A Arte dos Pequenos Gestos - 97


COISAS DAS QUAIS EU POUCO ENTENDO
SOBRE AS QUAIS NADA DEVERIA FALAR
PARTE 3 : CHARME

Atletas perfilados para a execução do hino antes do jogo. A câmera passeia pelos rostos. Alguns,  tensos. Outros, aparentemente relaxados. Quase todos focados. Game face.

A maior parte dos jogadores finge ignorar que a câmera os transformará num 3x4 que preencherá telas de TV por todo o planeta. Um deles encara e, com habilidade inigualável, pisca um olho para a câmera. Meu Deus! Se ele jogar com uma fração desta categoria, tá ganha a partida.

Pensei que estivesse extinto este gesto, que seus últimos praticantes fossem boy bands e baliarinas de programa de auditório dos anos 80 ou, mais recentemente, atrizesmanequinsmodelos no lançamento da revista em que estão nuas na capa. Nestes casos, o piscar de olhos é geralmente acompanhado por inclinação de pescoço (como se a figura estivesse sendo enforcada... e adorando a situação) ou um beijo no ar sobre a palma da mão seguido de sopro para que o ósculo, qual pluma ao vento, voe até o coração receptor. Ah, que coisa linda só que não!

Meros iniciantes, amadores... O piscar de olho a que me refiro foi diferente. Feito por um profissional com dom inato para o gesto.

Comentaristas esportivos costumam chamar os pênaltis muito óbvios de "penalidade máxima de concurso". Pois Ribery -era ele!- mandou uma piscada de olho "de concurso". Deveriam usar o video em aulas para celebridades e cursos preparatórios de candidatos a cargo eletivo - não adianta imprimir um manual pois o piscar de olhos é difícil de explicar/entender além de ser infotografável. Depende do movimento.

Parece fácil. Creiam, não é. Há que ter os músculos certos no lugar certo e com a flexibilidade exata para não parecer um tique nervoso, um esgar. Há que ter o ritmo, dar a sensação de que nunca havia passado pela cabeça a ideia de piscar o olho, que foi uma reação espontânea à visão, repentina, dos olhos da pessoa para quem a piscada é direcionada. Muito mais difícil, imagino, executar o gesto para uma câmera de TV - essa abstração que, ao mesmo tempo, não é ninguém e é todo mundo.

Mas Ribery é francês, talvez isso explique sua habilidade. São séculos misturando requinte e grossura - segundo os clichês culturais, franceses fazem os melhores perfumes e carregam pães sob a axila suada, né?

Antes de ser expurgado por bagaceirice, o gesto - majoritariamente masculino - de piscar o olho teve seu auge em tempos pré-www, em situações que exigiam rapidez na criação de um vínculo (uma garota que está lá fora, na parada de ônibus, enquanto o cara tá sentado na janela - uma pedestre que passa pelo pedreiro que constrói um muro e… ok, ok, talvez pedreiros tenham a tradição de serem bem mais explícitos do que um singelo piscar de olhos na sua admiração ao sexo oposto, geralmente usando palavras nada sutis).

É consenso que os tempos digitais são ralos, superficiais. Talvez não sejam tanto nem para tudo. As redes socias, por exemplo, onde as pessoas escancaram suas vidas - nem sempre de forma real, muitas vezes de forma editada - fazem um piscar de olho parecer muito pouco. Comparado ao excesso de informação de um perfil digital, a informação cifrada de um piscar de olho parece coisa de iniciados.

Mais uma arte que se foi para sempre. Talvez Ribery seja seu último guardião.
um abraço
sem piscar de olho
pois não faço bem
30abr2013

89 comentários:

  1. first
    hehehehehe
    um pouco antes da terça né!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pra mim um video game
      fico atualizando, atualizando
      ate que .............. bingo !!!!!!!!
      aparece o novo texto

      Excluir
    2. Muito Bacana.... tomara que ''bacana '' não fique démodé... como ''Legal prá dedel.''

      Excluir
    3. Mais rápido que uma piscadela. hehehehe
      O HG que não fique esperto, qualquer dia vc comenta antes mesmo de ele terminar o texto. heheh

      Excluir
    4. Comentar sem nem ter lido o texto... esse sabe fazer bem.

      Excluir
    5. é que o humberto primeiro me manda o texto por email dai de eu aprovo ele posta.... só isso hehehehehe brincadeirinha!!!!

      Excluir
  2. Maravilhoso texto como sempre. A ansiedade de esperar a segunda virar terça é sempre muito bem recompensada por belas palavras que formam coisas incríveis através dos seus pensamentos. Boa noite HG!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que lindo Gabriel!!! Continue lendo e comentando, vou adorar ler os posts de HG e as suas "considerações".
      Bjs da Titia!!!

      Excluir
    2. Que fofo, momento família...

      Adoro lugares familiares... por mais quebra pau que tenha, nada como se sentir em casa.

      =)

      Excluir
  3. Cara, no show em Ipatinga você deu umas piscadas bem bacanas! hahaha


    Abraço Humberto,
    Boa semana e até a próxima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quer comer um Pão de queijo aqui em casa?
      :*

      Excluir
    2. Dá uma piscadinha pra ela...
      Vai que cola! hahaha

      Excluir
    3. Uai, aqui em Minas um pãozinho de queijo não se recusa jamais! hahaha

      Excluir
    4. Hahahahaha

      Piscadela em formato pão de queijo, deu resultado.
      Anônimo: You Win.

      hahahahahaha.

      Excluir
  4. ótimo texto como sempre ,HG valeu pelo show em Ipatinga este fds,foi sensacional,volte logo!!!!!

    ResponderExcluir
  5. "um abraço
    sem piscar de olho
    pois não faço bem"
    Boa terça...
    cheiros

    ResponderExcluir
  6. Eu ri da ironia "só que não" hsuhsuhsushus...



    Um forte abraço de quem, quando pisca, mais parece fazer careta do que qualquer outra coisa AHSUASHASH

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lú Martins, és de que lugar?

      Excluir
    2. Olá Dani!!!
      Interior de São Paulo... Orlândia, conhece?
      E vc?

      Abraços!

      Excluir
    3. Hahahahahaha

      Ai gente, ri demais.
      Muito bom.

      =)

      Excluir
  7. Ola Humberto! Bom, ainda não li seu texto de hoje, queria ser meio breve para poder ser lido! Só queria te dizer que quanto mais entendo suas mensagens, mais te considero um verdadeiro mestre! Suas musicas fazem parte da minha vida há anos e a cada dia fazem ainda MAIS parte, quanto mais as compreendo (acho!) e quanto mais vivencias eu tenho, onde percebo o quanto se encaixam! Depois que descobri esse blog, o peso de meus dias (uma fase dificil) é amenizado não só pelas suas musicas que ecoam na minha mente o dia todo, mas por fosforilar sobre suas idéias ainda mais claras e diretas nesses textos.... um grande abraço para um estranho que tomou o posto (e carinho) de um mestre! Venha a Marília - SP ... te esperamos nessa turne do novo album!

    ResponderExcluir
  8. Texto bom!

    A vida da gente também pode passar num piscar de olhos, ou um momento muito bom pode durar o mesmo tempo de um piscar...
    Tudo pode mudar durante essa fração de segundo, ou pode continuar a mesma coisa.

    Vlw Hg!

    'Num piscar de olhos tudo se transforma
    Tá vendo? já passou!
    Mas ao mesmo tempo
    Fica o sentimento
    De um mundo sempre igual
    Igual ao que já era
    De onde menos se espera
    Dali mesmo é que não vem"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Denisar...

      Bem lembrado a tua fração de segundos...

      Eu tenho uma certa familiaridade com o momento "piscar de olhos"...a vida costuma fazer bastante isso comigo, que até já me acostumei.
      Nem reclamo mais.

      Não gosto nem da piscadela, nem do grito do pedreiro nada sutil.
      Tenho um problema: nunca fico satisfeita com nada.
      Mas dizem que isso é coisa da minha classe: mulher.

      =)

      Excluir
  9. Ótimo texto! Parabéns, Humberto.Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Incrível como gestos são importantes e marcantes, as vezes um singelo gesto como um piscar de olhos fala mais que uma longa conversa. Uma boa noite HG, segue firme!

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho medo do Ribery!
    Não sei se ele é metade centauro e metade jogador de futebol ou metade homem e metade "Caboclinho d'água" (pra quem não sabe é uma lenda, de um homem metade macaco, aliás, meu avô jura que já o viu).

    Metades...

    Passei do limite né?
    Mas é a sensação que me dá ao ver alguém piscar os olhos. Dizer algo pela metade, olhos com suas principais funções pela metade. E etc!

    Mas juro que imaginei o HG sentado na poltrona, ligado no jogo e depois da piscada... se ligou no Blogessinger!

    Hasta la vista ; )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Raphoca...

      Metades...
      A gente esperando aquele momento inteiro, aquele olhar profundo, aquele olhar lânguido e longínquo e com atitude...e recebemos apenas um tímido e ridículo piscar de olhos com um assovio de "talvez eu diga, minha amiga, pra ser sincero, até mais"

      Ultimamente tenho passado por cada coisa, que acabei até quebrando o braço.

      Sabe a história do camelo pelo buraco da agulha?
      Creia Raphoca, eu tentei fazer igual.
      =)

      Excluir
  12. Texto esquisito. Bem a cara de HG mesmo! Gosto de coisas esquisitas! ;)

    ResponderExcluir
  13. maravilhoso,como sempre a cada dia te admiro mais,e mais duvido que não saiba piscar o olho bem,pois tudo oque tu fazes,fazes muito bem,até a semana que vem......ops,quase ia me esquecendo,um abraço com piscar de olhos.....te adoro.

    ResponderExcluir
  14. "Ah, que coisa linda só que não!"

    hahaha que amor!

    Sério, uma piscada de olho do Ribery... que medo! hahaha

    Acho o maior charme uma piscadinha de olho. Às vezes acontece... e acho muito fofo.
    Mesmo quem não a faz bem! ;)

    Boa semana, povo!

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca é tarde para um elogio, gostei dessa foto.
      Mas é muito redundante dizer isso, pois você fica bem em qualquer foto.
      O único defeito é que, mesmo na sua página, ela é muito pequena. :)


      É uma tattoo no braço? O que está escrito? rsrs

      Bjus ;/

      Excluir
    2. Ah kkk muito obrigada!

      Sim, é uma tattoo no braço!
      Tem o símbolo do infinito e diz "Quero vivê-lo em cada vão momento".

      Soneto de Fidelidade - Vinicius de Moraes =)

      Beijoo

      Excluir
    3. Bela frase. E assim você acaba se eternizando em muitos vãos momentos, como este, por exemplo, com a infinitude de sua beleza.

      Bjus

      Excluir
    4. Esse anônimo sempre gentil e inspirado!

      Obrigada! =DD

      Excluir
    5. Não sei, mas acho que vi um piscar virtual não materializado nessa troca de mensagens. Rsrsrsrs

      Excluir
    6. Esse pisca que até voa...
      Tem asas nos olhos.

      (sorrindo)

      Excluir
  15. Não precisa dessas piscadas bem treinadas não... Charme mesmo foi aquele teu sorriso meio tímido enquanto fazia o check out e nos viu na recepção do hotel... Ali sim pude entender o significado de "cumprimento todos os "de fé" com um piscar de olhos imaginário: nós conhecemos a força da teia que tecemos. Silenciosamente." E que teia, hein!!! Aliás, ótimo show. E ótima foto!!! Obrigada, Humberto. Vai aí uma piscada virtual de agradecimento ;)

    Paula

    ResponderExcluir
  16. Gestos e coisas simples guardam uma beleza dificil de ser vista, tal como o registro de um piscar de olhos pela camera fotografica. Aliás, não sabia que ai no sul (to generalizando) se fala "parada de onibus"; aqui no rio, é "ponto de onibus". Nada a ver, mas isso me trouxe boas memorias de um lugar q fui recentemente. Abraços ;)

    ResponderExcluir
  17. Nd como o bom evelho texto de terça, ein humberto? ;D

    ResponderExcluir
  18. "Ósculo"... Há muito não "ouvia" essa palavra, Humberto. Foi interessante lê-la aqui, o que me fez lembrar dos finais dos seus posts... Sendo assim, resta-me, ao fim, na saída da batida to cartão do funcionário do profeta das terças-feiras, enviar, como numa capa de revista de personalidade desnuda, UM AMPLEXO!

    Humberto diz: Jorge (omesmonome)!
    Ao que Jorge (omesmonome) responde: Presente!
    E mais uma aula de segunda/terça se inicia.

    ResponderExcluir
  19. Saudações,

    A reflexão sobre o texto de hoje, me fez divagar um pouco mais que nos outros dias...
    Piscar de olhos pra mim sempre foi sinônimo de malícia...
    Quer um exemplo maior do que o sinal de zape no truco???? você esta sinalizando em segredo que pretende enganar o adversário...
    O piscar de olhos nunca me passou credibilidade, sempre soou como um convite à um segredo.
    Mas as aparências enganam... quantos políticos te apertam a mão olhando nos olhos e depois te sacaneiam?????
    Pode ser que nessa hora eles estejam piscando pra alguém,mentalmente...ahahahhahahaha

    ResponderExcluir
  20. Coisas simples passam despercebidas o tempo todo, perceber é só para iniciados. Nos tempos do "www" tudo tem de ser explícito, intenso, único - só que não! :)
    Obrigado pelo compartilhamento de mais um texto.

    Nos encontraremos na sexta em São Miguel do Oeste - SC, até lá.
    Um tremendo abraço

    ResponderExcluir
  21. Pô,é verdade! Se falava bastante sobre essa anedota.Lembro de meus amigos mais velhos usarem este ato travesso naquelas singelas iniciações trovadorescas que rolam lá pelos 10,12 anos de idade.
    Hoje em dia piscada de olho e olhar por baixo dos óculos passam bem despercebidos.Talvez o lance é bem mais direto pra quem é direto e bem mais indireto pra quem é indireto,hehe
    Abraço e até semana que vem!

    ResponderExcluir
  22. Bah! A arte de comunicar com simplicidade e ainda assim arrojado. Vi a piscadela, aqui e agora, lendo seu texto.
    Ainda bem que se corrigiu, pois quando vi o pedreiro ser colocado com tal requinte quase gritei...rs...coloca nesse bojo os motoristas de caminhão de entrega. Aqui no Rio, pelo menos, eles parecem ter feito curso com os pedreiros. Nenhum preconceito, mas para nós mulheres é muito constrangedor.
    Abraço. E segue uma piscadela ;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahaha

      Pedreiros, caminhoneiros, motoboys e policiais estão no ranque das palavras nada sutis aqui em Sampa...
      Sim, é bastante constrangedor.
      Já perdi as contas das vezes que sai tropeçando, vermelha, e querendo enfiar-me no primeiro buraco que aparecesse.

      =)

      Excluir
  23. Belo texto, como de costume, perfeito!
    Te espero dia 10 em Joinville, tenho certeza que vai ser tão foda quanto foi o de Jaboticabal ano passado com o pouca vogal :)

    Abraços

    ResponderExcluir
  24. -_- maldição... passarei o dia em frente ao espelho tentado descobrir se sei piscar o olho direito, não o "olho direito", mas se sei executar o movimento corretamente. Tudo culpa do Gessinger.
    u_o (ééé... piscar de olhos digital não funciona também...)

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Piscar é uma arte que eu acho o máximo. As doses exatas da cafajestagem de um pedreiro e do requinte de um francês haha. Um exagero em alguma das pontas e o cara pode passar de um sedutor clássico à um comediante do Zorra Total.

    Um perigo haha!

    Um abraçaço de Uberlândia, MG. Te esperando por aqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahaha

      Brenner, Brenner... dando aula de como se piscar com charme e elegância é????
      Phd, mestre na arte do pisca é?

      Rindo muito.
      Muito bom.

      =)


      Excluir
    2. Fala sério, uma aula de pisca que ele deu...
      Que perigo que esse moço é.

      Alguém prende ele.

      Foda.

      Excluir
  27. Muito bom o texto Valeu Humberto... Abraços.

    ResponderExcluir
  28. ... e vai me dizer que tu não tem CHARME, ou estilo ao escrever!! Show de bola o texto... Converter o simples no belo... Grande Humba!!

    ResponderExcluir
  29. Engraçado que no dia do jogo me chamou bastante a atenção a piscadinha do Ribery.
    Achei muito engraçada. Mas foi uma coisa que passou e depois do jogo eu nem me lembrava mais disso. Quando comecei a ler o texto eu já me lembrei dele.. Ribery!
    Legal saber que também chamou a atenção do 1Berto! ;)

    Um abraço de Montes Claros - MG.

    ResponderExcluir
  30. Grande Gessinger!
    Lembrei imediatamente ao ler este texto, de um episódio no metrô de Madri, estava em frente a minha mãe e ela piscou carinhosamente para mim e um passageiro ao perceber este gesto sorriu.
    Gosto muito de piscar como forma de afeto, acho interessante!
    Parabéns pelo brilhante texto e espero um show em breve em João Pessoa.
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A piscadela também pode ser essa forma de intimidade, de concórdia, de certa telepatia emocional entre duas pessoas...

      ;)

      Excluir
  31. Ansiosa para curtir seu show no findi em São Miguel, na Farol. Gostaria de autógrafo e foto. Quando consigo? Elis

    ResponderExcluir
  32. Num piscar de olhos, tudo se transforma. Tá vendo? Já passou...

    Abraços Gessinger!

    ResponderExcluir
  33. O q para uns a piscadela ainda é uma carta na manga do conquistador barato, para outros, é um instrumento/social d extrema importância para os tímidos c fazerem presentes. Parece simples, mas a piscadinha é difícil d administrar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mark, bem por aí...

      As vezes a despretensão de um gesto, pode soar como maquiagem... e o descaramento aberto de outro, uma simpatia de criança fanfarrona.
      A questão nem é o gesto em si, mas a postura de quem o usa.
      E aqui mora a problemática humana difícil de administrar, né.

      =)

      Excluir
  34. pra quem entende pouco o texto de hoje foi super! ;)

    ResponderExcluir
  35. Ah tempos modernos d sorrisos digitais e pouco profundos....Sao Miguel SC te aguarda!

    ResponderExcluir
  36. "Piscar de olhos"?

    Pensa-se na passagem do tempo e em sua brevidade denotada, mais do que nunca, hoje em dia.

    Pensa-se num zap do Truco e na malícia que requer um quê de discrição&sagacidade.

    Pensa-se na sedução (quem dirá Leonardo, filho de um beliscão e duma piscadela, em Memórias de Um Sargento de Milícias).

    Pensa-se no movimento involuntário de pálpebras assustadas/emocionadas/perplexas/indicativas.

    Pensa-se num tique nervoso; num colapso pós-stress; em ansiedade; fadiga; glaucoma congênito.

    E o Humberto?

    Vê simplicidade. Vê o que há de singelo nos ultrajes contemporâneos.

    Não é à toa que é nas entrelinhas do horizonte que ele escreve que deleitamo-nos com o alívio imediato de uma paz que sossega, ainda que por instantes, o piscar de olhos incessantes de tantas vidas.


    Abraço, Humberto.
    Obrigada pelo texto de mais uma semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sarah...

      No teu comentário, fica claro, o quanto um simples gesto, não é tão simples assim... Dependendo tanto de como vai se estar traduzindo essa piscadela, muito mais do que quem o está invocando...

      A Piscadela do Sargento, rendeu um filho, porque de brinde e ajuda, o homem usou o beliscão... mas vai saber, se ficando só na piscadela em si, a sedução não teria descambado para o tique nervoso ou fadiga?

      =)

      Excluir
  37. Ah, Humberto. É justo numa madrugada difícil -já são 03:34- que descubro este teu blog aqui, eu que na volta pra casa ouvia no MP4 player "Refrão de bolero" e "Piano Bar". Fazes parte de nossas vidas. Não fosse a poesia, como seria muito mais difícil. Vida longa aos bardos do rock nacional.

    ResponderExcluir
  38. Interessante...
    O piscar de olhos
    e seus variados sentidos.

    Diz muito, quando não se pode falar.
    Diz nada,quando é mesquinho.
    Diz tudo, quando é verdadeiro.
    Calada a voz, sobrevive o olhar.

    Não me lembro bem se filme,
    ou história real, mas alguém
    já escreveu um livro criando
    um alfabeto com piscar de olhos.

    Piscar de olhos pode ser
    a única forma de se comunicar.
    Tem vida, pisca!

    Boa noite.

    ResponderExcluir
  39. " Tarde..", Humberto?

    Só imaginando... durante a Copa,vou tirar férias no sertão...

    " Dia.."

    ResponderExcluir
  40. Piscadinha......ja me adiantou mtos lados.....antigamente dava certo,entrou em desuso então???!!!!!!

    Foda......abração HG!

    ResponderExcluir
  41. O piscar de olhos para mim sempre foi um gesto sutil de pedido de confiança... Confia em mim ;) Sempre uso...Não sei se com charme ou não, mas sempre entendido com facilidade.

    Volta pra SM!!! Estava cheia a feira do livro...prometi para meu filho (de 3 anos) que o levaria para conversar com o tio que canta as músicas que ele gosta...hehehehehhehe

    ResponderExcluir
  42. Sidnei Rodrigues - SP3 de maio de 2013 11:34

    Muito bom !!!!
    São Paulo na espera.
    Como piscar de olhos...

    ResponderExcluir
  43. 1berto,

    Falar do piscar intencional do olho como forma de comunicação não verbal foi fantástico. O simples e natural ganha um tom interessante quando bem abordado. É sempre muito bom desfrutar dessa troca entre autor e leitor, o que cria e o que recria.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  44. 1bertão, esperamos mais novidades sobre "INSULAR" ! Quem sabe no próximo post...
    Abraços

    ResponderExcluir
  45. Vem pra Bahia HG, Beto Produções está te aguardando, olha o que ele disse no seu Facebook: Meu amigo Humberto, vamos fazer alguns shows na Bahia. Ilhéus - Jequié - Vitória the Conquista - Eunapolis - Texeira de Freitas - Porto Seguro. Vou ficar aguardando uma resposta. (73) 9974-2898 Beto oliveira

    ResponderExcluir
  46. o ser natural e o artificial, o piscar com boa intençao ,o mal intencionado . tudo é licido , nem tudo nos convem . o melhor é ser sincero como hg nao sei piscar.

    ResponderExcluir
  47. Pois é... Hoje em dia é tudo muito superficial mesmo! É que as redes sociais fazem tudo parecer mais fácil! Lá, as palavras podem ser apagadas antes de serem "ditas" e as frases podem ser refeitas e pensadas antes de serem "faladas". Então, lá, as pessoas podem parecer que são o que elas quiserem ser e não conseguem na vida real. E não só "escancarando a vida", mas compartilhando a todo momento aqueles pensamentos/imagens/mensagens prontos, que talvez sejam o que gostariam de achar que pensam e fazem.
    Eu uso redes sociais, mas não posto nada de particular. E é estranho, porque quem não me conhece bem ainda na vida real, sempre faz de mim uma pessoa que, de fato, não sou! Acho que isso de pré-julgar antes de conhecer, é até uma característica natural do ser humano. Mas não acho nada natural ter de fazer da minha vida um livro aberto em redes sociais, para as pessoas me conhecerem antes de julgar. Eu ainda prefiro que me conheçam pessoalmente, do jeito que sou e sem eu precisar expor a minha vida inteira, o que faço a toda hora ou deixo de fazer, e, o que é melhor, sem eu precisar fingir ser alguma outra coisa se não eu mesma!

    Ainda espero um show seu aqui em São José dos Campos!

    ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "E é estranho, porque quem não me conhece bem ainda na vida real, sempre faz de mim uma pessoa que, de fato, não sou! Acho que isso de pré-julgar antes de conhecer, é até uma característica natural do ser humano. Mas não acho nada natural ter de fazer da minha vida um livro aberto em redes sociais, para as pessoas me conhecerem antes de julgar".

      Concordo em número, gênero e grau.
      Por isso não faço uso de redes sociais... por mais "ultrapassada" que me julguem, quero distância desse universo que, pior que fingir o que não se é, é pegar a nossa imagem, nossa personalidade, nosso universo, e copiar passando-se sem vergonhadamente pela gente. Infestar esses locais já pobres, de clones mal feitos, dollys enfraquecidas do dna original.
      Algo que considero muito mais decadente e ultrajante.

      Complementando-te, Carol.
      =)

      Excluir
  48. Meus cumprimentos!, Humberto Gessinger,

    Muito bom o texto. Humor reminiscente. Visualizei o Estádio lotado; parece que vem quebrar as cadeiras, chutar o jogador,, chamar o juiz de "ladrão"... mas não; vem vem sumindo num trecho da melhor filosofia alemã. Deixei-me reportar aos tempos da embriaguês, humor nato perdido.
    E à recente versão, nada apressada, de movimento lento, do jurassico "FAUSTO" ('Sukorov'...).
    ("Coisas que eu pouco entendo"...)
    (Jogar charme, dar bola. Fazer charme, não dar bola.)
    E, talvez, não seja pra todo dia.
    E não finja que é mais legal.
    E sempre inédita............
    Obra aberta, ou uma fotografia de 1800.., uma canção que não cansa e jamais termina, pra se ver hoje e de holhos fechados. Só o pequeno começo - Theende -

    ResponderExcluir
  49. Poucos compreendem a beleza singela de um piscar de olhos. Lindo texto, Humberto!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  50. Só não consigo imaginar o Schweinsteiger fazendo isso.

    ResponderExcluir
  51. Sir Gessinger
    Sir Gessinger

    Tu pensastes no estado de ser, estar ou fazer charme?

    Sim, ser charmoso é algo de nascença, a pessoa poderia piscar como o Ambrósio, que ficaria lindo... estar charmoso é algo que certo estado de espírito, nos brinda... fazer charme já é aquele doce.

    Considera-te sem charme, Mocinho?
    Não esquenta não...
    Sou considerada como alguém sem sonhos... sim, feita apenas de sonhos populares, (e olha que sou uma pentelha de uma seletiva irremediável).

    Enfim, as pessoas não sabem o que fazem...

    Meu Olá
    =)

    ResponderExcluir
  52. Acho engraçado quando tocam o Hino Nacional Brasileiro e muitos balbuciam quase um atirei o pau no gato, rs.
    Mais uma arte que não se foi para sempre, Talvez John Lennon seja seu último guardião. O sonhador, digo, dessa vez o sonhado por mim, falou muito coisas bonitas que não lembro,sorriu piscou o olho lindamente e jogou um beijo. Eu, hein! Antes de tuas postagens sempre vejo algo profético! Esse sonho foi mais ou menos a um mês e meio.
    Sonhei que entrava em um cemitério mesmo sem querer, quando passei pelos Beatles que estavam em forma virtual mas que eram iguais aos reais, no sonho eu me entristecia ao saber que eram puramente virtuais ,Pude ouvir entender bem o que diziam, menos George que estava calado. Mas quando acordei só lembrava das imagens e dos belos gestos de John. Se me disserem que em vida ele gostava de acarinhar as pessoas com o piscar de olhos terei certeza que ele está por trás disso e da música sonhei com john Lennon de Ciço Gato. rs

    ResponderExcluir
  53. 'Deixa eu mostrar como sou espontâneo! Mas antes preciso treinar em casa!'
    Ri lendo e lembrei das risadas quando vejo esse tipo de cena... Ah essa bendita procura incessante pelo 'Meu melhor ângulo!'.
    O bom disso tudo? Com essa naturalidade artificial banalizada que exercito minha musculatura da boca. Sem precisar treinar antecipadamente!

    ResponderExcluir
  54. Simplesmente nao imaginava ler um texto tão envolvente sobre o piscar do olho.... Vai muito além de um piscar de olho. Cada vez mais pessoas editadas... E o charme se perde... Logo ele... Tão sublime.... Charme sincero... BGx

    ResponderExcluir