P(*)EMAS C(*)M N(*)TAS DE R(*)DAPÉ - 30



eu me sinto um estrangeiro
passageiro de algum trem
que não passa por aqui
que não passa de ilusão

(*) Parece que estou parado e que o chão é que se move. Eucaliptos apressados passam. Passam dias e semanas. As esquinas também passam. Chuto a pequena pedra, ela fica parada comigo pois é a calçada que passa. As árvores, os muros e as grades passam.  Agora, até a pedra, que parou, passa por mim. Eu sigo. Uma estrela numa propaganda de uísque  manda "keep walking", eu obedeço.           
          
Quando a sinaleira passou por mim, ouvi o som que nunca ouvira: verde-CLAC-amarelo-CLAC-vermelho... a sucessão tem som! Inaudível dentro dos carros ou mesmo fora, se a cidade estiver no seu ritmo normal. Seu anormal ritmo normal. Para mim, hoje, tudo pass-a-normal. O feriado libertou os prisioneiros, foram para serra ou litoral. A cidade está silenciosa. Dá pra ouvir a sinaleira trocando de cor. CLAC!
          
Fora da minha cabeça, por quanto tempo estas ideias sobreviveriam? Como vírus e bactérias  que morrem expostos ao ar, ideias precisam de um hospedeiro? Outras cabeças?
         
Saindo  do Rio Grande do Sul, por quantos kilômetros faz sentido a palavra sinaleira? Quando vira semáforo? E goleira, até onde significa a meta (o gol, o arco) e quando passa a ser a fêmea do goleiro? Bergamota, fatiota, amolado, atucanado, pechada... isso faz sentido em outros estados? Em outro estado de espírito, faço sentido? Ando, penso, assobio : "quem não precisa de uma versão, uma tradução?"


(*) Lost in translation, o filme de Sofia Coppola, chegou ao Brasil como Encontros e Desencontros. Parece uma inside joke (brincadeira para iniciados) pois Lost in translation, a expressão, se refere a termos que perdem o significado em outras línguas, mesmo traduzidos literalmente. Millor Fernandes brincava com estas traduções que, de tão literais,  perdem o sentido (a vaca foi pro brejo : The Cow Went To the Swamp).
          
É o significado que se perde na tradução ou somos nós que nos perdemos na impossibilidade de traduzir? Entre encontros e desencontros, nem bússolas nos ajudam: no mapa de um estadunidense, o Perú é a Turquia (Turkey). O braço de uma guitarra é pescoço (neck) e a mão é cabeça (os instrumentos com sistema de afinação que dispensa a mão são headless).
          
O que um mother fucker tem a ver com um  filho da p***? O que kiss my ass tem a ver com tomar no c* ? Americanos não têm uma palavra para corno (por serem mais liberais no comportamento ou mais limitados no idioma?).  O que não se perde na tradução é o tom da voz de quem diz estas coisas. O tom, a forma de falar, diz tanto quanto o significado da palavra. É a voz que chega antes do verbo. É o som que fica depois do silêncio.
(*) O que escrevo caminhando (teclando no smartphone, correndo risco no campo minado por buracos e bosta de cachorro) pode ser entendido por quem está parado? Tomara que sim. A Marselhesa também faz sentido pra quem não é francês.

se tudo passa, talvez você passe por aqui
e me faça entender tudo que vi


Bah 1: Ops! Estavas aí?!? Nem te vi chegar! Tava aqui, pensando alto bobagens e besteiras... Como foi teu Reveillón? Tudo certo? Seguimos juntos, né? Quer escolher a música? Ando Só ou Lado a Lado? Tudo bem, cada uma vai ter sua hora em 2012... Simbora! Quer uma mate? Se estás lendo à noite, vai tirar o sono... tem o dobro de cafeína do que café... se é que se chama cafeína também a substância da Ilex Paraguariensis que tira o sono.




Bah 2: Quando fui a Los Angeles gravar o Simples de Coração, o produtor se amarrou no disco e quis fazer uma versão em inglês. Me apresentou um letrista americano para ajudar na tradução, mas... não rolou. Tudo parecia lost in translation. Resolvi fazer sozinho. Achei que ficaria melhor mesmo se ficasse pior.


Bah 3: Falando nisso, dia 11 de janeiro, quarta, 22h, rola a twitcam com o disco Simples de Coração na íntegra. Terça que vem falo um pouco sobre ele. Até lá, fica na paz! E mantém tua cabeça presa ao pescoço (ou sobre os ombros, como dizem os gringos: keep your head on your shoulders)!


03jan, primeira terça de 2012

115 comentários:

  1. primeira terça de 2012. primeiro texto de 2012. quer melhor jeito de começar o ano do que no BloGessinger?

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o texto Gessinger, como todos, mostrou novos horizontes ..
    Feliz Ano Novo, um grande abraço.
    Ps: Dia 20 vou estar em Curvelo pra curtir em, haha.

    ResponderExcluir
  3. "Se nada faz sentido, há muito o que fazer" mas não que uma tradução seja muito... Às vezes vai muito além. Nada melhor do que começar o ano e a terça-feira com um texto! Muito bom! Adorei!

    ResponderExcluir
  4. Se superando a cada texto. Muito bom 1Berto!

    ResponderExcluir
  5. Cheguei cedo dessa vez..eee,kk
    agr vo ler, deve ser bom como todos os outros, bjss

    @GridEngHaw

    ResponderExcluir
  6. palavras perdidas aqui do sul: desconfio q pandorga seja só do sul do RS (pandorga = pipa, papagaio...) somos todos estrangeiros, passageiros de algum trem - e no mesmo vagão!!

    ResponderExcluir
  7. Começamos o ano bem!!! E a terça tbm!!! :D

    ResponderExcluir
  8. perdido nos devaneios... rsrsrs, muito bom

    ResponderExcluir
  9. Goleira... é realmente a companheira do Goleiro... Ou por que nós, os goleiros, não saímos de perto dela???

    ResponderExcluir
  10. Me sinto estrangeiro, quando vejo preconceito no Brasil. Um país cheio de misturas, e tem gente ainda, que não consegue (ou não quer) entender. Nada contra os estrangeiros. Carrego um Gimenes no sobrenome. Carrego um Rickenbacker no nickname.

    ResponderExcluir
  11. A cada virada de segunda pra terça, uma ansiedade: o que será escrito? Na leitura, fragmentos de cada um dos "de fé", composições que compõem e são compostas por 1berto!

    ResponderExcluir
  12. A tradução é muito mais aquilo que a gente quer que seja...

    A contagem regressiva agora será pela twitcam! Rá! =D

    ResponderExcluir
  13. SINALEIRA é nova hummm deve ta falando do Farol (SP) conhecido tbm como semáforo (em outros lugares)...rsrs

    ResponderExcluir
  14. Twitcam será na versão em inglês ou português? rsrrs... Abração. Mais um excelente texto. Sigo aqui assistindo ao vídeo da gravação do Alívio no youtube madrugada a dentro...

    ResponderExcluir
  15. Seguimos Juntos! Anciosa ... o ano mal começou e já quero 11/01/12; Abraços!

    ResponderExcluir
  16. Consegui, pela primeira vez, ler teu texto na hora em que foi postado. Pois dependendo o momento em que se lê, podemos interpretar as palavras de diferentes formas.

    ResponderExcluir
  17. 1Berto mostrou no primeiro parágrafo, entender sobre o conceito relativo de "posição". POsso usar sua explicação nas minhas aulas de física? huahauhauhaua.
    Abraço

    ResponderExcluir
  18. No meio de tantas "contra traduções",será que a palavra real é perdida? E a forma como se sente, quando ela é vivida também muda... Ah Humberto me deste um nó já cedo assim do ano... rsrsrrs
    "Se nada faz sentido , há muito que fazer" ...
    Feliz 2012!

    ResponderExcluir
  19. Ainda não vi as músicas do Simples de Coração, em inglês.

    "Quem não precisa de uma versão, uma tradução?"

    ResponderExcluir
  20. Humberto, tu é um cara sensacional. Mesmo com poucas palavras. Um ótimo início de ano pra ti. Abraços, Raphael

    ResponderExcluir
  21. Que texto intrigante, interessante, me deu um nó na cabeça. O mais enigmático desse texto é a forma como veio carregado de sua respiração ofegante, talvez tenha sido o sinal, contou que escreveu andando, ou talvez tenha sido o sinaleiro. O essencial foi que amei, de verdade. Acho que o amor pode ser compreendido em qualquer lugar né? Embora não sentido...

    Respondendo...
    Sempre estou por aqui, sorte minha. O Reveillón foi ótimo, passei lado a lado com alguém especial. Sobre o mate, não sei preparar, consigo deixar ruim demais, deixo pra beber quando alguém que sabe fazer me oferece. "É fácil" foi o que me disseram, mas eu perco a direção ao tentar acertar a erva dentro da cuia, paulista demais...

    Feliz Vida Gessinger!
    Obrigada por estar aqui!
    Abraços

    ResponderExcluir
  22. Ahh, adorei..

    meu Reveillón? foi péssimo como todos os outros anos, meu irmão ficou com a namorada, meus pais nunca dormem cedo exceto no dia 31/12, e eu?kk vo ver TV esperando um novo ano, quem sabe melhor q o q passa?...

    bjs

    ResponderExcluir
  23. O Reveillón foi tranquilo... ficamos esperando sua twitcam especial, depois da meia noite, dublando "Suspicious Mind" do Elvis, mas não rolou... rsrsrs. Além de atucanado, bergamota, goleira... tem também o "Pardal" né? tem uma e-stória bem engraçada que aconteceu aqui em SP. Estava eu, Elisa e Leandro no carro, Elisa me perguntou: Em Sp tem muitos pardais? eu disse sim (imaginando o passarinho) mas era o "radar" de velocidade! rsrs,

    Feliz 2012!

    ResponderExcluir
  24. FELIZ 2012.. A TODOS...COM UM TEXTO...PROCURAMOS O SIGNIFICADO DAS COISAS..E AS COISAS TEM SIGNIFICADO??...NEM SEMPRE NUMA "TRANSLATION..."

    ResponderExcluir
  25. Descobri somente em 2012 esse blog. Sou então uma passageira recente. De longe, que não entende as palavras também de longe, do sul. Mas vocês, "guris", também não entenderiam os significados do meu "trem". Parabéns pelo blog, pelos textos. E obrigada, é claro, pela oportunidade de ler algo tão bom.

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. Sinaleira? Até eu ler a palavra semáforo não sabia do que se tratava! uahuhauhaua
    Meu reveillon foi ótimo e melhor ainda é saber que nos próximos anos continuarei te acompanhando.
    "Me dá sua mão, vem viver, vem lutar, lado a lado!" Nos "vemos" nas próximas terças e nos dias 11.. Ah, e nos muitos shows que ainda estão por vir! Um abraço De Fé.

    ResponderExcluir
  28. Cara, vc é um gênio,kk
    mto boom, bjoss...
    @GridEngHaw

    ResponderExcluir
  29. O reveillon ? Tudo certo meu caro. E claro que seguiremos juntos.. eu, você e os De Fé ! Escolher a música, para mim, não é algo muito fácil. Creio que entre tanta arte é difícil conseguir encontrar a " preferida ". E um mate, a essa hora seria ótimo.
    É bom interagir contigo.. voltemos a próxima terça, ou quem sabe antes para poder sentir e se deslumbrar com seus verbetes..

    Um grande abraço

    @nsnathy

    ResponderExcluir
  30. Agora me sinto mais seguro para enfrentar os moinhos de vento que cruzarem meu caminho em 2012. Reveillón? Foi razoavel, quando 2011 virou 2012 eu estava na praia vendo fogos de artificio enquanto todos ao redor desejavam felicidades. Eu nunca liguei pra essas coisas. Fico na paz e te retribuo em dobro! Entra ano e sai ano, sempre os mesmos planos.

    ResponderExcluir
  31. Demais!!!! Agora sim começamos 2012!

    ResponderExcluir
  32. "Caminhando e cantando e seguindo a canção..."
    ...ainda não entendi pq me veio essa música na cabeça com esse post?!
    Deixa pra lá... keep walking Humberto!!!

    ResponderExcluir
  33. Excelente texto, intrigante! Ansioso pra twitcam e pro dia 20 de janeiro em Curvelo! E quanto ao reveillon, fui bem obrigado, passei vendo TV e acompanhando os fogos pela janela. Muito bom interagir por aqui nesse clima mais próximo, ou melhor dizendo: Mais intimo dos De Fé! Happy new year ou como dizem as traduções, Feliz ano novo! que o as várias variáveis de 2012 sejam na santa paz de Deus, que venha em paz!

    Abraços!
    @Anderson_BR

    ResponderExcluir
  34. Semanas que não gosto tanto de um texto como gostei desse! Feliz 2012 \O/ Vem pra Brasília =)

    Dani Reis, 25.

    ResponderExcluir
  35. Bela foto Gessinger !

    keep walking and
    writing
    singing

    ResponderExcluir
  36. Profundo o texto.. de fato as idéias precisam de um hospedeiro e qto mais "complexas" maiores as chances de não serem "transmitidas" como um vírus fraco a outros hospedeiros já vacinados/ viciados a não absorverem idéias estranhas ao seu pequeno e restrito organismo/universo.

    ResponderExcluir
  37. os gritos do silencio são os q ecoam mais alto. são os q mais incomodam por vir quando estamos sós. tá tudo lá só nós mesmo não vemos. daí amanhece, e começa tudo outra vez. ainda não sei o q é melhor, seus textos, ou suas musicas. na duvida; parabéns pelos dois.

    ResponderExcluir
  38. O filme dos Coen, Fargo, é o pior exemplo disso HG. Uma tradução mau traduzida
    Bom a passagem de ano se deu em paz. abraço grande aqui de PE!

    ResponderExcluir
  39. É 1ba... você tem o poder de nos prender até altas horas.

    Espero que este habito esteja apenas em seu início, que as curvas da raiuei possam ser nossas amigas.

    Esperamos que 2012 venha em paz e com ele o que o senhor gessinge trouxer.

    Simples em ingles?
    Boa pedida para uma canção em inglês, né não?

    Ah.. posso te pedir uma coisa? dá um up no áudio da twtcam.. tá um pouco baixo!

    [ ]'s

    ResponderExcluir
  40. nada melhor do que ler essas verdadeiras poesias que o mestre HG manda pra nos ajudar a entender um pouco o mundo...fiquem na paz e na pressao!!!

    ResponderExcluir
  41. Velho, muito show esse texto.. q issoo... =D
    gooostei de mais do inicil dele.. muito bom!. KK
    agora sexta nos encontramos aqi em Diamantina.!! =D

    ResponderExcluir
  42. Lembrei de um texto do Foucault, que não recordo o nome, sobre a morte do autor. Se quando o autor publica um texto, ele já não é dono do texto, pois é alvo de interpretrações diversas que não necessariamente pode ser o que ele realmente quis dizer, o que dirá de uma tradução?

    ResponderExcluir
  43. "...Como se voasse em bando!"
    Valeu Seu Gessinger!!,
    .
    "Kiss my ass" é muito estranho mesmo, só funciona pro Bart Simpson,
    .
    "procurei a noite na memória procurei em vão"
    Se beber não case.

    ResponderExcluir
  44. Sensacional. Não há melhor maneira pra começar o ano.
    Feliz 2012 HG.

    ResponderExcluir
  45. Como vírus e bactérias que morrem expostos ao ar, ideias precisam de um hospedeiro?
    - Os hospedeiros precisam das ideias. As ideias são coisas presentes no ar.

    Americanos não têm uma palavra para corno (por serem mais liberais no comportamento ou mais limitados no idioma?).
    - (nem a nem b: não têm uma palavra para corno porque trabalham demais e chegam muito tarde em casa)

    *vi o título lá do meu blog e vim correndo pra cá curioso pra ver seus poemas... quero vê-los! isso não se faz!

    **reivindicações a parte, feliz ano nono pra vc e sucesso sempre..

    abraço grande.

    ResponderExcluir
  46. Muito bom, gostei muito das analogias Lost in Translation haha resolvi criar um blogg recentemente também, é bom expressar nossas idéias em algum lugar além do nosso quarto haha muito legal seu blogg, abraço!

    ResponderExcluir
  47. Rolou o Simples de Coração em inglês? Se existe, manda o nome que eu preciso adicionar à coleção :)

    Grande abraço, como sempre um gênio das palavras. Um orgulho aos poucos que ainda se importam com a beleza da língua formal, longe das i(dio)nternetices de quem escreve errado e se esconde atrás da desculpa de ser moderno.

    Todo mundo é moderno, todo mundo é eterno, como um relógio antigo, já disse o poeta.

    ResponderExcluir
  48. Essas expressões idiomáticas são muito interessantes. "Chutar o balde", por exemplo, significa "Bater as botas" para os gringos.

    Você traduziu todas as músicas sem nenhuma ajuda do letrista? Muita coragem. Eu pediria para ele revisar, pelo menos.

    Um colega da área acadêmica diz que é muito fácil detectar que um texto em inglês foi escrito por um brasileiro. Ele diz que o correto é traduzir as idéias e não as palavras. Tudo a ver com o seu texto :-)

    Abraços,
    Zenrique

    ResponderExcluir
  49. Bah sou fã de Lost in translation da Sofia. Boa Humberto !

    ResponderExcluir
  50. Fiquei confusa. Talvez td seja mais simples...

    ResponderExcluir
  51. Como sempre maravilhosas palavras, muitas coisas não se pode traduzir, pois palavras assim como sensações mudam de pessoa para pessoas!!!
    Feliz 2012 Humberto!!!!

    ResponderExcluir
  52. Mto bom o texto, cada dia gosto mais

    ResponderExcluir
  53. Continuamos juntos sim, sempre! Aceito um mate! ;)
    Baita texto HG!
    Um super 2012 pra todos nós!

    ResponderExcluir
  54. Aqui em São Paulo não esta muito diferente, se ouve muitos sons diferentes nesses últimos dias, até consigo chegar no trabalho pegando a marginal sem stress!!
    "Hey, it's time to make a choice
    We all want to hear your voice (it's true)"
    Muito bom o texto para iniciar 2012, nem sempre conseguimos traduzir palavras e expressões em outras linguas assim como não conseguimos traduzir nossas musicas para outros idiomas!!!
    Um ótimo 2012!!

    ResponderExcluir
  55. Sera q vc lê os comentarios Humberto? Ainda continua sendo um mito p mim...nao sei se qro descobrir

    ResponderExcluir
  56. "Cuckold" valeria como uma palavra para "corno"?

    ResponderExcluir
  57. Às vezes, um olhar vale muito mais que qualquer palavra, em qualquer idioma...Muito bom texto, meu caríssimo HG, e que este ano seja sensacional!!!
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  58. Muita coincidência quando abri o blog e vi a letra da "Revolta" a mesma que eu acabara de cantar ao violão. Mate só depois do almoço, pra não me deixar perder a tarde em sono. Abraço

    ResponderExcluir
  59. Hey Humberto, amolado no Ceará significa uma coisa afiada (ex: uma faca) e pechada é uma expressão utilizada quando se trata de algo simples, fácil (ex: essa prova foi uma pechada)... em Porto Alegre é a mesma coisa??

    Que 2012 seja bem melhor que 2011 ;)

    abração \o/

    @niviabitu

    ResponderExcluir
  60. "Bergamota, fatiota, amolado, atucanado, pechada" O HUMBA PODERIA DIZER O QUE SIGNIFICA ESSAS PALAVRAS AI, PQ AQUI EM MINAS NA BOA...SEM NOÇAO RISOS...

    AH EM FALAR EM MINAS SEXTA-FEIRA 13 , NOS ENCONTRAMOS EM SAO GOTARDO - MINAS GERAIS
    O 6 SHOW DO P.V NO CURRICULO.

    OTIMO 2012...

    P.S.: ENCONTROS E DESENCONTROS E UM BOM FILME...E TRADUZIR TUDO NEM SEMPRE FAZ SENTINDO...SEI LA

    ResponderExcluir
  61. O pessoal do enghawonline.com deu uma boa idéia hein!!!

    Que tal rolar hora do mergulho em inglês?

    Anyway...vai ser bom de qualquer jeito!

    se estiver de bobeira... acessa aí: www.enghawonline.com/blog/pedro-saleh

    Abração!

    ResponderExcluir
  62. Humberto, achei lindíssimos os seus textos.
    Eu me chamo Maria Luiza e moro em Florianópolis. Meu namorado é muito fã seu, e o que ele mais gostaria seria te conhecer pessoalmente e ter seus dois CDs favoritos, pelo que ele me disse, são os que você mais ouve.
    Teria como entrares em contato comigo?
    Meu email é malu-may@hotmail.com
    Por favor não deixe de ler esse comentário.
    Obrigada

    ResponderExcluir
  63. 1berto, tô aqui viu. Bj.

    ResponderExcluir
  64. Feliz 2012 Gessingerianos!!
    O blog que faltava!!

    ResponderExcluir
  65. Genial! Que bom poder sentir essa proximidade de quem tanto admiro, ainda mais através das palavras, das ideias, da literatura!!!
    Mais sucesso!!!

    ResponderExcluir
  66. Bom, talvez em outro estado de espírito faça sentido, aqui no Espírito Santo não faz! Rsrsrs... só o amolado, se tiver o mesmo sentido, né!

    Belo texto! Como sempre.

    Espero que HG + U continue sendo = abraço.

    Assim sendo:

    A hug for you!

    ResponderExcluir
  67. Aqui em Vitória Sinaleira é Sinal.
    E eu "tenho fé na força do silêncio.."!

    ResponderExcluir
  68. "uma canção no rádio, uma versão mal traduzida...
    uma certa impressão uma certeza imprecisa...
    ? quem não precisa de uma versão, uma tradução?"

    Boas versões... bem entendidas e traduzidas: Nunca Mais e Negro Amor !!

    HG, na época a produção do disco em 95 fez um grande diferença na qualidade do som no CD (comparando com o materila produzido no Braisl na época)... Os estúdios de LA ajudaram bastante? Valeria a pena algo semelhante hoje em dia com tecnologia tão mais acessível?

    Abraço e feliz 2012,
    FC

    ResponderExcluir
  69. Poucos gênios coseguem ser tão objetivos com sua (predominante) subjetividade!

    Max Air

    ResponderExcluir
  70. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  71. a nossa lingua é a mais linda mas os tradutores nem sempre fazem jus


    ah o simples de coração é meu album preferiso

    ResponderExcluir
  72. "keep walking" 1berto!!
    ...e cantando.
    ...e escrevendo.
    consegue surpreender a cada texto!

    eu quero uma cuia dessas!!

    ResponderExcluir
  73. Dia 11 de janeiro, dia de twitcam e de colocar as contas em dia.

    Bom, até lá manterei a cabeça no pescoço, mas os pensamentos nunca ficam num mesmo lugar...

    Até a vista! (translation)

    ResponderExcluir
  74. É o significado que se perde na tradução ou somos nós que nos perdemos na impossibilidade de traduzir?

    eu tb quero Jú, e aliás fiquei impressionado com frase acima ja pensei muito sobre isso, como todo ser normal do seculo XXI vou postar no Facebook, Obrigado Gessinger..

    ResponderExcluir
  75. Sim, cheguei a pouco. Besteiras? Que nada, gosto de te "ouvir" pensar! Reveillon foi 10, de bobeira com os amigos. Juntos? Sempre! Tem razão, cada canção no seu tempo e tempo há! Mate? Não valeu, prefiro café!

    ResponderExcluir
  76. O trabalho faz com que o começo do ano não seja tão cheio de planos, pois a rotina toma conta, e esse Réveillon com chuva em SC não me deixou tão animado.
    Seria "um mate" gosto muito, mas tenho preguiça de preparar pra tomar sozinho... Bota pra vender essas cuias personalizadas na Stereophonica. :D
    Ansioso pela Twitcam #SimplesDeCoração ^^

    ResponderExcluir
  77. Olá,Humberto!
    Você transmite uma energia positiva tão radiante e contagiante,que nos motiva estar sempre contigo,"Lado a Lado".
    Aqui em Minas,Sinaleira é conhecida como semáforo,farol,sinal de trânsito...Já Amolado,quer dizer também aborrecido,chateado e Goleira,é a gola de uma camisa,por exemplo.
    A palavra SAUDADE,só existe em português e é o que sempre sentimos ao término da leitura de seus posts.
    Te admiramos muitooooo!!!!
    Ps:Aceitamos o chimarrão se vc também aceitar o nosso pão de queijo,uai,rs...
    Cammy e família.

    ResponderExcluir
  78. Olá, se você realmente for o Humberto Gessinger, faça contato comigo pelo meu e-mail luck.sk@hotmail.com
    Por favooooooor, fico no aguardo, grande abraço.

    ResponderExcluir
  79. Incrível humberto... essa madrugada eu estava escutando essa musica e falei pro meu pai ... pai essa musica é fantástica ...
    Coincidência ou por nos vibramos em outras freqüências essa mera coincidência ?
    Feliz 2012 ... e volta Engenheiros 

    Bah 1 meu pai escuta engenheiros até hoje “+- 25 anos hahaha
    eu a 16 anos desde que nasci :)

    ResponderExcluir
  80. bah 2 tive que volta
    Walk of life - Dire Straits

    Ele tem a ação, ele tem o movimento
    Sim, o garoto pode tocar
    Dedicação, devoção
    Tornando todas as noites em dias

    E depois de toda a violência e discussão
    Há apenas uma canção em todo problema e conflito
    Você faz o andar, você faz o andar da vida.
    Hum, você faz o andar da vida



    http://www.youtube.com/watch?v=iAczi8DsqBQ

    ResponderExcluir
  81. HG, aqui na serra catarinense tb se fala "pechada na sinaleira". Mas interessante: em Mafra, na divisa com o Paraná, se fala "encontrão no farol". Ou seja, de PoA a Mafra dá uns 350 km, e muda de sinaleira para farol, hahahaha
    Tu sabias que uma cuia de chimarrão tem o mesmo cálcio que um copo de 200ml de leite? Para nós, pedreiros no rim, não é muito bom ;-)
    Um grande 2012 pra ti, tua família, e para nós fãs.

    ResponderExcluir
  82. E que venha 2012, este será sensacional!

    Visitem meu blog

    http://engenheirosdefe.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  83. David Panagiotidou4 de janeiro de 2012 11:45

    Meu vozão passou pelo imortal duas vezes em 2011. Pena que esse ano não passará mais, pois caiu. No entanto a B é Bem mais interessante.
    Abraço!!!

    ResponderExcluir
  84. O AMOR É MAIOR QUE TUDO...QUE TODOS...ATÉ MESMO QUE A DOR...FELIZ TUDO EM 2012 E ATÉ DIA 14 AQUI EM PATOS DE MINAS

    ResponderExcluir
  85. 'que a chuva caia como uma luva, um dilúvio, um delírio..que a chuva traga alívio imediato'..estamos precisando!rs4 de janeiro de 2012 15:38

    Gessinger sempre nos colocando pra pensar com suas letras e sua inteligência. Obrigada, ler o que tu escreve me faz muito bem ;) ótimo 2012 e espero que neste ano o Pouca Vogal venha mais algumas vezes à Ijuí-RS, pois no show a emoção é bem maior!

    ResponderExcluir
  86. uma nova versão de anoiteceu em poa com sinaleiras e muito mate, sMATEfone nas ruas e avenidas de POA talvez no inconfundível rítimo...
    de procurei a noite na memória procurei em vão...
    agora eu sei viver no escuro....mto bom valeu gessiger commandodelta sj rio preto sp

    ResponderExcluir
  87. Quem sabe se somos nós que passamos pela vida ou a vida que passa por nós? E rítmo desenfreado setas e alvos estão se confundindo nas entrelinhas da estrada do louco e do sábio... Minhas linhas, tuas palavras, nossas expressões... Nem mesmo o que não precisa ser traduzido pode ser compreendido em sua totalidade... Quem lança a flecha mira um alvo específico, mas quem observa a seta no ar, imagina as várias possibilidades de alvo que se movimentam a sua frente e escolhem um que lhe seria o favorito... Mudam os pontos de vista de acordo com a vista de cada ponto... Somos palavras esperando a tradução, o emprego adequado, a compreensão... Em rítmo desritmado a vida segue seu curso tansformando os sons cotidianos numa estranha composição... Algo bem a la August Rush, intitulado em português como "Som do Coração"... Abraço amigo que a estrada é uma peleja e cada um sabe a "dor e a delícia de ser o que é", mesmo passando pela cidade estática, mesmo estando estático diante da cidade em movimento...

    ResponderExcluir
  88. Estar parado - mas caminhando - com o mundo girando - mas parado? - acontece. Traduzir o inacessível é impossível? Mas existirá mesmo o incaessível intraduzível? O segredo não é a simplicidade? É a própria objetividade. "A dúvida é o preço da pureza" e, nessas condições,"é impossível ter certeza". Mas vc "desliga o telefone se eu ficar mt abstrato"

    Abraço, 1berto

    ResponderExcluir
  89. Ops 1: corrigindo - INACESSÍVEL
    Ops 2: "é inútil ter certeza"

    Valeu, 1ba

    ResponderExcluir
  90. A idéia é eterna. A propriedade dela é regulada por lei. Pode-se esquecer uma idéia. Mas ela só está escondida. Esperando ser redescoberta. Mas a vida não é apenas idéia. É o caminhar mesmo com o mundo parado e melhor ainda quando ele gira.É isso mesmo: verbo. Vou pensar melhor sobre isso.

    ResponderExcluir
  91. Quanto custa a pureza? Quanto custa a dúvida?

    ResponderExcluir
  92. Isso aqui é meu refúgio! Não importa quantos problemas e afliçoes eu esteja encarando, vivendo .. nao importa as felicidades que me acometam, quando estou aqui, estou só aqui, entro no seu mundo, nos seus devaneios .. e é isso que adoro, ir além dos limites do corriqueiro, do conhecido. É ótimo encontrar uma nova face do real. É bom devanear com voce, e compartilhar do seus questionamentos e pensamentos. Abrir novos horizontes. Encontrar idéias tao intrigantes e inteligentes e originais em meio a esse mar de repetitividade e inutilidade virtual.
    Nao é à toa que cada vez mais sou sua fã!

    E 1 bah: segundo meus conhecimentos "seriadisticos", rs, 'filho da p***' em ingles é bem literal: son of a bitch.

    E sobre o reveillon, a verdade é que nao curto muito isso .. acho um tanto hipocrita e ilusorio. Como diz Carlos Drummond: "É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre."
    E o mate eu passo, rs, mas a companhia de todas as terças é sagrada.

    Até, abraço.

    ResponderExcluir
  93. Isso aqui é meu refúgio! Não importa quantos problemas e afliçoes eu esteja encarando, vivendo .. nao importa as felicidades que me acometam, quando estou aqui, estou só aqui, entro no seu mundo, nos seus devaneios .. e é isso que adoro, ir além dos limites do corriqueiro, do conhecido. É ótimo encontrar uma nova face do real. É bom devanear com voce, e compartilhar do seus questionamentos e pensamentos. Abrir novos horizontes. Encontrar idéias tao intrigantes e inteligentes e originais em meio a esse mar de repetitividade e inutilidade virtual.
    Nao é à toa que cada vez mais sou sua fã!

    E 1 bah: segundo meus conhecimentos "seriadisticos", rs, 'filho da p***' em ingles é bem literal: son of a bitch.

    E sobre o reveillon, a verdade é que nao curto muito isso .. acho um tanto hipocrita e ilusorio. Como diz Carlos Drummond: "É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre."
    E o mate eu passo, rs, mas a companhia de todas as terças é sagrada.

    Até, abraço.

    ResponderExcluir
  94. Humberto você consegue nos cativar naturalmente, isso deve ser o que chamam: "amar ao próximo".

    Obrigado cara. E gostei muito da "Segura a Onda DG"...

    Quero muito seguir ao seu lado... lado a lado, mesmo sabendo que há voos sós...
    Me sinto bem. Por saber que meu blues-man é também um jedi.

    Humberto, nunca estamos sozinhos não é mesmo? Como aquele cara do conto do Alan Poe? (Um homem na multidão)...

    Mas tem vezes que nos sentimos sim sozinhos, então que venham as terças-feiras.

    ResponderExcluir
  95. Diego Ciro (@di_ego_ciro)6 de janeiro de 2012 14:45

    "Feira moderna, o convite sensual
    Oh! telefonista, a palavra já morreu", mas a voz, não. Abraços do RN Gessinger!

    ResponderExcluir
  96. Bem,conheci esse blog a pouquíssimo tempo, pouco menos de um mês, e estou adorando... POis sou muito fã dos Engenheiros do Hawaii e de você Humberto... nossa como eu curto as música da banda... ah! ..e da Pouca Vogal também!! Inclusível fui para o show quando vieram aqui em Manaus (A cidade ficou louca quando foi anuciado que o Humberto GEssinger viria a Manaus, mas com sua outra banda).. Só para ter uma idéia preciso ouvi todos os dias alguma música da banda... e isso me traz uma Paz tão grande... só eu sei como fico! E agora que descobrir esse blog, tenho todos dias dado uma olhadinha, e adorando os videos da Twitcam. Aos poucos to assistindo todos... E já vi que tem Twitcam agendado no dia do meu aniversário (11/03), e já estou pensando o que vai rolar... pois já vai ser um bom presente para mim. srrsrs.. Bem, fico por aqui... Desejo um ótimo FDS a todos! bjs :*

    ResponderExcluir
  97. "Quanto custa a Pureza? Quanto custa a dúvida?"
    Pots,essa nem no Google! oO
    Também sigo na dúvida...

    ResponderExcluir
  98. Bah d paranaense q vive em MS. A substancia q tira o sono eh a mateina

    ResponderExcluir
  99. Cara vc viaja nas palavras como se tivesse viajando em um trem, apreciando cada letra que encaixa nas palavras como uma luva, coisa de louco, anormal. Quanta inspiração vinda da natureza, do real e principalmente do surreal...Maravilhoso

    ResponderExcluir
  100. É sempre uma belezura poder contemplar este blog. 'Gradecida por nos dar essa oportunidade. Paz e Luz à você e toda sua família.

    ResponderExcluir
  101. adoooorei o textoo!!!
    ;)

    ResponderExcluir
  102. Penso que de fato ás vezes nada faz sentindo... Por isso uso "ôxe", o "visse?", ou o resto meu nordestinês pernambucano, pra tentar expressar o que não sei como falar.
    "se tudo passa, talvez você passe por aqui
    e me faça entender tudo que vi" também ando muito a procura disso.

    Amei seu espaço e não sabia que você curtia blog, foi de fato uma ótima surpresa.

    Fica na paz! Xerão!

    ResponderExcluir
  103. "Somos quem podemos ser
    Sonhos que podemos ter"

    Ótimo texto, sou fã incondicional! Feliz sempre.

    Cmchav, 4.3

    ResponderExcluir
  104. Oi Humberto...fui p o show q vcs fizeram ano passado em outubro na cidade de Alegrete. Sou de Roraima, esperava ter conseguido um autografo mas vcs fugiram. De qualquer forma adorei! Gosto mto do q vc escreve homem de outro planeta rs

    ResponderExcluir
  105. Cara, sua honestidade em seus devaneios me entusiasma. E a estrofe seguinte é uma das mais belas que já vi:

    eu me sinto um estrangeiro
    passageiro de algum trem
    que não passa por aqui
    que não passa de ilusão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem sabe se é a vida que passa por nos ou nos que passamos por a vida ? as suas honestidade e seus densenvolvimento são coisas para um artista... somos fãs desse texto. "se tudo passa,talves vc passa por aqui"

      Excluir
  106. Também gosto de andar contra o fluxo. Carnaval é festa...é patrimônio brasileiro...mas não é pra mim.
    Me permito apenas ouvir músicas que me tocam a alma, que me emocione, me ensine, me faça enxergar coisas que ainda não pude compreender.
    Sua música faz isso comigo. Me desperta...dá vontade de cantar.
    São músicas cheias de luz e inteligencia.
    É muito bom saber que temos artistas tão bons como você. Parabéns pelo trabalho e obrigado por compartilhar com todos o seu talento!

    Samanta Fernandes

    ResponderExcluir