P(*)EMAS C(*)M N(*)TAS DE R(*)DAPÉ - 27


se eu soubesse antes o que sei agora
erraria tudo exatamente igual

(*) O mais legal de construir uma obra extensa e intensa é poder movimentar-se dentro dela. Como se anda pelas ruas e praças de uma cidade ou pelos vários ambientes de uma catedral. Há sempre um novo olhar possível.  Faço isso com artistas dos quais gosto: passeio por suas fases, canções e álbuns. Se o cara for honesto, talentoso e persistente, sua obra cria um universo no qual é possível passear, quase morar. Sou um visitante contumaz destes mundos paralelos. Quase prefiro eles à realidade. Se ao menos isso fosse uma opção...

Não canso de repetir como tem sido bom, para mim, fazer as twitcams temáticas, tocando meus discos na íntegra. Em menos de uma hora de música, só para os De Casa e De Fé, tento concentrar emocionalmente tudo que imaginei para determinado álbum e tudo que a vida imprimiu nele. Como a epifania de William Blake "o mundo num grão de areia... o infinito na palma da mão... a eternidade em uma hora de vida".

Tudo isso do meu ponto de vista, claro, sem subestimar a importância das pessoas que participaram e enriqueceram a experiência. Há viagens intensas e extensas que só se pode fazer sozinho. Como um pássaro voando, como se voasse em bando. As twitcams ampliam uma sensação que algumas vezes pinta nos shows: a de que estou tocando para UMA pessoa. Um para um, um por um, 1/1, 1:1... bela razão matemática.

(*) Chegou a vez do Surfando Karmas & DNA. Um disco que, à exemplo do  Longe Demais das Capitas, A Revolta dos Dândis e HG3, inicia um ciclo.

Os fatos apontam para o 10.001 Destino como o disco em que voltei à guitarra. Na verdade (sempre maior do que os fatos), foi no SK&DNA. Voltei por necessidade de independência, para ficar menos suscetível às mudanças da companhia.

Foi por esta época que desisiti de procurar minha turma. Agradeço a Deus por ter tocado com tanta gente bacana, com quem aprendi muito sobre música (e sobre a vida pois já não sei onde uma começa e outra acaba). Mas desde sempre (e talvez para sempre) me senti deslocado. Talvez este estranhamento seja meu estado original, uma solidão que talvez me seja necessária. Talvez este papo de "turma" só faça sentido quando se tem 16 anos. Talvez procurar eternamente sua turma (ou cagar para as tchurmas) seja tão bom quanto estar enturmado. Talvez... Enfim, assim é. Sou assim.

Na falta de uma micro-turma, surgiu uma macro-turma, espalhada por gerações e pelo Brasil. Is there anybody out there? Caramba! Há, sim! E, de repente, em meio à falta de sentido, tudo faz sentido. 

Quem quiser saber coisas mais objetivas sobre o disco as encontrará no release (www.engenheirosdohawaii.com.br) e no meu livro PSS123. Aqui é o espaço da subjetividade, ideal para especulações vagas, do tipo: será que a ideia das cravelhas como asas metálicas, na capa, me veio por influência dos discos do BBM e Joaquin Sabina que também retratam anjos estranhos? Jamais saberei.

Reler release e entrevistas da época do lançamento do disco deixa uma sensação dúbia: são fiéis retratos verbais daquele momento. Mas é impossível, na emoção da hora, sacar todas as potencialidades do disco. Mais difícil ainda é prever o diálogo entre as músicas e a realidade. Um exemplo: eu não sabia, na época, que o disco seguinte seria Dançando no Campo Minado. Nem imaginava que,  dez anos depois, eu ainda estaria tentando escrever o fim da "trilogia do gerúndio". 

(*) Canções feitas com honestidade trazem, dentro de si, profecias autorrealizáveis. Não é por outro motivo que Ilusão de Ótica, com sua colagem sonora, deixou inquietos alguns lunáticos que enxergam pelo em ovo e Segurança, com sua autoironia pop art, vira-e-mexe seduz publicitários. São dois casos explícitos de metalinguagem com os quais me divirto e aprendo. Há vários outros, mais sutís.

e-Stória, por exemplo. É um dialogo com Carlos Maltz e conta com a participação do Borghettinho. No dia da gravação, um repórter do jornal porto-alegrense Zero Hora me ligou, conversamos, ele ficou sabendo da música, me pediu que mandasse a letra manuscrita para ilustrar a matéria. A matéria saiu. Página inteira, se bem me lembro. A letra? Desapareceu. Terá sumido porque falava que "em Porto Alegre anda tudo ZH"? Outra coisa que jamais saberei.

Vários trechos deste disco cresceram com o fermento da vida real e viraram citações recorrentes: surfar karmas e DNA, sentir com inteligência, pensar com emoção. O "quem são eles?" de Terceira do Plural, a enigmática palavra de 5 letras nas palavras cruzadas de Nunca Mais e o "otimismo da vontade e pessimismo da razão" de Esportes Radicais (que devo creditar a Antonio Gramsci) já fazem parte do Zeitgeist EngHaw.

Fomos ágeis neste disco, chegamos à praia ainda sobre a prancha. Além da música em si, SK&DNA me fez sentir, pela primeira vez, que havia uma galera De Fé a fim de amadurecer comigo. Ou, ao menos, tentar.

Vai aqui um brinde a todos que se interessam pelo SK&DNA! De forma especial, ao Glaucio Ayala (parceiro para tudo, sempre de alto astral), ao irrequieto Bernardo (sempre buscando sons) e ao Paulinho Galvão (parceiro em músicas das quais gosto muito - o diálogo das nossas guitarras, com seus contrastes,  sempre me lembra Mark Knopfler e Mick Taylor no disco Infidels do Dylan!).


Bah 1: não precisa ir ao Google! A Wikepidia define Zeitgeist assim: termo alemão cuja tradução pode ser espírito da época, o conjunto do clima intelectual e cultural do mundo numa certa época ou as características de um determinado período de tempo.

Bah 2: importante citar as ilustrações do Trimano que unificaram graficamente os dois primeiros discos da "trilogia no gerúndio", Surfando Karmas & DNA e Dançando no Campo Minado! Aproveito para mandar um abraço ao Gil Lopes que me apresentou o trabalho dele.

Bah 3: mais uma digressão vaga: vaga significa espaço vazio, ato ou efeito de vagar, multidão, onda (ah, ondas! Ainda existem? Só elas existem? Quando virá outra, uma nova? La Nouvelle Vague, the new wave..., quando virá? Tá vendo? Já passou...).


 13dez2011

104 comentários:

  1. Genial como sempre!!

    Parabens HG! Estou esperando pela twitcam.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Quando se tem 16 temos uma turma, depois o que sobrou foi os "de fé" o que avia de verdadeiro nessa turma.
    vlw HG, não canso de escutar suas musicas... comprei os discos mais novos... Você é o musico mais completo e mais humilde do Brasil, por isso é o melhor.
    O porque de vestir a a camisa do Sport Recife, é pq ele apanha do Grêmio sempre? E o Santa Cruz
    o que você acha dele?

    ResponderExcluir
  3. É!!!!!!!!!!!!Humberto adiantou o texto da semana!!!Quero um calendário desses!! A camisa azul caiu mto bem com os cabelos loiros!! Perfeitoo o textoo!!

    ResponderExcluir
  4. Não sou um fã exemplar. Não conheço todas as músicas, me perco nos nomes... não tem ideia de como isso é bom: consigo passear por todos os discos, vaguear pelas letras.

    "Sentir com inteligência, pensar com emoção" só não é melhor que "louco! pra ficar legal"... por sinal, a canção que mais gosto.

    Não raro passeando pelas páginas das 123 + 45 variações... redescubro dizeres, letras. Vou para o iPod buscar o som...

    Nada como redescobrir trechos, sons e canções... nada como uma obra que permite isso.

    27 anos não são 27 dias, nem 27 músicas... são mais que 27 redescobertas e reinvenções...

    até dia 14!
    Everaldo Viela

    ResponderExcluir
  5. Suas palavras me fazem muito bem ,, pude aprender muito mais lendo e relendo seus textos ... Muito obrigado !! Só isso que tenho a dizer ..., Aguardando muito ansiosamente "Surfando Karmas & DNA"

    ResponderExcluir
  6. "Faço isso com artistas dos quais gosto: passeio por suas fases, canções e álbuns. Se o cara for honesto, talentoso e persistente, sua obra cria um universo no qual é possível passear, quase morar. Sou um visitante contumaz destes mundos paralelos. Quase prefiro eles à realidade. Se ao menos isso fosse uma opção..."

    CARA, É O QUE SINTO QUANDO OUÇO SUAS MÚSICAS, LEIO SEUS TEXTOS. É FANTÁSTICO A CAPACIDADE QUE VOCÊ TEM DE ESCREVER O QUE ESTAMOS SENTINDO OU PENSANDO. MUITO MUITO BOM!!

    ResponderExcluir
  7. ''As guitarras estão soando bem pra caramba’’ Lembro dessa gravação do bem Brasil, as guitarras continuam a soar bem pra caramba, afinal elas fazem/fez de um karma que tu surfas eternamente.
    Coisas a carregar em um diário de metal, muitas vidas unidas dentro de um ''pequeno momento’’
    Parabéns pelo texto (como sempre) avalia a proposta de um outro quando a segunda virar terça ? :D

    ResponderExcluir
  8. Como sempre, me indentifico com algo de seus textos, sempre tocam meu coração. Valeu pelas palavras, Humberto, fique na paz! ;)

    ResponderExcluir
  9. PUTZ, PRESENTE ANTECIPADO, ja que na terça estaria na estrada, e n sei se teria net para ler o post, e esperar ate quarta para ler o ultimo post do ano, acho que seria terrivel. quanto aos "de fé" me lembro q em um programa que passava na TVCultura (Bem Brasil se nao me engano) o HG enquanto arrumava o microfone para o piano disse "Engenheiros, banda de poucos fãs, mas fiéis, e nessas alturas pra mim é o que importa", gelei, pois tinha acabado de correr pra ligar a tv pq sabia do programa e minha mae brigando q ja ia para a tv, numa manha de domingo...e outra, o fato de, no aeroporto de CG-MS, apenas 20 pessoas esperando um voo atrasado que traria a banda para um show do Simples de Coração, sem histerias nem gritinhos de "lindooooo", pegamos autografos e fotos com gessinger&maltz (ja que os outros passavam voando pelo saguao), e o show foi 10 como todos os outros...valeu e que venha 2012. abrço..

    ResponderExcluir
  10. 'Surfando Karmas & DNA' o primeiro disco que ouvi todas as músicas em um dia só e durante 2 semanas seguidas para aprender todas as letras sem errar nada, rsrs. Adoro esse disco, escuto todos os dias nem que seja apenas uma música.

    Em relação ao texto em sim, tá ótimo (como sempre). Antes de ler o 'Bah1', confesso que já tinha consultado o velho e bom google kkkkkk'

    Valeu pelo belíssimo texto adiantado "sem querer" grande HG.

    Anciosa pela twitcam.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Não aguentei esperar até terça pra ler rsrsrsrs...

    A primeira pista sobre o título do novo disco já foi dada. Agora é contrlar a ansiedade e aguardar!!!

    ResponderExcluir
  12. Tenho o hábito de acreditar num post excepcional. Sempre dou uma olhada em busca de novidade anterior a postagem regular de todas as terças. Touché! descoberta alvissareira!SKDNA imprimiu sensações sem precedentes em mim. Há diálogos que só podem ser travados em determinados ambientes. SKDNA, assombrosamente, estabeleceu isso em relação a muitas coisas com as quais sempre tive que lidar. Considero um album de desabafo e sensilveilmente autoral!

    ResponderExcluir
  13. Sempre surfei karmas e DNA, mas não tinha uma palavra para definir esse meu sentimento (se isso for um sentimento) e você como sempre conseguiu definir muito bem com palavras o que não pode ser explicado. Parabéns HG, venha mais ao norte do PR, aqui estamos no aguardo pela visita do "samurai jedi" novamente.

    ResponderExcluir
  14. Belo texto. Tu falas que os ídolos são intocáveis... acredito. O que você faz por mim (inconscientemente), vale mais do que as fotos e o autógrafo tirado na livraria. O acesso é bem-vindo e a distância é inevitável.
    Obrigado por existir.
    Outro dia estava pensando no meu fanatismo, aguardaremos um belo texto sobre o tema, ou não... Vai que eu (espero que não) esteja certo.
    Muito obrigado.
    Renaldy Oliveira

    ResponderExcluir
  15. "Na Hora H no dia D"♫ Ao sabor do acaso é melhor!!! 1x por semana ainda é pouco! valeu...agora ja li !!! ...rs

    + sim, e o enigma das 5 letras, vc vai contar nessa twittecam (já q a música "nunca+"♫ faz parte do SK&DNA) ???

    ♫"o q será q ela quis dizer 5 letras, começando com a letra A _ _ _ _?"♫

    ResponderExcluir
  16. Os De Fé estão sempre à espera, e domingo virar terça, direto, sem segunda-feira, foi muito bom. Como o texto, como as considerações, como as respostas sem fim, de uma obra em constante movimento. Vida longa HG!

    Beejo,beejo, boa semana.

    ResponderExcluir
  17. QUE FELICIDADE!
    Sempre leio o Post na manhã de terça no trabalho, não deixo comentário para sobrar mais tempo para ler o texto...
    Agora estou trabalhando em casa - uma adintada no trabalho, no estresse...
    Apesar de não estar nos seus planos 1berto, o post antecipado me deixou muito feliz... Se tu soubesses antes o que sabes agora erraria tudo exatamente igual?
    Valeu HG!!! GUI FERNANDO

    ResponderExcluir
  18. Ah,como é bom te acompanhar através das tuas músicas,dos teus discos que são maravilhosos!Obrigado por todas as letras,e esteja certo de que os 'De fé' sempre irão te admirar e te acompanhar!E que venha a última twitcam do ano 'Surfando Karmas & DNA'. :)

    ResponderExcluir
  19. Eita texto da terca no domingo! Pelo menos uma coisa boa pra animar meu domingo! :D

    ResponderExcluir
  20. Sei Nao será a minha canção esperada de quarta. Gosto muito dela desde a primeira vez que ouvi.

    Grande abraço e parabéns novamente....

    ResponderExcluir
  21. Meus filhos vão te escutar, mais uma geração De fé. Já fiz minha irmã se apaixonar pela sua música e eles serão os próximos!

    Continue sua jornada Jovem Padawan que nós os De Fé, os de carteirinha estaremos aqui para aproveitar e dividir alegrias e tristezas.

    ResponderExcluir
  22. Essa foi a melhor merda que vc já fez! auhahahuaahu postar o texto antes da hora, presentão!

    É sempre mágico saber um pouco mais sobre como surgiu um disco. Ouvir uma canção sem conhecer a origem do disco soa estranho, é tipo aprender a nadar antes de entrar na água! Agora já posso mergulhar no SK&DNA...

    Querendo ou não, esse texto foi demais!
    Parabéns, Humbs! Adoro você!

    Abraços! =)

    ResponderExcluir
  23. vc escolheu uma ferramenta simples como a plataforma bloger mas acessivel a blogueiros iniciantes
    abraços

    ResponderExcluir
  24. Alguns dizem que merda significa sorte né?
    Hoje acredito mais nessas pessoas... o Gessinger que diz ter feito merda me deu uma baita sorte ao ter postado adiantado...
    Muito bom poder ter o privilégio de andar pela sua obra Gessinger!!


    De azul... surfarei karmas&dna quarta, de olhos vidrados...
    ABRAÇOS!!

    ResponderExcluir
  25. 2 presentes em uma embalagem: O texto e o calendário adiantado.
    Obrigado pelo companhia nos últimos 20 anos e por Me fazer acreditar que é possível fazer ainda melhor, o que ja é bom (Enghaw p/ PV). Espero que "seja breve" essa pausa do PV e "pra sempre" a volta do Enghaw... Nós os "De Fé" estaremos contigo...

    ResponderExcluir
  26. Aproveitando para agradecer a magnífica performance do PV em Manhuaçu/MG.

    http://twitter.com/#!/soafox/media/slideshow?url=http%3A%2F%2Ftwitpic.com%2F7rimxm

    ResponderExcluir
  27. A camisa do Sport foi presenteada por mim com muito carinho e admiração. Ele usa pq sabe que a energia desta é muito boa e por isso usou no 1 niver de clara! Kkkk abs. @alessandromc

    ResponderExcluir
  28. Melhor post EVER. E é sempre bom saber que não somos os únicos a nos sentirmos de certa forma, nesse caso, deslocados.

    Obs.: Acho que você não fez merda nenhuma em postar antes da hora ;)

    HuGs! (sempre verei isso como a união dos conjuntos H e G rs)

    ResponderExcluir
  29. Meu segundo comentário, acho que não disse isso antes, mas incrivelmente não conhecia (como apreciador, fã) o Engenheiros do Hawaii. Começei pelo Pouca Vogal.

    Excelente postagem, e como membro da sua Macro-Turma vou adquirir o "Surfando Karmas". Desta forma, ouvir o primeiro disco inteiro do Engenheiros e claro estarei presente na Twitcam!

    Um brinde! Forte Abraço!

    ResponderExcluir
  30. Lembrei do pedaço de Números, "Nascimento e Silva, 107...", que foi suprimido pra tocar em uma rádio porto-alegrense...

    ResponderExcluir
  31. Gessinger dialogando com Gramsci. Nada mais propício para surfar karmas e ideais.

    ResponderExcluir
  32. Eu seii esse nãoo éé o lugar ideial pra isso, mais éé o contato direto que temos com você...

    Depois do show de sextaa, quandoo eu assistoo o DVD do Pouca Vogal agora, eu sintoo e energia daquelas pessoas que estavam alii!! Emocionantee, e quandoo tocou amanhã colorido, eu choreii!!
    E eu que sempree acheii você introspectivo, no show você tava bem bricalhãoo! E o Ducaa com aqueles sorrisinhos dele, uma simpatiaa discreta e encantadora, eu posso dizer que essa dupla ficou perfeita mesmo!!
    Quando eu tava saindo pra ir pro show, a minha filha de 4 anos que adora PV, ficou chorando querendo ir comigo! Partiu meu coraçãoo!!

    Show Vip, pouca gente, um palco na minha frente, e uma emoção que até hoje eu não consigui descrever... Foii o melhor show que eu ja fui... Que me deixou com uma #Boasensaçãoestranha, de que eu precido de mais... doses mensais de Pouca Vogal!! Esse show vai entrar pra minha lista de momentos preferidos!! " Se for pra sempre, seja breve!"

    Achoo que os melhores momentos são os mais dificeis de descrever, e como você mesmo ja disse, o melhor fica sempre fora do resumoo!
    "Felicidade"... éé assim que se resumee!!

    Queriaa agradecer, a você e ao Duca... pelaa a incrível sensaçãoo. " Nem tão longe que eu não possa ver, nem tão perto que eu possa tocar"
    Pra quem gosta de vocês, foi um prato cheiooo!!!

    Agoraa eu vou ler o post de hojee!!

    ResponderExcluir
  33. Nada como um post teu antes do domingo virar segunda, para esperar a segunda-feira virar terça e fazer eu surfar nas ondas da www. com com a atualizaçao do blog! Abraço

    ResponderExcluir
  34. hahaha Adorei o "fiz merda", tu é mesmo um menino grande! =) .

    Tava pensando outro dia que pra pegar a onda é preciso ajustar a frequencia. Tah, que esta pode não ser uma grande teoria, já que vc nunca precisou de frequencia certa e foi arrastado pelo mar sem saber muito de qualé que é. (Pelo menos é este o vídeo que passa quando navego pelos universos paralelos do teu trabalho... Alegrias, tristezas, rebeldia, cortes de cabelo, um dente de ouro de gosto duvidoso =/, olhares pela janela, sombras... esta tudo lá... E a onda segue mudando.)
    Todo estes "de fé" que agora estão do seu lado um dia seguiram a TUA onda, os passos que deixaste enquanto surfava karmas e DNAs, enquanto enfrentavas teus gigantes e dragões.
    Teu exército não é mais de um homem só, cada pessoa que um dia tenha viajado pela sua arte e ficado, mesmo que por um instante, sempre se pegará cantado "por amor as causas perdidas" e não por que tenha ficado diferente, pq sempre fomos assim, só não temos mais vergonha de sê-lo.
    Por mais forte que se é, vez enquando é bom saber que não se esta só... (Ou seria o contrario? "Estar sempre estar só?")
    Uma coisa é certa; As ondas não trazem respostas.

    Continue a tua... =)

    Ó, adorei teu texto antecipado!

    ResponderExcluir
  35. Adoreeeei esse seu deslize, salvou o domingo!!! isso quer dizer que amanhã, às 00:00 hrs, terá outro post???? hehehe...

    Quanto às twitcams, eu tb não canso de dizer, o quanto elas me (nos) fazem bem!!!
    Abraçãozão!!

    ResponderExcluir
  36. Hello,
    Is there anybody in there?
    Just nod if you can hear me
    Is there anyone at home?
    .... me sinto confortavelmente entorpecido ouvindo suas musicas e lendo seus textos...

    ResponderExcluir
  37. "espírito da época"

    Achoo que isso define bem o ter um álbum por fasee! "Filmes de guerra" , foi meu primeiro queridinhoo, hojee o meu queridinho éé "Tchau radar"... Até a próxima twitcam, quem sabee eu mude de opiniãoo!! O poder de escolhaa, de realmente ser difentee, até as músicas, tem versões diferentes, podendo cada uma te agradar em cada momentoo! É um dos motivos que me fizeram fã do engenheiros... E as versões que não se limitam aos albun's mais que aparecem nos show's tbb!! Pegandoo de surpresaa e encantandoo! A propositoo como você fez hojee néé, que você gostava de nos surprender eu já sabiaa, mais que você tinha um calendário a margem do nossoo éé novoo pra mim!!

    ResponderExcluir
  38. " Ganhei esse disco como presente de aniversário de casamento , o casamento acabou , passei vários anos sem ouvi-lo e sem encontrar a ex , nessas highway da vida a encontrei , e tinha no blog a escolha do disco da próxima twittcam , coincidência ou não ? , não , é Karma mesmo , está no meu Dna Surfar nas ondas dos teus discos"
    " Se viver fosse viver sem vocês , que bom que seria , mas não dá mais pra viver sem vocês "

    ResponderExcluir
  39. " Gosto de suas músicas pra caramba , mas se tocar alguma do pink floyd não seria nada ruim "

    ResponderExcluir
  40. qual a palavra de 5 letras começando a letra A Humberto ?^^

    ResponderExcluir
  41. O disco 'SK&DNA' foi o disco que o Humberto usava camisas sem manga!
    O disco que quase consegui decifrar suas tatuagens, mas de um jeito incrivel não sei direito o que tem nelas, ou o que são elas (só o HG)

    mas ae Humberto, conta pra gnt ae na twitcam!!

    vlw!

    De fé! Sempre!

    ResponderExcluir
  42. SK&DNA e DnCM são os álbuns mais jovens e pulsantes dos EngHaw...trilogia?! Q venha o próximo gerúndio!

    ResponderExcluir
  43. Gostei taaanto do texto que voltei pra reler!

    Voltando pra dizer Adeus ;)

    Abraço

    ResponderExcluir
  44. Mais uma vez, muito bom o post.

    Lembro bem da época do lançamento desse disco: No fim do ano anterior, foi divulgado, num dos bate-papos do dia 11, o nome do disco. Semanas depois, a letra e o nome de algumas músicas. SK&DNA, a música, começou a ser tocada em alguns shows antes do lançamento do disco. Eu mesmo fui a um show em Cruz Alta-RS (pois morava numa cidade vizinha na época) em que pude ouvi-la. Lembro também quando o HG divulgou, espantado, qual seria a música escolhida pela gravadora para ser a de trabalho (3ª do Plural). A divulgação das músicas na internet... Época boa...

    Aguardando o último da "trilogia do gerúndio", e também o próximo post...

    E "sentindo com inteligência, e pensando com emoção".

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  45. Voltei a acompanhar a banda, de perto, na tour do SK&DNA. Lembro do show, dia 18/01/2002. Não esqueço a data, pois completava 1 ano de casado, e minha esposa reclamou muito do local escolhido para a comemoração (Olimpo). rsrsrs

    A banda executou " O que vc faz a noite? ", parceria do HG com o Dé, ex-Barão Vermelho.

    Lembro de alguns fãs de MG/ES, que estavam no local, e mais tarde, formaria amizade até hoje.

    ResponderExcluir
  46. Aos que perguntaram... o enigma das 5 letras... Adeus...

    vlw HG...

    T+++

    ResponderExcluir
  47. Engraçado que este disco é um dos meus preferidos e perdi o encarte do mesmo ao levar para um show do Enghaw no festival de verão de Salvador. Não consegui autógrafo e ainda fiquei sem o encarte e quase sem olho por causa de uma palheta do Paulinho Galvão.hehehe

    ResponderExcluir
  48. O primeiro parágrafo parece me definir em relação ao seu trabalho...viajo nas suas canções, me perco e me encontro várias vezes em um só refrão.

    Em relação as turmas...também acho que é coisa da fase teen...chega um momento em que a família supre tudo, ou pelo menos quase tudo.

    Bah...mais tarde terás que postar outro texto...gasta o tempo livre de hj (o que vc iria gastar para reler o texto) e nos escreve alguma coisa ;) depois vc come, dorme e joga tênes, hehe :) Beijoos e até :**

    @niviabitu

    ResponderExcluir
  49. "se eu soubesse antes o que sei agora erraria tudo exatamente igual" A potência dessa frase é tão absusrda que tenho até medo de repetir, mas ter esse medo é um erro, então entendo que existem erros necessários ... os tempos são outros, os erros os mesmo.. Será que tem ligação Gessiriana nisso ??? e existem erros nesseçários a cometer ??

    ResponderExcluir
  50. A infinita Highway está em San Diego - Califórnia prestes a completar 10 meses de viagem! E ainda faltam 10 países!
    www.infinitahighway.com.br

    ResponderExcluir
  51. Humberto

    Sei
    Sou
    Soou
    Suor

    Você sabe
    que o que guardo no coração
    não é de se apagar
    porque gosto de colorir
    meus olhos

    ResponderExcluir
  52. Caara muito bom o texto! Não vejo a hora de ir no seu show, dia 6 aqui em Diamantina... Tempo que não passa, ansiedade que mata... Não vejo mais a hora... Até dia 6 Humberto.. ;D

    ResponderExcluir
  53. Hj ainda teria q ter mais um post neh? Já q sempre q a sengunda vira terça, é de lei ler um texto seu... kkkkkk

    ResponderExcluir
  54. "O oleiro faz um vaso,
    manipulando a argila,
    Mas é o oco do vaso que lhe dá utilidade."
    Lao Tsé


    Acho que são os hiatos, os vazios, espaços, silêncios, "vagas" que escrevem a parte da estória que fica pra história...



    Ps-Por falar em divagações eu penso sobre os números que passaram por suas mãos:
    Das 4 cordas do baixo na época do power trio às 10 cordas da viola no power duo...


    Ps2- Quando acabarem os discos a serem tocados, o que se tocará nas twitcams?

    Pink Floyd?
    As músicas alheias que são mais suas que dos outros?

    ResponderExcluir
  55. SK&DNA foi o primeiro CD dos Engenheiros que eu ouvi. O primeiro foi o 10.000 Destinos.

    Mas, foi a partir do SK&DNA que me interessei pela e-Stória do Gessinger. É um disco mágico, tem canções ótimas.

    Ainda não encontrei original, mas é um dos poucos que me faltam.

    Bah 1 - Agora sei que a vida não é um jogo de palavras cruzadas onde tudo se encaixam. O que ela quis dizer com 5 letras começando com a letra A só pode ser: Amigo ou Adeus.... vai saber o que o Gessinger pensou.

    Bah 2 - Tem que sortear essa camisa comemorativa!!

    Abraços Gessinger

    ResponderExcluir
  56. Desculpa a minha ignorancia, mas eu sempre quis saber o que sao as ''cinco letras que comecam com a letra A'' da música ''Nunca mais''. Poderia me dizer?
    De: Gustavo Henrique.

    ResponderExcluir
  57. Existem pessoas com certos dons, e 1berto é uma dessas pessoas, fiel aos seus fãs e ao seu som, mesmo experimentando e buscando novos horizontes... Abraço...

    ResponderExcluir
  58. É impossível identificar vida e identificar admiração pelo trabalho do Gessinger. Mesmo sabendo que elogios não faltam: Maravilhoso texto, maravilhosa tragetória, parabéns... e senti falta do abraço que já faz parte :(

    @poserdosbeatles

    ResponderExcluir
  59. oi, HG!

    Uma das minhas músicas preferidas é "Nunca Mais". Acho que mais pelo fato de ser falada, do que pelos enigmas da letra. Me encata a palavra falada, talvez mais do que quando cantada. Nela, dá pra perceber a diferença das regioes, dos sotaques, não há excesso de sílabas ou um ritmo a seguir.

    É como a música "Metade" do Oswaldo Montenegro.

    Mais uma vez, obrigada pela leitura.
    Abraços =)

    ResponderExcluir
  60. ain, eu amo surgando karmas. esporte radicais é minha música! eu q escrevi e vc nem sabe, no meu coração ^^

    ResponderExcluir
  61. puta cara ''ser você não e che guevara mas e mestre gessinger,fazendo revolução a todo momento''

    ResponderExcluir
  62. È o disco com o qual consigo melhor me conectar comigo. FGCA e SKEDNA formam uma dualidade que não sei explicar.

    Na época eu e uns 10 amigos enghaws nos refugiamos em um sitio no interior, pleno Carnaval.
    Sem TV, sem radio so Surfando Karmas e Dna.
    todos ali sofriam por alguma coisa, foi um findisemana memoravel e divertido.
    As dores se dissipavam ouvindo o skedna e de certa forma nos unia!

    Sei não é a melhor canção!

    ResponderExcluir
  63. Demais HG!!!
    Tenho o prazer de ser seu chara e se mais pra frente o "mercado deixar" também pretende usar a cabalera loira... hauhauahua
    Mas e ae... tens alguma previsão de shows em POA ou pro lado do litoral norte???

    Abração.

    ResponderExcluir
  64. Humberto, como um fã que te acompanha a mais de 10 anos, percebo que nessa sua caminhada existencial pela música ninguem se "encaixou" mais contigo com o Duca.
    Acho que você e o Duca formam uma bela turma!

    Guilherme Maia
    correiodomaia@gmail.com

    ResponderExcluir
  65. é estranho, teus posts sempre mexem comigo de uma forma q não sei expressar...posso dizer que comento "por educação", porque nunca consigo expressar o que se passa comigo com teus textos, com tuas musicas...

    já não tento mais compreender tuas letras, só sinto elas... algo como sentir com inteligencia, pensar com emoção... e nada faz sentido...

    ResponderExcluir
  66. Cara, cada vez que eu leio um texto teu, escuto uma música ou te escuto falar nas entrevistas sinto como se eu fosse a única pessoa. Não sei o que tu tem, o que tu provoca, mas a tua arte me emociona de uma maneira que eu não sei explicar. Talvez nunca saiba. Nem quero.

    Hoje com 16 anos, vendo tanta coisa absurda nesse mundo, fico muito feliz por saber que ainda existem coisas simples asssim que se tornam tão complexas, tão gostosas, tão mágicas que dão sentido para um monte de outras coisas. Um sorriso que a gente dê já vale demais. E tu arranca dessa guria aqui muito mais do que sorrisos e lágrimas de alegria, emoção.

    Quero que daqui a 15, 20 anos quando eu tiver minha família, meus filhos..quero que eles apreciem tanto quanto eu a tua obra. Quero ensinar a eles cada coisa que já aprendi e que ainda vou aprender. Cada emoção que tu me provoca.

    Muito obrigada por compartilhar comigo e com todos os De Fé que sentem sede dessa arte que é tão preciosa e tão rara. Valeu Beto e não para nunca, o mundo precisa de ti!

    Beijos

    ResponderExcluir
  67. Legal saber que a mesma sensação de 1:1/1 rola daqui pra ai e daí pra cá..sempre sinto que a UMA pessoa sou eu...alguém mais?!

    ResponderExcluir
  68. Pior q fui pesquisar oq significa Zeitgeist,kk

    ResponderExcluir
  69. Minhas músicas de fé com certeza são Esportes Radicais e Surfando Karmas e Dna. E esta, por ser um lema vital, tatuei e levo comigo por onde ando (literalmente).

    Já quanto às turmas, vc e o Duca formam uma tchurma bem harmonizada.

    ResponderExcluir
  70. Esperando ansiosamente pela twitcam de um dos meus discos preferidos dos EngHaw. Valeu HG!

    ResponderExcluir
  71. Olá HG! Hoje me diverti muito na hora do almoço no trabalho, dois amigos tentando tirar as músicas do PV na gaita de boca, sendo que a um deles fui eu que te apresentei. Era bonito vê - los se empenhando, discutindo sobre tons... novos fãs e com certeza eternos fãs! Jovens novos fãs , sempre chegando gente pra te ouvir! Ah não sei se você lê esses comentários atrasados... mas a tatoo que fiz no braço de ti atraiu uma "turma" de fé que se talvez eu não a tivesse passariam despercebidos... Amanhã estarei na twitcam, esperando um Feliz Aniversário tá? @tani_kronbauer
    Te Amo!
    Tani Kronbauer
    joinville sc

    ResponderExcluir
  72. 1Berto obrigado pelo texto e por compartilhar suas obras. Surfando karmas e dna me acompanhou no periodo de solidao quando morei em bh... Longe d+ das pessoas q eu amo. Amanha estarei na twitcam para prestigiar. Gd abraco...OOlala 1

    ResponderExcluir
  73. 1Berto obrigado pelo texto e por compartilhar suas obras. Surfando karmas e dna me acompanhou no periodo de solidao quando morei em bh... Longe d+ das pessoas q eu amo. Amanha estarei na twitcam para prestigiar. Gd abraco...OOlala 1

    ResponderExcluir
  74. Oi, humba! Que intimidade,né? Lembro que comprei o CD SK&DNA de noite, no shopping, depois de sair da faculdade e fui pra casa. Ouvi. E gostei muito. No outro dia, pela manhã, na correria, saí de casa com o CD na mão, mochila nas costas, lixo na outra mão e em frente ao elevador o CD escorregou da capa e caiu no chão. Quebrou no meio. Fiquei com duas bandas horrorizada. Soltei em silêncio um "puta que pariu". Não deu pra voltar pq já estava atrasada, não deu mais pra ouvir no caminho, juntei-os à sacola do lixo e fui me embora. Tive que comprar outro. É isso aí: SK&DNA.

    ResponderExcluir
  75. "se eu soubesse antes o que sei agora
    erraria tudo exatamente igual"
    nossa essa musica vai alem de uma simples musica pra mim...ela é sei la parte da minha identidade...gosto
    muitooo.
    em geral esse disco SURFANDO CARMAS E DNA é todo bom
    ...."se nada faz sentido há muito o que fazer"

    ITABIRA/MG

    ResponderExcluir
  76. Curto o clima garageiro desse disco SK & DNA é um dos meus preferidos. Curti muito o Pouca Vogal em Tiradentes aqui "pertim" de São João del Rei-MG onde O EngHaw tocou em 2002 na turnê do SK & DNA.
    Abraço 1berto!!!

    ResponderExcluir
  77. E oa abraço?? esqueceu??
    haha

    ResponderExcluir
  78. Dessa vez vou ser curta e objtiva: OBRIGADA!

    Triste d+ estava porque aqui em Teresina anunciaram show do Pouca Vogal dia 17, mas foi cancelado :( ... Mas tenho vc tocando ao vivo, na twitcam hoje.. então alegria, alegria , alegria \o

    ResponderExcluir
  79. Talvez a ideia das cravelhas sugerindo asas seriam para alcançar novos vôos a partir de SURFAR-NOVOS-HORIZONTES-&-KÁRMICOS-DNA. Belo calendário. Abraços.

    ResponderExcluir
  80. Belíssima twitcam!!!

    Aliás, belíssima atitude a sua em se dispor todo mês em nos proporcionar esses momentos.

    Fui em um show dos Engenheiros só uma vez em 2008, em Poços de Caldas/MG, e por incrível que pareça, ainda não tive oportunidade de assistir outro, nem Pouca Vogal. Quem sabe logo vc não aparece por essas bandas do interior de SP/Sul de Minas?

    É uma maneira de sentir mais próximo. Pq é assim q eu me sinto.

    Não poderia deixar de citar a música "Nunca Mais"....quando tocou, fiquei muito emocionada.

    Obrigada por tudo, meu Mestre!

    @mazinhacr

    ResponderExcluir
  81. Humberto, se você pudesse regravar seus discos, substituiria a bateria eletrônica do Papa é Pop?

    ResponderExcluir
  82. HG, sou leitor do blog há pouco tempo... mas conheço os E.H. há anos. Sou de Goiás, e nunca fui há um show, sempre fui fã da banda e cada vez mais de vc e suas palavras!!!
    Os posts são a cada semana melhores!
    "Não quero ser o que eu não sou, eu não sou maior que o mar". SK&DNA, é ótimo!!!

    ResponderExcluir
  83. Eu sinto falta do trio, da época do G, L e M, queria poder vê-los tocando juntos pelo menos mais uma vez... Eu queria poder voltar ao sonho... Voltar aos anos noventa. Mas estou feliz por vc estar por ai 1berto. Um abraço para Adriane, Clara e pra você e ” (coisas que não cabem nos encartes dos CDs)”
    Valeu cara! Obrigado por tudo!

    ResponderExcluir
  84. Humberto querido sou parte dos de casa esses dias coloquei no meu face "Humberto nem sabe mas muitas de suas letras e música relatam com detalhes fases de minha vida". Esse ano foi a fase do "não aguento mais, eu não sei a resposta" seguida de "eu não vim até aqui pra desistir agora" porque "somos quem podemos ser" e "é pouco mas é tudo que eu tenho é tudo que eu posso oferecer". Forte abraço!@aidabatista!

    ResponderExcluir
  85. Olá Humberto,tenho toda sua discografia,e o disco em questão,tem um significado especial para mim por ter sido o primeiro show em BH que eu tive o prazer de ouvir de pertinho suas canções,motivando-me apaixonar cada vez mais pelo seu trabalho.Acompanhá-lo nas twitcams é como se eu estivesse recebendo um presente mensal:Um SHOW exclusivo.(Adoro!)(I'M HERE!)Suas músicas são divertidas,interessantes,possuem conteúdo e mexem com a imaginação de todo mundo,e comigo não é diferente,fico tentando interpretá-las e o mais legal de tudo isso,é que encontro sempre várias variáveis possíveis.O que a fez chorar?ARMAS??? Quanto ao papo de "turma",penso que todos somos um Exército de um homem só.
    Continue alegrando minha vida e de meus familiares,já virou rotina aqui em casa utilizar expressões de suas músicas no diálogo entre amigos e colegas de trabalho.Sem Você (É Foda)!
    Um brinde ao sucesso!
    Seus fãs de Minas,
    Cammy,Chun-Lí e família.

    ResponderExcluir
  86. O disco Surfando Karmas & DNA é realmente ultra foda. Já escutei muito, viajei muito nas letras, toquei muito. É um álbum que me faz lembrar de momentos bacanas. Se for comentar música por música, vai sair uma redação, então melhor deixar o principal fora do resumo. Ah, e a ideia de um álbum por twittcam foi muito boa!

    ResponderExcluir
  87. Diego Ciro (@di_ego_Ciro)19 de dezembro de 2011 07:59

    13 de dezembro... data da postagem... Aniversário de Luiz Gonzaga

    ResponderExcluir
  88. Com relação à palavra de cinco letras que começa com a letra "A", uma vez o Humberto falou: "quem disse que é uma palavra da língua portuguesa..."

    ResponderExcluir
  89. Sou sua Fã desde dos 14 anos de idade , já fui a vários shows , e quando casei dei uma parada e fui criar a clara e o samuel e deopois de 12 anos retornei a um show swu no palácio das artes,chorei e te gritei demais, acho que continuo sendo sua fã mais istérica.kkkk
    Mas valeu , amei o show Adorei o Duca muito bom , Maravilhoso o Pouca Vogal!!! Com Deus. Bjs

    ResponderExcluir
  90. A capa do cd SK&DNA é o avatar que você usa para comunicar com o pessoal aqui,é muito bacana!
    A palavra enigmática de 5 letras em Nunca Mais é uma pegadinha,né?Vou também dar o meu palpite,creio que seja APOIO,AJUDA,AFETO...Conta pra gente,vai!O que você quis dizer,5 letras começando com a letra A.....
    Sua fã de BH que te admira de montão,
    Karín

    ResponderExcluir
  91. É a solidão que inspira os poetas, cria os artistas e anima o génio.(Henri Lacordaire).Por isso você é um sucesso!
    A palavra enigmática de 5 letras seria ALONE ou ÁLBUM?
    BH te ama muitoooooooo!!!!!

    ResponderExcluir
  92. Andrea, acho que é ADEUS!

    ResponderExcluir
  93. "Se eu soubesse antes o sei agora erraria tudo exatamente igual..."Essa época de fim de ano de "retrospectivas"e "perspectivas"faz dessa frase o que eu sempre achei...Uma grande mentira!rs!
    A gente sempre acha que podia ter feito melhor...Nem que seja os erros(ou principalmente eles...)pelo menos é o que eu acho.(talvez culpa do perfeccionismo típico de uma virginiana como eu)Humberto,Feliz aniversário(adiantado)bom natal,e um excelente ano(s)novo(s)!!!Espero revê-lo aqui em Maceió em 2012.
    Keyla.

    ResponderExcluir
  94. Gostaria de fato de poder amadurecer com você Gessinger, afinal minha fase de turma passou...

    ResponderExcluir
  95. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  96. "O mais legal de construir uma obra extensa e intensa é poder movimentar-se dentro dela. Como se anda pelas ruas e praças de uma cidade ou pelos vários ambientes de uma catedral. Há sempre um novo olhar possível. Faço isso com artistas dos quais gosto: passeio por suas frases, canções e álbuns. Se o cara for honesto, talentoso e persistente, sua obra cria um universo no qual é possível passear, quase morar." Humberto Gessinger

    Caro Humberto,
    Suas obras realmente criam este universo no qual você se refere na frase acima. Não somente eu, mas uma legião de fãs passeia pelos seus livros, suas frases, suas canções, seus álbuns, seus pensamentos. E a cada passeio percebe-se algo novo, algo inteligente e intenso. Tua maneira tão agradável de lidar com as palavras nos encanta, está sempre nos trazendo mensagens nas entrelinhas que nos fazem refletir mais sobre o mundo em que vivemos!
    Desejo a ti força para que continue a ser sempre esse artista maravilhoso que é. E que continue brilhando cada vez mais, iluminando assim a sua vida, a vida das pessoas próximas a ti e a vida dos teus fãs.
    Forte abraço de um Fan de coração.
    Ranielli De Bastiani

    ResponderExcluir
  97. Não estava lá, quase nunca estive...
    Meu coração de menina sonhava em assistir um show seu desde sempre, desde que me dei conta que era gente pensante... Como isso poderia acontecer? Morava em Teresina, achava que nunca iria pisar lá, depois eu era menina, meu pai nunca deixaria ir a um show sozinha e nem me acompanharia mesmo que tivesse dinheiro para isso (calma, Ele é um bom pai!), coisa que não tínhamos na época... Não tinha também como comprar seus discos, nem tinha radiola na minha casa, mas lhe ouvia no rádio... Tempo engraçado, não tinha muita coisa, mas tinha o mais importante: "sentia com inteligência e pensava com emoção". Quando ouvia sua voz corria pra perto do radinho velho, e num gole só tentava decorar mais um trecho da sua música para repeti-la na minha cabeça, nos meus cadernos etc. até aprender a letra toda e conseguir cantá-la por inteira. Ficava envergonhada quando alguém da minha casa (geralmente era minha mãe) notava essa minha urgência e necessidade de ouvi-lo. Bom, eu cresci, não sabia que isso era possível na época, “fiz o meu caminho, devorei concreto e asfalto", fui alguns shows dos Engenheiros... Fiquei emocionada a primeira vez que o vi tocando, lembro que foi a mesma emoção que senti quando toquei violoncelo pela primeira vez, pois achava que as duas coisas eram quase impossíveis de acontecer, como agora acho pouco provável que veja esses escritos... Quando terminei de ler esse post me veio na memória essas lembranças um pouco esquecidas pelo tempo que se derramou. E veja, eu me emocionando mais uma vez! Então escrevi contando que não participei de BH e nem dos shows importantes que fizeste ao longo de tua carreira, mas suas músicas causaram verdadeiros festivais dentro de mim...Obrigada!

    Michelle Moraes de Sousa

    Michelle Moraes de Sousa

    ResponderExcluir
  98. Faltou contar aqui que na epoca que a internet ainda engatinhava e os cds demoravam 30 dias a mais que a capital pra chegar aqui eu ligava dia sim, dia tambem na loja pra saber se ja tinha chegado o novo cd dos engenheiros.
    A vendedora, que ja conhecia minha voz e minha pergunta , finalmente disse: sim chegou...so 3 mas vem sem pressa.
    Chegando na loja, com pressa encontrei a saudosa D Neusa, mae da Denise e do Diogo Mieko que queria comprar 4 cds. 2 pra mandar pro exterior e 3 pra familia.
    Ciente da minha vontade, gentilmente deixou me comprar um dos 3, e levou outros dois, deixando ainda encomenda pra mais 2 qdo chegasse!

    ResponderExcluir
  99. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  100. Putz, HG!!?? Um MUSICO, um MESTRE, um GENIO, um POETA!! Meu ídolo desde a primeira vez que o ouvi em um toca fitas de um Kadett em 1992 (aos meus 6 anos de idade). Daí pra frente todos os shows dos EngHaw em Marília (minha cidade natal) eu fui. Me recordo quando tinha uns 10 anos e os EngHaw tocaram em uma festa universitária que tinha em Marilia chamada Todo Torto mas só entrava maiores de 18 anos, praticamente obriguei meu pai me levar, e fui. Na seguinte ida deles p Marília tbm fui ao show em uma danceteria chamada Santa Maria. No próximo show que eles vieram a fazer em Marília eu não fiquei sabendo e me aborreci por ter perdido porém houve algo que, sem exageros, acreditava que nunca aconteceria. Descobri o hotel que eles estavam hospedados e como minha casa ficava apenas há 2 quadras do hotel, decidi fazer plantão em frente, para pegar o autografo do Humberto. HG não sei se vc se lembra desse ocorrido, mas vamos lá, vc estava conversando com alguns fãs no estacionamento do hotel (chamado Tenda, na cidade de Marília) e eu fiquei estatico ao seu lado sem dar uma palavra, não conseguia falar, resumindo, voce me deu o autógrafo e assim q vc entrou no hotel, todos meus amigos queriam ver sua assinatura e eu não queria deixa-los ver com medo de amassar, um deles puxou e rasgou a pontinha do papel (algo como 1cm), eu sai correndo até a recepção e cheguei la chorando, voce ja estava subindo as escadas, daí voce retornou e perguntou o motivo do choro, te expliquei e voce autografou outro papel. Pode ser que não lembre, mas isso marcou muito pra mim, lembro perfeitamente daquela noite. Acredito que naquela época eu tinha uns 14 ou 15 anos. Tenho os dois autografos até hoje. sem contar sua coletanea completa original (algo anormal hoje) de cds, dvds, livro e 3 discos de vinil. MUITO OBRIGADO POR DIVIDIR SUA VOZ E MUSICAS CONOSCO!! ABRAÇO!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  101. Foi uma honra receber vcs aqui na minha cidade Janaúba adorei o projeto de vcs musicas muito legais so lamento por n ter tirado foto com vcs mais mesmo assim foi ótimo!!!

    ResponderExcluir
  102. E aí, Humbertaço!!!! Lendo este post, vi uma foto do CD "19 Días y 500 Noches" do Joaquín Sabina, que na verdade, é um ótimo CD para ouvir nos momentos de descanso, enquanto toma um mate, lê um livro ou está viajando. Curto muito o som do espanhol, e sobre o blog, continue escrevendo suas histórias, que para mim, soam como modernas e eternas.
    Aquele abraço desde Quaraí/RS!

    ResponderExcluir