P(*)EMAS C(*)M N(*)TAS DE R(*)DAPÉ - 24


os sinais estão no ar
no chão da praça da matriz
mensagem pelo celular
água batendo no nariz

(*) Às vezes me um sinto imbecil andando pelas ruas de Porto Alegre, de calças curtas, carregando nas costas uma mochila com minha raquete. Ah, estas bobagens que tomam conta da minha vida: caminhadas, música, poesia, tênis... Disfarço minha figura ridícula fazendo de conta que sou um samurai indo ao encontro do bom combate. A raquete se transforma numa espada, meus passos ficam mais firmes, o olhar fica mais focado, as músicas que rolam nos meus fones soam mais urgentes. E sigo em frente. Um Dom Quixote ninja.

Em meio a esta fantasia tão esdrúxula quanto a realidade, li a palavra escrita na camiseta do cara que passou por mim: "Rotterdam". Ok, nada demais. Enquanto esperava o semáforo criar uma ponte invisível para que nós, pedestres, atravessássemos o mar de automóveis, olhei pra cima e li o nome de um prédio: "Rotterdam". Opa, aí tem! Depois de anos sem aparecer, a palavra pinta duas vezes em menos de dois minutos: um sinal! Querendo dizer o quê?

Cheguei ao outro lado da rua com o firme propósito de descobrir "que porra é essa". Decidi buscar no Google e aceitar o segundo resultado para "Roterdam" como se fosse uma mensagem divina. Dei a ordem ao smartphone, ele começou a negociar conexões. Segui andando com um olho na rua e outro na busca pelo segundo "Rotterdam" do Google.

Atravessei outras esquinas,  outras coisas foram atraindo minha atenção. Entrei na quadra, joguei, perdi a conexão com a www e acabei me esquecendo do sinal que eu buscava decifrar. Quebrado o encanto do momento, me pareceu que a mensagem, se realmente tivesse existido, já não estaria mais lá.

(*) Meu querido Deus: longe de mim a pretensão de que o senhor esteja lendo isso. Longe de mim, também, a pretensão de que eu mereça receber sinais. Mas, se o senhor, na sua infinita bondade, me achou merecedor, quero me desculpar e dizer que não consegui fazer nenhuma conexão com "Rotterdam". Dá pra mandar o recado por email? Por favor, não subestime a falta de sensibilidade e inteligência deste seu servo.

miragens, fantasmas, viagens no tempo
?será que você existe?
delírio, desejo, vozes e visões
 ?será fruto da imaginação?

(*) Nunca me interessei muito pelas ideias de Freud, apesar de saber de sua importância. Em algum momento, provavelmente, eu passe por ali pra conferir o que ele produziu. Também é provável que, então, eu aprecie seus textos mais como literatura do que ciência.

O pensamento  do velho Sigmund que sempre me vem à mente talvez nem seja dele. Será que ele realmente disse: "temos que ficar abertos à possibilidade de um charuto ser só um charuto"? Soa como uma autocrítica, um pedido de bom senso e cuidado em meio ao emaranhado de duplos sentidos e interpretações que às vezes sugerem a existência de pelo em ovo.

(*) O destino está traçado ou existe livre arbítrio? Existem coincidências ou "coincidência" é o nome que se dá à falta de capacidade de ler sinais? Não sei... intuo que respostas a estas questões a gente não encontra, a gente constrói.

Sintam-se abraçados por este quixotesco samurai.

Bah 1: o segundo resultado para a busca "Rotterdam" no Google me levou à segunda maior cidade da Holanda. Minto: me levou ao Wikipedia.

Bah 2: na última vez em que prestei atenção a sinais, descobri que minha mulher estava tendo um caso com Robert Plant. Para quem mais ele cantaria Thank You daquele jeito?

  
22nov2011


89 comentários:

  1. Muito tri o texto de hoje! Abraço retribuído! :)

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, muuuuito! Cada vez me surpreendo mais.

    ResponderExcluir
  3. Queria tanto que você desse uma lida no texto que fiz...

    http://culturacomcanela.wordpress.com/2011/11/10/o-primeiro-nao-de-um-jornalista/

    ResponderExcluir
  4. Revelações.... Adriane, Adriane...
    Valeu O post, Galego

    ResponderExcluir
  5. parabéns 1berto, tu é de mais,
    tuas musicas teus textos, poha cara, um gênio, simplesmente um gênio



    ass: @1picoledecoco

    ResponderExcluir
  6. Muitoooo bom!!!!! Te vejo no dia 03/12

    ResponderExcluir
  7. "Existem coincidências ou "coincidência" é o nome que se dá à falta de capacidade de ler sinais? Não sei... intuo que respostas a estas questões a gente não encontra, a gente constrói."

    Nesse post você LITERALMENTE abriu novos horizontes sobre a forma de se pensar sobre as coincidências. "Será que você existe? Será fruto da imaginação?"

    ResponderExcluir
  8. Parabéns por mais esse texto.. sua perspectiva é ótima..

    e esse vídeo ? O MÁXIMO !

    Lerei esse texto mais algumas vezes na semana, é bom olhar de formas diferentes.. Grande Abraço Gessinger.

    ps. VEM FAZER SHOW NO ESTADO DE SÃO PAULO ! Grata

    ResponderExcluir
  9. Adorei o post, e adorei o acompanhamento sonoro do post. Led Zeppelin é tão bom quanto Engenheiros! :D

    ResponderExcluir
  10. O Google, me salva tantas vezes, mas outras tantas vezes me deixa um acomodado e preguiçoso dependente... Saudações enghaw.ah as coincidências como são coincidentes e diferentes incidente... Boa noite

    ResponderExcluir
  11. cara, mto show, nunca te vi xingando("q porra é essa"),kk, e esse video?mto bom...
    Pra completar tem q vir pro ES, "parece" ser ruim por aqui, na vdd é, mas tem mtos fãs q te esperam...
    bjos

    ResponderExcluir
  12. Obrigado pelo link nessa quente madrugada!

    ResponderExcluir
  13. Caminhos feitos de pontes imaginarias que nos levam a um mundo já traçado! Sinais ou coincidências, a vida e um barato!! @andersonps87
    Abração!!!

    ResponderExcluir
  14. Cavaleiro andante, que salva todos os pequenos detalhes que nos trazem tanta alegria...

    Quando penso que são raros os encontros que tocam verdadeiramente o coração da gente, sinto como é bom ter encontros assim toda segunda/terça...

    Eu tenho fé na força do Quixote que há em você Gessinger!
    Mande saudações à Dulcinea del Toboso...
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  15. Tava morrendo de saudades de você!
    Tava isolada da www nestes últimos dias e sentindo uma falta de não saber noticias sua pelo twitter e os "textos da meia-noite" são uma forma de nos interligarmos!
    Obrigado por mais um texto e Boa Noite!

    @RayanneAlmeidaV

    ResponderExcluir
  16. Daqui a algum tempo, se juntar toas as postagens dará um baita livro ;D

    Abraço...

    ResponderExcluir
  17. Um estado de aparente saúde pode ser mantido por muito tempo, embora haja na realidade, um estado de pré-disposição à neurose. É pois suficiente que uma causa banal entre em ação, para que a neurose se torne manifesta.(Freud)

    Boa noite HG! textos incríveis!

    ResponderExcluir
  18. comentários INDIVIDUAIS seriam altamente interessantes ! e não essa ' disputa ' de uma pessoa querendo tornar seu comentário melhor do que os postados acima. Vamos enriquecer os textos do Grande 1berto =)

    Parabéns cara, tu escreve absurdamente bem .
    Nós fãs estamos sempre por aqui..

    ResponderExcluir
  19. O que houve com o Bah 2? eheehehehe

    Humberto tem viajado legal nas últimas postagens. Dei valor a essa sua camisa, como faz pra você me mandar ela de presente? xD

    Se todo dia fosse terça-feira eu me sentiria satisfeito, pois estaria lendo suas ótimas postagens diariamente aki no blog.

    Afinal, "Na Real" é uma música romântica ou tua ideia era mesmo tratar dos Fantasmas, OVINIS?

    "E o que mais for preciso para ser feliz. Meu coração visionário tá legal. E dispensa comentários ele nem pensa na real. Será que você existe?" ♫

    ResponderExcluir
  20. Muito massa o texto, acho que todos nós acreditamos e esperamos alguns sinais, durante o dia, durante a vida toda... Parece que a gente tem que decifrar algo, talvez pra não pensar que a vida seja algo completamente aleatório...

    Sou seu fã desde o começo dos Engenheiros - eu tinha uns 10 anos de idade, mas alguns discos seus foram fundamentais na minha vida. Fico feliz que a internet possa aproximar as pessoas desta forma.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  21. ótimo ! feliz em saber que em alguns lugares a www permite com que nós compartilhemos ideias, olhares, opiniões =))

    ResponderExcluir
  22. Uma declaração de amor a Adriane :)
    Incrível.

    ResponderExcluir
  23. Adorei texto!!! Muito Tri!

    ResponderExcluir
  24. Agagê, to aprendendo a me encontrar no que você escreve, "to no meio da estrada".
    Parabéns, fenótipo simples composto de uma carga infinita de sabedoria.

    Show de bola!

    ResponderExcluir
  25. Não houve o "Bah 2" porque ele também nos levaria ao Wikipédia?? hahaha
    Ótimo texto, como sempre HG! :)

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. Obrigado pelos comentários, compañeros! Corrigi o Bah 2, (tinha escrito Bah 3), valeu o toque... não passa nada, né? =)

    ResponderExcluir
  28. Dormirei melhor depois de ler o texto de hoje. Já não me impressiono com sua habilidade me brincar com as palavras a cada vez que escreve. Sempre muito bom!!
    As vezes tb me pergunto o que "tal coisa" quis dizer pra mim, será q foi um sinal?!?! Nunca consegui decifrar esses enígmas q aparecem na nossa vida...pode ser que seja coisa da nossa cabeça!! vai saber!! Ah! Adorei o vídeo! Adriane tem um bom gosto musical! Bjs

    ResponderExcluir
  29. Alguém ae além de mim procurou por "Rotterdam" no google???

    Nunca imaginei que fosse ler um comentário (msm que um pouco opaco) do Velho Gessinger sobre Freud!

    Na verdade acho que se Freud vivesse nos dias de hoje, ia ser um maluco desses que comentam de política o dia todo. Fez o que poderia ter feito.

    Mas, sou mais o HUMBERTO GESSINGER mostrando a "Teoria da coincidência do que os charutos de Freud Flintstone!

    Foda a camisa humberto!!!
    De fé! Sempre!

    ResponderExcluir
  30. Bah! Coincidência vc falar da Sra Adriane num texto postado dia 22! Belo texto... "Os sinais estão ar"

    ResponderExcluir
  31. cara so cadaa vez mais seu fã vc fai fazer ano que vem 27 anos do primeiro show e eu sete da primeira musica leio o texto logo que vc escreve no twitter e poe o link do blogessinger confesso q a musica q ouvi primeiro foi a regravaçao do engenheiros da musica herdeiro da pampa pobre e confesso que sempre que vou tocar em algum local nao interessa onde nao falta HG talvez vc nao leia isso mas eu to tranquilo pq adimiro seu trabalho de longos anos nos meus poucos 13 queria q vc falasse mais da sua vida nas bandas pq pra mim de alegrete que quer seguir na musica sentiria bem ao ler isso valeu idolo terça que vem estarei aqui d nv

    ResponderExcluir
  32. É terça? Tem texto novo?
    Então tem música nova dos EngHaw adaptada para os quadrinhos:

    http://diegomirandaarts.blogspot.com

    ResponderExcluir
  33. Dom Quixote ninja visualizando sinais gigantes, em moinhos de coincidências.

    Mais um gande post quando a segunda vira terça.
    Um grande abraço,

    Do De Fé @lucianos_s

    ResponderExcluir
  34. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  35. Muito curioso ler esse texto, simplesmente porque acabei de assistir um documentário-atualizado de "Eram os Deuses astronautas?", e tinha terminado o doc justamente com essa ideia: Coincidências ou sinais? hehehehe

    ResponderExcluir
  36. Felicidade mesmo e descobrir que o google ainda não consegue decifrar todas as nossas duvidas... Se nãoo o que seriaa da nossa purezaa?!

    ResponderExcluir
  37. E o Erasmus Von Rotterdam?
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Erasmo_de_Roterd%C3%A3

    ResponderExcluir
  38. Acordar na terça-feira tomando o velho chá, lendo um novo bom texto teu e ouvindo o eterno Graham Nash é algo bom para começar mais 24 horas de existência. Fico, apenas, com a leve impressão de que Cortázar é o anti-freud por excelência. "Quem disse que de um fósforo, por exemplo, não pode nascer um fruto"?

    Quem é mais louco pra ficar legal?

    Rs

    Abraços

    ResponderExcluir
  39. " Muito bom o texto , quanto ao vídeo ainda não consigo gostar de led zepelin , nem amo beatles e rolling stones , de bandas internacionais só curto pink floyd , parece que virou modismo gostar de musica internacional , ve só os festivais de musica que rola por aqui , colocam os gringos nas alturas , e as bandas nacionais ficam em segundo plano , quantos ai entendem o que eles estao cantando , ou realmente precisam entender ? "

    ResponderExcluir
  40. Acho que as coisas são aquilo que devem ser, mas cada um enxerga de uma forma. Sinais ou não, melhor não ficar esperando manifestações divinas.
    "no espelho, na estrada...
    esperando o inesperado"

    ResponderExcluir
  41. Quando faço caminhadas longas, geralmente vindo do mercado cheio de bolsas, também mentalizo algo.

    Para passar o tempo, e distrair meu cérebro das dores do braço, escolho um disco dos Engenheiros e vou cantando, mentalmente.

    O trajeto mercado - casa tem a mesma duração do disco Ouça o que eu digo. rsrsrs (*)





    (*) abobrinha

    ResponderExcluir
  42. Talvez os sinais possam ter outro proposito, é possível que o que o samurai viu seja simplesmente um desculpa do universo para que ele escrevesse e nos fizesse refletir sobre coisas que nos rouba a atenção.

    Agora fico pensando... O que me faz esperar até essa hora pra ler teus textos? Talvez seja, meu amigo, por que eles sempre mostram essa conexão com a vida real e as indagações que fazemos, – independente do grau de consciência que tenhamos. Há sempre algo nos empurrando, nos molda sutilmente em algo um pouco melhor. Os teus textos são, para mim, um desses toques sutis que me faz ficar aqui ate altas horas esperando o inesperado.

    Até a próxima segunda-feira virar terça.

    ResponderExcluir
  43. Texto incrivel. Me sinto estranha toda vez que olho pro relógio e flagro 11:11 em ponto. Besteira a minha querer achar que é um sinal, só por que o número 11 está frequentemente na minha vida... Desde o inicio dela aliás.

    @simone_hg por aí desde 11.11.19ealguns.

    ResponderExcluir
  44. Comigo, sempre acontece uma coisa engraçada: quando ouço pela primeira vez um nome novo, seja de um lugar ou de uma pessoa famosa, começo a ouvir o mesmo nome frequentemente depois da primeira vez. Estranho.

    Valeu, Humberto.

    ResponderExcluir
  45. Que camiseta fera! Fala pra Stereophônica fazer uma assim!!!

    ResponderExcluir
  46. Adorei o caso da @arqsesti com o Plant... kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  47. Ótimo como sempre, Saudade do ENGHAW !!!!

    ResponderExcluir
  48. Acho que eu ficaria louco, se pensasse em cada coincidência como um sinal a ser desvendado... Embora faça isso algumas vezes, porque elas sempre surgem pra mim... :D

    ResponderExcluir
  49. Como sempre, magnético!
    Adorei, + 1 vez!!!!!!

    Abraço dado.....

    @JessicaNuvens

    ResponderExcluir
  50. Hahahahahahaha muito bom!

    Abração Mestre!

    @ophilosopho

    ResponderExcluir
  51. Existem coincidências ou "coincidência",varias variaveis numa segunda-feira blues,,sinais numa conquista do espaço num mapa do acaso,,, tbm vejo sinais em todo lugar, é pena que o mundo nao consegue ver e acreditar em simples e pequenos sinais tipo "bom dia, como vai e obrigado"

    sinistro a parada mas curti,,, abraço e ate++

    ResponderExcluir
  52. pois é nao iria perder de deixar um comentario, como toda santa terça
    Miragens, fantasmas, ovni's
    E o que mais for preciso para ser feliz
    Meu coração visionário tá legal
    E dispensa comentários
    Ele nem pensa na real, HG

    @betomontanari

    ResponderExcluir
  53. Muito bom o texto, quem sabe um dia eu chego lá!?

    Até aonde vai o nosso livre arbítrio? Ralmente somos assim tão donos das nossas escolhas? Complexo...

    Mas saber interpretar os sinais é a arte da vida! Se souber em que frequência eles soam, por favor me avise para que eu possa me sintonizar! =)

    Começei com uma coluna no site enghawonline.com com o título "ouça o que eu digo, não ouça ninguém" abaixo vai o link do meu primeiro post! Seria legal ter um comentário teu no rodapé!

    http://enghawonline.com/blog/ouca-o-que-eu-digo-nao-ouca-ninguem/

    Abraço de 3 voltas e meia pra ti!

    ResponderExcluir
  54. Tem muitos Quixotes por aí, en algún lugar de La Mancha.
    Nós vamos também marchando pelas calçadas, enfrentando moinhos de vento que nos parecem gigantes...

    E talvez eles sejam mesmo.

    ResponderExcluir
  55. Sou muito Quixotesco... e esses embates Livre Arbítrio x Destino me fascinam. Acredito que fazemos escolhas em cima daqui que já esteja traçado, ou seja, achamos que escolhemos, quando na verdade as escolhas não são nossas!

    ResponderExcluir
  56. Mais legal é que o Humberto lê todos os comentários hehehehe

    MITO!

    ResponderExcluir
  57. Sua fã de Fortaleza, Luziara, postou no blog dela seu texto com link do seu blog, vim visitar e amei kkk. Qto ao texto, sugestão: eu deixaria o pensamento de Freud de lado, meu lado mistico falaria mais alto eu iria até Rotterdam na Holanda, quem sabe a resposta voce encontre lá! Sério...eu acredito em sinais e eu leria ele assim
    bjs

    ResponderExcluir
  58. Conhecido como Erasmo de Roterdã (ou Rotterdam), Desidério Erasmo foi, em seu tempo, um dos maiores críticos do dogma católico romano e da imoralidade do clero. Mas não deixou de atacar também o movimento protestante de Lutero. Professor de Língua Grega na Universidade de Oxford, na Inglaterra, ele percorreu as principais universidades da Europa.

    Ao que consta ele também era poeta. Taí o sinal que procurava. Tu és reencarnação de Erasmo de Rotterdam... kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  59. Gracias, lindo texto, linda foto...
    Tani Kronbauer
    joinville sc

    ResponderExcluir
  60. Essa palavra tem uma certa irônia,é preciso enchegar além do que se ver,para poder ver o que se quer enxergar !

    ResponderExcluir
  61. Sempre muito bom ler o que o HG escreve...

    hug =)

    ResponderExcluir
  62. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  63. Hola.
    É isso aí, Humberto. talvez chamemos de coincidência aquilo que não consigamos compreender. Por isso que:
    "No meu caminhar
    Um pé vai no chão
    O outro no ar"

    ResponderExcluir
  64. Huahuahuaua dois dedin de prosa com mainha e c ia interpretar todos os sinais que o bom Deus por ventura lhe mandasse.

    ¬¬ Ela vive alardeando recebe-los e interpreta-los .... Como aqui em casa ngm quer ver nossa amada progenitora rotulada com "exótica" preferimos "acreditar" nas habilidades investigativas da mesma...
    E não reclamar quando ela alega que o menino parado na calçada com uma camiseta escrita PARE significa que tenhamos que desviar o nosso caminho em mais de 5 quarteirões, pois dobrar naquela esquina fatalmente nós envolveria em um acidente...

    u.u" pensando melhor... vc segue mto bem assim!

    ResponderExcluir
  65. Eu adoro pegar carona com você nessas suas caminhadas. Ah, e aposto que o Plant, comparado a você não teria a menor chance. rsrs. Fica com Deus

    ResponderExcluir
  66. Sem palavras.. Você é o CARA 1berto Gessinger, adoro ler seus textos, enfim me inspiram muito..
    Gostaria de um dia ter a oportunidade de falar com você pessoalmente, seria inesquecível.. Bom se cuide velho, Bjo :D

    ResponderExcluir
  67. Na semana passada,através do google,encontrei o seu blog;o que me trouxe muita alegria e contentamento.Mas,sou sua fã desde o período escolar.Numa das atividades em grupo,tínhamos que apresentar a biografia e canção de uma banda nacional.Pelo sorteio,Engenheiros do Hawaii nos foi concedido e Infinita Highway a música escolhida.De lá pra cá,continua sendo minha favorita"...atrás de palavras escondidas,nas entrelinhas do horizonte desta highway...tão bonita...esquisita..."
    PS:A propósito,as músicas POR ACASO,O CASTELO DOS DESTINOS CRUZADOS e MAPAS DO ACASO,receberam este título por mera coincidência ou havia uma razão de ser????
    âncora, vela
    ?qual me leva?
    ?qual me prende?
    mapas e bússola
    sorte e acaso
    ?quem sabe (?) do que depende?.
    Saúde e sucesso.
    Com carinho,
    Chun-Lí

    ResponderExcluir
  68. Sei lá! Penso que o normal seria ter uma resposta e acreditar nela. É isso que pessoas normais fazem. Escolhem a resposta para sua vida, que passa a ser a sua certeza, que passa a ser a sua bandeira, pela qual se luta. O filósofo Sartre acho que disse que seria preciso o ser humano se agarrar a alguma idéia e, se preciso, morrer por ela. Algo um tanto arriscado. Covardia da nossa parte achar que não precisa se morrer por uma certeza? Pode ser. Mas eu dou valor à vida. A existência vale muito. Mas realmente não sei. Livre arbítrio há. Mas seu significado absoluto é na prática incomreensível. Destino, quem saberá: o além, eu, nós? Coincidências existem. Mas contextualizá-las em um significado coerente seria necessário? Às vezes, sim! Quando precisamos fechar toda uma prova. As perguntas aumentam quanto mais certezas cosntruímos. Não sei!

    Abraço

    ResponderExcluir
  69. Podias escrever algo sobre 1981, hein, Humberto? Paralamas escreveu Terrã, baseados naquela tensão diplomática, e foi o ano em que o papa levou os tiros, ecoados na canção. Algo de especial no mundo naqueles tempos ou só a repetição da repetição que vemos hoje e vimos no passado?

    ResponderExcluir
  70. Antes que ocorra a 3o guerra mundial, façamos o 1o Plebiscito mundial.
    A Europa inteira está em crise, com gigantes manifestações devido ao modelo econômico que vivemos. Os EUA com manifestantes ocupando wall street e etc., também por causa do modelo econômico. Países pobres com uma desigualdade absurda entre a população, igualmente pelo mesmo motivo. Faz muito tempo que há guerras e milhões de mortes. E sempre isso foi movido pela ganância de alguns homens (os bilionários do mundo).
    Atualmente vivemos uma crise econômica global, e que quando algum país com grande poder bélico quebrar, já era, é guerra, e novamente sangue de inocentes derramado para manter os ricos sempre ricos.
    O meu apelo então é o seguinte: ABAIXO ASSINADO PARA PLEBISCITO MUNDIAL SOBRE O MODELO ECONÔMICO A SER ADOTADO!!!
    Os maiores líderes mundiais não se dizem altamente democráticos? Todos nós sabemos que o socialismo só funcionará se for o mundo inteiro vivendo este sistema, porque existe o tal bloqueio econômico. Então devemos cobrar um plebiscito demonstrando, o que é o capitalismo e quem se beneficia com ele, o que é o socialismo e quem se beneficia com ele, etc. Por que nunca falam em limitar os lucros das megaempresas? Por que só falam em medidas de austeridades (cortar o pouco que o trabalhador possui)? O que é essa tal globalização se não houver esse debate mundialmente?
    Os bilionários geram empregos? Ou sua corrida por cada vez mais lucro é o que marginaliza a sociedade? “Encare a ilusão da sua ótica” (Humberto Gessinger). Até quando vamos deixar eles brincarem de monopoly?
    A revolução francesa deu o poder de governar aos burgueses, e esse plebiscito dará o poder a você, porque afinal revolução e guerra com muito sangue nunca mais!
    “Não haveria afronta se não houvesse propriedade” (Locke).
    Nome: RG: Ass.

    ResponderExcluir
  71. Tu es uns dos poucos caras que me atrevo a chamar de ídolo pois es um ser que harmonisa talento e bom senso. Excelente músico, perfeito letrista e não se vende á mídia. Mais do que parabéns... Obrigado humberto.

    ResponderExcluir
  72. Obrigada pela visita a esse mundo Humberto, é um grande prazer ter você aqui. =)

    ResponderExcluir
  73. No caderno de informática do Estado de Minas de hoje foi publicado que o Google está querendo personalizar o resultado das pesquisas, portanto o segundo resultado seria diferente dependendo da pessoa:

    http://jogosdinheirointernet.blogspot.com/2011/11/google-personalizacao-do-resultado-das.html

    Estou me sentindo completamente desinformado! Um sentimento que beira a traição... Faz quase três meses que rola esse blog e só hoje que eu descobri?!??!?!!!

    ResponderExcluir
  74. E assim nascia o grande hit "Rotterdam"

    "incidência do acaso...
    um caso de coincidênciaaaa"

    rsrs

    hug + \o/ = hugo

    ResponderExcluir
  75. Qria escrever e colok em kd palavra os sentidu q encontras pra elas. Tu é um poeta d uma grandeza impar. Sou tua fã, d carteira assinada.

    BjU

    ResponderExcluir
  76. Erasmo de Rotterdam, meu querido Jedi. A obra é Elogio da Loucura. Tá na hora de começar a escrever de novo...

    ResponderExcluir
  77. coisas q só acontecem com a gente e parece q acontece sempre com todo mundo,tão pequenas palavras de um homem igual a todos mas tão desigual,q passa despercebido pelas lentes de aumento e se mostra um pensador ou talvez um detector de pequenos sinais q''estão no ar
    no chão da praça da matriz
    mensagem pelo celular
    água batendo no nariz'' , mais uma vez desabafando ou compartilhando pequenas experiências?será fruto da imaginação acharmos algo em qualquer coisa sem q percebamos?''Ah, estas bobagens que tomam conta da minha vida: caminhadas, música, poesia... Disfarço minha figura ridícula fazendo de conta'',as me encontro num abraço dum quixotesco samurai acrescentado frases sem sentido que desperta me muito mais do q milhões de livros.....

    ResponderExcluir
  78. Bah cara; e se o cara da camisa fosse um representante/trabalhador/funcionário do prédio em questão?

    ResponderExcluir
  79. KkKk esse texto ta perfeito!!
    Parabens Humberto...

    ResponderExcluir
  80. que maluco isso kra 2 x vezes sinitro!!!!

    ResponderExcluir
  81. GESSINGER GOSTO DO SEU JEITO DE COMPILar as coisas, mas antigamente vc era a arrogancia pura e esplissida vc provou que nao e uma causa perdida, nao me leve a serio nao me leve a mal!!!

    ResponderExcluir
  82. Confesso que comecei a ouvir EngHaw porque meus irmãos ouviam, tinha uns nove anos e desde lá nunca mais consegui deixar de ouvir sua voz por meu mp4, suas músicas se tornaram o meu refúgio, seus livros estão sempre por perto tanto em momentos felizes quanto tristes, a agenda agora é o lugar onde me encontro com minhas filosofias, meus amigos, familiares já estão super acostumados a ouvir sobre você, compreendem a sua importância para mim, tanto que atualmente meus presentes são camisetas do Pouca, livros seus. Já se passaram uns 8 anos da primeira vez que ouvi as canções e a magia e o amor por ti só faz aumentar, os shows que o Pouca fez em Pato Branco, sempre estive lá, e pode crer que estes estão na lista de melhores momentos, seilá, espero um dia talvez poder te dar um abraço, mas se não der, poder escutar suas músicas já é suficiente!

    ResponderExcluir
  83. Sinais...
    Ainda ontem - literalmente - enquanto atravessava uma canaleta de expresso, aqui em Curitiba, falava pelo celular com um amigo que mora em Floripa. Amigo meu, gaúcho, que estudou um período de Arquitetura com você, e gravou seu depoimento pro "Batalha dos Aflitos".
    Atravessando a rua, quase que um ciclista cai, tentando sinalizar para mim. Um estranho que me espelhou - usava uma camiseta igual à minha: PF: "Dark Side of the Moon", preta com uma puta Lua nas costas.
    A conversa interrompeu, o gaúcho na linha não entendeu porque eu ria ofegante, falando de negócios.
    Pra fechar toda a ironia, só faltou alguém passar assoviando "Brain Damage"...

    ResponderExcluir
  84. "temos que ficar abertos à possibilidade de um charuto ser só um charuto"

    Aí que está...
    Um charuto é sim só um charuto.
    Mas os entendidos em charutos, dizem que o Cubano é sem sombras de dúvida, o melhor.

    Em meio há tantos Charutos iguais, no meu parco conhecimento desse fumo, os com experiência, sabem qual é o melhor. Aprendem com a convivência, com a intimidade, com o dia a dia, com os rituais e hábitos, diferenciar o que para a maioria, soaria como apenas "mais um charuto"...

    Tu sabes, poderiam abrir mais twitter com teu nome, facebooks, haver uma legião de Gessinger, mas quem convive contigo, tem intimidade, hábitos do dia a dia, saberia distinguir...

    Nada como ser realmente, profundamente, observador.

    Tem o espelho também...
    Tu sabes, se eu minto e invento histórias, sempre vou achar que todos que falam comigo mentem e inventam histórias.

    Minha avó sempre diz: "só um mentiroso reconhece outro mentiroso de cara". Toda vez que reclamo por não perceber mentiras logo de primeira.
    Sabes bem porque... eles se reconhecem logo por usarem as mesmas armas:intrigas, camuflar da verdade.

    Incrível como sempre, mas sempre mesmo, crucificamos o que não tem nada haver com o pato.

    Já reparastes nisso?
    Eu sim.

    ResponderExcluir