo me diz que "não levo fé nenhuma em nada"!

    ResponderExcluir
  104. Algo me diz que este ano vou terminar minha monografia, brincadeira.....valeu Humberto adorei o texto desta semana.

    ResponderExcluir
  105. Desde segunda-feira blues eu desconfiava da "Hiper cifose" para a direita do autor. Sim esse mesmo, "pórfilo-geneta", torcedor de um time outrora apoiado pelo nazi-facismo... Nunca foi pra rua, nunca precisou andar de ônibus... Criticar sem apresentar solução é vazio! Escrever, teorizar, não exume da necessidade de fazer algo... Diferente, diferença... Algo me diz que eu estava certo...

    ResponderExcluir
  106. "Parece às luzes ascenderem e apagarem numa ordem ensaiada para emocionar a platéia.
    A ordem das musicas certamente eram, mas junto com as luzes parecia delírio.
    Remexendo-se na cadeira, pensando ser miragem, quase não acreditando naquele momento, então lágrimas úmidas de felicidade rolam sobre a face para provar o momento.
    Perfeito, inebriante e tão lúcido como o Humberto Gessinger no palco!" Camila - Show em Curitiba. Obrigada!

    ResponderExcluir
  107. O automatismo de resposta ao teu texto me diz que eu deveria começar com ''Algo me diz'' ou relembrar trechos das inúmeras músicas tuas que caberiam no contexto atual em que passamos.Mas o que eu queria mesmo era partilhar de certa forma com o que tu escreveu(não me agrada dizer que pensei igual quando na verdade compartilhei do mesmo sentimento de euforia que os jovens brasileiros sentiam[no começo dos manifestos]).
    Assim que houve o BOOM,e que a timeline do facebook foi marcada pelo verde-amarelo,por palavras de ordem e indignação,fiquei fascinada: ''Caramba,pela primeira vez tá valendo a pena dar uma olhada no que o povo posta por aqui,a opinião fervorosa de cada um,a vontade de mudar o que há tanto tempo tava parado,ou que se movimentava,mas de acordo com interesses de poucos.Que lindo!''
    E ainda foi assim até alguns dois ou três dias...até eu perceber que era sempre a mesma coisa,sempre os mesmos manifestos(ou seja,de outras pessoas),pessoas criticando um Governo com palavras bases e medíocres,sem mostrar realmente seu ponto de vista(se é que havia um ponto de vista).Havia milhares de compartilhamentos e quase nenhum debate,quase nenhuma forma de repensar não só sobre os erros do Estado,mas nossos próprios erros.
    Pessoas que se declaravam APARTIDÁRIAS,viravam verdadeiros fascistas ordenando que movimentos como o MST(dispenso discurso de parênteses) fossem proibidos de participar do protesto.Pareciam tão perto da liberdade de pensamento e da procura por um melhor país mas na verdade estavam tão distantes e presos a ideologias dispersas,desesperadas,descerebradas...
    Desde então houve em mim um dúbio sentimento de pessimismo mas esperança de que mesmo assim haja(e ao que parece já está havendo,por vias ao meu ver um pouco tortuosas,mas fazer o quê,como tu mesmo já disse ''a gente se acostuma[com] muito pouco''...) mudanças,mesmo que sob pressão constante,mesmo com a vistoria controlada e a possível volta da supremacia eleitoral da rede globo.
    Talvez eu tenha fugido do contexto,talvez tu nunca leia,talvez tu nem ache muito considerável tudo isso que escrevi...mas finalmente ler um texto teu e conseguir achar palavras pra responder algo um pouco relevante e não mais um comentário entre 100 aqui já é um ganho para mim.
    Cada letra,texto e mesmo arranjos musicais teus foram importantes pro meu crescimento pessoal e me tornaram cada vez mais admiradora da pessoa que você é e dessa tua vocação pra abrir minha mente e meu coração.
    Valeu Humberto.;)

    ResponderExcluir
  108. Algo me diz, que um tanto complexo, mas você é INCRÍVEL, BETO.! :O

    ResponderExcluir
  109. Anda sumido, pessoa! Belo texto. Boa semana.

    ResponderExcluir
  110. Algo me diz...que você é sempre magnífico. ótimo texto, valeu HG!

    ResponderExcluir
  111. Algo me Diz que você tem razão ;)

    ResponderExcluir
  112. algo me diz que não há mais caminhantes solidários pelas avenidas...

    ResponderExcluir
  113. Será que há alguma coisa que ainda te emocione por aí, onde você "sobrevive", Gessinger? Será que há alguma coisa que ainda te inspire por aí, onde você acha que existe, Gessinger? (Talvez nem mesmo em qualquer outro lugar.) Certeza, nada te emociona, a não ser uma rara "coisa", e mesmo assim há dúvidas. Apenas o loop te dá um "frio" quente na barriga? Não te enganas,não. Mentir a mim?... Dispensa quaisquer refutações.

    ResponderExcluir
  114. Só sei que cantei muitoooooo a música, A VERDADE A VER NAVIOS nas últimas semanas.......

    ResponderExcluir
  115. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  116. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  117. Essas manifestações me parecem o esticar de pernas de uma geração que parece não ter inimigo contra o qual lutar, mas que se sente embrulhada por este inimigo. São os problemas de sempre,a falta de Saúde, Educação, Segurança...

    ResponderExcluir