O que trazes pra mim? - 92



Em 1938, Orson Welles transformou A GUERRA DOS MUNDOS, de HG Wells, numa peça radiofônica. Transmitida como se fosse o relato jornalístico de uma invasão de extraterrestres, a peça gerou uma onda de pânico nos ouvintes que, em diversos pontos dos EUA, ignoravam tratar-se de ficção.

(*)

Numa páscoa da minha infância, uma rádio resolveu cobrir a Paixão de Cristo como se fosse um acontecimento contemporâneo. O mesmo locutor que lia as notícias do mundo real interrompia a programação normal da rádio a cada hora (com a tensa vinheta que antecede notícias urgentes) e relatava, passo a passo, a prisão, a escolha entre Jesus e Barrabás, a Via-Crucis, a crucifixação, a lança perfurando o flanco, o céu desabando…

Estaria mentindo se dissesse que a criança que eu era, tal qual os ouvintes incautos do Orson Welles, acreditou que aquilo estivesse acontecendo em tempo real. Mas, por outro lado: qual tempo não é real?  Eu estaria igualmente mentindo se dissesse que não fiquei profundamente impressionado.

Além do lance dramático, cultural e religioso, acho que esta época do ano induz a um estado meditativo quase melancólico. Quem conhece o outono porto-alegrense sabe a que me refiro.

(*)

Tive uma sólida formação católica. Meu pai estudou em seminário e foi um católico praticante por toda vida. Minha mãe dava aula de catequese na paróquia que frequentávamos. A quantas anda minha religiosidade? Difícil dizer… Parece haver uma permanente negociação entre o lado racional e o místico; fé cega e pé atrás - uma outra guerra entre mundos - o que me deixa na desconfortável situação de ser considerado "crente carola" por quem é ateu e "ateu materialista" por quem crê. 

Mas minhas crenças e meu ceticismo não são, não pretendo que sejam, o assunto deste texto. Seu objetivo, na real, é bem prosaico: desejar a todos uma feliz páscoa. Àqueles que levam religião a sério e àqueles para os quais só se trata de um feriadão.

(*)

Ovo, o novo, renovação, ressurreição, pessach, passagem, libertação.

(*)

De minha parte, vou fazer o que tenho feito nas páscoas desde que consegui gravações integrais e muito boas da Paixão Segundo Mateus e Segundo João, de Bach. Ouço cada uma delas num fim de tarde do feriado comendo um ovo de chocolate. Ah, música e chocolate... Feitos pelo homem; podem ser prova da existência de Deus?
 26mar2013

102 comentários:

  1. Respostas
    1. Feliz Páscoa Alécio. A religiosidade independe de religião. Grande abraço.

      Excluir
  2. humberto quando compramos seu livro pela stereophonica vc que autografa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, é ele!

      Excluir
    2. Nao nao... e o papa Francisco. ... kkkkkkk

      Excluir
    3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. finissimo.chocolate,uma cançao dos enge e uma tarde melancolica de feriado.dia perfeito......

    ResponderExcluir
  4. Música, chocolate e dança! Combinação perfeita! Feliz páscoa... parabéns pelo sucesso na estreia do novo trabalho! \o/

    ResponderExcluir
  5. Vontade de comer uma barra inteira de chocolate agora!
    Isso pode ser considerado pelos crentes, um ateu materialista. Pelos ateus materialistas, um gordo!

    ResponderExcluir
  6. Acreditar e desconfiar. De tudo, o tempo todo. Fé cega e pé atras.

    ResponderExcluir
  7. "O existencialismo é em essência..."

    "Fé cega e pé atrás."

    "Música e chocolate... Feitos pelo homem, podem ser provas da existência de Deus?"

    Humberto Gessinger: o cara que se revela demais, mas na mesma velocidade se esconde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Humberto Gessinger: o cara que se revela demais, mas na mesma velocidade se esconde."

      Falou tudo!

      Excluir
    2. Pirei com a frase! Realmente falou tudo!!

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Feliz Páscoa, Cila! Você fala muito bem ;)
      Bjs

      Excluir
  8. Um ateu a procura de Deus, né não Gessinger?

    ResponderExcluir
  9. feliz pascoa pra vc tambem Humberto...

    ResponderExcluir
  10. Feliz Páscoa...

    Levando a religião a sério, passerei a madrugada do domingo em vigília, esperando Cristo ressuscitado e desejando muito, que ele renasça em nossos corações!

    Um belo texto... o respeito contido nele é o mais bonito!!!

    Forte abraço Gessinger!

    Ps... venha logo para a região de Ribeirão Preto - SP, antes que eu fique louca e babando por ver as fotos e vídeos do show!!!!! Está arrebentandoooo!!!! Parabéns!

    ResponderExcluir
  11. "A realidade é apenas um ponto de vista." Bem, mesmo sendo cético em alguns pontos, acredito que épocas que promovem e sua essência o bem (esquecendo o lado consumista ),são épocas sempre Bem vindas!

    Moro na Bahia, uma amiga minha gaúcha trouxe chocolate de gramado para mim uma vez...muito bom!

    Feliz Pascoa HG!

    ResponderExcluir
  12. Cara recebi hoje minhas duas últimas aquisições...
    Pra ser sincero e Meu pequeno gremista....
    Na empolgação de abrir o pacote da Sterophonica acabei rasgando uma parte do livro Meu pequeno gremista :/...
    Uma tesoura e uma fita durex salvam a vida de uma pessoa, remendei o livro, o estrago não foi dos maiores e agora tenho um produto totalmente original... hehe
    Abraços HG.

    ResponderExcluir
  13. Coelhinho da Páscoa, o que trazes pra mim? Huuummm, CD só em maio, né? Então, vai chocolate mesmo. Feliz Páscoa HG e a TDs.

    ResponderExcluir
  14. Crente carola ateu materialista, Boa Páscoa e um ano de muito sucesso para o Insular. Querendo o gostinho que teve BH fico aqui, no que chamam cidade maravilhosa, esperando...

    Abraço, com chocolate e boa música ;-)

    ResponderExcluir
  15. belo texto grande Humberto. eu diria que coelho na páscoa e papai noel no natal foram criados nada a mais, nada a menos para gerar lucro ao grande capitalismo e não pelo real sentido das datas. más mesmo assim feliz páscoa e boa degustação de seu chocolate haha!!

    att Henrique Nissola

    ResponderExcluir
  16. Páscoa? Diferentemente dos outros anos, para mim esse será só mais um feriadão. Longe de ovos de chocolate e filmes religiosos!


    E eu aqui imaginando que o tema do texto da semana seria sobre os shows em BH... rs. Por falar nisso, comprei meu ingresso pro show em Ipatinga-MG, estou que nem criança, super empolgada! Quem vai te acompanhar no show? Tavares? A mesma turma presente em BH? Ví uns vídeos no YouTube, caramba, showzão!


    Humberto,
    Feliz Páscoa! (ou seria: bom feriadão?),
    Abraço, até semana que vem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jéssica, chamar aquilo de "showzão" é pouco, viu... nunca vi/senti uma energia tão intensa num show... foi lindo ver todo mundo cantando o tempo todo!!! E não estou exagerando não, quem estava lá pode confirmar! Se prepare, menina!!!

      Excluir
  17. haha essa coisa da paixão de Cristo impressionou mais crianças do que eu imaginava. até hoje tenho medo dos santos cobertos com panos roxos, meu pai ficava falando que Jesus iria voltar e só os bons se salvariam e para uma criança um pouco arteira, eu me considerava alguém que Jesus não iria salvar. Essa época me gerava pânico e eu tinha costume de rezar o terço todo com minha prima, mesmo sem entender o que tava falando.

    Boas lembranças haha
    Feliz páscoa HG e muito chocolate.

    ResponderExcluir
  18. Ahhh!!!
    Fiquei curioso!!!
    Queria realmente saber das tuas crenças,rs.
    Abç e boa degustação =)
    att Francisco Muenzer

    ResponderExcluir
  19. Admiro demais esse estilo de escrita. Excelente páscoa para você, HG.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  20. Maravilhoso texto Humberto... Como sempre!
    E falando sobre a páscoa, sinto uma "coisinha boa" no coração nessa época do ano, é tipo manhã de natal... Como se houvesse algo mágico no ar.
    Feliz páscoa, Humberto! Ah... Conferi as fotos e os vídeos dos shows em Beagá... O que posso dizer?? SUPER ANSIOSA pra conferir isso tudo pessoalmente! O Maranhão te aguarda de braços apertos e coração apertado de emoção, assim como todos os outros estados, tenho certeza. Orgulho!
    Juny

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "E falando sobre a páscoa, sinto uma "coisinha boa" no coração nessa época do ano, é tipo manhã de natal... Como se houvesse algo mágico no ar".

      Juny...
      Sou muito mais ligada a Semana Santa, a Páscoa... apesar de concordar com a aura mágica do Natal também...
      Mas a Páscoa é meu xodó.

      A Páscoa é algo estrondoso e inconcebível de sentido...alguém padecendo e sofrendo até a morte, pelo amor. Por profundamente amar.
      E nada que eu transcrevesse aqui, por mais inspirado e belo que fosse, estaria altura de tal ato.

      É de comover-me até as lágrimas
      =)

      Excluir
  21. Humberto, sinceramente não acredito que você seja um ateu, nem materialista. E não é idealismo meu. Vc é muito exigente consigo mesmo, por isso se impõe esses rótulos. Quem tem fé, também tem dúvidas. E quanto ao materialismo, ainda vivemos em um mundo físico. rsrs
    Feliz Páscoa!!!

    ResponderExcluir
  22. música e chocolate...a prova da existência de Deus adorei isso!!!!!! independente de religião todos temos que ter nossa fé e nossa racionalidade.....Parabéns pelo texto adorei!!!! ótima páscoa pra tu e tua família...bjs

    ResponderExcluir
  23. Ótimo texto! Mas permita-me buscar um gancho num post antigo para ilustrar a experiência (maravilhosa!) do dia 22: “Tenho fãs melhores e em maior número do que mereço. Não entendo como nem porque, mas agradeço a Deus.” BH é que te agradece por nos ter escolhido... foi uma emoção enorme fazer parte daquela sintonia (não há palavra que defina melhor o que aconteceu naquela noite!). Fiquei imaginando no que você pensava ao ver todas aquelas pessoas tentando (inconscientemente) cantar mais alto que você e vibrando a cada nova canção, numa demonstração de respeito, carinho e admiração cultivados (e bem cultivados!) ao longo dos (muitos) anos. Muitas vezes “a nossa trajetória não precisa explicação E não tem explicação” Parabéns, você merece! Sim, merece!

    ResponderExcluir
  24. Hummm, agora li seu texto com um pouco mais de percepção e observei uma coisa: você sabe que é super natural o pé atrás pra quem tem fé cega.
    Esse lance de "crente carola" ou "ateu materialista" é o que os outros te consideram, mas você sabe qualé a sua.
    "Sentir com inteligência, pensar com emoção"

    ResponderExcluir
  25. Uma vez, vi um cara dizendo: "Graças a Deus, que sou ateu!"
    Belo texto. Boa páscoa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ateus costumam dizer essa frase para ironizar o fato de que Deus não se manifesta. Significa "sou ateu graças ao fato de que Deus nunca demonstrou existir". Ao contrário do que pode parecer à primeira vista, não é uma contradição, e sim uma ironia. (bastante calculada)

      Excluir
    2. Ateu: Alguém com muita fé na ciência. Devoto dos cálculos. Alguém que dogmatiza, com força, muitos "sacerdotes" como Charles Darwin, Marcelo Gleiser, Nietzsche (que por acaso já viraram alimento de vermes).

      É preciso muito mais fé pra se crer no Big Bang do que em Deus.

      Excluir
  26. Uma vez ouvi um cara dizer: "Eu não sou supersticioso, eu não sou supersticioso, eu não sou supersticioso!". Disse assim, três vezes, pra dar sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahaha
      (rindo mesmo)

      Excluir
    2. Imagina se fosse, não é?! (ri tbém)

      Excluir
    3. Nesse caso, o cara era de fato supersticioso. Mas ainda bem que existe gente que não é.

      Excluir
  27. Humberto... vc é o cara!
    pontualíssimo, a partir de ontem teremos um encontro semanal, por favor escreva outro livro, estou à espera! bjus!

    ResponderExcluir
  28. 1berto, estude a doutrina espírita, com certeza o fato de você dizer

    "[...]Parece haver uma permanente negociação entre o lado racional e o místico", certamente irá ser resolvido.

    No mais, uma boa Páscoa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa dica!

      Nada de fé cega... Fé raciocinada!

      Excluir
  29. Bom feriado, combatente!!!

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assunto é o que não deve faltar num papo contigo!
      Acho o máximo teu jeito interativo ;))

      Excluir
  31. Grande Gessinger, na sua turnê você estará em Natal? Não imaginas quão grande seria a nossa satisfação em reencontra-lo e fazer parte da sua turnê. Espero em breve ir novamente a seu espetáculo.

    Sua fã Paula Thainá.


    NATAL- RN

    ResponderExcluir
  32. Eu também nem sei como anda minha religiosidade mas me sinto cada vez mais distante das crenças e mitos, vivo entre dois mundos ser ou não ser cético...ser ou não ser ateu. Adoro o assunto religião, mas cada vez sei menos o que falar, mas apesar de tudo gosto de algumas tradições tipo a páscoa...Ahh!! também adoro essa melancolia do outono, realmente nos faz voltar no tempo. Na verdade nem sei por que estou escrevendo tudo isso aqui, só entrei pra dizer, que o Show em BH no dia 22/03/2013 foi excelente! Como ouvi alguns dizendo por aí...Deu pra lavar a alma de quem andava sentindo falta da boa e antiga energia que rola num som plugado. Boa Páscoa...pra você e toda família Humberto. Super Abraço!

    ResponderExcluir
  33. Da-lhe Gessinger... PELOTAS está no aguardo pra nova turnê.. Sempre grandes shows por aqui, Engenheiros, Pouca Vogal, sempre arrepiando o pessoal aqui do Sul do RS.

    Deves aparecer por aqui no Inverno né.. "estética" do frio tá ligado hehe.

    Abração

    Cássio Almeida

    ResponderExcluir
  34. "Ovo, o novo, renovação, ressurreição, pessach, passagem, libertação."

    A páscoa me faz refletir o quanto desde criança fascino-me com os símbolos. Lembro da época do Jardim de Infância quando a tinta guache punha bigodes de coelho em mim. Tenho na memória o lápis de cor decorando as figuras do círio, da pomba, do peixe, do vinho, do cordeiro... E parece que vejo ainda a mata do sítio do vô Ernesto repleta de quaresmeiras em flor. Era e continua sendo mágico e bonito, mas não faço mais questão do ovo de páscoa de chocolate. Agrada-me mais pensar que meu pai vai buscar aquela batatinha/raizinha roxa para tingirmos os ovos cozidos da manhã de domingo e lembrarmos das nossas origens... parece que, assim, Deus está mais perto de mim e reafirma que somos todos de uma só família, até mesmo, independente de crença.

    ResponderExcluir
  35. Minha primeiro vez no seu blog. E como eu imaginava, incrivelmente inspirador. Alice

    ResponderExcluir
  36. Tenho uma relação meio problemática com a religião. Sou de família católica mas a religião sempre esteve associada a obediência e privação. Sei que não é só isso mas o que fica na nossa formação é difícil de apagar né?
    Porém gosto da vertente da Teologia da Libertação talvez porque justamente ela tenta conciliar as necessidades do corpo com as da alma.
    E sim acho que música e chocolata são prova do que há de divino no ser humano, como tantas outras coisas legais.

    ResponderExcluir
  37. Excelente texto, como sempre! Feliz Páscoa!!

    ResponderExcluir
  38. Feliz Páscoa Humberto, pra tua família também...
    Sobre tua religiosidade eu não sei, mas que você tem Deus no coração, tenho certeza que tem! É o suficiente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se é equívoco meu mas, pelas coisas que ele escreve, o Humberto tem jeito de ser agnóstico.

      Excluir
    2. Exatamente! Só um homem com Deus no coração é capaz de ser "simples de coração"

      Excluir
  39. Humberto, desejo a ti e tua família uma Feliz e Santa Páscoa, sobre religiosidade sou super católico praticante, admiro os relatos de experiência de vida dos seus pais, tenho certeza que você tem uma relação com Deus positiva, pois você nos passa uma espiritualidade,uma sabedoria na sua arte, e isso é o que nos basta. Felicidades e sucesso!!!

    ResponderExcluir
  40. Nem vou falar sobre o texto... Acabei de ver um vídeo de "O sonho é popular"+"Ando só" que uma alma caridosa postou no YT.

    Fala sério, imagina a vibe desse show... Vem logo pro PR!!!

    ah, e feliz pascoa.

    ResponderExcluir
  41. Feliz Páscoa pra vc tb, e para sua família. E parabéns pelo novo trabalho, espero que venha logo para SP.....

    ResponderExcluir
  42. Ensina a criança o caminho em que deve andar e ainda quando for velho nao se desviará dele.
    Que o Deus de Abraão, Isaque, Jacó e seus pais se revele a vc, a cada momento, afinal, Deus é simples, como apreciar uma boa musica e degustar um bom chocolate.
    A própria natureza atesta a existência do Criador!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  43. Engraçado, que li teu texto pela manhã em outra sintonia, nem me dei conta que o título remetia ao óbvio tema de páscoa.

    Tem razão mestre, música e chocolate. Alimento pra alma e pro corpo. Ambos adoçam a vida!

    Feliz Páscoa, Feliz renascimento pra vc nesta nova fase!

    ResponderExcluir
  44. Ah, bem que podia ter audio no blog pra gente ouvir estes cds que mencionou!

    ResponderExcluir
  45. Feliz Páscoa!!! Senti falta do abraço..:|

    ResponderExcluir
  46. Boa noite Seu 1berto,
    Desde que ouvi "Jesus No Xadrez", nessa época sempre lembro.
    Grande abraço .

    http://www.youtube.com/watch?v=zgl73Xs4Vns

    Jesus No Xadrez
    Cordel Do Fogo Encantado

    No tempo em que as estradas
    Eram poucas no sertão
    Tangerinos e boiadas
    Cruzavam a região
    Entre volante e cangaço
    Quando a lei
    Era a do braço
    Do jagunço pau-mandado
    Do coroné invasô
    Dava-se no interiô
    Esse caso inusitado

    Quando o Palmeira das Antas
    Pertencia ao capitão
    Justino Bento da Cruz
    Nunca faltô diversão
    Vaquejada, canturia
    Procissão e romaria
    sexta-feira da paxão

    Na quinta-feira maió
    Dona Maria das Dores
    No salão paroquial
    Reuniu os moradores
    Depois de uma preleção
    Ao lado do capitão
    Escalava a seleção
    De atrizes e atores

    Todo ano era um Jesus
    Um Caifaz e um Pilatos
    Só não mudavam a cruz
    O verdugo e os maltratos

    O Cristo daquele ano
    Foi o Quincas Beija-flor
    Caifaz foi Cipriano
    Pilatos foi Nicanô

    Duas cordas paralelas
    Separavam a multidão
    Pra que pudesse entre elas
    Caminhar a procissão

    Quincas conduzindo a cruz
    Foi num foi adivirtia
    O Cinturião perverso
    Que com força lhe batia

    Era pra bater maneiro
    Bastião num intidia
    Divido um grande pifão
    Que tomou naquele dia
    D'um vinho que o capelão
    Guardava na sacristia

    Cristo dizia:
    - Ô rapais, vê se bate divagar
    Já to todo incalombado
    Assim num vô agüentar
    Tá cá gota pra duer
    Ou tu pára de bater
    Ou a gente vai brigar
    Jogo já essa cruis fora
    Tô ficando aperriado
    Vô morrê antes da hora
    De ficar crucificado

    O pior é que o malvado
    Fingia que num ouvia
    E além de bater com força
    Ainda se divirtia
    Espiava pra Jesus
    Fazia pôco e dizia:
    - Que Cristo frôxo é você?!
    Que chora na procissão
    Jesus, pelo que se sabe
    Num era mole assim não
    Eu to batendo com pena
    Tu vai vê o que é bom
    Na subida da ladeira
    Da venda de Fenelom
    O côro vai ser dobrado
    Até chegar no mercado
    A cuíca muda o tom

    Naquele momento ouviu-se
    Um grito na multidão
    Era Quincas
    Que com raiva
    Sacudiu a cruz no chão
    E partiu feito um maluco
    Pra cima de Bastião
    Se travaram no tabefe
    Pontapé e cabeçada
    Madalena levou queda
    Pilatos levou pancada
    Deram um cacete em Caifaz
    Que até hoje num faz
    Nem sente gosto de nada

    Dismancharam a procissão
    O cacete foi pesado
    São Tumé levou um tranco
    Que ficou desacordado
    Acertaram um cocorote
    Na careca de Timote
    Que inté hoje é aluado

    Inté mesmo São José
    Que num é de confusão
    Na ânsia de defender
    Seu filho de criação
    Aproveitou a garapa
    Pra dar um monte de tapa
    Na cara do bom ladrão

    A briga só terminou
    Quando o dotô delegado
    Interviu e separô
    Cada santo pro seu lado

    Desde que o mundo se fez
    Foi essa a primêra vez
    Que Jesus foi pro xadrês
    Mas num foi crucificado

    ResponderExcluir
  47. ÓTIMO texto HG! Como sempre! Eu acredito que alguém só é ateu por que nunca sentiu a presença de Deus em sua vida, não é uma questão de teorias, as especulações e argumentos que consideram verdadeiros é só uma base para se manterem firmes! Aliás, como posso duvidar de algo que eu senti? Por isso tenho isso em minha mente, claro, não serei hipocrita em dizer que nunca tive nenhuma dúviva, nem um pé atrás, já duvidei sim, já me fiz muitas perguntas, mas no momento em que busquei realmente a Deus, foi que senti de verdade, e ele sempre esteve ali esperando. Mas um ateu não vai sentir Jesus do nada né, é preciso buscar! Bom... Cada um é cada um, pra mim ele é O PAI! Enfim... Boa páscoa Betooo!
    De uma menininha que adimira muito tudo em você, tu és o gênio! bjs.

    ResponderExcluir
  48. ...a Pascoa deveria ser considerada a mais importante data do catolicismo. Nascer qualquer um nasce, já ressucitar...

    curti o texto.

    ResponderExcluir
  49. vida corrida...num da tempo p pensar em significados...

    ResponderExcluir
  50. Música e chocolate...
    Parabéns pelo shows em BH!
    Feliz páscoa!
    Abraço,
    ac

    ResponderExcluir
  51. Queria muito que em único dia HG fosse menos introspectivo e mais opinador!

    ResponderExcluir
  52. Pascoa é ritual de passagem...e cada um tem o seu...no feriado você ouve Bach, eu vou ouvir Gessinger....=) Feliz Pascoa!!!

    ResponderExcluir
  53. toda terra é do senhor ............. DEUS CRIOU TUDO ,CHOCOLATES , MUSICAS .............FELIZ PASCOA.................. LIBERTA SE..............

    ResponderExcluir
  54. TODA TERRA É DO SENHOR . DEUS CRIOU TUDO,MUSICAS, CHOCOLATES...............LIBERTA SE

    ResponderExcluir
  55. DEUS É RAZAO E AMOR,UMA VONTADE E UMA ORDEM DA GRANDEZA . ONDE SE FUNDE E=M.C ... SUA VONTADE É ORDEM NESSE CAOS TERRESTRE.UM DIA SEREMOS A MAIORIA RACIONAL COM + AMOR NO CORAÇAO...............

    ResponderExcluir
  56. Então... talvez nunca chegue a ler este meu humilde recado. Mas, escrever não custa nada ou custa? Nem sei mais, num sistema onde tudo vale. E vale a pena pagar pra ver. Se é que veremos. Sem mais delongas, comecei a ouvir as tuas músicas quando tinha uns 6 anos, em casa, na época da fita cassete, uma caneta Bic tinha múltiplas funções, da mais prosaica, fazer prosa, até voltar ou adiantar, pra ouvir as canções favoritas. Hoje, com 23 anos, tive a oportunidade de já ter um violão com a sua gravura e umas duas fotos, admito que queria mais, até pensei em fazer jornalismo só para ter a oportunidade de bater um papo cabeça contigo, sonho... sonho. A vida me empurrou a outras trilhas, percebi que posso sempre ter uma simples conversa informal, com suas idéias. É as vezes penso: essa canção era minha, ele tirou do Arqué Universal, mas era minha, tenho um certo ressentimento por isso (ciúmes?). Não, não vou cobrar os direitos autorais, vou agradecer por ter tido a sensibilidade de transformar pensamentos em melodia, ritmo, letra, causa, consequência e canção. Um Grande Abraço de um amigo que talvez, nunca troque uma palavra contigo.

    ResponderExcluir
  57. Ótimo texto, como lhe é comum fazer.

    ResponderExcluir
  58. Humberto, qual é a versao de Bach que conseguiste?

    ResponderExcluir
  59. comentário de sexta-feira, dificilmente será visto, ainda assim comento só para deixar a consciência tranqüila (ainda tenho o péssimo hábito de usar o trema):

    escutar a Paixão Segundo São Mateus na páscoa é uma tradição tão forte quanto escutar Carmina Burana à 00:00 do dia 31/12; tradições transcendem suas origens e são eternizadas pelas sensações preservadas do tempo de infância, datas assim mantém um certo clima que nos rejuvenesce pois trás à tona o sentimento que as preocupações diminuem e que podemos dar um tempo para que o resto do mundo nos esqueça por alguns dias.

    bom feriado a todos, a HG e família, assim como a todos que comentaram antes de mim (e aos que comentarão depois de mim, se alguém comentar)

    ResponderExcluir
  60. Boa noite, Humberto!
    Meu nome é Luiz Fernando e sou seu maior fã!
    Sem exagero, acho-te o maior artista que conheci...
    Fui apenas a um show seu, por conta de nunca ter tido dinheiro para viajar a seu encontro.
    Só queria lhe parabenizar pelo texto e por todo seu trabalho.
    Ah! Descobri que escreve livros também, vou procurar lê-los, mas é muito difícil encontrá-los aqui no Espirito Santo! Um Abraço e um dia espero conversar com você pessoalmente sobre nossos trabalhos. Também sou escritor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, conterrâneo!

      Realmente é difícil um show do HG por aqui... Felizmente, pude ir em Cacheiro no ano passado. Em 2011, fiquei "fula" da vida por que não pude comparecer ao show do PV no Ilha. Aff! Mas vamos fazer uma campanha pela apresentação solo do Humberto aqui no ES em 2013. Já mandei sugestão pro Ilha Shows, vou sugerir à Prefeitura da minha cidade natal (Alfredo Chaves) e à Mais, em Guarapari.

      E vc? De qual cidade é? Vamos unir força!!!

      Abraço

      Excluir
    2. E quanto aos livros... comprei na Stereophonica: www.stereophonica.com.br

      Excluir
  61. Olá amigo, "cachoeirense"!
    Eu sou de Vargem Alta e estive, também, no show de Pouca Vogal, em Cachoeiro. Vamos unir força sim. Obrigado pela dica dos livros! Um grande abraço!!!

    ResponderExcluir
  62. Carolina Carpenter3 de abril de 2013 10:34

    podem sim (:

    ResponderExcluir
  63. olha, eu nem católica sou, mas sim, acho ambos divinos!!!

    ResponderExcluir
  64. Pra ser sincero, tente ler durante a noite, sob o reflexo de qualquer luz, aquelas páginas em grafia laranja... Coisas de editor, sei que não são tuas algumas ideias. Ao grafar em tal cor, a URSS, virou USSR, dificultando a revisão ao revisor. Fui sincero.

    ResponderExcluir