CANÇÃ(*) C(*)M N(*)TA DE R(*)DAPÉ - 42


(*) Estranho mundo em que "O Que Estou Vendo" virou legenda padrão para fotos postadas com imediatismo arrasador. Não estou julgando, só tentando entender. 
Resolvi postar a demo de Bora para  mergulhar, a meu modo, no espírito destes tempos. A legenda poderia ser "O Que Estou Gravando".

Ao contrário das fotos filtradas de paisagens que parecem ter passado batom, esta demo não têm corretores. Na veia, sem dourar a pílula. É crua, embrionária. Gravei em casa, tentando não derrubar a erva do chimarrão no laptop, salvando meu cachorro da morte por enforcamento no cabo do violão, com a TV sem volume parada em algum canal esportivo (como uma lareira sem calor, um docinho para os olhos). Dispersão concentrada, concentração dispersa. É assim, neste caos amigo, que gosto de trabalhar. Tenho fé no discernimento dos "de fé". Eles saberão ouvir as potencialidades e relevar as imperfeições dos primeiros passos desta criança.

Bora foi a primeira canção que a sanfona me trouxe. Parece ser do time de Olho do Furacão. Ambas misturam a percepção de um mundo onde tudo que é sólido desmancha no ar com a esperança de que novas oportunidades surgirão dos escombros, das ruínas, do farelo. Não sei que rumo ela vai tomar, se um dia haverá uma versão "oficial". Engenheiros do Hawaii? Pouca Vogal? Banda de Pífaros de Caruaru? Filarmônica de Berlim? Seria como decidir o curso superior de um bebê que ainda está na maternidade.

Nesta gravação, optei por simular o formato power duo do Pouca Vogal. Duas vozes, violão e sanfona. Bumbo, pandeiro e prato disparados com os pés. Gosto das especificidades de cada formato. As limitações mais motivam do que inibem minha escrita musical. Já era assim nos tempos de power trio dos EngHaw. 

(*) Desde sempre me perguntam sobre as mudanças que, com o tempo, acontecem no processo criativo. Sempre respondi que, apesar de ter amadurecido (menos do que gostaria) e envelhecido (mais do que gostaria) escrevia como sempre escrevi.

Talvez eu deva rever esta resposta a partir da entrada em cena dos meus livros. Eles (em especial NAS ENTRELINHAS DO HORIZONTE) colocam o compositor em outro patamar, livre de alguns compromissos, comprometido com outros desafios. Se isso é ou será notado pelas pessoas, o que elas acham ou acharão disso, já não me diz respeito. Foge ao meu raio de ação. Tomara que faça sentido. Ao  menos para quem interessa. Ao menos para quem se interessa. Ao menos o que interessa.

(*) Pessoas “do ramo” aconselham a não mostrar demos... faz sentido... mas ao chegar em casa depois do show do Roger Waters, The Wall, fiquei ouvindo as demos dele. Também fez sentido.

um abraço é uma ponte
que ele dure 
(que ela nos leve)
até a próxima terça
27março2012




125 comentários:

  1. Bora construir muitas pontes!
    Obrigada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "O que estou vendo" é sintoma desses novos-velhos-tempos, onde é melhor ser protagonista da futilidade do que coadjuvante do espetáculo - ainda tento entender.

      "estamos no centro,
      por dentro de tudo,
      no olho do furacão"

      Excluir
  2. Excelente post e a música "Bora"... nem se fala! Tais de parabéns gênio! Componha mais e mais para os De Fé!

    Um grande abraço! =)

    ResponderExcluir
  3. NOSSA...MUSICA NOVA HEIM??? ENGHAW?? AGUARDO ANSIOSAMENTE...OTIMO TEXTO (DE NOVO) E TÔ CONTANDO OS DIAS PRA O LANÇAMENTO DO "NAS ENTRELINHAS DO HORIZONTE"....AEEEEEEEE...TA CHEGANDO A HR DO POUCA VOGAL AKI EM SÃO LUIS!!! FALTAM 4 DIAS, NÃO VEJO A HR!!!
    ABRAÇÃO HUMBERTO...TE VEJO SEXTA!! ;)

    ResponderExcluir
  4. "Tudo o que é sólido se desmancha no ar". Talvez uma das maiores percepções de Marx. E um grande livro de Berman também.

    Tudo ao nosso redor se desmancha, poucas coisas são realmente sólidas no século XXI.

    ResponderExcluir
  5. mais uma vez ótimo texto Gessinger
    a demo ficou ótima, ainda esperamos a "oficial"
    Abraços Uruguaianenses

    Yuri Santana

    ResponderExcluir
  6. Puta música foda, Humberto?! Você tem que gravar com os Engenheiros e voltar com tudo! O texto tá perfeito, assim como a canção. Valeu! Abraços

    ResponderExcluir
  7. Gostei das vozes sobrepostas.
    A forma como vc cantou os versos, me lembrou "Não é sempre". Boa melodia.

    Saudações Rubro-Negras.

    ResponderExcluir
  8. Quem constrói a ponte não conhece o lado de lá...

    Então Bora... descobrir o lado de lá com novos horizontes...

    Musica para terminar/começar o dia feliz da vida...

    parabéns 1berto, baita musica

    ResponderExcluir
  9. Ah, lembrou de Caruaru!
    Quando vens alegrar os habitantes dessa terrinha novamente?

    ResponderExcluir
  10. Sanfona com notal pedal em semi-colcheia. hahahaha

    ResponderExcluir
  11. Cara, serei sempre seu fã!
    Pra mim o melhor compositor que o país ja teve. E agora descubro em ti um excelente escritor. Me surpreende cada vez mais!
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Sempre é bom escutar coisas novas... bora, que tal?! só um rascunho?! mas pv do que enghaw...

    ResponderExcluir
  13. AMEI AMEI AMEI A MÚSICA!!! MÚSICAS NOVAS...MUITAS NOVIDADES..Q FELICIDADE!! BORA??

    ResponderExcluir
  14. ''bora ''lá com os EngHaw Pouca Vogal td liberal, grenal!!!
    qualquer que seje, será bem vinda, musica boa, letra aberta e como sempre vc nos da uma liçao , chegou a hora , abraço apertado e fica com Deus

    vlwww HG

    ResponderExcluir
  15. Bacana, vc continua um fora de série, "todo mundo é moderno, todo mundo é eterno" mas p/ mim tu é o cara, bela canção, abraço.

    ResponderExcluir
  16. "Deve haver alguma coisa que ainda te emocione"

    Poutz!!!!
    Saber que a vida segue. Que coisas novas vem por aí.
    Anseio pela volta dos Engenheiros, confesso.
    Gosto demais do PV.

    Tô aqui, espectador, ouvinte, crítico, observador e fã.

    =)

    Uma canção nova numa segunda-feira dura! Bom demais sô!

    ResponderExcluir
  17. Definitivamente, você é um poeta que musicaliza a poesia de uma forma que ambas se fundem e se completam como almas gêmeas...
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  18. Antes, um asterisco: *A banda é de "pífanos" de Caruaru.
    Esse interesse pela obra inacabada, pelo processo de criação, pelo meio do caminho é antigo. O que mudou foi apenas a tecnologia que agora permite essa aproximação. Antes, todos podiam comprar os discos - com as músicas certinhas, mixadas, embaladas para consumo. Aí o cara do fã clube conseguia uma K7 com chiados da demo do mesmo disco e parecia um tesouro. Até hoje elas circulam e se multiplicam pelos sites de compartilhamento da vida...
    Agora as coisas são menos definitivas. "Bora" pode nunca ter a sua versão gravada em disco...pode nunca tocar em show...assim, ela pode soar despretensiosa. Como parece ser.

    O que dá para dizer é que numa madrugada de terça..."Bora" funcionou bem. Tocando baixinho na sala para não acordar a casa ou a calopsita na gaiola ao lado.

    Amanhã é outro dia e "Bora" já poderá ser outra música...

    =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fred Figueiroa,

      pífano
      (espanhol pífano)
      s. m.
      O mesmo que pífaro.

      ;)

      Excluir
  19. Essa DEMO (de luxo) é muito superior a maior parte das "versões oficiais" de estúdio qu já ouvi!!!

    Valeu mestre HG!

    Vou procurar essa ponte para o horizonte, e meu quintal será o ponto de partida para meus velhos passos em uma nova estrada...

    ResponderExcluir
  20. Volta com o EngHaw e grava essa música bem rock por favor! ahaha
    Maravilha como sempre Gessinger! Vida longa!

    ResponderExcluir
  21. Uma musica com refrão.. não me recordo de nenhuma outra de engenheiros do hawaii que tivesse.

    ResponderExcluir
  22. Gostei demais! Texto e da demo. Confesso que fui logo ouvir a demo primeiro. Sei que sou suspeito pra falar...Mas... Achei excelente! Embora seja só uma demo está com cara de trabalho finalizado...heheh(Minha simples e humilde opinião)Enquanto ouvia, fiquei também pensando: Isso é EH ou PV? Depois que li o texto, fiquei com mais dúvida ainda rs. Mas seja qual rumo tomar tenho certeza que vai cair bem demais como uma luva pra pra quem como eu estava com sede de ouvir material novo. Adorei também o acordeon, da uma outra vida na música (Novo Horizonte). Como já disse aqui outras vezes, fico impressionado com tua capacidade de traduzir em poucas palavras todo um complexo mecanismo de tudo que ouvimos, sentimos e vivemos no dia a dia. Pô há muito tempo que venho observando esse lance do imediatismo sendo postado a todo momento, mas nunca consegui concluir um pensamento tão bacana quanto esse que tu falou aí. Enfim...Só tenho dar os parabéns! Por tanta inteligência e criatividade. É isso!

    ResponderExcluir
  23. 'Bora construir muitas pontes!'
    Estava pensando em dizer isso, já que se adiantaram ... 'Bora construir muitas pontes' [2]

    ResponderExcluir
  24. Bah, fazia tempo que eu não comentava aqui... ficava só lendo os textos "na moita"... pensei então "Bora" comentar...
    Que bom que é ouvir a demo assim sem os corretores... nascendo... daqui a pouco a ouviremos pronta em um novo trabalho... este dinamismo aproxima ainda mais os "de fé" (uma ponte pro horizonte do teu quintal). Já curtia demais "o olho do furacão" e agora, essa letra... mais uma grande letra, para uma grande música, para mais uma grande obra. Baita texto, o imediatismo é algo alucinante... tá vendo, já passou...

    ResponderExcluir
  25. Boa noite ou bom dia vai do ponto de vista...

    Não consigo rotular seu trabalho pra mim não importa ode com quem ou quando apenas gosto do seu estilo e isso me interessa claro que não posso deixar de dizer que adoro o estilo duca e da cidadão tbm e vcs juntos são ót

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. me estressei com esse note kkkk
      bom vc dois juntos são ótimos e gostei muito da demo me cheirou a festa com dancinha e tudo...
      e que nossas terças sempre continuem...
      abç

      Lili

      Excluir
  26. Ali em cima te chamaram de o melhor compositor que o Brasil já teve.
    És o melhor compositor que o Brasil tem!

    abraço de ponte até terça.

    Bora viver!

    ResponderExcluir
  27. Excelente. Excepcional. Exatamente mais do que ninguém espera que vai encontrar, por tu nos mostrar ser sempre a mais do que imaginamos! Belo post, música incrível! A demo está aí, e depois o que virão? Versão EngHaw ou PV? As duas? O que importa é continuar aqui, observando de longe, mas tu faz parecer que estamos muito, muito perto...Aguardo ansioso a tua vinda junto com o Duca aqui pra Santa Cruz do Sul. Grande Abraço! #Defé

    ResponderExcluir
  28. Sensacional, como tudo que esse cara faz..

    ResponderExcluir
  29. Humberto é Genial, Na tarde de autógrafos na Livraria Ciccilano em Natal-RN, ao aproxima-se dele o achei mais velho, à noite no show pouca vogal ele tava um menino. São facetas que só 1berto tem!!! Eternamente fâ!!!

    ResponderExcluir
  30. Muito legal. Acho que ja nasceu pronta. Não coloca mais nada nela não.

    ResponderExcluir
  31. Gostei muito da canção... A ousadia é a semente de novas ideias. Como vc mesmo escreveu, algumas coisas mudam mais que queremos, e outras permanecem. Adoro ver a mesma pessoa fazendo a mesma coisa, só que diferente, mas sem que se possa perder quem ela é. Aliás o formato do pouca vogal é sensacional. A simplicidade complexa sempre me encanta. Seja power trio, power duo, ou orquestra tocando uma cantiga de ninar.

    ResponderExcluir
  32. Vanilce Nascimento - BH27 de março de 2012 08:35

    Olá Humberto! Feita em casa? Difícil de acreditar. Impossível não gostar de algo que venha de vc. Acho que deve até ser chato ficar ouvindo isso sempre né? É claro que gosto mais de umas músicas que de outras, e que tem sempre um disco que é do coração. A verdade é que quando a gente gosta não tem jeito... Tudo fica azul, que vem do azul dos seus olhos... Que venha muitas outras "filhas" suas, que serão muito bem vindas. Forte abraço! Vanilce

    ResponderExcluir
  33. humbertao...,obrigado por mais uma canção tao bonita.!!!
    que possa ser gravada bem breve,talvez nestas idas suas no submarino amarelo rs..................valeu

    ResponderExcluir
  34. Se está é versão "crua" imagino o que vem depois. Parabéns!
    Sobre as limitações, concordo contigo Humberto. O Power Trio já era um Pouco Vogal em que cada um dos três explorava todas as possibilidades.

    ResponderExcluir
  35. Show...O brilhantismo do texto (letra) transforma qualquer canção num hit. Seja apenas uma demo ou gravado em estúdio, o que vale (conta) é a simplicidade de uma escrita que vem do coração.

    Parabéns Humberto...Genial...(Grave esta para a volta triunfal do Engenheiros).
    Abraços.

    @guiortolan

    ResponderExcluir
  36. Obrigado Humberto ótima canção - me emocionei
    BORA!!

    ResponderExcluir
  37. Deu pra viajar legal na leitura, algumas fotos destas são boas pra nos levar onde já estivemos e aonde ainda iremos, vi mais uma vez seu chimarrão que teima em cair criando o caos controlado, o pobre cookie enrolado na corda do violão, a tv estática, a lareira, a bandinha de pífanos(esta vi com meu tio avô e em Timorante, ao lado de Exú, terra do "velho Lula"), etc..

    Sim, o tempo passa para todos, e sempre lembrei de nunca esquecer o texto do Chico "Nascer Velho, Morrer Criança", bem antes de eu conhecer o Curioso caso de Benjamin Button. Será que seria mais fácil? Eu já vejo isto acontecer, apesar da aparência dizer que não, temos muitas crianças aos 80, 90, 100.. anos e o amadurecer e envelhecer andam de mãos dadas, não tem como só ganhar, é o ciclo da vida.

    A canção ficou ótima, poderia até nos brindar aqui em SLZ com sua estréia e de quebra fazer uma homenagem a ilha do amor com a cansão Ilha Magnética(César Nascimento). ^^

    Desde já, seja bem vindo a São Luís.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  38. Bora!!! A mim faz total sentido ouvir suas demos !!!! Inexplicável e incontestável
    Bora engenheirossssss volta logo

    ResponderExcluir
  39. Músicas novas fazem todo o sentido. Na versão demo, mais sentido ainda.
    A música é linda!!!
    Sou feliz por ser tua fã! :D

    ResponderExcluir
  40. A minha primeira impressão da música ficou naquele patamar do: 'não sei onde isso vai dar, prefiro esperar um pouco mais antes de falar se gostei ou não'

    Confio no Gessinger, vou moldando meus ouvidos à esses novos toques, nuances e tons.

    Pra frente é que se anda.

    ResponderExcluir
  41. Ficou foda!

    Sou suspeito de achar que ficou o máximo. Letra e música parece que nasceram uma para a outra. Por isso sou um 'De fé'.

    Humberto trabalha muito bem as palavras dentro do tema que ele flecha! Você é o cara!

    Mas tenho que lhe confessar que sinto saudades da ansiedade dos velhos albuns com novas músicas.

    Músicas 'grandes', com vida própria.
    'Anoiteceu em PoA', 'Piano Bar', 'Túnel do Tempo', 'Filmes de guerra canções de amor'.

    Vlw 1berto!
    Vlw turma De fÉ!
    Bora...

    ResponderExcluir
  42. cara, to achando que voce ta colocando alguma coisa nos chás que vc toma naquelas canecas!! hushuahs, mas enfim, é como voce disse, o bebê ainda está na maternidade... tomara que cresça logo... achei legal a musica, em menos de tres meses ja foram 2 né?? segura a onda DG e essa agora, além de uma letra que voce postou a poucos dias...espero que esta situação esteja sendo como um carro a álcool, que no momento está esquentando depois de uma noite parado na garagem....uma noite não, um fds cai melhor, ja que estamos tanto sem novidades... mas é isso, respeito demais seu trabalho, e continuarei acompanhando, solo, com o pouca vogal (apesar de ter ido em uns 15 shows aqui em minas nesses 3 anos com praticamente o mesmo repertório), com os engenheiros, e até formando um duo com a ivete (aí peguei pesado ne??) hahahaha,

    abz

    ResponderExcluir
  43. Ótima canção, tem infinitas possibilidades, no momento atual realmente se parece mais com PV que com Enghaw, nada mais natural. Que bom saber que ainda estamos na luta. Valeu Humba.

    ResponderExcluir
  44. Gostei do Bora. E uma abreviação da frase vamos em boa hora que usamos muito em Belém. Nao sei se você sabia disso. Uma canção excelente.

    ResponderExcluir
  45. Adorei... "há uma ponte no horizonte do teu quintal", nas proximidades do aniversário de POA ( ontem), ficou o máximo. Parabéns HG... e, de novo, PARABÉNS Portinho.

    ResponderExcluir
  46. Já ia me esquecendo... 1berto, qdo vcs vêm para Londrina - PR?????

    ResponderExcluir
  47. O Refrão fica na cabeça! Bela canção!

    ResponderExcluir
  48. Como sempre, ouvi Bora com um sorriso no rosto e lágrimas querendo saltar dos olhos... vc sempre consegue!!!!

    ResponderExcluir
  49. Adorei !!!
    Como em muitas outras de suas canções parece que foi escrita para a minha vida!
    Então BORA

    ResponderExcluir
  50. Obrigado companheirada! Seguimos na Mesma Frequência =)

    ResponderExcluir
  51. Libera o mp3 hg? direto pra virar toque do celular, fundo de face e o escambau!

    ResponderExcluir
  52. Humberto, vc é o CARA! rs

    caraca1: tão bom ser fã durante 20 anos e depois de todo esse tempo ainda poder dizer que seu ídolo é o cara...sim, meus herois não morreram de overdose, mas meus inimigos estão no poder...e já mudei de tantas ideologias para viver!

    caraca2: plagiando vc. Já q sou carioca, não pode ser "bah", né? rs

    ResponderExcluir
  53. Demo *-* pra mostrar o que você esta fazendo, hehehe. Ficou ótima, muito muito boa mesmo.

    Nem é tão ruim assim, essa "new wave" de interação. Pode até parecer que esse imediatismo venha acompanhado de hegemonias que dão um tom de superficial... ao que é exposto, como as fotos maquiadas xD(as intenções ainda revelam o interesse) Mas, tbm é o que vem nos proporcionando construir nossas pontes... e isso é muito legal, neh!?

    Se na chance de aproveitar oportunidades melhor é saber como.. vamos a mil sem pressa!!

    Abraço Mestre! Uma ótima semana pra você.

    ResponderExcluir
  54. Grande Gessinger essa nova faze anordestinada ta fazendo bem pra ti,ótima música,cabra!!!

    ResponderExcluir
  55. Como nordestina, devo dizer que tenho gostado muito da sanfona nos teus braços. Gostado só não, tenho vibrado. Adorei "Bora". Um xero.

    ResponderExcluir
  56. SABIA QUE UM INSTRUMENTO TAO NORDESTINO COMO A SANFONA NAS MAOS DO GENIO QUE VC E SARIA POEMAS PERFEITOS COMO 'BORA' QUANDO VINHER COM OS ENG DO HAWAII PRA CG/PB E PRA TRAZER A SANFONA E MOSTRA PRA GENTE AQUI DA PB QUE VC FAZ ELA SER UM INSTRUMENTO MAIS LINDO E PERFEITO DO QUE JA E...'BORA' ASSIM COMO TCHAU RADAR A CANÇAO. E LINDA JA BAIXEI PRA MIM POR COMO TOQUE DO CEL.ABRAÇAO TO ESPERANDO ANCIOSO O LIVRO NOVO E SUA VOLTA COM OS ENG FICA COM DEUS, MESTRE HG

    ResponderExcluir
  57. Que bebê mais fofo! rs
    Sim, ele me pareceu "ser do time de Olho do Furacão"

    Tantas coisas sólidas já se desmancharam no ar nos últimos 20/30 anos... seu trabalho se reinventa e permanece. Eu realmente admiro sua lealdade para com ele.

    Um abraço em ponte.

    ResponderExcluir
  58. A uma ponte sobre The Wall.
    Te procurei por todo espetáculo tentando avistá-lo,
    (2 mestres no mesmo cenário)
    Qualquer coisa bastaria,
    Pelo menos no meu binóculo hi-tech,
    Mas meu The Wall foi embora sem autógrafo.

    ResponderExcluir
  59. DEMO...rôôôô!!!! Muito bacana a música e de uma a uma vai surgindo um novo CD...=D

    BORA escutar música e BORA torcer para a próxima sair em breve!!!
    Te vejo do outro lado da ponte!
    Até terça...
    Beijo e abraço pra ti!

    ResponderExcluir
  60. Nossa gostei demais da canção, Bora gravar oficialmente isso garoto?! rssss
    Seja no Pouca Vogal ou EngHaw será sucesso garantido!!!
    Adoro você e seu trabalho, parabéns e obrigado por compartilhar suas criações, um grande beijo, fique com Deus e boa semana de criação

    Margareth - São Paulo

    ResponderExcluir
  61. já que há uma ponte pro horizonte no meu quintal bora pra lá... sem nada comentar por intuir as fases da lua e o movimento das marés

    deve haver algum cantor/compositor que ainda te emocione.

    ResponderExcluir
  62. A sanfona ainda não foi com a minha cara :)

    Caie Relvas
    Belém-Pa

    ResponderExcluir
  63. Ficou muito boa. Está pronta, não precisa de ajustes. Maravilhosa desse jeito!!! Ameei!!
    valeu Humberto!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Looking for Vivian Santos · emo. Eu conheci uma garota chamada Vivian de Carlos Santos, em 1995, no Universal Studios, na Flórida. Ela era de Teresina, email totdninja@gmail.com

      Excluir
  64. "Tenho fé no discernimento dos "de fé"." que bom que vc tem esta fé. porque os de fé estão sempre com vc! :)
    ainda não ouvi Bora, pq minha conexão não está ajudando, mas tenho certeza de que vou gostar!
    bjo, Lau :)

    ResponderExcluir
  65. Diego Ciro (@di_ego_Ciro)27 de março de 2012 16:36

    Massa, man!

    ResponderExcluir
  66. Humberto Gessinger, meticuloso na arte de surpreender e de encantar!

    ResponderExcluir
  67. A música certa no meu momento errado.....tu nem desconfia mas q tu ajuda c tuas músicas ajuda deveras!!!!um abraço bem forte.

    ResponderExcluir
  68. É o tipo de letra que eu mais gosto. Essa mensagem do futuro, do amanhã, de não ficar parado, de fazer a gente se animar num dia a dia tão pesado...me emociona!

    Tá uma super letra, espero a definitiva.
    Abraço Gessinger!

    ResponderExcluir
  69. "percepção de um mundo onde tudo que é sólido desmancha no ar com a esperança de que novas oportunidades surgirão dos escombros, das ruínas, do farelo."

    Depois me perguntam o porquê de eu ser apaixonada por ti e por suas genialidades HG!
    Palavras que se encaixam tão perfeitamente em muitos momentos vivenciados!
    Muito obrigada mestre! :D

    Necessito de uma visita sua ao interior do meu Paraná, nada na agenda? :(

    Abraços

    ResponderExcluir
  70. Gostei muito!!! Recebi está música por email no dia do meu aniversário. Gosto de acreditar que foi pra mim.

    ResponderExcluir
  71. Maravilhoso como sempre....talvez voce canse de ouvir mas nos nunca cansaremos de falar que voce fez um otimo trabalho.

    Espero poder ter voce por muitos anos fazendo musicas novas e nos presenteando com shows incriveis!

    Obrigada por tudo.

    ResponderExcluir
  72. HG

    A canção é linda!
    Acho ela da mesma família de canções positivas como Breve e Depois da Curva, Lado a Lado!
    O refrão "Bó-ra" lembra um apito de trem , que me remete a Kleiton&Kledir.
    Mais que isso, a canção nos mostra que estamos avançando na vida, a carraoça de dom quixote anda pra frente!

    Ah, belas canções não precisam ser "produzidas" e sim sentidas. esta ja está pronta!
    Valeu por mais esta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembra um apito, mesmo! Interessante =)

      Excluir
    2. Concordo com o amigo João Marcel.

      Ficou linda!

      Excluir
  73. os instrumentos ficam tão fáceis de tocar que dá vontade de tacar também, me agradam tanto que fico ouvindo e pensando "como não compus essa música antes é exatamente o que eu queria ouvir valeu GESSINGER valeu!!!!!!!!!!!! muito bom o texto! COMMANDODELTASAOJOSEDORIOPRETOSP longe demais das capitais valeu HUMBERTO até terça. LoUcO dE satISTAÇão

    ResponderExcluir
  74. da janela do avião eu vejo porto alegre!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  75. Humberto,
    Seu texto e sua música, ambos são mt legais, como sempre.
    Sobre como a música foi produzida, bem, eu particulamente não me importo. E acredito que a maioria dos que estão aqui também não. Me lembro quando ouvia minhas bandas preferidas em fitas K7 gravações de outras gravações em que os sons já não eram mais os mesmos e ainda assim eu gostava e nem percebia se o som estava perfeito ou não.
    Enfim, é isso.
    Abs!!

    ResponderExcluir
  76. Sensacional canção! Adorei!

    Abraços do sul catarinense.

    Gabriel Fernandes - Tubarão/SC

    ResponderExcluir
  77. Não se deve mostrar demos? Cada vez que ouço, fico na dúvida sobre qual dos dois Tchau Radar é melhor? O "original" ou a demo? Com anjo da guarda, porão e a versão d'olho do furacão, é sempre uma dúvida. Um viva para as demos!

    ResponderExcluir
  78. Vlw Humberto!!!

    ponte em pé e Parabólica sintonizada...

    O sul catarinense ta esperando o PV!!!

    Tiago Jacoby

    ResponderExcluir
  79. HUMBERTO FODASTICOOOOOOOO


    VEM PARA LONDRINA

    ResponderExcluir
  80. A letra dessa "demo" dominou meus domínios.
    Arrancou-me verdades escondidas em meu quintal, das quais tardiamente me dei conta.
    As bandeiras defendidas, velhas camisetas... tudo vai estar do lado de dentro da janela de oportunidades.
    Bora, que a luz da aurora boreal ainda brilha!

    Valeu, Gessinger!
    Belo trabalho! Me valeu mais uma fé.

    ResponderExcluir
  81. Parabéns pela canção! Acho que depois das canções do Pouca Vogal, até mesmo após o Novos Horizontes suas composições ao meu ver ganharam um algo a mais.

    Continue assim, torço para que continue produzindo com o Pouca Vogal pois eu como fã vejo um potencial de criação imenso nesse projeto. Mas se for com Engenheiros do Hawaii ou outra projeto, ótimo, mudança é sempre bom!

    Valeu Humberto!
    Gilson.

    ResponderExcluir
  82. Bah... parece que você foi no meu flickr e viu as ultimas quatro fotos pra escrever o primeiro parágrafo, 4 fotos do que eu estava vendo... Fotos do céu. Mas se virou rótulo isso não sei, só achei o céu bonito naquele momento. Ah! E não mexo nas minhas fotos, mesmo que tenha algum borrado, algo estranho, só coloco meu nome nelas, acho que o photoshop tira o real do momento, pode da um ar de perfeito, mas tira a emoção.

    Abraços,
    Larissa.
    (www.flickr.com/larissahvieira)

    ResponderExcluir
  83. Ok, meu filho! Você não precisa seguir a regra do ocultamento da demo! kkkkk vejo vc atrapalhado tentando salvar o cachorro em companhia da TV muda! Os intrumentos e a voz da criança ainda estão tinindo! Aaaah! Tem uma Banda de Pífaros( que nós chamamos pífanos) aqui perto, se quiser contratá-los?
    Pode botar mais tempero country aí! O que dizem não importa,o que importa é o compromisso e a construção de pontes com a GENTE.

    ResponderExcluir
  84. Não, não curti, opinião minha.

    ResponderExcluir
  85. Amei amei amei, já te falaram que tu és o CARA? acredito que sim. rs
    Minha mãe me faz invenjaa dizendo que te escuta desde quando tu era jovem, eu ficoo louca kkk pra para mim' tu ainda eh jovem, sempre vai ser (;
    e então, BORA vir pra Teresina-Pi ? Abraços, e que ele dure.

    ResponderExcluir
  86. haha, a música ficou na minha cabeça. é engraçado ficar imaginando como será o formato final da música, mas sinceramente eu gostei (depois que ouvi duas vezes haha).
    Daí que de Tchau Radar para essa deu uma diferença grande para mim (palavras de quem não sabe NADA de música e só sente com o coração).

    Valeu pela música e é sempre MUITO legal saber como as coisas 'são' para vc (:
    Beeijos ^^

    ResponderExcluir
  87. Bora estudar física-quântica!
    :(
    pois semana que vem tem prova.

    ResponderExcluir
  88. Uma vez "O mestre", sempre "o mestre" haha. Sempre impressionando. Bora chegou a hora ♫

    ResponderExcluir
  89. Sinceramente. Vocês são muito puxas saco ! Humberto, sei que você ler todos esses comentários, e, já vou pedindo desculpas antecipadamente, pois para mim, você é um ícone, uma inspiração. Eu não consigo entender que o mesmo homem que compôs músicas como Terra de Gigantes, Infinita, A Conquista do Espelho, Simples de Coração, Pra Ser Sincero, Piano Bar, Alívio Imediato e outras milhares, tem perdido tanto a inspiração. Há de concordar comigo, ultimamente, suas músicas não possuem nexo causal nenhum; São sempre frases soltas, que no final da música não fez sentido algum, há não ser para você. Enfim, espero que não fique chateado, ou algo assim, até porque duvido muito que algum comentário de emocione de verdade por aqui. Bom, espero que um dia, volte a ouvir uma música de verdade sua. Desculpe a sinceridade !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo contigo, mas também não me leve a mal gessinger...

      Excluir
    2. Até que enfim uma opinião sensata , tem gente aq que se o Humberto peidar fala que bonito que lindo ...
      O Humberto tem sim grandes musicas , mas ele perdeu o rumo despois da quebra do GLM ...... Minha opinião quer goste ou não ......

      Excluir
  90. A sua opinião é apenas uma variação de um mesmo tema, A vida continua e com ela acompanha as transformações!
    As composições atuais do Humberto é a essência que hoje ele exala, exigir composições do tipo Pra ser sincero e A conquista do espelho(que alias, essa me cala, UAL)
    é querer, que ele viva no "mesmo" o que também é impossível, As descobertas, as dificuldades e os desafios da época, é impossível Repetir o que acontece apenas uma vez, tudo traça um novo caminho e o que ele vivenciou e aprendeu, resulta o que ele é hoje, longe daquela euforia, talvez mais em paz, isso só ele sabe! rss
    Enfim, é sempre bom rever nossos conceitos as vezes com algum olhar de fora, mas isso se, você se permitir e mesmo assim pode não ser o suficiente, as vezes é preciso de mais tempo para aprender e entender, assim fazendo surgir um novo ser, a vida é assim, e isso é belo.

    ResponderExcluir
  91. Boa musica, letra forte. Não poderia deixar de comentar: excelente cenário bagunçado e harmonioso, para compor não há melhor.
    Qualidade da demo, muito boa considerando que onde fora gravado.
    Minha opinião, utilizar tempos maiores com a primeira voz, sem terça (foi eletrônica?)

    Abraço, 1Berto

    ResponderExcluir
  92. Errata na assinatura, enfim..

    Boa musica, letra forte. Não poderia deixar de comentar: excelente cenário bagunçado e harmonioso, para compor não há melhor.
    Qualidade da demo, muito boa considerando que onde fora gravado.
    Minha opinião, utilizar tempos maiores com a primeira voz, sem terça (foi eletrônica?)

    Abraço, 1Berto

    ResponderExcluir
  93. muito boa mesmo essa moda de viola Seu 1berto...
    e se foi Millor Fernandes e Chico Anísio,
    Tinha uma lenda que o Chico tinha feito uma música pros EngHaws ...tinha essa lenda?
    ...é realmente uma lenda?
    mas a dúvida é o preço da pureza.
    Grande Abraço Seu 1berto...

    ResponderExcluir
  94. Há alguns meses postei um comentário pra vc no you tube, que dizia assim: - "cada vez melhor, cada vez mais zen, a idade lhe cai bem, delícia ter lhe acompanhado todos esses anos... Muito bom envelhecer com vc!" Então, uma garota escreveu: "Tenho 19 anos pena não ter acompanhado toda a trajetória do HG." Cara! Nunca me senti tão bem por ter 35 anos.Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho 35 e continuo gostando, igual quando comecei rsrs Não sei se é estranho isso mas me sinto o mesmo garoto em se tratando de engenheiros, que ouvia no ultimo volume,

      Excluir
  95. Elogios:
    Noooooóoó... Sinto cheiro de ENGENHEIROS no ar!
    Demais, cara!... era tudo que eu queria: Musiquitas novitchas do Humba!! xD

    Críticas:
    Talvez ficasse melhor com os backin's um pouco mais baixos (em volume).

    Robson, 22 (de fé)
    Lindóia - SP

    ResponderExcluir
  96. é honey, nem Deus agradou todo mundo, pq o 1berto seria diferente?

    ResponderExcluir
  97. Queremos show de Pouca vogal em Salvador-BA

    19 de maio de 2007, essa é uma data memorável aos ouvidos e corações de milhares de soteropolitanos, lembrada por ser a data do último show de Engenheiros na capital da Bahia.
    Aos apaixonados por Humberto e Duca, Engenheiros + Cidadão quem = Pouca vogal, em fim: amantes da poesia musicalizada do sul do País, que conquista com a força daqueles que acreditam que os projetos musicais não são algo pronto e acabado, mas modificado na construção do novo e na pesquisa no infinito musical, surge um espaço de encontro a fim de trazer Humberto Gessinger e seus projetos musicais novamente para Salvador.
    Mais do que um espaço de encontro, com um projeto definido e claro, qual seja, trazer Humberto Gessinger, seja conduzindo os Engenheiros do Hawaii ou no Projeto Pouca Vogal, ainda em 2012 para tocar na Bahia, com “costas quentes (sempre em frente) e Sangue quente (sempre em frente)”, buscamos vê-los de modo que estejam “Nem tão longe que eu não possa ver, Nem tão perto que eu possa tocar”.
    Não é o caso de trazer apenas uma banda do Rock, mas unir “alem dos Outdoors” uma tribo de legionários que acreditam que mesmo quando as “coisas mudam de nome continuam sendo religiões”.
    Espero apoio de muitos engenhaws nessa campanha, no mais, “a gente poderia conversar a noite inteira falando sério só de brincadeira, mas eu quero estar em outro mundo quando o sol raiar” ao som de poucas vogais.

    ResponderExcluir
  98. (*)É estranho chamar pelo nome uma pessoa que não conhece mas aparenta ser próxima.
    Mas de qualquer forma lá vai: Humberto, desde o Pop rock Brasil de 1999 no Independência em BH acompanho seus shows, site oficial e aparições em TV/rádio. Chegamos até a conversar um pouco nos camarins da TV Alterosa certa vez (tive de matar aula na faculdade mas valeu a pena). E agora que encontrei o blog o seguirei também.
    Quando puder visite: http://cotidianofortuito.blogspot.com.br/
    Um abraço

    ResponderExcluir
  99. O começo da música me fez sentir colocando os pés na lama da uma cidade do interior depois de um dia inteiro de chuva e a frase "então que tal", me soou com uma cara de "You come and go, do Culture Club. Muito boa a música.

    ResponderExcluir
  100. Nossa,fico superfeliz do Humberto fazer novas músicas muito boas como essa.O legal é gravar músicas inéditas porque quando ouço novas canções são novos olhares que tenho para ela,são outras perspectivas,são outros contextos, enfim é novo tudo!Não digo que as músicas regravadas são ruins,não,não é nada disso,é só pelo fato que já tenho o que pensar sobre elas. Que fique claro isso.Com essa nova canção "Bora" do Humberto,me fez sentir uma ponta de esperança na volta dos Engenheiros,mas é muito cedo pra dizer isso,mas quem sabe?Só o futuro tem a resposta.

    Um Abraço!!!

    ResponderExcluir
  101. Acho que sou um pouco suspeito pra falar, porque sou admirador do seu trabalho como todos os outros. mas ficou ótima um arranjo de acordeom muito bom.
    olhando pra traz e vendo as composições antigas dos engenheiros agente percebe o quanto suas músicas mudaram (pra melhor claro)
    não sei se isso é bom ou ruim mais o fato é que continuo gostando muito. isso prova que sua obra É REAL, VICERAL.

    ABRAÇO!

    ResponderExcluir
  102. humberto, conheci os engenheiros na época do Papa é Pop, tinha 11 anos. No Ano seguinte, no lançamento do Várias Variáveis um show em Rio Claro, foi motivo de discórdia, mas venci meu pais e acompanhei o melhor show da minha vida. A Partir dai os Engenheiros passaram a ocupar o primeiro lugar no meu vasto gosto musical....
    Gostei muito da música, dei um rewind à 1993 e achei a música bem no estilo do disco (ainda era disco...hehehe) do Filmes de Guerra, Canções de Amor. A música me soa algo familiar no refrão, que não consegui lembrar. Acho perfeita para o retorno dos Engenheiros, e quem sabe com a participação de Maltz... Convença ele a voltar, inclusive acho que poderia rolar uma Re-Storia para marcar essa volta. Uma continuação dessa E-storia com páginas ainda em branco prontas para serem escritas....

    ResponderExcluir
  103. Novos ventos sopram no horizonte, numa esquina qualquer neste caminho com fim que não tem fim. Cada um na sua, nem tão sua assim, suam as mãos no meu jardim, quando eu penso, olha pra mim, olha pra mim...

    ResponderExcluir
  104. Fantástico, Humberto. Muito bom!
    Essa música agora não sai da minha cabeça....

    Abraço.

    ResponderExcluir
  105. Boa ! o chapéu melódico e a peruca da harmonia !
    A lenda da lêndia que chora e o piolho poeta , que dizia que nylon não aceita shampoo .

    ResponderExcluir
  106. ... bah cara, ficou 100% a música bora... não é por acaso que sou seu fã à 15 anos... será que sai um disco com essa música? Grande abraço Humberto, Deus o abençoe!! Teus fãs aguardam anciosamente por canções inéditas... faloooooouu!!!

    ResponderExcluir
  107. OLa boa tarde gostaria muito de ver voce tocar aqui novamente em VItoria ES pois tem tempo que voce nao vem aqui ,um grande abraço valeu e parabems pois engenheiros do hawaii ainda circula na minha veia abraço de seu fã Andresson almeida de sousa silva putz to querendo comprar seu livro mais aqui esta em falta em todas as livrarias parabems mais uma vez...

    ResponderExcluir
  108. Olá Humberto meu nome é Lilliany. Não existe ninguém no mundo inteiro mais talentoso que você, você une melodias maravilhosas a letras incrivelmente bem elaboradas, não existe john lennon nem ninguém que chegue a seus pés. Humberto eu me sentiria a pessoa mais feliz do mundo se você me respondesse, meu e-mail é lillianyseymour@yahoo.com.br
    Você é incrivel, maravilghoso!!!
    beijos

    ResponderExcluir