P(*)EMAS C(*)M N(*)TAS DE R(*)DAPÉ - 33


da janela do avião eu vejo Porto Alegre
vejo o futuro em flashback

Embarcando num voo BH-POA, recebi email do jornal Zero Hora perguntando se eu poderia escrever um texto sobre "férias no litoral gaúcho". Por estar revisando meu novo livro, compondo, preparando uma twitcam e por não me ocorrer nada interessante para contar, respondi que precisaria de uns dez dias.

Ao desligar o celular para a decolagem, as ideias começaram a pintar. Na metade do voo (qual será o meio do caminho entre BH e POA?) eu já havia escrito o texto. Depois de publicado, várias pessoas mandaram elogios, entre elas dois escritores que respeito muito. Fiquei naturalmente envaidecido. Ao mesmo tempo, me parecia muito fácil  escrever sobre o que pensamos e sentimos. Doce ilusāo...

Alguns dias depois, o mesmo jornal me pediu um curto depoimento sobre o que curto em POA. Expliquei que não sou turista da minha cidade: o melhor restaurante, a melhor vista, o mais isso e o maior aquilo não fazem minha cabeça. O cara do jornal me tranquilizou dizendo que podia ser algo pessoal, não precisava ser um papo turístico (meu depoimento estaria ao lado de outros vários que certamente citariam praças, parques, por do sol, rio... estas coisas que povoam o imaginário porto-alegrense). "Já te mando", repliquei. Doce ilusão...

Se fosse palavra falada, eu estaria gaguejando até agora. Na tela branca do computador, eu só via o cursor piscando, esperando palavras que não vinham. E, quando vinham, não diziam a que vinham.

Numa das tentativas, escrevi que me encantava em POA o sotaque do qual não gosto. Que porra de frase é essa?!?  Um elogio às avessas?!? Apertei a tecla delete com força suficiente pra apagar todas as pixações do muro da Mauá!

Todas as tentativas de explicar minha paixão por POA pareciam me pedir para ficar quieto, sair pruma caminhada, assobiar uma melodia... Pensei em outras paixões e me acalmei ao notar que sobre nenhuma delas era fácil falar de forma linear e em tons pastéis. Melhor ficar quieto do que encher o saco de algum leitor dominical sonolento com minhas teses sem defesa sobre a cidade em que nasci e escolhi viver.

Putz, que merda, acho que escrevi este texto para dizer que não sei escrever! Mas vocês, que são uns anjos, dirão que não é nada disso, que a paixão (bichinho fortifrágil) é mesmo difícil de capturar. Pô, valeu a força!

atrás do muro existe um rio
que na verdade nunca existiu

Bah 1: O Muro da Mauá, em Porto Alegre, foi construído depois que uma enchente, em 1941, castigou a cidade. O acesso ao porto ficou limitado por alguns portões que, apesar de nunca terem sido fechados (ironicamente nenhuma enchente, depois de 1941, justificou o muro), gradualmente foram distanciando cidade e rio.

Outro golpe sofrido pelo Guaíba: lá pelas tantas descobriram que não se tratava "tecnicamente" de um rio. Se não me engano, seria um lago... mas frequentemente me engano. E não sou técnico, sou só um porto-alegrense.



um abraço desde o paralelo 30!
24jan2012

87 comentários:

  1. "Por estar revisando meu novo livro, compondo, preparando uma twitcam"

    Estamos todos esperando \o/

    Enquanto a não saber escrever... Todos nós sabemos que você está sendo seu maior crítico Agagê.

    Abraços para o maior músico escritor do Brasil.

    ResponderExcluir
  2. Me consola saber que tenho companhia ao não saber expressar o que sinto, me emociona tão boa companhia!

    Abraço Gessinger!!!
    Espero que suas férias não sejam tão breves que não possa aproveitá-las, nem tão longas que me deixe morrendo de saudade...

    ResponderExcluir
  3. Mesmo achando que não sabe escrever, consegue escrever coisas maravilhosas. Rs
    Mais uma vez, Muito bom!!!
    Valeu!!

    ResponderExcluir
  4. Gessinger, dá pra sentir ao ler cada palavra deste texto o quanto você é apaixonado por POA. As melhores coisas da vida são indiscritíveis..
    Você e Machado de Assis tem esse dom de falar com o leitor, parabéns por mais um texto.. agora sim começa a minha semana.. depois de ler suas reflexões..

    Um grande abraço
    @nsnathy

    ResponderExcluir
  5. ...escrever sobre "não escrever"..já é, né? armadilhas fáceis de uma tarefa difícil. Legal, 1Berto... gosto de sua escrita ;-)

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Muito bom!
    Mas e um desafio que vem com gratificação... fala de quem gostamos e difícil pelo menos pra min.!
    Mas numa caminhada, num assovio de uma canção fica tudo ali bem pertinho e claro de se expor! Como na tela de um computador!! Boa semana pessoal

    @Anderson-ps87

    ResponderExcluir
  7. Gessinger você é um GÊNIO, meu parabêns em nome do povo de MG

    ResponderExcluir
  8. E por que não derrubam o Muro da Mauá, tal qual o Muro de Berlim???

    ResponderExcluir
  9. Muito bom... Se preparando para dormir e ainda me deparo com essas palavras

    ResponderExcluir
  10. Humberto juro que entendi pouco do texto de hoje!
    Não gosto de reler o texto pra dps comentar.. gosto de fazer o gol de 'bate-pronto'!
    Depois vejo as asneiras que escrevi

    Mas esse 'muro' me embananou!

    Foi legal ler lá no 1º parágrafo, entre as vírgulas das suas ocupações, a palavra 'COMPONDO'.. vem coisa nova ae neh?? ;D

    Vlw turma De fÉ! Vlw Humberto!

    Um dia qndo eu sair do interior do Rio, pegar um avião (msm com medo) e ir a PoA, irei na Silva Jardim 433, espero que um monstro não me espere! hehehehe

    ResponderExcluir
  11. No dia em que for possível traduzir uma paixão em palavras significa que esta já esfriou. Amor não tem forma nem "medida" né?
    Novo livro. Hum... mais um que não vai parar na estante.

    Abraço

    ResponderExcluir
  12. Adorei o texto, como sempre!
    Quando li teu texto na Zero Hora fiquei mesmo pensando como teria sido "por trás do lápis" e agora a surpresa :)
    Ah, na minha modesta opinião, um "depoimento" e que define a cidade é "amanheceu em Porto Alegre", acho que não precisa mais de muitas palavras, rs.

    ResponderExcluir
  13. Sinto muito HG, mas desta vez vc fracassou. Diante deste texto não me convenci de que não sabe escrever... rs =)

    P.S.: Acho que não sei comentar em blogs!

    P.S.2: Ouvi um comentário de que Pouca Vogal virá aqui em Quirinópolis - GO, desde então só penso no dia do show, que nem sei a data ainda!

    P.S.3: Quantos P.S's, acho que isso era assunto de outro texto, tá vendo só, é a prova de que não sei comentar em blogs!

    Beijos da De Fé

    ResponderExcluir
  14. Muito bom... Se preparando para dormir e ainda me deparo com essas palavras

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  16. Armadilhas... estão ai todos pedindo descrição e apresentação, é muitas vezes como explicar tanto fascínio e alucinação por um artista, por alguém que a gente ta sempre acompanhando. Buscamos palavras e sobram histórias, só nos falta deixarmos de ser tão técnicos CAPITÃO!!!

    Abraço

    ResponderExcluir
  17. o difícil se torna fácil, e vice-e-versa... Nada é tão fácil que possa ser realmente simples de ser e se deixar explorar em palavras sem o momento certo ...sem o x da questão...não era o momento,talvez...

    ResponderExcluir
  18. já que falaste do muro diga-me que flor nasceu num certo 30º andar ?

    ResponderExcluir
  19. Expressar nossos sentimentos nem sempre é fácil, principalmente quando se trata do que amamos. Mas nao deveria ser o contrário? Quanto mais se ama mais fácil de se expressar? Sinceramente, nao sei! Pra mim é mais complicado, acho que esses sentimentos nao se explicam, se sentem!
    Parabéns pelos GRANDES textos Gessinger! Seja como for, esteja onde estiver, nao deixe de se expressar!

    P.S.: Eu te amo Juliane! Beijos pra minha namorada do meu coração!

    ResponderExcluir
  20. Expressar nossos sentimentos nem sempre é fácil, principalmente quando se trata do que amamos. Mas nao deveria ser o contrário? Quanto mais se ama mais fácil de se expressar? Sinceramente, nao sei! Pra mim é mais complicado, acho que esses sentimentos nao se explicam, se sentem!
    Parabéns pelos GRANDES textos Gessinger! Seja como for, esteja onde estiver, nao deixe de se expressar!

    P.S.: Eu te amo Juliane! Beijos pra minha namorada do meu coração!

    ResponderExcluir
  21. Não faço ideia de o que escrever aqui.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  22. Gostaria, um dia, de conhecer a história de Piano Bar. Uma música que mudou completamente de sentido com o passar dos anos para mim.

    ResponderExcluir
  23. Verdade. Embora uma música tenha um significado diferente para cada pessoa, as vezes gostaria de saber qual o significado para o compositor... será que isso é perigoso?

    ResponderExcluir
  24. Quando me assusto com o cursor piscando na tela branca do computador, recorro as tuas belas palavras, caro Gessinger. E mesmo quando não consegues traduzir teus próprios sentimentos, traduzes os meus, e fazes isso como ninguém, muitíssimo obrigada.

    ResponderExcluir
  25. Livro novoooooooo uruuuuuuuuu !!!!
    esperando pra te mais uma obra sua
    que a paixão é mesmo difícil de capturar.
    concordo plenamente toda paixao e dificl de explicar em palavras.

    sempre sinto falta quando tu n bota a velha foto do abraço!
    fica com DEUS e todos nois da PB estamos com saudades!

    ResponderExcluir
  26. Dormirei melhor depois desta leitura.
    Parabéns pelos grandes textos, Gessinger. E não pare de escrever nunca!

    Um forte abraço de um fã catarinense.

    ResponderExcluir
  27. acho que a primeira vez que comento aqui, apesar de sempre ler os posts e muito parecido com o texto não me vem palavras para falar o que tanto planejei escrever- não que de alguma forma eu ache que o que escrevo vai mudar alguma coisa-, então de forma nada criativa agradeço por ter se dedicado a escrever apar esse blog, por fazer twitticans e principalmente por fazer tudo isso como um dom quixote.

    ResponderExcluir
  28. Não sou nenhum escritor famoso q vc admira, mas aqui vai meus elogios que sempre gosto de mandar!! Seus textos são cada vez fantásticos!!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  29. Grande HG!! Parabéns, surpreendendo sempre..

    ResponderExcluir
  30. Só vou conhecer POA quando for ver o R. Waters ali no Beira Rio, até então só estive de passagem. Abraços.

    ResponderExcluir
  31. Se Humberto Gessinger não sabe escrever, logo me vem a mente: não sei ler o que HG escreve.
    Mesmo assim vou sempre tentar, até porque a nossa trajetória não precisa explicação e não tem explicação.
    Abraços HG.

    ResponderExcluir
  32. Sabe o que mais me encanta quando leio textos escritos pelo Gessinger?
    A simplicidade, leveza e humanidade. Não importa o conteúdo da conversa (por que a impressão que nos passa é essa, que estamos batendo um papo, por sinal bem agradável com alguém) que pode conter uma boa pitada de auto- ironia, troca de experiências e ideias ou uma reflexão sobre coisas simples e belas da vida. Mas o que sinto é sempre muito parecido, sinto que não estou apenas lendo textos feitos por um músico que admiro, mas que estou diante de sentimento, pois essa maneira leve e pessoal de transmitir ideias, não deixa nenhuma dúvida da humanidade presente em todo o seu trabalho e me atrevo a dizer em você também.
    Ao escrever meu comentário talvez tenha focado tanto na questão da sua humanidade talvez pelo fato de ter lido na ultima twitcam um comentário do tipo "acho que esse cara não é humano." E isso meio que mexeu comigo, comecei a me questionar: Poxa, mas aí não teria graça... Se o que mais admiro nele é justamente a forma que ele fala sobre seus sentimentos e até inquietudes... Como tudo isso seria possível se ele não fosse humano?...
    Espero que você nunca deixe de proporcionar a todos nós esse pequeno contato com a pessoa Humberto Gessinger.
    Abraços de uma pessoa que muito te admira. ^^

    ResponderExcluir
  33. "Numa das tentativas, escrevi que me encantava em POA o sotaque do qual não gosto. Que porra de frase é essa?!? Um elogio às avessas?!? Apertei a tecla delete com força suficiente pra apagar todas as pixações do muro da Mauá!" Ri alto!!!

    ResponderExcluir
  34. POA é um misto de cores, cheiros, linhas de ônibus, grenais, costumes, sotaque, expressões [onde qualquer frase pode começar com "bah", sem nenhum problema e um "ah tri" serve pra encerrar qualquer discussão ou simplesmente complementar algo que foi dito]...é uma cidade realmente demais [com exceção do calor infernal dos últimos dias! rsrsrs].

    Eu amo ser porto-alegrense!

    ResponderExcluir
  35. Porto Alegre e o Rio Grande do Sul são muito peculiares. Ao fazer o mestrado na UFRGS, fui atrás de alguns pontos que para os de fé passaram a ser turísticos na cidade: a escada da Faculdade de Arquitetura, DAFA (Diretório Acadêmico da Fac. de Arquitetura) e a cantina onde professores e alunos almoçam.

    Outra coisas bacana foi ver o pessoal na padaria pedindo negrinho e branquinho: brigadeiro e beijinho, além de cacetinho.

    Ficava hospedado na Protásio Alves, perto de uma das lanchonetes Trianon, onde me acabava com o famoso Bauru TRianon.

    O sotaque, meus orientadores e professores eram fera nisso: imaginem um inglês falando português com sotaque gaúcho!

    Mas PoA me encanta e sempre que posso, passo por lá.

    Abraços

    ResponderExcluir
  36. Não sei onde li essa frase antes, mas "deixemos o amor em paz, falar de amor não é amar!"

    HG, quando virá tocar em Teresina?

    Abraço de urso e beijos pra torcida!

    ResponderExcluir
  37. é como ficar esperando cartas que nunca vão chegar...não vão chegar com "x" não vão chegar com "ch". é mesmo assim o suprasumo da contradição de encontro à urgência da razão que nos faz meio assim subentendido, subjetivos o contrário de um contrário do contrário. é mesmo assim isso tudo só faz sentido pra mim ou não, acho que não, acho que não sei; a dúvida é o preço da pureza e é inútil ter certeza obrigado Humberto espero seus post toda segunda como esperava cada lançamento em tempos outrora. commandodelta sj rio preto sp cONeXÃo PoA LoUcO dE saTISfaÇÃo valeu gessinger!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  38. HUMBERTO HOJE APRENDI O QUE SEMPRE SOUBE, mas sempre esqueço! MEU ALUNO MARCOS MATOU A CHARADA... O ESCRITOR... A ESTESIA... É DELEITE: É SUPERCÍCIE DO CÉU... É PURIFICAÇÃO.

    Nós criamos por satisfação.

    E nem sempre há pactos no trotoar. Mas se não for assim são sempre os mesmos no altar.

    ResponderExcluir
  39. só tenho a dizer que a paixão (bichinho fortifrágil) é mesmo difícil de capturar.

    ResponderExcluir
  40. Faltou a foto! Adoro roubar as fotos que coloca no BloGessinger! Bah! Oxe! Arre equa! Pô! rsrssrrssrrssrs
    Cheirosss
    Luziara

    ResponderExcluir
  41. Só queria que vc soubesse o quanto m emociono com seus textos, é tão único e tão Gessinger. Como se nós estivéssemos próximos e você como um grande amigo me contasse uma e-stória e eu ficasse ali parada, simplesmente ouvindo. Fico feliz por poder ler seus textos e ver suas twticans , pois nunca fui a um show seu e isso e poder ler seus textos e ver seus vídeos já me alegra .
    Campo Grande – MS
    stefanynogueiraloubet@gmail.com

    ResponderExcluir
  42. Falava sobre o imortal (que vive morrendo) Grêmio.
    Pela fase atual, dava umas 2 linhas. kkkkkk....

    Saudações Rubro-Negras.

    ResponderExcluir
  43. cade a foto?

    e pergunta...guarulhos é uma cidade em que todas aas bandas passam por causa doa eroporto mas nunca param pra tocar aqui isso é uma pena


    ps fãs aqui seus sao muitos


    abraços!

    ResponderExcluir
  44. Massa isso de que vc escreve coisas paradoxais.
    Mas isso, pra quem é de fé, não é novidade, Humba!

    Esperava algo sobre Anonymous, SOPA/PIPA.

    Robson, 22, Lindóia-SP.

    ResponderExcluir
  45. Eu fui conhecer Porto Alegre, só por que você mora lá!

    ResponderExcluir
  46. Porto Alegre, sinceramente é uma cidade sem explicação nenhuma. E adorei saber como você é apaixonado por ela tb, como eu. Confesso que o centro me fascina muito (um pouco estranho esse gosto).
    Um grande abraço!!
    Obs: Ótimo post, como sempre ;)

    ResponderExcluir
  47. Senti falta da foto no final do post. rs'
    Ahhh imagina se soubesse escrever, Abraços HG.
    e Vem logo pra Teresina tá?! ;/

    ResponderExcluir
  48. como sempre, muito bem ler o que escreves! :)

    ResponderExcluir
  49. "Nósinhora" H1berto você tá virando mineiro já, daqui a pouco além de escrever nada com nada vai começar a juntar as palavras numa só e falar "uai" (do inglês why).
    Mas falar sobre onde agente conhece é difícil mesmo, falar de um lugar desconhecido é mais fácil pois pelo menos as palavras surgem na expectativa de conhecê-lo.

    ResponderExcluir
  50. Algumas coisas são possíveis de serem escritas. Outras não :)

    HUG! (a velha união entre os conjuntos H e G ;)

    ResponderExcluir
  51. Por mais que "não saiba escrever" seus textos são sempre perfeitos, acho que nós fãs somos todos apaixonados pelos seus erros.

    ResponderExcluir
  52. Eu tenho 31 anos. Engenheiros do Hawaii foi a banda que eu mais ouvi desde que nasci. Por um descuido quase mais que os Beatles. Depois fiz canções. Há umas 2 semanas atrás ouvi todos os discos do Eng...enquanto o pouca vogal estava pelas minas gerais (planeta onde moro). Hoje pela primeira vez entrei no blog, no site, visita ao amigo de infância que nunca conheci. Ou conheci demais e fiquei feliz de fazer parte desses 27 anos... minha contribuição pela Formação: http://www.melodybox.com.br/luizrocha

    A gente se v.

    ResponderExcluir
  53. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  54. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  55. Ô!!! Quem dera eu tivesse um átomo da sua capacidade de escrever e pensar hehehe. (Não estou sendo puxa-saco, só o admiro demais! Depois que comecei a ler teu Blog minhas idéias e forma de pensar na hora de escrever qualquer coisa... até mudaram |mudaram completamente! ("E quem não é está sob influência constante" né!?). Mas digo com segurança que você é um gênio na arte de escrever e falar...(Compor nem se fala!)
    Enfim só alguns elogios... rs
    Acho muito legal quando você cita ou comenta algo sobre BH e tal... Da uma sensação de que é uma cidade a qual você gosta muito, não que isso tenha tanta importância...Mas por eu ser daqui e ser teu fã... É muito legal! (Nada demais imagino você pensando...)

    Valeu!
    Senti que tudo que escrevi ficou péssimo ah...mas é de coração ok heheh
    Abraço!

    ResponderExcluir
  56. Tche...a maneira como você consegue capturar um momento e, de forma sempre criativa, traduzir em expressões não convencionais mostra o quão escritor és. É ótimo ler os teus textos...além de um excelente músico, um poeta, certamente és um excelente escritor/blogueiro/seilámaisoque. Valeu por fazer parte de nossas vidas ;)

    ResponderExcluir
  57. Olá Humberto,você não precisa provar mais nada,sua carreira fala por si só.Assim,como Mário Quintana,você possui uma de suas maiores formas de expressão-a escrita.
    "Quem não compreende um olhar,tampouco compreenderá uma longa explicação".Mário Quintana.
    Te admiramos muito,
    Cammy e família.

    ResponderExcluir
  58. eu vi você na frente do computador sem saber o que escrever... então me diga, como não sabe escrever?
    e acertou, claro que todos os de fé por aqui iriam te defender, falar que é difícil expressar o que sentimos, de um lugar que nem todos conhecem e que nem todos tem o mesmo carinho, a mesma visão... mas pode ficar tranquilo, sempre iremos apreciar o que você escreve!!
    tenho familiares em POA e, realmente, prefiro o meu sotaque sul paranaense, mais precisamente, um sotaque guarapuavano!!
    beijos

    ResponderExcluir
  59. Acredito que todos que passam por aqui, estão a procura de uma boa leitura, e da sinceridade de um artista que encanta muita gente desde 1984, musicas feitas ha 10/15 anos atrás refletem circunstâncias em que vivemos hoje, vc é um escritor que nos faz ler com a alma, e acredito q minhas palavras não são apenas de uma fã mas de uma pessoa que sabe apreciar um grande poeta, cronista, um escritor de "alma cheia".
    @tariRodrigues

    ResponderExcluir
  60. Vanilce Nascimento25 de janeiro de 2012 08:47

    Meu caro Gessinger você escreve como ninguém. Na dúvida, te digo o que é melhor em Porto Alegre apesar de ser mineira e morar em Belo Horizonte. O melhor de Porto Alegre é o você, o Maltz e o Licks ou seja o melhor Trio que já existiu. Beijo grande.
    Vanilce

    ResponderExcluir
  61. O texto é excelente, como de costume. Porém esses comentários constrangem, de tão chatos. Parece que todo mundo fica tentando ser poeta. Todo mundo era poeta, todo mundo era atleta... Marcando o milésimo gol, sentado na mesa do bar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Começou a chatice! Ora! Não lei os comentários, só texto e fica tudo tranquilo.

      Excluir
  62. Ola HG,caramba não sabia do seu blog,descobri atraves de alguém que se passa por vc que tenho no face,mais o incrivel que esta pessoa,que se passa por vc posta tudo la e graças ao Humberto Gessinger falso que tem no face soube do seu blog.Estou adorando seu blog,ja li seus dois livros:"Pra ser sincero" e o "mapas do acaso" e lendo seu blog eh como fosse uma continuação do "mapas do acaso"!
    Adorei twitcam,eh uma idéia incrivel,onde nós fãs temos possibilidade de curtir as boas musicas do ENG HAW em uma versão diferente e que na minha opinião ficaram ótimas! Acho até que deveria gravar essas twitcam! Dia 11/02 não vou deixar de conferir ao vivo e ver se ganho no sorteio! ahahahahah
    Eh isto um abração do seu fã Marco Aurélio do Nascimento de Curitiba

    ResponderExcluir
  63. KD a foto da semana?

    ResponderExcluir
  64. Grande texto, parabéns...

    PV em CRICIUMA JÀ!!!

    ResponderExcluir
  65. Humberto o Guaíba se trata de um estuário...

    Valeuu

    ResponderExcluir
  66. Puxa Humberto!
    Estive na última sexta, dia 20/01 em Curvelo. Viajei ansioso pelo show que para mim era e continua semi-inédito. Companheiro! Por volta da sétima música minha esposa passou mal e tive que ir embora um tanto chateado. Incrível... Era uma surpresa, um presente de aniversário para ela e deu no que deu.
    Gostaria de ter seguido para Ipatinga (show do dia seguinte, mas não foi possível), juro que analisei essa possibilidade. Pois é. Fiquei bastante chateado. Na viagem de volta tive que me contentar com o CD do Pouca Vogal e o kit de chaveiros que comprei. Tinha até a esperança de consegui uma palheta com vc ou com o Duca (já que sou músico), ia colar junto ao postal autografado por vc (minha irmã conseguiu isso para mim, quando trabalha na TV Bandeirantes em BH). Foi uma noite triste. Ah!!! Minha esposa está bem... rsrsrs. Era somente aquela coisa mensal que toda mulher sente. Maldita cólica. Espero por outra chance. Da próxima vou só. rsrsrsr
    Abraço do seu fã.
    Alysson Carvalho - rabiscosentoados@gmail.com

    ResponderExcluir
  67. Grande tempo que aprimora, lembro como hoje da primeira twitcam, som meio distorcido, tu pedindo desculpas, pondo culpa nas caixinhas de som do computador etc...hoje são mega produções de garagem, um grande acervo pra quem te acompanha e é teu fã...sobre o post, acho esparta alegre bem simpática e tenho muita vontade de conhecer, estarei em breve cruzando o Brasil. Piauí-Poa. grande abraço 1berto !

    ResponderExcluir
  68. Ah ia esquecendo, que Deus ilumine você, Adriane, Clara, Boris, Laika e o restante da família...

    ResponderExcluir
  69. @1bertoGessinger Meu nome é Patrícia sou casada com um dos seus milhares de fãs. Já dei de presente de aniversário para meu marido ingressos do seu show e este ano quis inovar acabo de comprar uma agenda, um livro e uma camiseta da sua grife (ainda não recebi e vou fazer ele chorar porque pedi autografado) e lhe digo mais se tu perguntar pra o meu marido Norberto qual o seu maior sonho ele vai dizer: - Cantar Infinita Highway com o Humberto...nem sei se é assim que se escreve, mas o sonho dele poderia ser ir para Punta Cana com a esposa né?
    Sem mais rodeios, no dia 10/03 as 20h em Canoas RS, haverá uma festa para comemorar o aniversário do Norberto e como gentileza não é ofensa... o Sr humberto e sua família estão convidados. Como sou otimista já coloquei seu nome na lista da portaria do condomínio.
    Para localizar o endereço é só procurar pelo nome da cliente Patricia Rodrigues da Silva Viégas no site da stereophonica.
    Esperança é a última que morre e fã é fã e esposa é esposa.

    Obrigada por sua atenção.

    Campanha: Quero o Humberto na festa do Norberto!

    Pense bem: Eu podia estar matando, roubando, ouvindo Michel Teló ou seguindo a Luiza que veio do Canadá no Twiter e estou aqui mandando recado para um homem que não conheço pessoalmente enquanto meu amor está indo para o jogo do Grêmio na Ulbra. Pode?
    Um abraço e manda um especial pro Duca (eu sou fã dele)

    Patricia Rodrigues da Silva Viégas

    ResponderExcluir
  70. Se você não sabe escrever eu então nem mais comento nada aqui... rsrs Demais teu texto!
    tani kronbauer
    Joinville SC

    ResponderExcluir
  71. "no ônibus que me trouxe até aqui Johnny Cash(no mp3) me dava razão" ...
    .
    me perdi no tempo, e quando ví já é quarta quase quinta..
    .
    Já tô tirando onda com a camisa do "Simples de Coração", valeu Seu Humberto...Nesse momento o Real Potosi virou 2 a 1 nos framengo..
    .
    e o Grêmio venceu o canoas. Esse canoas já jogou com o Remo?
    Boa noite e se isso não der samba, pelo menos dá um abraço.
    .

    ResponderExcluir
  72. Cada vez que eu vejo você sem palavras para falar de PoA minha vontade de ir para aí e nunca mais voltar aumenta. Porto Alegre, a cidade onde os sonhos se realizam...

    Ri muito com o post, escrever é um tarefa difícil, mas vc ja conhece as curvas dessa highway.
    eu sumi daqui, mas continuei lendo, só perdi minha inspiração, mas Porto Alegre sempre inspira...

    3 anos para me mudar e nenhuma foto no post de hoje para me encantar um pouco mais.
    Vlw, sempre a palavra certa (:

    ResponderExcluir
  73. Cara quando vejo você dizer que é difícil de escrever quase não acredito pois , quando leio tuas letras em forma de poema , encontro ali uma facilidade descomunal , é bem verdade que estou totalmente errado , mas isso que passa , tuas letras são um deleite para teus fãs e ouvintes ... Dizem que sou poeta e gostaria que você se tivesse um tempinho lesse algum de meus poemas e se possível deixa - se lá no meu blog seu parecer !
    Sou teu fã desde o inicio e tive o prazer de conversar contigo lá nos anos 80... aqui na minha cidade , vocês vieram tocar num clube chamado Mauá e foram para uma padaria em frente fazer um lanche ... cara bons tempos conversei com Maltz e o e você tomava coca cola e se não me engano comia pão com mortadela ... isso sim era simples de coração !
    www.obarulhodosilencioeoutrosruidos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  74. A única vez que estive em POA choveu o fim de semana inteiro. O que ficou na minha memória foi uma cidade cinza com muitas construções de 'tijolo à vista'. Sou curitibana e não gostei de Porto Alegre, vai entender...

    ResponderExcluir
  75. Humberto, você é o cara. Parabéns!! "Amor da minha vida, daqui até a eternidade". Acho que essa é a canção que o papel e a caneta cantam pra você. Antes eu era (na verdade ainda sou) gamadão em Legião Urbana. Ficava fascinado com as letras do Renato Russo e jurava que nunca encontraria alguém com tanta genialidade. Me enganei. Encontrei alguém com a mesma ou até mesmo maior genialidade. Suas letras são fantásticas. As pessoas que eu conheço e que nunca chegaram a ouvir Engenheiros e suas belas canções rapidamente se apaixonam, bastando ouvir apenas uma ou duas vezes alguma de suas canções. E todos são unânimes em afirmar: ele é inteligentíssimo!! Parabéns Humberto!! Eu sou fã das bandas e cantores em extinção: Beatles, Oasis, Blink, Legião... Quando eu começava a gostar de alguma dessas bandas, logo ficava sabendo que não existia mais. Ou havia sido extinta ou os vocalistas e compositores estavam mortos. Com exceção de um (adivinha quem...). Vou ter honra de contar para os meus filhos que eu fui do tempo de Humberto Gessinger!

    ResponderExcluir
  76. Cara, vou ser breve pra correr o risco de ser lido. Então, em 98, eu tinha 14 anos e descobri o GLM na casa da minha vó. Foi a namorada do meu tio que emprestou pra ele. Ouvi ninguém=ninguém e fiquei perplexo. Moro no interior do PR e o som das rádios daqui não me chocava, era plano demais. A partir disso descolei todos os discos dos EngHaw, entre LP's, CD's e... flagre: K7's cara! Resumindo: aí a namorada do meu tio começou a frequentar um lance de carismáticos da igreja e tals, e alguém lá disse que Engenheiros era diabólico... Aí ela deu o GLM pra mim! Sou profundamente agradecido ao cara que disse isso! Ela está lá, fiel, e eu aqui, crendo que a dúvida é o preço da pureza. É isso.

    ResponderExcluir
  77. Cara, esse pulo do Alivio Imediato... como está para 2012? =)

    ResponderExcluir
  78. Após ter todos os textos devidamente lidos (nem tudo entendido, diga-se) numa onda de entusiasmo, só posso comentar: Escreva mais!

    ResponderExcluir
  79. HG tu tens um dom... o dom de engrandecer toda e qualquer pessoa com seus penssamentos transmitidos em forma e conteúdo..

    vlws + uma vez...

    abraço

    ResponderExcluir
  80. Porto Alegre é a cidade mais linda do planeta, gosto de passar pela avenida Beira-Rio ao final da tarde e sentir o por do sol.

    Aquele por do sol traz paz, parece mágico,

    Mas o que mais gosto em Porto Alegre são as boas conversas, quando se tem a sorte de ter amigos legais acho que até o inferno pareceria bom, mas aqui não é o inferno, longe disso (se bem que a situação da cidade não é perfeita no tempo de férias, pessoas viajando e o tempo seco e quente)

    E quando o avião ta pousando e vem baixinho pelo Guaíba, mostrando o contraste entre o encontro das águas com os edifícios, uma simetria, não perfeita simetria, mas muita beleza.

    ResponderExcluir
  81. Essa história do muro da Mauá foi bem curioso! É parte da biografia da cidade.

    ResponderExcluir
  82. Grande HG,sou de Curitiba,vou em todos shows seus aqui,lançamentos dos seus livros etc... Sei que não sabe que sou,embora já tenha falado com vc algumas vezes,mas vou te contar uma coisa que achei muito legal,a vó da minha esposa ela da aula de piano,sabe tudo de musica,um dia fomos vizitar ela e tocou Parabólica,ela perguntou quem é que canta? Eu respondi,os Eng Haw. Ela disse eles são os engenheiros das palavras,que muisca linda! Abraço HG do amigo Marco Aurélio do Nascimento

    ResponderExcluir