Bem-vindo ao BloGessinger!


Salve, salve! A casa é tua.
Sempre coloco textos novos na meia-noite 
de segunda para terça.
Se quiser comentar, fico grato.

Os textos anteriores foram originalmente postados 
no http://abiloladomundonovo.blogspot.com
Abaixo, o papo de despedida/transição.

"Estou passando uma última vez por aqui como "postador" (esta pode não ser a palavra, mas "posteiro" tenho certeza de que não é: este é o empregado de estância que cuida das cercas e seus postes) para agradecer mais uma vez ao Roberto Gobatto e ao Carlos Maltz pelo convite para postar meus devaneios aqui.

Aprendi muito com os comentários que tanto enriqueceram os textos. A disciplina de manter  dia e hora para dar um oi me fez muito bem também.

Peço desculpas por qualquer eventual inadequação ética ou estética. Mas, como dizem os gringos "isso vem com o território". Se eu fosse um cara diferente, sabe lá como (quem) eu seria.

Sobretudo quero agradecer a inspiração: resolvi construir mais um cantinho na www. É o BloGessinger. Vou continuar lançando minhas garrafas ao mar sempre que a segunda-feira virar terça. Ali vão rolar links e infos sobre minhas bandas, livros, agenda literária e de shows... e o que mais pintar. Meu mundinho grandão. Aquele mundão pequeninho que quem me conhece conhece.

Confesso que tentei convencer o @Alexandr_Master a contar algumas stórias de estrada e estúdio no novo blog. Ele declinou, dizendo que "um burro calado é um sábio". Sábio @aleXXXmaster ! Talvez eu tenha que aprender mais esta lição. 

Talvez o mundo não precise de mais blogs. Enquanto não chego a nenhuma conclusão a respeito de tantos talvezes, convido todos pra bater papo: quando a segunda vira terça, no http://blogessinger.blogspot.com .

Abraços, como este, antenado:


Como na camiseta: por favor, perdón y gracias!"
HUMBERTO GESSINGER
22set2011

38 comentários:

  1. Paz, Felicidade, sorte e P(*)emas de montão. Abraço,

    Roberto Gobatto

    ResponderExcluir
  2. agora eu achei os comentários HAUHSUAHSUHAUHS.

    creio eu que minhas segundas/terças serão as melhores a partir de agora.
    Bem vindo ao mundo de bloguista!

    Beeeijos

    ResponderExcluir
  3. Demorou pra ter seu blog man.
    Tu escreve bem demais pra ficar apenas no notebook ou no papel sem estar ao alcance de tantos

    abs.

    ResponderExcluir
  4. E as noites de segunda/terça ficam melhores a cada semana. Assim como o dia 11 de cada mes..E é por isso que eu digo: se eu tenho um idolo, esse idolo é você. Tua atenção e dedicação com o publico não tem igual. Blog, twitcam, twitter...E tudo isso regado a muita inteligência e paixão pelo que faz. Motivo de muitas das minhas inspirações na hora de "arquitorturar". Obrigada, H.G! s2

    ResponderExcluir
  5. EbaAaA... Obrigada pela recepção simples e de coração, Humberto! Shuashua'.

    Abraço \o/

    ResponderExcluir
  6. O Gessinger nos deixou tristes pra caramba na segunda/terça só pra nos deixar mais felizes hoje né? É um brincalhão msm! RSRSRS
    Já estava pensando que na minha próxima semana teria um buraco vazio, quando vejo notícias de um novo blog, mas esse é especial... tem um G maiúsculo!

    POR FAVOR... não nos assuste mais assim!
    PERDÃO... pelos possíveis (futuros) comentários banais!
    OBRIGADAAA Gessinger!!!

    forrrte abraço!

    ResponderExcluir
  7. Valew @1bertoGessinger!

    Att.
    Maicon Rissi
    http://www.maiconrissi.com

    ResponderExcluir
  8. Vlwwww Humberto ... vc não sabe como seus textos me fazem bem =D .... Willian

    ResponderExcluir
  9. Vou ficar feliz em acompanhar suas "garrafas ao mar". Quando a seguda se transformar terça, estarei nas suas linhas. Parabéns por todo o seu trabalho.

    ResponderExcluir
  10. Ta sempre na minha timeline alguma coisa assinada c "Gessinger", ta, n gosto muito dessa idéia de timeline, mas eh uma verdade, e nesse caso (especifico) quis dizer... cara q bom, poder ver a humanidade cada dia mais explicita do meu ídolo, e ver q n existe mesmo, aqui entre nós, ídolo e fã, só dois humanos, e te plagiei, mas eh sempre fala algo parecido c isso... bjã mano, e vlw por estar aqui! Jonatas R Santos BH

    (opa, tenho um blog de poesia, jah pensou um comentário do Gessinger lá? seria tipo incrivel!) http://poesiadescartavel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Que sorte a nossa hein =]

    ResponderExcluir
  12. O melhor jeito de começar uma terça mudou de enderenço (e eu vou atrás).
    Sempre firme, sempre leve, sempre bravo... E nem sempre breve.

    Se puder, dá uma olhadinha:

    http://poesias-que-nao-rimam.blogspot.com/2011/05/dia-especial-18-de-dezembro-de-2o1o.html

    É sobre seu show em Teresina, no final do ano passado.

    ResponderExcluir
  13. Tenho orgulho de ser tua fã!
    Te perguntei no Altas Horas o que te realizava mais, e cada vez que vejo você escrevendo e mais perto dos teus fãs, isso aumenta a admiração que tenho por você e pelo teu trabalho.
    Agagê, você é O CARA!

    ResponderExcluir
  14. Já tá nos favoritos, pra ver sempre! Muito legal teu blog e teus posts! Abraço fraterno!

    ResponderExcluir
  15. Cara, quando blog sai de moda, o HG monta um.

    Nada anormal para quem comprava os discos defasados.

    ResponderExcluir
  16. Só você mesmo.. Continuaremos juntos nas primeiras horas de terça e com muito prazer..

    ResponderExcluir
  17. os tempos são outros os acertos do Humberto os mesmo, obrigada Gessinger.

    @poserdosbeatles

    ResponderExcluir
  18. Vlw Gessinger suas letras me seduziram e me transporam para um horizonte distante da realidade e ao msm tempo me fizeram mergulhar no infinito do pensar, não um pensar qlqer, sim um ver e sentir profundo. obg por td ! boa sorte apesar de saber que não precisas, pois quem tem talento já tem mt sorte não por acaso!

    ResponderExcluir
  19. Isso aqui parece uma mesa (redonda) de bar.
    Quem sabe, um dia, não discutimos todos, pessoalmente, com um vinho barato e um cigarro no cinzeiro ? =)

    ResponderExcluir
  20. HG, meu caríssimo amigo, mesa redonda de bar, "com um vinho barato e um cigarro no cinzeiro" com um cara com as tuas idéias, e mais a turma que te acompanha e te admira seria surreal, bom demais, mas, como não dá, a gente comenta seus posts, que sempre trazem um algo mais, uma luz, e uma reflexão pra vida dos "de fé".
    Sorte e Sucesso sempre!!!!!
    Abraço do tamanho do mundo!!!!

    ResponderExcluir
  21. Feliz p saber q vc apenas mudou de casa...obaaaaaa mais abraços! =]

    ResponderExcluir
  22. Altos papos marcados para quando as segundas virarem terças. Ainda existe vida inteligente na Terra.
    Valeu por nos permitir seus ensinamentos em muitas praias.
    Abraço de urso! Até a próxima segunda virando terça!

    ResponderExcluir
  23. Valeu 1berto, será mais que um prazer te acompanhar por aqui também.

    ResponderExcluir
  24. Alívio imediato!

    Quando um lugar começa a ficar estreito demais pra tanta idéia que a gente tem... É uma boa sair da terra do Egito e ir pra Israel, nossa própria terra prometida, rs...

    Feliz demais de ver esse abraço aí!

    ResponderExcluir
  25. =) Adorei a twitcam entrar na agenda kkk!

    ResponderExcluir
  26. O Sr sabe como colocar as palavras no seu lugar certo, tem seu desconto pode escrever coisas interessantes de estrada e estúdio que vamos gostar, mas claro como disse a cima. "um burro calado é um sábio" (?) "um sábio calado não é um sábio"
    Admiro muito suas musicas e seus textos, sou fã desde os 12 ano, quando tiver um filho quero ser um pai igual a você.

    ResponderExcluir
  27. Que alegria ver esse blog! Eu já tinha o meu compromisso de quando segunda virar terça!!! =D

    ResponderExcluir
  28. Sobre os talvezes:


    Há um conto Taoísta sobre um velho fazendeiro que trabalhou em seu campo por muitos anos. Um dia seu cavalo fugiu. Ao saber da notícia, seus vizinhos vieram visitá-lo.

    “Que má sorte!” eles disseram solidariamente.

    “Talvez,” o fazendeiro calmamente replicou. Na manhã seguinte o cavalo retornou, trazendo com ele três outros cavalos selvagens.



    “Que maravilhoso!” os vizinhos exclamaram.

    “Talvez,” replicou o velho homem. No dia seguinte, seu filho tentou domar um dos cavalos, foi derrubado e quebrou a perna. Os vizinhos novamente vieram para oferecer sua simpatia pela má fortuna.

    “Que pena,” disseram.

    “Talvez,” respondeu o fazendeiro. No próximo dia, oficiais militares vieram à vila para convocar todos os jovens ao serviço obrigatório no exército, que iria entrar em guerra. Vendo que o filho do velho homem estava com a perna quebrada, eles o dispensaram. Os vizinhos congratularam o fazendeiro pela forma com que as coisas tinham se virado a seu favor.

    O velho olhou-os, e com um leve sorriso disse suavemente:

    “Talvez.”



    Autor Desconhecido

    ResponderExcluir
  29. Muito bom Gessinger!
    Agora temos um espaço para curtir seus textos, e ficar mais informado.

    Abs

    ResponderExcluir
  30. Estou vendo que minhas noites de segunda seram bem menos canssativas... hahaha e agora terei mais insonia!! ^^

    ResponderExcluir
  31. Feliz de ter algo de bom na minha madrugada de terça!!!!!!
    Vou acompanhar sempre, aliás como sempre faço!!!!
    rsrsrsrrsr

    Abraço!

    ResponderExcluir
  32. Muito legal! Estou seguindo o que rola por aqui... (caramba, meus comentários estão de trás para frente...)

    Vou tentar chegar acordada a este horário, com muito carinho... se não conseguir, é por conta dos remédios que tomo para ser normal...


    Huggs!

    Eloisa Rocia

    ResponderExcluir
  33. Na dúvida continue postando.
    Nós adimiramos e respeitamos trabaho e podemos dizer o mesmo ada sua pessoa cada vez que você posta, mesmo sem contato físico.

    ResponderExcluir
  34. um burro calado é sabio, porém um sábio calado é burro. continue postando!

    ResponderExcluir
  35. Comecei a acompanhar teu blog agora em 2014, mas faço questão de ver as postagens uma a uma desde 2011...Adorei essa de lançar garrafas ao mar, anotei no meu caderninho..

    ResponderExcluir
  36. Humberto...faz pouco tempo que descobri este blog (janeiro 2014),aos poucos abraçarei todos os textos e deixarei meus comentários em forma de abraços, como este que recebi de ti.

    ResponderExcluir